História Um novo mundo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 7
Palavras 904
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi gente! Olhem, não irei postar imagens dos personagens, pois não achei fotos que eu poderia usar, então fica com a imaginação de ca um ok? bjs! Quando verem um "PLAY" comecem a houvir a musica que eu pedir para a história ficar mais legal. Essa história é inspirada em vários contos, livros e filmes.

Capítulo 1 - Não aguento mais!


Fanfic / Fanfiction Um novo mundo - Capítulo 1 - Não aguento mais!

Alex era um adolescente que vivia com o padrasto, pois, sua mãe havia desaparecido à alguns anos. Ele enfrentava alguns problemas, pois seu padrasto o agredia, ele sentia falta da mãe e sempre andava de blusa manga longa, pois queria esconder as marcas que seu padrasto deixava, pra sorte dele, ele não enfrentava problemas na escola, pois era muito bom em todas as matérias e era amigos de todos, e toda vez que perguntavan para ele o motivo de sempre estar usando blusas de manga longa ele sempre respondia: eu apenaz gosto ok ? Quando seu padrasto não estava em casa ele saia para o parque para correr um pouco. Tirando as surras que ele levava do padrasto e a saudade da mãe,  ele levava uma vida boa, tinha cabelos negros e olhos azuis com traços negros e usava um colar com um pingente em forma de lobo.

Era quarta-feira e Alex estava sentado em uma das cadeiras do pátio da escola quando uma de suas amigas Ágata chegou para falar com ele.

Ágata: Ei Alex hoje a gente vai ir para a sorveteria depois da escola, você vem?

Alex: Não Ágata, hoje eu vou ficar em casa mesmo a gente se fala pelo pelo Wats ok?

Ágata: Poxa Alex vamos vai! Vai ser super legal!

Alex: Ágata toda vez eu vou quando nossos amigos me chamam, 
mais hoje não ok?

Ágata: Ta bom seu chato! Mais você não sabe o que vai perder. Disse Ágata se virando e indo em bora.

Narração: Alex

PLAY▶ Chandelier

Depois da escola acompanhei a Ágata até a casa dela e depois fui para casa, tirei minha farda do colégio,  botei uma roupa limpa e liguei a TV para assistir um documentario sobre lobos, pois adoro estes animais. Acabei adormecendo por algumas horas, mais acabei sendo acordado por meu padrasto batendo na porta, eu a abri para ele entrar ele entrou, ficou olhando  para mim por alguns segundos,  com a garrafa de bebida na mão e a lançou na minha cabeça que começou a sangrar, depois ele pegou um abajur numa estante perto dele e o jogou no neu rosto, cortando-o, eu corri para meu quarto em desespero, deixando cair sangue no azulejo branco e chorando, me tranquei no quarto, puz um corativo no meu rosto e um pano na minha cabeça, depois de um tempo chorando eu me acalmei e adormeci.

Narração: 3° pessoa.

Alex estava em uma clareira rodeada por árvores grandes e escuras um cheiro forte e ruim o rodeava, de repente, um lobo de olhos cor de safira o atacou e ele saltou da cama, seu travesseiro estava cheio de sangue, pois a ferida em sua cabeça se abrira novamente. Ele se sentia arrasado e com vontade de morrer, ele morava em um bairro que ficava perto de uma floresta, então Alex pegou uma mochila,  e saio de casa, seu padrasto estava dormimdo, por isso nem persebeu que ele havia fugido. Alex estava chorando quando entrou na floresta, se sentou perto de uma árvore,  esperando que algum animal selvagem o atacase. Quando derrepente um vulto passou perto dele, ele não pôde identificar o que era, pois estava muito escuro. Tudo ficou quieto por um tempo quando a fera com os olhos vermelhos pulou em cima dele. Alex desmaiou

Fim do PLAY▶

Narração: Alex

Acordei em lugar escuro, uma espécie de toca eu estava me sentindo estranho e meio tonto, estava me recuperando quando me dei conta de que estava com quatro pernas, ou melhor "patas" estava cheio de pelos e com uma bela calda, meu pelo era preto esbranquiçado.Coloquei a cabeça do lado de fora da toca, cujo a entrada era coberta por samambaias e vi que uma enorme clareira coberta de neve em meio a o que parecia ser uma floresta, quando ouvi uma voz atrás de mim. Era um lobo com o pelo branco e tinha os olhos amarelos.

???: Olha só quem acordou.

Alex: Quem é você?

???: Onde estão meus modos ? Perdão, meu nome é Jack e o seu?

Alex:  Prazer meu nome é Alex. Respondi meio confuso.


◆Jack: O prazer é todo meu.Bom Alex, vamos sair da toca, nossa lider quer falar com você.

Alex: líder? 
 que líder? 

◆Jack Você vai ver

Narração: 3° pessoa.

Alex e Jack foram até o centro da clareira onde havia um grande morro com uma entrada, parecia ser uma toca. Em cima do grande morro estava uma loba de pelo escuro,  e olhos bem castanhos que se destacava em meio a neve. A líder começou a falar:

???: Membros do clã do inverno, hoje um dos nossos companhiros trouxe para cá um forasteiro a líder olhou para Jack e depois para Alex. Forasteiro, diga seu nome. Falou a lider com firmesa. 

Alex: Alex. Respondeu ele, com muita timidez.

???: Jack, conte para nós como você o resgatou.

◆Jack: Estava andando pela floresta, quando o vi dormindo, com o rosto e cabeça sangrando, então, asumi minha forma humana, abri o portal e o trouxe para cá. 

???: Alex, você por enquanto é um aprendiz,  pois chegou aqui faz pouco tempo. Black e eu vamos decidir quem vai ser seu intrutor então por enquanto, estão todos despensados.

Os varios lobos que estavam reunidos, foram para suas tocas.

Jack guiou Alex até a toca dos aprendizer.

◆Jack: E então Alex, o que você está achando do acampamento?

Alex: Não sei. Na verdade eu não sei como eu vim parar aqui, nem como eu virei um lobo, nem quem são vocês e nem sei onde estou! Falou Alex, muito nervoso.

◆Jack: calma, eu te explico tudo. 


Notas Finais


Espero que gosten da história BJS!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...