História Um piscar de olhos - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 10
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Romance e Novela, Suspense

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - Será o recomeço ??


Lucas não sabia o que fazer, então foi ate o balcão da recepção e perguntou aonde estavam todos, a recepcionista informou que todos haviam adentrado a sala de recuperação, pois o médico havia chamado a todos. Saindo pela porta, o pai de Camila pediu para que Lucas o seguisse e que Thiago deveria esperar ao lado de fora, pois já havia muitas pessoas lá dentro, Thiago concordou e ficou na recepção. Antes de entrarem para o elevador, o pai de Camila conversou com ele.
Pai: Olha, o que você vai ver la em cima poderá te assustar, eu estou assustado. E calma, ela ainda nao morreu.
Lucas: Como assim ela nao morreu?? Esta para morrer?!
Pai: Nem os médicos sabem dizer o que ira acontecer.
Lucas: Então vamos logo.
Subiram de elevador, e dentro do elevador Lucas começou a chorar por saber que algo poderia acontecer com sua amada. Então chegaram no andar aonde se encontrava a sala de recuperação que Camila estava, e percebeu que todos estavam olhando algo pela janela, menos a mae de Camila que nao estava lá. Lucas, juntamente com o Pai de Camila se aproximaram do vidro, e quando Lucas viu o que tanto as pessoas olhavam, se deparou com Camila ligada em vários aparelhos, com o rosto inchado, seu corpo estava totalmente coberto por um único pano, pois estava muito inchada que nenhuma roupa cabia nela, e além do mais, estava com alguns pontos abrindo, além de terem feito uma traqueostomia, para que pudesse respirar melhor. Lucas nao conteve a emoção e chorou, como se estivesse perdido o mundo, e era realmente o que estava acontecendo. A mãe de Camila percebeu que para o bem de Camila e para o bem de todos, Lucas teria que entrar e falar com ela, mesmo estando em coma, então foi ao encontro dele e disse:
Mãe: Entre e faça o que o seu coração deseja!
Lucas: Irei tentar.

Lucas então se vestiu com a roupa necessária para entrar naquele quarto, e antes de entrar deu um beijo na testa da mae e do pai de Camila, em retribuição do que eles estavam fazendo por ele. Entrando no quarto, Lucas enxugou as lagrimas e foi para perto de sua amada, sentando em uma cadeira ao lado dela e começou a falar:
Lucas: Olá meu amor! Como e bom poder ver que você esta viva. Mas amor, antes de tudo eu quero te pedir perdão, pois te deixei sozinha e tudo isso aconteceu. A culpa foi toda minha, me perdoe meu amor. Não devíamos ter ido aquela praia, mas não sabia que isso poderia acontecer. Me perdoe meu amor, pois tudo o que eu queria e quero e te ver bem. Por favor amor, me perdoe, e se possível amor, lute com todas as forças que eu sei que você tem, saia desse coma pois sua familia e eu estamos aqui te esperando de braços abertos. Queremos ver você bem meu amor, nao importa se houver alga sequela, te amarei da mesma maneira que te amo. Volta amor, volta pra mim. Eu te amo (e começou a chorar). Nao irei sair daqui ate que você saia comigo pela porta da frente.
Mãe: Lucas, você precisa sair da sala, o médico ira fazer uma avaliação nela.
Lucas: Ta bom, irei sair, mas só um minuto por favor.
Mae: Ta meu querido, só mais um minuto.
Lucas: Ta.
Amor, olha, eu não posso ser o homem mais rico, ou o mais lindo, ou o mais sábio, mas eu sei de uma coisa, sou o que mais te ama. (Dando um beijo na testa de Camila e saindo do quarto)

Todos voltaram para a recepção, e concordaram de ir para a casa e voltas as 22hs, já que naquele momento eram 17hs e ninguém tinha descansado direito. Então todos foram pra sua casa, e Thiago levou Lucas para casa, para que ele pudesse descansar.
Mãe: Thiago, pode deixar que nos iremos trazer ele mais tarde.
Thiago: Tudo bem então, deixe eu leva lo agora.

Chegando em casa, Lucas vê que tem uma visita, Kelly, amiga de Camila. Ela então entrega uma carta para Lucas, pois nao podia ficar mais tempo dentro daquela casa, Lucas então se despediu dela, levando a ate a porta. Deixou a carta em cima da  mesa e foi para o banheiro tomar um banho, já que estava precisando de um belo banho. Saiu do banheiro, pegou a carta q estava em cima da mesa e foi para o quarto. Trocou de roupa e começou a ler a carta.
"Lucas,
A vida de Camila corre um grande risco. O que fizeram com ela nao e nem o começo do pesadelo que esta por vim. Não disse nada em sua casa poia estou sendo vijiada. Então, por favor, nao diga que eu escrevi para você, esconda muito bem essa carta, pois alguem pode ir atrás de você, e principalmente, acabar com Camila."
Depois dessa carta, Lucas nao sabia o que fazer, entao pegou a carta e colocou ma carteira, para que ninguém pudesse mexer. Lucas foi descansar ate a hora em que sabia que os pais de Camila iriam passar em sua casa, mas antes desse horário, o telefone toca, era a mãe de Camila pedindo para que ele ficasse pronto que já estavam passando na casa dele, isso por volta das 19hs. Lucas colocou outra blusa e saiu para a porta esperar eles, mas quando saiu eles já estavam o esperando. Então Lucas perguntou:
Lucas: O que houve para estarmos indo agora para o Hospital?!
Mãe: Ligaram para nos e pediu para que nos fossemos o mais rápido possível e que era pra levar você.
Lucas: Eu ?!?! Mas o que houve ??
Mãe: Camila acordou e só sabe te chamar, e parece que tem algo a dizer para você.
Lucas: Como assim, estou confuso.
Mãe: Nos também estamos. Vamos vê quando chegarmos lá.
Lucas: Tá.

Chegaram ao hospital e a recepcionista liberou a entrada deles, fizeram o mesmo caminho de mais cedo, e do corredor ouviram a voz do Dr° Luiz dizendo, "Eles chegaram".


Notas Finais


E agora, o que vai acontecer ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...