História Um Par de Ímpares - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai, Lay, Sehun
Tags Kaixing, Layhun, Preciousxing, Sekai, Sekaixing, Sexing
Visualizações 103
Palavras 1.080
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mas olhe só quem apareceu no melhor projeto já feito para o Príncipe da China?! Eu mesma e bem atrasada, por sinal.... Um absurdo porque esse projeto é claramente pra mim, a Yixing ultimated mais preciosa do mundo.
Espero que gostem porque sekaixing é amor ♡

Capítulo 1 - Único


“Para Yixing, a definição correta para triângulo amoroso era se todas as três partes estivessem apaixonadas uma pela outra.”

Descansar no gramado verdinho e cheiroso do parque principal da cidade de Seul dava a Yixing uma sensação de calmaria e liberdade. Deitou seu corpo longo sobre a toalha de piquenique e deixou que a base da pontuda gramínea fizesse contato com seu pescoço, causando-lhe cócegas agradáveis que somente completava seu momento perfeito.

Estava satisfeito depois de dois sanduíches de atum e um copo gigantesco de sidra, já passava nas quatro da tarde e o sol não agredia tanto a brancura de sua pele, além de que o vento bom sempre parecia preferir o fim da tarde para brincar, correndo por aí.

E quem também não cansava um tiquinho só de usar as pernas em uma competição de corrida sem vencedores era Oh Sehun. Por um dos olhos abertos, o chinês podia apreciar a figura bonita do mais novo de um lado para o outro com o maior sorriso nos lábios, sendo seguido por duas crianças magrinhas e bastante barulhentas. Queria o chinês ter tanto fôlego e disposição para aguentar inúmeras rodadas de correria com Jongdae e Baekhyun e claro, como seu namorado.

Enquanto os seres cósmicos ainda não podiam lhe dar esse poder, o Zhang se contentava em ficar quietinho, desviando seu olhar dos brincalhões para fitar aquele ao lado: Kim Jongin. O moreno também havia terminado de comer seu lanche e no momento, sem esperar fazer digestão primeiro, devorava o Eclipse - como bem ele adorava ressaltar, em edição especial - pela terceira vez em toda a sua admiração exagerada pela série de vampiros e lobisomens.

Era engraçado observar Jongin enquanto o mesmo estava concentrado em qualquer que fosse o livro ou mensagem. Ele sempre demonstrava bastante suas emoções através de sorrisos, risadas e o de agora, indignação. Era fácil para o estrangeiro dizer se ele havia se agradado ou não da leitura.

Ele abriu o outro olho para então sorrir e se impulsionar um pouco, ficando sentado na toalha com estampada quadriculada, observando o Kim agora da maneira certa.

— Aconteceu alguma coisa, Jonginnie-ah?

— Mais ou menos, hyung. — Respondeu formalmente mesmo sabendo que Yixing não se importava com aquela coisa toda de honoríficos quando estavam, bem... — Eu gosto bastante do relacionamento Bella e Edward, mas por que não é possível que ela também possa gostar do Jacob? Ou o Black gostar da presença dos Cullen?

Yixing mordeu o lábio inferior. Eram perguntas difíceis para quem entendia 5% apenas do que Jongin falava com tanto afinco. Sehun era melhor nisso do que ele e, naquele instante, desejou seus poderes para acabar fugindo com a desculpa que queria brincar também.

Falar sobre lobos e vampiros era algo delicado demais dentro daquela relação, o segundo mais novo era simplesmente fanático pelo universo e o Oh compartilhava da mesma paixão, mudando apenas para porções e magia. Eles discutiam diariamente por coisinhas bobas e minutos depois estavam trocando beijos encima do sofá.

— Como você, Sehunnie e eu?

Porque Yixing namorava Sehun, que namorava Jongin... Que namorava Yixing.

Assentiu enquanto mantinha os orbes fixos no mais velho, esperando sua resposta. E esse riu anasalado, arrastando suas pernas preguiçosas para pertinho do Kim, pegando o precioso livro e depositando-o na toalha para ter toda atenção alheia.

— Amor, pelo que sei com base em todos os seus comentários e piadinhas do senhor Oh ali... — Apontou desajeitado para o rapaz mais ao longe, deixando Jongdae e Baekhyun ocupados com a terceira criança barulhenta do parque - e talvez a maior delas -, Park Chanyeol. — Bella envolveu todo o seu coração com a aura misteriosa e atraente do Edward. E, você mesmo viu tantas vezes ele e Jacob dando uma trégua nos últimos momentos da série; não há mais desavenças entre os Black e os Cullen.

— E talvez, sua queridinha Stephenie não achasse que daria certo um relacionamento a três. — A voz grave de Sehun se fez presente, assustando de súbito o casal que conversava. O chinês virou um pouco o rosto para encontrá-lo suado e bem cansado da correria. Oh aproveitou o revirar dos olhos de Jongin para sorrir vitorioso e se acomodar ao lado do mais velho do trio, levando seus dedinhos para os fios castanhos. — Olhe para Hermione, Harry e Rony.

— É diferente, amor! — Choramingou e o Zhang quis jogar tudo para o alto e agarrar Jongin num abraço apertado e num beijo apaixonado; o moreno era um furacão de fofura e manha.

— Não é, não! — E tacou o beijo que o chinês poupou-se tanto em dar. — Yixing hyung, você e eu já não lhe é o bastante?! Deixe Jacob ser feliz com a Cullen sensitiva.

— E então? Tudo resolvido?

Jongin murmurou uma resposta positiva, mas não totalmente alegre com ela. O mais velho não se apressou para reverter a situação, pois era evidente que aquela conversa voltaria para eles algum dia, bastava apenas esperar e presenteá-lo com algo melhor.

Sehun não era compreensivo da mesma maneira, provocando o Kim enquanto puxava de leve o cabelo do chinês. Eles estavam num parque público e vê-los tão próximos já era suspeito.

Deixemos para brincar de provocações entre quatro paredes.

As crianças gritaram o nome do maknae, convidando-o para mais uma rodada, agora com a presença de Chanyeol, e ele se despediu dos namorados.

— Eu volto logo.

Os lábios de Yixing sendo rapidamente selados também.

— Ei, ei, ei. Tome cuidado, não vá se machucar. — Alertou e o maior balançou a cabeça em afirmação, sorrindo doce. — Quer voltar a ler? — Perguntou assim que só restasse ele o Kim daquele espacinho do piquenique. Este ponderou, fazendo bico. — Eu acompanho a leitura contigo, amor. — “Agora sim estamos sendo compatíveis”. Assentiu inúmeras vezes, sem ao menos esconder que preferia continuar divagando sobre seus livros preferidos.

Principalmente com alguém que não fosse rir de cada mísero parágrafo. Yixing não era assim.

— Obrigado por existir, hyung. — E timidamente se aproximou para beijar seu segundo namorado, demorando um pouco mais no contato, invadindo a boca dele com a língua e explorando cada pedacinho como se fosse a primeira vez experimentando aquele gostoso sabor. Assim como ele igualmente fazia com Oh Sehun.

Eles eram o casal de três mais certo que qualquer autor famoso teria vontade de detalhar em séries e mais séries de livros. Jongin tinha 100% de certeza.


Notas Finais


Visitem a tag e o jornal do projeto para mais informações e histórias: https://spiritfanfics.com/jornais/projeto-preciousxing-10001712
Além de continuarem apoiando a volta do bebê chinês para o EXO e o seu futuro segundo álbum solo, até o próximo trabalho, amo vocês, deixem reações nos comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...