História Um novo caminho, para o amanhã - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 23
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oiiee povo ^.^ Bom, eu ainda não tenho data para postar os capítulos da fic, então eu estava pensando em pedir ajuda de vcs para conseguir um dia pra postar os caps pq tá difícil, bom fiquem com o cap e boa leitura

Capítulo 3 - O reencontro...


  

  - Hahaha!!! - Ria descontroladamente - Sério que você fez isso !?

  - Sério !! - Mais acabei sendo expulso do condomínio. Mas quem se importa, estou em apartamento chique do último agora - Se gabou estufando o peito

  - Tá legal ! Príncipe da ostentação - Dei um soquinho de leve em seus ombros

  - Ok. Aonde quer ir primeiro ? -Perguntou olhando diretamente em meus olhos. E adivinha? Corei

  - Não sei. Você que faz os planos e eu tenho que saber aonde temos que ir ? Pff Esperava mais de você Deener - Falei ironicamente

  - Ok senhorita Amaya. Então eu escolho - Olhou para cima e encarou o céu pensativo, com a mão esquerda posta sobre seu queixo - Vamos primeiro ao Shopping. As roupas e sapatos são mais importantes - Nem me esperou responder e já saiu me puxando rua após rua. Até finalmente chegarmos ao nosso destino

  - Da próxima vez me espera responder! - Exclamei irritada e ofegante, por conta do quanto corri - Agora você sossega o facho - Puxei ar e me curvei - Por que eu tô cansada!!

  - Okay !! - Estendeu os braços em sinal de rendição - Eu me rendo !

   Gargalhei - Só você em Jack! -  Após eu ter me "recuperado" adentramos o Shopping. Meus olhos se arregalaram com no tamanho do local. Devem estar falando " Ah Mais você viu ele por fora " Vi Mais, cara ele é muito mais maior do que aparentava ser por fora. Jack percebendo minha descontração falo rindo :

  - Fecha a boca se não entra mosca - Colocou o dedo indicador em meu queixo e no levantou levemente

  - Engraçado você em... - Coloquei a mão na cintura o mostrando a língua. Ele riu mais . E do nada eu comecei a rir também. E pronto chamamos a atenção de todo mundo do Shopping, paramos de rir envergonhados.

  - Vem! - Me puxou novamente para uma loja. E lá vamos nós

  A loja era simplesmente perfeita! Tinha todos os meus estilos e gostos de roupas favoritas. Meus olhos brilharam logo quando pus o meu pé sobre aquela loja. Jack riu e falou

  - Se acaba!! - Não viu nem a minha sombra. Já sai correndo para o local onde ficava o setor das blusas com ombro caído e regatas. Logo após, fui ao setor de calças jeans cintura alta e com detalhes rasgados na extensão da cocha. Peguei ss peças e fui provar. Todas couberam perfeitamente em mim. Quando falei para o Jack que já havia acabado, o mesmo veio para pagar as coisas quando me viu arregalou os olhos.

  - Eu falei que podia se acabar. Mais nisso não quis dizer comprar a loja inteira - Ri de sua inconformação - Amaya !!

  - O que foi ? - Comecei a rir descontroladamente de suas expressões indecifráveis.

  Quando terminamos de passar tudo, o moço falou em cochicho ao Jack, mais consegui ouvir.

  - É fazer compras com a namorada não é fácil - Eu e inclusive ele coramos ao extremo. O moço riu mais logo Jack tomou a palavra.

  - E-Eu e ela não somos n-namorados- Falou extremamente corado. Quem o visse com certeza pensaria que estava fazendo cosplay de tomate. O moço riu mais, e falou

  - Bom, vocês fazem um casal bonito. Vale a pena - Sério se fosse possível, eu e Jack corríamos mais ainda. Sem mais nem menos pegamos as sacolas que eram muitas, e saímos da loja como foguetes. Saindo da mesma começamos a rir que nem retardados.

  - Aí aí, e cada uma que da dez ! - Falei dando um sorriso de canto

- Não é ? - Riu também - Bom agora próxima parada. Loja de sapatos - Saímos em filas imitando um trem. Assim fazendo os outros rirem e falarem coisas do tipo " Era esse tipo de casal que esperávamos para esse país " E por minha parte, simplesmente corava. Jack parecia não se importar, mais sempre via um leve rubor em suas bochechas. Sorri de canto.

  Após longos minutos caminhando, achamos a loja perfeita pra mim. A loja era composta com mais pares de tênis do que de sandálias. E eu simplesmente me acabei naquela loja. Eu prefiro tênis do que sapatilha e sandália. Mais acabo usando uns pares delas de vez em quando.

  Mais uma vez, Jack teve um troço. Só que sem comentários desnecessários sobre o vendedor da loja. Terminando nosso passeio pelo Shopping fomos até a praça de alimentação. Em meio do caminho fomos conversando sobre assuntos banais, até eu perguntar:

  - E aí, tem namorada ? - Tratei de colocar um risinho malicioso no meio da pergunta. Ele riu.

  - Tinha. Levei o pé na bunda mais feio da minha vida!

  - O que ela fez ?

  - Peguei ela traindo com meu melhor amigo. Na minha casa.... - Sussurrou a última parte mais eu consegui ouvir. Segurei o riso, mais o mesmo percebeu e me olhou fixamente e falou em seguida - Vai rindo vai!!

  - Hahaha!!! - Explodi em risos - Com o seus melhor amigo!? E na sua casa!? Que pé na bunda perfeito Hahaha!!!

  - Sem graça - Me empurrou de leve.

  - Também te amo <3 - Fiz um coração com as mão, junto de uma cara divertida

  - Vai a merda !! - Riu também

   Ao chegarmos na praça de alimentação e pegamos a primeira mesa que vimos pela frente, por que sério. Aquele lugar estava um caos!!

  - Conseguimos arrumar uma mesa pelo menos ! - Proclamou aos 4 ventos. Ri. Só que logo a risada cessou ao ver a pessoa que menos queria ver na vida.

  - P-pai - Minha voz saiu fraca e fiquei pálida em questão de segundos. Jack sem entender nada veio em minha direção e começou a me chacoalhar

  - Amaya, Amaya, Amaya me responde... Amaya !! - Deu leves tapas em minha face pálida. O cara que eu menos queria ouvir a voz se aproximou de nós dois e arregalou os olhos.

  - A-Amaya - Engoliu em seco. São de meu transe e comecei a chorar sobre o peito de Jack.

  - Jack... - Falei aos prantos - Me tira daqui... Esse homem.... Esse homem é um monstro - Apontei pra aquele ser que um dia chamei de pai. Ele arregalou os olhos - Ele é um monstro me tira daqui, por favor...... - Todos que estavam ali presentes se afastaram lentamente de meu pai. E algumas pessoas ajudaram Jack a me levantar. Sem dúvidas esse foi um reencontro, que preferiria não presenciar......











               Continua ♥ ♡ ♥ ♡


Notas Finais


Obrigado por ler, até a próxima ♣♧


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...