História Um policial em minha vida. - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Mistério, Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 683
Palavras 1.899
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


*GENTE NAO ATUALIZEI ANTES POIS NAO TIVE NADA DE IDEIA, HOJE TROUXE UM CAPITULO CURTINHO, E SIMPLES PARA VOCES NAO FICAR SEM*

SEM REVISAOO BEIJOSS

Capítulo 51 - Família completa.


Fanfic / Fanfiction Um policial em minha vida. - Capítulo 51 - Família completa.

Capitulo 51.

Sasuke.

Ter Sakura deitadinha do meu lado era  a melhor coisa do mundo, essa mulher e minha vida e tudo para mim, meu bebe e ela são minha vida.

- Te amo Sakura, te amo para sempre.

- Te amo Sasuke, amo voce e nosso bebe. Ela se ergue um pouco e eu a beijo, estou com muito desconforto, mais ta tranqüilo so de ta vivo, e a melhor coisa.

- Voce viu meu Irmão? Perto a ela.

- Não, ainda mais fiquei sabendo que voce o salvou amor, sabia que ele tem namorada? Ela pergunta rindo.

- Eu quando fui atrás dele foi por causa dela, eu acho que ela tinha escapado do bandido e correu para nos avisar. Passo a Mao devagar nos seus cabelos.

- Minha tia falou que ele e bonito, que a genética da sua família e boa! Nos começamos a rir.

- Entao imagina se vir um menininho que estrago que não vai fazer com essas meninada! Falo e ela me lança um olhar raivoso.

- Eu não vo querer dividi meu filho com qualquer outra mulher, e outra voce pensou que se for do jeito que voce ta achando que será uma menininha sabe que ela ira ser muito linda ne, e outra gaviões iram rondar a casa! Sabe o sorriso que eu tava, então ele acabou de ir embora, e no lugar ta uma carranca, fuzilo ela que da gargalhada da minha cara.

- Nunca minha filha, não ira namorar nunca, eu sempre serei o papai e nunca nenhum bastardo filho da puta chegara perto dela. Falo nervoso.

- Ta bom quero ver! Ela levanta do meu colo.

- Eii volta aqui Sakura, não terminamos! Chamo ela que arruma seu jaleco branco.

- Já sim Sasuke, e olha o bebe ta com fome eu vou buscar alguma coisa para comer, ja volto.

- Aiii comida, trás para mim também! Falo minha barriga esta vazia e a fome ta me corroendo.

- Sim vou manda eles trazerem sua sopinha de legumes! Fecho a cara.

- Caralho Sakura que sopinha coisa alguma, quero sustância não to doente para comer sopa, e outra eu odeio sopa! Digo bravo, ela ri e sai.

- A Sakura se eu te pego, deixa eu ficar melhor voce vai ver sua maravilhosa! Respiro fundo e fito o teto, imaginando que essa hora podia nem estar mais aqui, o que seria de mim se não pode- se mais ver minha mulher as pessoas que eu gosto, uma lagrima salta do meu rosto e eu limpo rapidamente, alguém bate na porta!

- Pode entrar! Digo e me arrumo na cama, quando a porta se abre vejo meu irmão entrando engulo um no enorme, que desce ferindo minha garganta, ele esta com minha mãe que esta com um ferro onde ta pendurado uma bolsinha de soro eu acho.

- Oi. Ele fala vindo com minha mãe do meu lado minha mãe esta coms os olhos vermelhos e marejados.

- Itachi! Lagrimas brotam do meus olhos, e do meu irmão também ela chega perto do lado da minha cama e me fita por inteiro.

- Posso te abraçar Sasuke! Ele fala soluçando, eu não consigo falar nada so faço muita força e vo entro dele que me abraça forte, o que se ouve no quarto e soluços de choro que a anos foi guardado e arrancado da família Uchiha!

- Meu Deus não acredito que consegui! Paramos o abraço com minha ma falando Itachi da a Mao para ela e damos um abraço triplo, ela nos beija muito assim quando nos éramos pequenos.

- Itachi senta voce ainda ta fraco, e Sasuke seu ombro querido! Saímos do abraço minha mãe puxa uma poltrona e Itachi senta com a agulha no braço ainda.

- Eu tenho que ir agora irei ajudar a Konan.

- Fala para ela vir aqui depois mãe, quero que Sasuke a conheça! Itachi diz e minha mãe sai ficamos nos dois sozinhos.

- Sasuke obrigado, de verdade se não fosse voce eu estaria morto irmão! Ele fala e lagrimas rolam dos seus olhos.

- Itachi se não fosse sua namorada eu não teria conseguido chegar la! falo.

- Eu soquei o que eu consegui aquele filha da puta, mais quando ele me deu um tiro de rapaz eu não tive muita forca e foi quando Konan fugiu por dentro da mata, e acho que foi ai que ela te encontrou, se não fosse ela não estaria aqui!

- Mais agora estamos e tudo Dara certo agora, vamos ser uma família!

- E tudo que eu quero eu tenho tudo que eu sempre sonhei na vida, eu encontrei vocês sabe como so feliz por isso, eu vivi todo esse tempo sozinho ate conhecer a Konan, eu sempre quis uma família com ela construir a Família Uchiha mais como, a gente era explorado torturados não comiamos direito não tínhamos casas dormíamos uns em cima do outro, era deplorável, nunca irei esquecer aquele inferno!

- Itachi sinto muito! Falo embriagado dor e o que eu sinto, so de pensar o que ele e minha mãe sofreu e terrível.

- Sasuke fiquei tao desesperado quando o vi cair, eu senti na hora que voce era meu irmão quando vi voce apontar a arma para o maldito, na hora passou as imagem na minha cabeça da gente brincando no jardim de casa se lembra? Eu não agüento e começo a chorar e ele também, ele levanta e vem ate mim, nos abraçamos de novo e choramos como bebes!

- Desculpa! A voz da minha pequena nos faz se afastar.

- Sakura vem amor! Ela ta com os olhinhos marejados, acho que ta chorando pela cena que viu ela ta chorosa ultimamente, na sua Mao tem uma sacola de papel!

- Oi sou o Itachi! Itachi fala e ela me olha e encara ele.

- So a Sakura! Ela aproxima dele e ele da a Mao, mais ela rejeita e da um abraço forte nele lagrimas cai dos olhinhos verdes que tanto amo, Itachi retribui, Olho para a porta e vejo que a mulher que pediu ajuda a namorada do meu Irma.

- Konan ne? falo e ela abre um sorriso, ela esta limpa igual Itachi esta com uma roupas brancas, Sakura e Itachi se desprende e Sakura vai ate ela puxa ela para um abraço e a Konan retribui.

- Itachi tenho uma novidade! Falo empolgado, as meninas entrar e fecham a porta Sakura vem ate mim, e Konan vem ate mim também.

- Oi so Konan! Ela fala e me abraça desengonçada.

- So Sasuke seu cunhado! Ela ri e vai para o lado do Itachi, ele esta sentado na poltrona e Sakura arrasta uma banquetinha para Konan e volta do meu lado.

- O que voce tem para nos contar Sasuke! Ele fala, sorrindo.

- Voce terá uma sobrinha para cuidar daqui alguns meses! Ele fia boquiaberto, Konan se levanta e Sakura vai ate ela nos abraçamos de novo.

- Parabens Maninho! Sei que ele ta feliz, mais ta preocupado do mesmo jeito que eu fiquei.

- Obrigado Itachi! Digo a ele.

- A gente ainda não sabe o Sexo, Mais seu irmão acha que e uma menina! Sakura fala e eles voltam ao lugar animados.

- E vai ser Sakura, e se for menino também quero não tem problema mais eu tenho certeza que será uma menina! Falo orgulhoso, um cheiro bom esta exalando pelo quarto.

- O que tem nessa sacola! Sakura ri, pega a sacola e trás ate a cama.

- Eu trouxe um lanche para mim comer, e uma salada de frutas que tava com vontade! Ela fala rindo e todos riem juntos.

- Lanche? Itachi pergunta, com os olhos esbugalhados.

- Lanche. Sakura diz.

Ela vai ate a porta e tranca pega uma mesinha pequena e pega o lanche abre e coloca em um pratinho de plástico que também tinha na sacola.

- Olha eu parti em dois para vocês, não forca muito come com muito cuidado vocês não podia nem ta comendo isso, so que eu não quero que vocês fiquem com vontade, se minha tia ver vocês comendo isso ela me mata, por isso tranquei a porta! Eles riem.

- Mais e vocês vão comer o que? Itachi pergunta, olhando tao sem graça.

- Não se preocupa comprei uma salada de frutas eu divido com o Sasuke, agora comam antes que a tia venha de volta. Ele pegam as metades divididas e levam a boca eu e Sakura ficamos olhando, mais eles ficam com vergonha.

- Vem amor vamos tratar de voce! Sakura percebe, e abre a sacola e pega uma porção de salada de frutas bem colorida, ela tira uma colher de dentro da sacola, e começamos a comer juntos nos dois, não olhamos para o lado, mais eu ouço eles cochichar e Sakura também pois ela deixa as vezes escapar uns risinhos.

- Amor que dia vou sair? Pergunto para Sakura.

- Não sei amor e a tia que ta cuidando de voce eu acho. Ela fala me dando uma colherada de frutas.

- Eu quero ir embora logo! Falo impaciente.

- Eu sei amor, mais tem que ter calma voce, passou por uma cirurgia.

- Eu me sinto forte já amor, preciso voltar a trabalhar logo. Falo e ela fecha a cara.

- Sasuke paciência já disse.

- Ta Sakura.

- Amor eu vou levar o Itachi e a Konan para casa e depois volto, minha tia disse que eles estão bem so estão, se recuperando já tomaram o soro e falando nisso irei tirar o do Itachi. Quando olhamos para o lado os dois estam nos encarando olhamos e so ta o saquinho na Mao deles vazio.

- Já comeram? Sakura pergunta espantada.

- Ta vamos com um pouco de fome! Konan fala sem graça.

- Assim olha vou levar vocês em casa. Sakura fala me dando a ultima colherada, ela termina pega a sacola recolhe tudo e fecha a sacola.

- Não queremos atrapalhar em nada! Itachi diz.

- E não vai, Itachi la em casa tem um quarto e vocês ficaram la, pelo menos ate resolver tudo e vocês se estabilizar depois vocês ve o que fazer mais ate la na minha casa! Digo serio e ele concorda Sakura termina de tirar o soro dele.

- Amor come se a enfermeira trazer algo, e não conta que te dei nada a não ser que tenha que fazer exame mais daí voce fala que comeu doce, e daí eu vou la da baixa nas fichas deles e falar com a tia e volto ficar contigo meu amor! Ela vem ate mim e eu puxo ela beijando ela com força, saudades desse lábios carnudos e desse cheiro, solto e ela ta coradinha linda.

- Trás algo para eu vestir eu não quero ficar de vestido! Digo  a ela e todos riem, ela afirma beija minha Mao e sai levando os dois com ela.

Fico aqui sozinho pensando em tudo de bom que ta acontecendo, nas partes ruins também que agora tem Itachi também para proteger, o importante e que minha família esta completa, menos meu pai esse eu sei que nunca irei mais ver e o único que não ira surgir dos mortos, depois de todas as facadas e impossível. O pai o senhor estaria orgulhoso de nos hoje.

 


Notas Finais


NAO FICOU MUITO BOM GENTE MAIS E O QUE TINHA PARA HOJE, PERDAO....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...