História Um passo para a felicidade - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance, Sexo, Shoujo
Exibições 9
Palavras 1.192
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capitulo 1


Eu me chamo Viollet… Vio pros intimos eu tenho 16 anos e moro com minha tia Andressa… ela éum anjo e cuida de mim desde os meus sete anos quando eu sofri um acidente… Bem eu conto minha historia de vida outra hora… eu estava escrevendo uma historia… eu amo escrever e desenhar os personagens das minhas historias… bem eu tava escrevendo só que eu escutei gritos vindos do lado de fora então fui olhar pela janela e lá estavam os irmãos que moram na casa ao lado… como sempre eles estão brigando… chega a ser engraçado, sempre é pelo mesmo motivo um pegou uma coisa do outro…

 

Uma hora depois

 

Acabei de entrar no banheiro estou me despindo para tomar meu banho estou apenas de sutiã quando de repente eu escuto um barulho vindo do meu quarto então eu saio do banheiro (o meu quarto tem um banheiro) e vejo um… caderno caido no chão então eu vou até lá com minha querida cadeira pego o caderno que é azul…abro o caderno e vejo varias musicas escritas...e desenhos bonitinhos…no caderno logo no inicio esta escrito victor… já sei de quem é… ouvi a campainha tocar

 

-TIAAAA – gritei mas ninguém me respondeu então eu fui com minha amiguinha até a porta – quem é?

-oi eu sou seu vizinho… meu irmão jogou meu caderno aqui, sera que poderia me devolver? - perguntou um menino…

- Só um minuto – falei e fui o mais rapido possível pro quarto com minha amiga pro meu quarto e coloquei uma blusa estava voltando pra porta quando a roda emperrou… - droga... Pode entrar…- gritei do corredor e o menino entrou e vi sua cara de surpresa ao ver meu estado…

-me desculpe- falou desviando o olhar da minha cadeira de rodas… Sim gente eu sou cadeirante… - o m-meu ca-caderno – disse ele e eu entreguei o caderno pra ele

-desculpa mas você poderia me ajudar… a roda emperro…- falei e ele se aproximou

-é… o que eu faço?- perguntou e eu ri

- só empurra a cadeira pra trás…- falei sorrindo e ele sorriu olhando pra minha cara

- você é fofa – falou ele e empurrou a cadeira pra trás de leve pra não me machucar…

- obrigada...pelo elogio e pela ajuda…- disse e o acompanhei até a porta – tchau

-...tchau e desculpa pelo caderno voador…até outro dia – disse ele e saiu… ele nem falou o nome dele só sei que é victor por causa do caderno… bem vou tomar banho

 

Uma hora depois

 

-Bebezinho a titia chego…- falou minha tia entrando no meu quarto – eba cheguei na melhor hora...me da essa escova aqui…-falou titia pegando a escova da minha mão e começando a pentear meu cabelo

- hoje um caderno voo pra ca…- disse e sorri – e eu conheci o nosso vizinho…

- e qual é o nome dele?- perguntou ela

- não sei…- falei – como foi no trabalho hoje?

-o meu chefe disse que se eu fizesse uma viajem e desse tudo certo… eu ganharia uma promossão – disse ela sorrindo – eu vou arranjar alguém pra ficar aqui com você… - disse ela me dando um beijo na testa e saindo do meu quarto…então eu fiquei estudando até dar 04:20 eu desde os sete anos estudo em casa por causa do meu problema…Isso nunca foi problema uma moça vinha aqui e me explicava a materia… mas eu já não preciso mais disso… já encerrei os estudos… eu sempre fui muito inteligente então… quando completo 05:00 eu me deitei e fui descansar

 

 

POV victor on

 

- eu to falando… ela é linda… perfeita…- falei com meu irmão mais velho raphael

-eu já entendi…- disse ele voltando a mexer no celular… - a carol é uma delicia… a nicole então… é nelas que você deveria se interessar não em uma cadeirante…

- eu não to interresado na vizinha… nem sei o nome dela – disse e fui pro meu quarto chegando lá...adivinha quem estava lá… livia – Por que você esta aqui?

- pra te fazer companhia amorzinho – disse ela me abraçando e eu a empurrei

- primeiroo eu não sou seu amorzinho… dois eu não vou te comer… três saia já da minha casa… - disse e tirei ela do meu quarto a força e me deitei pra descansar

 

 

POV viollet on

 

- acorda bebezinho…- disse minha tia entrando no meu quarto – que bagunça – disse ela e eu abri os olhos e a vi catando papeis do chão…- vio você deixou a janela aberta… o que eu já falei sobre issso? É perigoso…

- desculpa titia… eu esqueci – falei voltando a fechar os olhos

- acorda viollet – disse ela tirando a coberta de mim e começando a dobrar…

- tia eu quero dormi – disse e ela me ignoro, ela foi guarda a coberta e depois volto e me levou até a cadeira

- você dormiu com roupa do dia a dia – disse ela me levando até o banheiro e começando a escovar meus dentes – você tem visita e eu vou viajar hoje a noite… temos menos de 24 horas pra achar alguém pra cuidar de você…-disse ela

 

depois de escovar os dentes e pentear meu cabelo

 

- titia quem veio me visitar… pra que vestido?-disse me segurando nela pra ela acabar de ajeitar o vestido… ela ajeito o vestido e me sentou na cadeira

-vem vamos pra sala – disse ela abrindo a porta e começando a me empurrar até a sala e lá estava ele o victor com um sorriso no rosto

- Oiie… você mais fofa que ontem – disse ele sorrindo – ontem a gente não se apresentou… eu me chamo victor hugo – disse ele e estendeu a mão pra mim

- eu me chamo viollet – disse apertando a mão dele …

-eu vou fazer um café – disse minha tia e foi saltitando pra cozinha e eu ri

- ela é maluca- falei fazendo ele rir – sem querer sem desagradavel mas… por que você tá aqui ?- perguntei

- pra te levar pra um passeio…-disse ele sorrindo – se sua mãe deixar…

- minha mãe tá no céu...ela é minha tia -falei abaixando a cabeça

-desculpa…- disse ele

- Cheguei – disse minha tia vindo pra sala com uma bandeja com café e tres chicaras

- senhora...sera que eu poderia levar a viollet pra um passeio ? - perguntou victor pra minha tia

- se ela quiser…- disse minha tia

-tanto faz…- falei bebendo café

- então vamos – dito isso victor me levou pra fora de casa e começou a me empurrar (literalmente) pelos lugares até chegarmos no parque… - eu gosto de ficar aqui… - disse ele me levando pra de baixo de uma arvore – você quer sorvete vou comprar – disse ele indo até uma barraquinha de sorvete me deixando sozinha

-Ele tem demencia… se eu for sequestrada vai ser culpa dele – falei sozinha

- meu irmão é assim… se vocês ficarem amigos você se acostuma – disse um cara se aproximando – prazer sou raphael irmão mais velho do victor – falou me abraçando

- prazer viollet – falei e o abracei de volta… como ele é lindo

- você é super bonita – disse ele com um sorriso no rosto…

 

 

CONTINUA...se vocês quiserem…  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...