História Um novo começo - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha, Kaede, Kagome, Kirara, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou
Exibições 78
Palavras 1.123
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo da fic! ^^
Espero que gostem :))

Capítulo 15 - Três espiões e uma grande descoberta


Fanfic / Fanfiction Um novo começo - Capítulo 15 - Três espiões e uma grande descoberta

Enquanto isso, na cabana de Sango e Miroku...

- Você não acha que o Inuyasha e a Kagome estão demorando Miroku?

Perguntou Sango enquanto preparava o jantar.

- Sim eles estão. .. - Respondeu o monge que estava sentado na frente da fogueira observando a mesma. - Estão praticamente o dia inteiro fora do vilarejo. ..

- Será que eles estão bem? - Sango perguntou preocupada enquanto servia o jantar para o monge em um recipiente acompanhado de dois grandes palitos. - Estou preocupada com eles...

- Também estou querida... - O monge segurava o recipiente com sopa de carne e de legumes na mão esquerda enquanto a direita segurava os dois palitos.

Logo, o vapor da sopa subiu até o rosto do monge.

- Hum... - fechou os olhos enquanto tragava aquele aroma delicioso da sopa. - Que cheiro gostoso...

- Huhu...- Sango riu enquanto se aproximava dele segurando um outro recipiente nas mãos para jantar, sentando-se ao lado do monge. - Gostou?

- Hum... - Miroku fazia gemidos indicando que tudo da sopa estava saboroso, na medida em que se alimentava dela. Deixando Sango satisfeita por agradar o paladar do marido, indicando que estava se saindo muito bem como esposa para ele. Logo, antes de termirem o jantar, ouviram o gritos de Shippou que diziam "O Inuyasha e a Kagome voltaram" , fazendo os dois comerem rapidinho o jantar e saírem correndo da cabana. Apesar de estar muito frio fora dela. Quando saíram para receber os dois que acabaram de retornar, ficaram surpresos quando viram a jovem sacerdotisa e o hanyou frente a frente , de mãos dadas, conversando. Automaticamente, ambos resolveram se esconder atrás de uma grande pedra coberta de neve não muito longe onde o hanyou e a jovem sacerdotisa estavam. Miroku agarrou Shippou pela gola do quimono do mesmo e o escondeu junto deles. Os três encolhidos e fazendo um gesto de silêncio com a mão para poderem escutar a conversa.

- Obrigada por me trazer de volta Inuyasha... - Kagome disse gentilmente para ele que a olhava atenciosamente.

- Não precisa me agradecer Kagome... - Dizia lentamente. - Aliás, fui eu que te pedi para passar o restante do dia a sós comigo...

"O quê?"

Miroku, Sango e Shippou pensaram rapidamente,  enquanto colocavam ambas as mãos lábios, surpresos quando ouviram o início da conversa.

- Tem razão.  - Kagome sorriu enquanto apertava um pouco mais a mão do hanyou. A propósito Inuyasha...

- Hum?

Ele a olhou com mais atenção.

- E se aquele velho sacerdote retornar? - Ela olhou para o chão nevado um olhar triste. - Estou preocupada com o que ele seje capaz de fazer...

- Ei... - Inuyasha tocou no rosto dela com a outra mão que estava livre, fazendo-a olhar lentamente para o rosto dele. - Não deixarei que nada aconteça com você Kagome...

- ...

A jovem olhava nos olhos dourados do hanyou enquanto ele prosseguia:

- Eu irei te proteger Kagome...

- Inuyasha...

Com isso, Inuyasha aproxima o rosto lentamente do rosto da jovem, ambos com os olhos entreabertos na medida em que os lábios dele se aproximava e tocava lentamente nos lábios da jovem que, fechou os olhos assim que ambos os lábios se encaixaram perfeitamente. Inuyasha fechou os olhos uns segundos após a jovem que, tocou as costas dele com a mão esquerda que estava livre. 

Deixando o silêncio predominar no momento.

- Hum? - Miroku estranhou o silêncio. - Ficaram quietos de repente...

- É mesmo... - Sango disse baixinho assim que tirou as mãos dos lábios.

- Será que o Inuyasha sentiu nosso cheiro?  - Shippou disse assustado olhando para Miroku e Sango que, resolveram se levantar, ficando de joelhos e espiar por cima da rocha nevada. Fazendo Shippou fazer o mesmo também. Assim que olharam por cima da rocha, os três arregalaram os olhos assim que viram Kagome e Inuyasha se beijando.

-Ah... - Os três abriram a boca automaticamente assim que viram a cena. Porém, não saiu nenhum som de ambas.

Logo, Inuyasha separa os lábios dos de Kagome que, suspirou fundo depois do ato.

- Pude sentir as batidas do seu coração Inuyasha... - Kagome sorria.

- Hu... - Inuyasha sorriu levemente ainda mantendo a mão no rosto dela. - E eu o seu...

Com isso, ambos ficaram apenas com as testas coladas uma na outra, até Kagome passar os braços por cima dos ombros de Inuyasha, tocando delicadamente nos cabelos prateados dele com ambas as mãos enquanto dava leves beijos no rosto do mesmo que, tocava delicadamente nas costas e cintura dela, corado. Pois para Inuyasha, aquelas coisas eram novas e nunca experimentou antes.

- E não é que o Inuyasha conseguiu reconquistar a Kagome-Sama? - Miroku disse baixinho ainda os espiando. - Só não esperava que ele fosse avançar assim...

- Então quer dizer que ele se declarou para ela hoje?  - Sango disse olhando para o marido.

- Ah... - Shippou sorriu animado.

- Tenho certeza disso Sango... - Respondeu o monge.

- Huhu...

Com isso, os três ficaram assistindo o breve momento amoroso entre Inuyasha e Kagome até eles resolverem se despedir um do outro já que a noite passava rapidamente.

- Vejo você amanhã Kagome... Inuyasha disse quando se separava da jovem.

- Tudo bem... - A jovem disse enquanto caminhava uns cinco passos à frente do hanyou, olhando o mesmo por cima dos ombros. - Boa noite Inuyasha...

- Boa noite Kagome...

Logo, Kagome começa a caminhar até a cabana da velha Kaede que, estava escura indicando que a idosa havia adormecido. Inuyasha não tirou os olhos da jovem até ela adentrar a cabana. Assim que ela o fez, Inuyasha respirou fundo enquanto fechava ambos os olhos, aliviado por ter certeza de que o coração de Kagome era apenas dele.

- Minha... minha Kagome...

Logo, Inuyasha ouve barulhos atrás de si, onde vira Sango, Miroku e Shippou lançando neves para os ares, comemorando a nova relação que Inuyasha teria com Kagome a partir daquela noite. Fazendo-o compreender que eles viram tudo que rolou naquele momento. Com isso, Inuyasha começa a correr atrás deles animado que, acabou recebendo um convite de Miroku para ficar para jantar. Além de ter que contar para eles tudo que rolou entre eles durante o dia enquanto adentravam na cabana.

*****************************************************************************************************

- Interessante... - Uma voz masculina dizia enquanto observava toda a cena num gigantesco espelho moldura dourada. - Um grande romance entre eles está para começar... Mas só me pergunto: Até quando durará...

Logo, o lugar escuro onde essa pessoa estava se encheu de risadas maléficas, já que ela segurava em uma de suas mãos, um certo diamante de gelo, na medida em que a neve caía fortemente sobre o Japão feudal.

 

 


Notas Finais


Resolvi escrever para não deixar meus queridos leitores na vontade *_*
Até o próximo capítulo! ^_^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...