História Um Novo Caminho - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Madara Uchiha, Sakura Haruno
Tags Madasaku
Visualizações 271
Palavras 2.374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um Capítulo fresquinho pra vcs!!
Boa leitura mina!!! ^-^

Capítulo 4 - Ajudando Shukaku


Fanfic / Fanfiction Um Novo Caminho - Capítulo 4 - Ajudando Shukaku

 

 

Acordo com dores por todo o corpo e percebo estar deitada no chão cheio de pedras, levanto lentamente e olho ao meu redor tentando me lembrar de algo.

-Onde estou??

‘’ -Você é meio lerda quando acorda não é Saky??!! –Kokuõ!!!

- Ela é sempre assim, vai tentando se acostumar, logo logo piora. – Oras aquele macaco de bunda vermelha.’’

 

Deito novamente e fecho meus olhos.

 

‘’ Quando vi já estava na frente dos dois, Kokuõ estava deitada de bruços toda sonolenta ronronando, já o Son Goku estava me olhando com aquele sorrisinho debochado.

-Que que se disse antes?? Seu macaco ingrato. - Logo ele trava e me olha ameaçadoramente.

-Já te disse, sou um Gorila.

-Não sabia que existia gorila vermelho.

-Agora sabe.

-Macaco.

-Estranha.

-Vocês dois são sempre assim??

-Não. – Acabamos falando junto e nos encaramos novamente soltando faíscas pelos olhos.

 -Então ta, mas e agora Rosada o que pretende fazer?? – Sentei no chão e me pus a pensar.

-Pra falar a verdade eu não sei certo, eu estava pensando em ir pro País da Cachoeira atrás de alguns mercenários pra conseguir dinheiro, porque coisa está ficando critica pro meu bolso.

Os dois pararam e ficaram pensando um momento, principalmente a Kokuõ, ela estava com alguma coisa que não vai prestar.

-Sabe Sakura...- Ai começou assim então fodeoooo.

-O que você acha de uma caça aos Bijuus??

.

.

.

Amm??

-C-co-como assim?? Eu não sou a Akatsuki para correr atrás de vocês, eu só estou me acostumando com os dois imagina mais gente aqui dentro, eu vou surtar. – Já imaginou uma coisa dessas.

-Calma Rosada deixa eu explicar melhor, sabe eu e o Son Goku como você pode perceber estávamos muito sozinhos – Olhei pro Son Goku e o olhar dele decaiu um pouco para o chão – se não fosse você não sei o que a gente teria feito, mas pode ter certeza que suicídio estava no topo na lista.

Arregalei meus olhos e automaticamente meu coração se apertou, eu.... estou tão apegada a esses dois assim?? Será que esse tempo em que eu estava sozinha não me sentia exatamente assim??

-Onde eu quero chegar nessa história é... que podem existir mais Bijuus assim, sozinhas, com medo ou até pensando da mesma maneira que a gente pensava até um tempo atrás, então porque não ir até elas, perguntar se estão bem e se quiserem participar do nosso bando.

-Você diz nosso bando, mas não é assim, eu não sei se poderei suportar todas de vez, é...muita coisa pra se pensar, muita responsabilidade, tenho medo que meu jutsu não dê certo e vocês dois fiquem presos dentro de mim até a minha morte, se não der certo vocês podem enjoar de mim, me abandonar e ficarei sozinha de novo, muita gente..... de novo.... para me abandonar.... de novo não...

Comecei a chorar baixinho me lembrando de todo mundo, Kakashi-Sensei, me deixando de lado, Ino seguindo em frente com o Sai e não tendo tempo para mim, Sasuke-kun com a Karin, falando que sou um lixo para ele, meus pais que agora..... não estão mais aqui.

-Eu.... não sei se vou suportar ser abandonada de novo..eu-

-Sakura, pare com isso, você acha que nos também não temos esse medo?? – Parei de encarar o chão e com os olhos arregalados olhei para o Son, minha visão estava embaçada por causa das lagrimas.

-Passamos décadas e décadas sendo tratados como monstros, sempre nos utilizando como armas, mas a um tempo atrás conseguimos confiar em vocês novamente graças ao Naruto, e agora, você chegou... temos medo também que você nos abandone Rosada, que do nada nos trate como armas ou monstros, você mostrou uma nova luz, um novo lar, não vamos abandonar isso e ser preso pela escuridão e solidão novamente.

-Nós não vamos te deixar Saky-chan.

Não aguentei e desabei em lagrimas, a cauda dos dois chegaram perto de mim e me circularam como um abraço, abracei e chorei mais um pouco.

-Não chora Algodão, logo Kokuõ vai chorar também.

-Quem ta quase chorando aqui é você Son Goku. - Comecei a rir por causa dos dois, feliz porque eles compartilham o mesmo sentimento que eu, isso me deixou muito alegre como a tempos eu não ficava.

-Parece que aos poucos minha família está crescendo. -  Sorri largamente e pude perceber as faces deles em pura surpresa.

-O que foi?? Disse algo errado?? – Son Goku olhou para o lado com o rosto corado e sorrindo feliz, já a Kokuõ olhou-me ternamente.

-Não, só que não estamos costumados a essa palavra.

-Que palavra??

-Família. – Fiquei surpresa.

-Mas agora se acostumem que partir de hoje será assim.

Me espreguicei e encarei Kokuõ.

-Está bem, aceito sua ideia, mas nada de insistir ou apelar, eles decidem se querem ou não, de acordo??

-De acordo. - Falaram os dois juntos.’’

 

Abri meus olhos e me levantei, bom agora é só achar uma pousada e tomar um banho, comecei a andar lentamente.

‘’ -Você pensa que está indo aonde???’’

-Oras achar uma pousada e tomar um banho.

‘’ -Pare seu Algodão Doce perdido!!’

-Qual é o teu problema Son??

‘’ -Você já decidiu primeiro quem a gente vai buscar primeiro??’’

Boa pergunta, parei de andar completamente.

‘’ - Saky-chan vamos pro país da Areia primeiro, se for para lá depois é mais fácil voltar já que adiante são cinco os que estão no país da Cachoeira e além.’’

-Ook, mas para onde eu vou agora??

‘’ -Deixa que eu te guie Algodão.’’

-Macaco.

 

 

 

Algum tempo mais Tarde.

 

 

-Aah que água boa.

‘’ -UAALLL!!!!! Seu chi melhorou muito...- Son Goku começou a ronronar no final junto com Kokuõ.’’

Ri, pareciam gatinhos manhosos, ainda bem que não podem ler pensamentos senão eu estaria ferrada.

Depois de fazer minha higiene, arrumei minhas coisas e comecei andar até o País da Areia em quanto os dois conversavam comigo e me guiavam.

Agradecia que onde a Kokuõ ficava é perto de país da Areia.

-Vocês dois acham que ele está muito longe da fronteira do país da Terra??

‘’ - Um pouco, pense comigo, se de Konoha até o País da Areia da três dias, até a gente encontrar ele vai dar um dia, já que eu sei exatamente os chakras de todos as Bijuus.’’

-Booomm isso facilita um mooonte.

 

 

Exatamente 9 horas mais tarde;

 

 

-Aaai eu to exausta, e esse sol não dá descanso.

Chegamos ao País da Areia sem complicações e agora estamos no meio do deserto, deixando a Kokuõ me guiar até o Shukaku, mas eu estou exausta. Olhei em volta e vi uma pequena árvore do deserto, deveria ter uma fossa ali perto, me aproximei e sentei em baixo da sombra.

O que foi um erro já que eu apaguei.

 

 

1 hora Depois;

‘’ -Um.’’

‘’ -Dois.’’

‘’ -TRÊS.’’

‘’ -SAKURA ACORDAAAAA.’’

Acordei assustada e olhei em volta, o que estava acontecendo???

-Puta Merda o que foi?!!

‘’ -Corre rápido o Shukaku está sendo atacado, estou sentindo ele bem perto de nós e estou sentindo uma concentração gigantesca de chakra, deve ter mais de 100 pessoas lá.

Ai caralho, levantei ligeiro e comecei a correr.

A capa que Tsunade me deu coloquei novamente no meu corpo me certificando de tampar totalmente meu rosto.

‘’ -Só segue reto.’’

Botei mais chakra nos meus pés me apressando.

Quando cheguei lá a situação estava feia pro Shukaku, existia muitos mercenários e pelo que percebi conseguiram molhar bastante ele, endurecendo seu corpo.

Saltei e parei na frente dele, todo mundo me encarou, olhei para trás e percebi que ele estava bastante ferido.

-Desgraçados.

Alguma coisa aconteceu comigo, comecei a sentir necessidade de fazer exatamente o que eles fizeram com ele.

-Vamos ver se vocês gostam do que fizeram com ele.

Corri até eles e comecei a socar cada pessoa que aparecia na minha frente, vários eram derrubados e jogados a metros de distância, provavelmente mortos, não estava conseguindo controlar minha força, no meu braço direito começou a ficar vermelho como se fosse lava e do esquerdo uma massa branca foi criando forma de chifres e com tudo soquei o chão fazendo um enorme bagunça na areia, ela começou a se mover diferente como se fosse uma areia movediça gigantesca.

Saltei e acabei parando em cima da cabeça do Shukaku.

 

Ai ferrou...

 

‘’ -Calma Algodão, deixa eu tomar controle. - Quase chorei quando ouvi isso, de novo aquela sensação esquisita.’’

-Ta. – De novo aquela sensação esquisita tomou conta no meu corpo.

-E ai Shukaku parece que está com alguns probleminhas.

-Son Goku??? O que você faz no corpo de um humano?? Não me diga que se deixou ser pego novamente?!!

‘’ - A risada do Shukaku me dá arrepios.

-Ele é meio sádico, mas não tira o fato de ele ser legal.’’

-Cala essa boca, não sou fraco igual a você que se deixa ser ferido por alguns humanos.

-Esses merdas armaram uma emboscada para mim.

‘’ -QUEEEE???!!

-O que foi Kokuõ??!!

-Troca Son Goku, AGORA!!!

Do nada aparece do meu lado o Son Goku’’

-Então agora você admite que eu sou melhor que você em percepção de chakras??!!

-KOKUÕ VOCÊ TAMBÉM???!!!

-Não foge do assunto agora você admite.

-Nem morto.

-Desgraçado.

-Você estão estragando o orgulho de um Bijuu se aliando a um humano imundo, apsto que foram obrigados a vir com ela.

‘’ -Ooi??! O que esse tanuki disse???

-Algodão calma.

-Calma o caralho, mas é hoje que ele vai ver.’’

Novamente peguei a consciência do meu corpo.

-O que é que você disse seu Tanuki de merda??? Eu sou uma humana imunda??? A pessoa que salvou essa tua calda única??? Pra sua informação esses dois vieram porque queriam e eles não se arrependeram EM NENHUM MOMENTO, A GENTE É UMA FAMILIA E ELES NÃO FORAM OBRIGADOS A VIR AQUI!!!!!!!!! – De raiva comecei a pular na cabeça dele gritando:

-POEM ISSO NA SUA CABEÇA SHANNARO!!!!!!

-ITAAI PARA!!! Você pesa quanto?? Que força!!

Desci da cabeça dele e parei na frente dele.

-Nunca mais diga isso, chega!!!!!! Vou embora. – Me virei começando a caminhar.

‘’ - Saky-chan calma, ele é assim mesmo.

-É algodão e nosso acordo??’’

-Foda-se o acordo, sabia que essa ideia de ir atrás das Bijuus pra ver se elas não queriam ir com a gente era uma péssima ideia.

-E por que iriamos querer ir com você??- Me virei ainda vermelha de raiva e gritei:

-PORQUE NÃO GOSTO DE VER VOCÊS SOZINHOS!!! – Ele arregalou os olhos e logo depois começou a gargalhar.

-Mesmo assim qual é a diferença entre ficar sozinho e ficar preso como esses dois??

 

 

Filho Da Puta.

 

 

Aaah ele não disse isso!!

‘’ -Algodão a gente conversou sobre isso e ambos concordamos que não estamos presos.’’

-Son se prepare.

‘’ - Eh?? Pra que??’’

-Vamos fazer aquele jutsu.

‘’ -O que agora?? Mas não estamos prontos ainda.’’

-Foda-se, a Kokuõ ajuda com meu chakra, se prepara.

-O eu você pen-

Ele travou a fala quando percebeu que eu tirei a capa, seus olhos quase saltaram da cabeça daquele Tanukizinho, botei a palma da minha mão a frente do meu corpo e logo as bolhas vermelhas começaram a sair do meu corpo, tomando forma para logo pegar coloração e então o Son Goku apareceu na frente do Shukaku.

Comecei a respirar ofegantemente, merda eu vou apagar.

‘’ -Vai mesmo querer dar esse gosto a ele?? De apagar bem aos pés dele?? – Kokuõ...

-Nem a pau!’’

-Viu seu.... eles... po-podem sair quando quiserem... – Son virou seu rosto e olhou para mim.

-Sakura você esta bem??? – Acenei fracamente, isso consumiu muito do meu chakra.

-C-co-como?? Como ela não morreu??? O que esta acontecendo?? O que Haruno Sakura esta fazendo aqui??!!

-Ela saiu da Vila dela e acabou me achando e assim por diante.

-E você aceitou??

-Ela é diferente Shukaku.

-E por que acham que eu vou participar dessa loucura?? – Me aproximei do Son Goku e me escorei nele.

-Porque você já é louco e sozinho também, mas...... não vou lhe.... obrigar a nada.

Son me coloca na calda dele a qual eu fico deitada de bruços olhando o Shukaku.

-Vocês não sabem de nada de mim.

-Sua... história não é diferente... de nos.

- O que você pode entender da nossa vida?? Você não conhece nenhum dos nossos sentimentos.

-Conheço o abandono. - Falo para ele e seu olhar cai no chão.

-Você não pode me dar nada em troca.

-Ela pode sim, que tal fazer uma troca??? – Ele levanta o olhar se concentrando nas palavras dele.

-Você totalmente curado em troca de ser da nossa família. - Ele arregala os olhos e eu também ao perceber que seu olhar mareja.

Ele olha para o lado e sorri de canto.

Ele estenda a calda perto de mim.

-De acordo. – Olho a calda dele e feliz estendo meu braço e toco em um comprimento.

-Sakura?

-Hmmm??

-Você acha que aguenta mais alguns minutos??

-Para??

-Para ter mais um membro na família. –Olho feliz pro Son e aceno.

-Você esta falando com Haruno... Sakura.. claro que aguento ....só me desce.

E assim ele fez, fiquei na frente do Shukaku, que agitadamente da maneira dele fez com o que parecia com um retângulo.

- Sabe que vai doer não é?? – Acenei fracamente, eu estava prestes a perder a consciência.

-Vou entrar junto com ele está bem algodão??- Acenei.

-Shukaku.

-Que foi??

-Poderia fazer uma casa de areia pra quando ela pagar pelo menos não ficar no sol??

-Quando eu terminar o jutsu farei, se eu fizer agora atrapalhara.

Eu comecei a dar alguns tropeços pra frente.

-Se... apressem.

-Erga sua mão e deixe-a assim.

Com dificuldade fiz o que ele pediu, logo ele tocou a ponta da calda em minha mão e novamente senti aquela dor gigantesca, mas não tinha mais forças para gritar.

Antes que eu apagasse percebi uma estrutura de areia me cobrir, acabei caindo de bruços na areia, com muita dor me virei e fiquei de barriga pra cima.

‘’ -Todo mundo está bem?? – Perguntei com minhas últimas forças.

Os três me olharam e colocaram suas caldas perto de mim as fazendo de travesseiro para eu deitar e assim ambos apagamos.''

 

 

 

Parece que minha família vai aumentar cada vez mais…. E isso é tão bom... Que não consigo parar de sorrir...!

 

 

 

 

 

 

 

Continuara.....

 


Notas Finais


Desculpe desculpa desculpa
Sei que demorei demais é que ta complicado aqui
Provas agora e não tive ferias e to trabalhando nos findes também agora que me deu um tempinho.
Desculpa de verdade
Mas parem de perguntar se eu não vou mais continuar com a fanfic.
EU VOU CONTINUAR NUNCA VOU ABANDONAR ELAS ATÉ QUE ESTEJAM COMPLETAS OUVIRAM?? ^-^

PS: Logo lgo atualizo a fanfic da Dama da Noite *-*

Beijos de Cereja e até a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...