História Um policial em minha vida. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Mistério, Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 473
Palavras 1.931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


BOA MADRUGADA MENINAS, UM CAPITULO EXTRA PARA VOCES HOJE, NOS VEMOS SEGUNDA NO PROXIMO CAPITULO!!!
ESPERO QUE GOSTEM.
UM OTIMO FINAL DE SEMANA PARA VOCES E PARA A FAMILIA DE VOCES!

E OBRIGADOS PELOS COMENTÁRIOS SEMPRE E BOM TER ELES PARA LER SEMPRE ME INSPIRAM MAIS E MAIS..

BEIJINHOSSS :-)

Capítulo 12 - Gosto de você!


Fanfic / Fanfiction Um policial em minha vida. - Capítulo 12 - Gosto de você!

Capitulo 12.

SAKURA.

Depois de chegar em casa levei Sasuke para tomar um banho em quanto isso fui ao quarto e so troquei de roupa as vezes ele precisaria de algo e eu não taria presente para ajuda lo, coloquei um vestidinho soltinho e fui para sala tava escolhendo uns filmes, e Sasuke de fato não saia da minha cabeça aquela hora que ele mentiu dizendo que tava mau eu quase morri de aflição de saber aquilo não sei o certo o que sinto mais ele e importante para mim e o tempo todo quero sua companhia.

  - Sakura! Ouço ele gritando mais não da pra ir La por que to arrumando um filme para gente então eu digo que to na sala.

  - Sakura! Me viro e grito ao ver ele pelado e todo espumando ele solta a Mao e ergue ficando paralisado me dando uma visão maravilhosa nunca tinha visto um homem pelado e sim eu vi um homem maravilhoso todo gostoso e sarado e ainda por cima ele tava de barraca armada outra vez mais o tamanho me assustou tenho do das mulheres que ele se entrega.

Ele entra no meu banheiro e ainda tira com minha cara e então eu caio em si lembrando o por que ele dirigiu o caminho todo emburrado sim era por que eu chamei ele se senhor, mais não sabia que ele não gostava, vou ate a sala e pego os lanches e a coca levo para cozinha onde as duas ficam juntas por ser cozinha americana. Pego dois pratos e tiro o lanche da caixinha de isopor coloco ele no prato, tomo um gole de coca e ta meio esquentando abro a geladeira e pego a forminha de gelo e coloco duas pedrinhas em cada copo lembro que tem limão então corto duas fatias e coloco no fundo do meu copo pego duas pedras de gelo e coloco em cima por ultimo a coca, fico ali parada esperando o Sasuke.

Hoje a noite vai ser difícil Hina ta dormindo na casa do namorado e eu vou ficar sozinha, queria que Sasuke ficasse mais não irei pedir ate por que eu não quero que ele pense que sou uma qualquer, ainda tenho receio de suas palavras dolorosas, mais na verdade eu gosto dele de um jeito diferente não e amizade e um jeito que não sei explicar e algo que nunca senti, mais e ele o que de fato quer de mim?

  - Ei ta perdida! Olho para o lado e ta ele com o shorts e sem camisa me deixando com o corpo pegando fogo.

  - Tava pensando so isso vamos comer? Ele balança a cabeça e eu entrego seu prato e o copo com a coca, sigo para a sala e sento no chão no carpe fofinho coloco uma almofada no meio das pernas e a cruzo colocando o prato em cima da mesma ele se senta do meu lado e faz a mesma coisa.

  - Uhummm ta tão gostoso! Digo mastigando um pedaço ele me olha e aperta minha bochecha um tipo fofo e da uma abocanhada que me deixa super excitada.

  - Ta mesmo da pra a gente sempre pedir NE! eu lembro que ele não pode por causa da gastrite seguida da bactéria.

  - Não você não pode por causa do estomago lembra, e eu também não so quis hoje pois não comi nada o dia todo! Ele coloca o prato em cima da mesinha de sentro e se levanta e caminha indo para o quarto que Le esta, será que ele ficou chateado, me levanto e quando vou colocar o prato na mesa ele volta segurando a carteira.

  - Senta ai e vamos termina de comer depois vamos conversa! Eu faço o que ele disse e ele senta colocando a carteira na mesinha, fico nervosa o que será que ele quer, por fim eu não consigo comer tudo e deixo mais da metade me sinto satisfeita, mais ele ainda come o dele com um gosto que eu quero oferecer o meu pedaço para ele.

  - Voce não vai comer mais? Ele pergunta terminando de comer e aponta para o meu, nego com a cabeça.

  - Posso termina ele pra você se você quiser! Ele me da um sorriso lindo.

  - Fique a vontade estou satisfeita! Pego o meu pedaço e o entrego.

  - Que filme você quer assistir?? Pergunto e ele termina de comer o lanche.

  - Qualquer um de terror! Ai meu Deus não tenho nenhum eu acho, me levanto e vou ate a caixa de DVDs e não encontro nada ligo a teve e esqueci que essa semana Hina tinha assinado netflix fico zapeando ate que ele pede para parar.

  - Coloca invocação do mau esse ai do lado o terceiro da segunda linha! Eu coloco e saio vou para meu quarto pegar uma mantinha estou com frio.

  - Fui buscar uma cobertinha ta frio NE! sento no sofá e ele continua no chão.

  - Quer uma também! Ele nega prestando atenção na merda do filme que so de começar to me cagando toda.

   - AHHHHH, MEU DEUS! Grito com a assombração Sasuke me olha e da risada, eu abaixo a cabeça e fico quieta prestando atenção.

  - Me da esse espaçinho aqui! Ele levanta e aponta o espaço atrás da minhas costa. Eu me inclino para frente dando o espaço ele vira e vai ate a luz e a apaga.

  - Vou te proteger não tenha medo rosada! Ele senta atrás de mim abre a perna e me puxa por meio delas eu fico de costa agradeço pois meu rosto esta queimando, nunca fiquei assim com homem algum mais Sasuke e diferente não consigo negar nada para ele.

Ele faz carinho funga no meio do meus cabelos me aperta em seus braços fortes e másculos beija meus cabelos e lógico fico toda arrepiada mais eu deixo ele fazer eu ate gosto de ser mimadinha assim, acabou o filme e eu nem vi.

  - E vamos conversa? Ele se levanta de trás de mim pegando a carteira e ficando de frente para mim o que ele quer com essa carteira. Sera que ele pensa que eu peguei algo aquele dia que ela ficou dentro da bolsa mais eu não peguei nada.

  - Sasuke eu não peguei nada eu juro! Digo com os olhos lacrimejando ele fecha a cara e faz uma cara de bravo.

  - Por isso mesmo que eu tou bravo com você moçinha, você pagou tudo aquele dia e eu achei que você tinha pegado da carteira para pagar, mais depois eu fui abastecer e vi que você não tinha pegado nada, e isso me deixou puto com você Sakura! Ele ainda permanece bravo.

  - Quanto você gastou no tudo me diz! Ele abre a carteira.

  - Não foi nada eu faria tudo novamente, e eu não irei aceitar o dinheiro!

  - Não faça isso comigo Sakura, você não quer me ver bravo!

  - E nem você quer me ver brava. Levanto e vou para meu quarto escutando ele xinga na minha sala, entro no quarto e fecho a porta vou no guarda roupa e pego um shortinho e uma regatinha um conjuntinho de roupa de dormi, e vou para o banheiro tomar meu banho!

Olho no espelho eu nua e tiro aquele curativo horrível a manchas escura que aquele maldito fez esta sumindo, mais em compensação minhas unhas que foram gravadas então as marcas fundas e vermelhas ainda.

Termino o banho e saio penteio o cabelo amarando em um coque alto passo um perfume e vou ate a porta e a abro, escuto Sasuke xingando vários palavrões com raiva chego na sala e ele ta sentado no sofá com a cabeça baixa e com o celular na Mao, me sento ao seu lado e o mesmo continua do mesmo jeito.

  - Aconteceu alguma coisa?? Pergunto e ele continua do mesmo jeito.

  - A os filhas da putas do quartel mudaram minha férias para sexta você acredita! Ele levanta a cabeça e se joga no encosto do sofá bufando.

  - Calma não fica assim e so termina a semana, passa rápido!

  - Tou cansado Sakura, faz dois anos que não pego férias trabalhando batidao, não agüento mais porra! Me assusto com seu tom de voz, levanto e caminho para cozinha para beber um copo de água.

  - Amanha cedo você não vai para faculdade mesmo? Pergunta ele tirando o copo da minha boca e bebendo o resto da minha água.

  - Não eu já passei nas provas desse semestre! Digo guardando a jarra de água de novo na geladeira.

  - Posso passar aqui para te buscar, pra te levar para comprar um moveis para minha casa, e fazer compras! Eu abro um sorriso enorme por ele querer minha presença me perco em seus olhos como esse homem meche comigo me desestrutura por completa.

  - Mais você não ira trabalhar amanha! Ele deixa o copo na pia e sai indo para o quarto onde ele esta.

  - Eu pedi ate a hora do almoço de folga, e eles me deram, sabe como e eu sou um policial muito bom no que faz sabe! Diz ele se achando. Me viro e abro novamente a geladeira procurando por doce toda vez que fico nervosa preciso de doce e no caso quando fico perto dele sempre preciso de um doce pois fico tensa ele e muito intimidador, eu acho uma caixa de bombom e abro pego dois um para mim e outro para ele, me viro e dou de cara com ele arrumado com a calça do uniforme de sapatos e suas coisas na Mao eu o encaro triste.

  - Voce vai embora? Digo meio choramingando, achei que ele ia dormi comigo.

  - Sim eu venho amanha te buscar cedo ta! Ele segue em direção a porta e eu corro para ele e abraço porta trás, mais não tenho coragem de pedir a ele para ficar não quero ser uma qualquer, mesmo que isso continue me angustiando por dentro.

   - Amanha eu volto rosada! Ele abre a porta e sai dos meus braços ele fecha a porta caio no chão de joelhos e choro, jogo os bombom na parede não quero essa merda, me levanto e caminho para meu quarto em lagrimas e soluços vou ate meu closet pego a blusa de moletom dele que ele me deu aquele dia e a visto sentindo seu cheirinho me cubro por inteira com o edredom. E choro de soluçar, podia ter pedido para ele ficar.

 Sinto o colchão se afunda e eu ser puxada, e La esta ele na minha frente em cima de mim com cara de preocupado.

  - Por que ta chorando? Viro o rosto para o lado para ele não ver.

  - Olha pra mim e diz Sakura! Eu o encaro.

  - POR QUE VOCE FOI EMBORA! GRITO.

  - Por que não pediu para mim ficar! Pergunta ele me encarando.

  - Por que não queria que você pensasse mau de mim, não quero ouvir tudo aquilo novamente! Ele abaixa a cabeça com expreçao triste.

  - Por que você me quer por perto? Ele me encara e eu preciso falar.

  - POR QUE EU GOSTO DE VOCE! GRITO.

Ele toma minha boca com um beijo molhado entrelaça nossas línguas ele vem ainda mais pra mim ficando por cima de mim apertando meus braços ele envolve meu corpo em seus braços e me aperta contra seu peito e ele adentra ainda mais veloz na minha boca, e eu o que falar disso simples ESTOU AMANDO ESSE MOMENTO!

 

  


Notas Finais


E DAI ME FALEM O QUE ACHARAM???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...