História Um novo começo- Sasusaku - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Sarada, Sasusakusara
Exibições 38
Palavras 1.564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura!!

Capítulo 5 - Capítulo 5


# Autora on


 Sasuke ainda se encontrava meio assutado, nunca imaginou que que sua esposa tentaria cometer suicídio. Sakura sempre foi uma mulher doce e ingênua, qualquer um se encantaria na primeira vez que vê-la.

 Depois do ocorrido de ter encontrado sua esposa no banheiro a levou para o hospital de forma desesperada, não ligou para as pessoas que o chingavam por estar correndo na velocidade máxima apenas Foi .

 Ao chegar no hospital encontrou Tsunade, tia de Sakura conversando com uma paciente, mas assim que viu o estado da sobrinha empurrou os papéis que haviam em suas mãos, encima da paciente ignorando o questionamento da mesma.

 Tsunade correu em sua direção empurrando várias pessoas que entravam em seu caminho. Ao ver um médico com uma maca vazia o empurrou o mesmo e pegou a maca. Como Tsunade era chefe e fundadora do hospital, as pessoas não ligam muito mas ficam meio assustadas.

 Ao chegar perto do Uchiha , chamou dois médicos que se encontravam conversando animadamente para ajuda-la.

 Assim que a colocou na maca com todo cuidado do mundo, olhou para Sasuke vendo que o mesmo tinha suas mãos segurando firmemente a mão da esposa que se encontrava inconsciente.

 —Sasuke temos que leva-la. – disse vendo o mesmo acenar com a cabeça lentamente enquanto soltava a mão de Sakura.

  E assim a levaram.


 {...}


 Depoi de longos 20 minutos que na verdade pareciam horas , finalmente se abre e dela sai uma mulher com uma aparência cansada.

 — Parentes de Sakura Uchiha? – perguntou.

 — Sou eu!! – rapidamente se levantou parando a sua frente esperando ela falar algo.

 — Bom , Sr.Uchiha teve uma queda de pressão por causa do sangramento, o corte foi profundo e por isso foi o motivo do desmaio. Ela ficara alguns dias de repouso para termos certeza que nada acontecerá. Bom alguma. pergunta? – perguntou.

 A médica parecia se surpreender pelo fato de ter parecido uma médica completa, apesar de ser uma , ainda era "novata" e ainda estava aprendendo a fazer as coisas meio que...pessoalmente.

 — Posso vê-la? –perguntou a mesma acenar com a cabeça e sair rebolando par tentar chamar a atenção do Uchiha.Ridícula.

 Caminhou lentamente até o quarto onde a esposa se encontrava e entrou no mesmo.Ao entrar seus olhos analisaram o quarto até encontrar oque procurava, Sakura. A mesma se encontrava conectada a vários aparelhos respiratórios e um saquinho de sangue conectado a uma ahgulha que estava em seu dedo.

 O rosto dela se encontrava pálido mais estava recuperando a cor aos poucos. Seu coração batia calmo e sereno como um bebê dormindo. Suas roupas foram trocadas por camisolas hospitalares. Seu pulso machucado estava enfaixdo por toda extensão do local, nem dava para ver o corte.

 Sasuke passou as mãos de leve em seu rosto e permaneceu ali acariciando o mesmo.

 — Ainda me lembro de quando nos conhecemos, você me rejeitou e me deixou falando sozinho na cafeteria. – risos – pensei em segui-la mas achei melhor não. No dia seguinte na faculdade me sentei atrás de si apenas para acariciar seus cabelos mas...você parecia ter olhos nas costas, toda vez que eu iria acaricia-los você me xingava mas eu não liguei apenas voltei a fazer oque queria fazer desde o momento que te vi embaixo de uma árvore estudando enquanto bebia lgo que suponho seja um suco ou algo assim. – pausa e suspiro – Também me lembro de quando tivemos nossa primeira vez junto. Você era linda, na verdade , é linda. Quando tive a oportunidade de lhe beijar pela primeira vez , assim que a beijei me senti como se estivesse voando sobre as nuvens. Depois de alguns dias oficilizamos nosso namoro, no começo você não sabia oque fazer nem eu também , também não havia namorado muitas vezes , somente uma vez e era Karin. Não nos amávamos era apenas sexo... – pausa – não sei porque estou falando disso , mais quero que saiba que você foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida, seus beijos, seu corpo colado ao meu , seu cheiro , tudo em você me deixa louco , queria saber o motivo de o futuro tirar Maya de nós, mais ainda me lebro de seu pedido...El queria uma irmão... Então... Daremos um irmão a ela. — sorriu mas seu sorriso morreu assim que viu Sakura com os olhos abertos s lágrima caindo do mesmo.

 — Me desculpe... – pediu ela baixinho olhando nos olhos do rapaz que se encontrava a fitando intensamente como se pudesse ver sua alma.

 Ele se inclinou o suficiente para que pudesse abraça-la sendo retribuído com um pouco de força.

 — Oh meu amor, não se desculpe , temos uma vida certo? – perguntou vendo a mesma acentir. Levou a mão até uma mecha que teimava em ficar na frente de seus olhos, e a tirou. — temos uma vida para seguir, temos que rumar nossas vidas para um novo caminho. Não podemos ficar para sempre nos lamentando pela morte de Maya...Ela queria um irmão então eu quero realizar esse pedido dela mas – pausa — só depende se você meu amor...– disse beijando a testa da esposa.

 — Sasuke, eu sonhei com Maya - disse fazendo o Marido a olhar de um jeito estranho. — No sonho eu estava em uma trilha escura que levava até uma casa...Eu escutei a voz dela me pedindo para entrar na casa e... Ela me pediu para entrar – suspirou.Ela não queria continuar mas precisava que o marido soubesse. — E-eu eu entrei lá era completamente escuro não havia nenhuma luz para iluminar o local, não tinha móveis ou algo do tipo , só havia uma escada que levava para o segundo andar... segui até a mesma e comecei a subir. Havia um quarto la então caminhei até ele...— sentiu seus olhos ficarem um pouco embaçados por conta das lágrimas que se acumulava nos seus olhos.Continuou — quando entrei vi um cadeira virada de frente para a janela eu... eu estranhei o fato do quarto estar iluminado pela luz da lua mas não liguei, ela me pediu para cantar com ela e eu cantei, depois que acabamos ela simplesmente agradeceu e começou a desaparecer em varias pétalas de Sakuras eu me desesperei mas eu cai no chão... Ao tentar me levantar escorreguei em algo que perfurou meu pulso esquerdo senti o sangue escorrer em minha mão mas eu só não entendi o porque de estar aqui, poderia me dizer? – ele não respondeu apenas pegou seu pulso de leve e mostrando para ela.

 Sakura estava espantada queria saber como aconteceu mas abria a boca para falar mas nada saia de sua boca .Respirou fundo e pergunta:

 — O-oque a-aconteceu? –perguntou sentindo seu corpo tremer com a resposta que esperava de seu Marido.

 — Eu encontrei você caída no banheiro o espelho estava quebrado e seu pulso...bem...estava cortado e jorrando sangue para todos os la... – el o interrompeu

 — Espera...foi real eu mesma me...m-machuquei? – ele não disse nada apenas afirmou com a cabeça.


 Ela se encontrava assustada, mas uma frase passava por sua mente :


# "Que merda aconteceu??"


{...}


# Flashback on


# Sasuke on


 Após Sakura ter me deixado na cafeteria , pensei em segui-la mais não queria assusta-lá então apenas terminei o servente que a mesma o deixou ali e fui embora.


 {...} 


 Ao chegar em casa estranhei o fato de não ter ninguém em casa a essa hora, não liguei apenas subi para o quarto , precisava de uma ducha gelada para relaxar um pouco. Ao entrar no quarto encontro Karin deitada em minha cama, ela usava uma calcinha fio dental preta e em seus seios tinha chantilly na região do bico de seus seios .Em seu rosto tinha um sorriso malicioso. Não aguentei então caminhei em direção a cama parando de frente a ela mas não me deitei . Karin se aproximou feito uma felina quando está com fome. Rapidamente a puxei para um beijo já enfiando minha lingua em sua boca vasculhando cada cantinho de sua cavidade bucal .Suas mãos desceram até minha calça a abaixando junto com a cueca.

 Karin se abaixou e encarou meu pau antes de abocanha-lo por completo,senti sua língua passar por toda minha fenda me deixando cada vez mais duro.

 Segurei seu cabelo em um rabo de cavalo ditando os movimentos, empurrava meu quadril em direção a sua boca mas não me importava se ela estava se engasgado ou não.

 Senti que estava chegando ao ápice então passei a estocar dentro de sua boca, eu a chamava de várias coisa como : vadia,cadela ou até mesmo puta, ela não se importava.

 Joguei a cabeça para trás gozando em sua boca, gemi e gemi varias vezes só não percebi oque tinha saido.

 — S-Sakura – Karin ergueu a cabeça me olhando raivosa.

 — Quem é essa vadia? – perguntou se levantando ficando a minha altura.

 — Não lhe interessa Karin. – falei revirando os olhos puxando as calças novamente. Karin sempre estraga o clima.

 — Fala quem é essa vadia – começou a se aproximar mas a empurrei de leve.

 — Cale a boca, a única vadia que existe aqui é você e trate de ir embora agora, aproveite e nem volte mais sua presença me irrita. – disse já ficando irritado.

 — Não é isso que diz quando fazemos amor. – disse raivosa.

 — Ande vista-se e vá embora. – entrei no banheiro me trancando no mesmo. Ainda estava exitado.



 Maldita rosada

   

# {...} Flashback off


 *Continua*


Notas Finais


Gostaram??
Porque excluiu sua outra fic Autora-Cha?
Bom assisti um filme esses dias e me veio uma ideia na cabeça : Porque não fazer uma história assim ?
Bom não vou revelar ainda quero fazer uma surpresa para vocês e acho que vão gostar!!

Mil desculpas por não postar na quinta estava com uma doença chamada preguiça. Kkkk
Pretendo começar a outra historia quando essa tiver no maximo 10 capítulos. OK?

Bom é isso...

Até o próximo!!!❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...