História Um policial em minha vida. - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Mistério, Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 522
Palavras 3.648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Crossover, Famí­lia, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


BOA MADRUGADA GENTE!
TERMINEI AGORA DESCULPA SE TIVER ALGUM ERRO DE PORTUGUÊS.
E BOA LEITURA ATE O PRÓXIMO LINDAS

Capítulo 8 - Falo o que penso.


Fanfic / Fanfiction Um policial em minha vida. - Capítulo 8 - Falo o que penso.

Capitulo 8.

Sakura.

Depois de chegar na clinica fui na recepção falar com a Shizune a secretaria da minha tia.

  - Oi Sakura amiga que saudades eu tava de você não apareceu aqui mais!

  - Verdade Shizune e o tempo flor, mais eu queria que você interfonasse para minha tia e chamasse ela diz que e urgente e eu estou aqui!

Pego saindo dali e vou no corredor onde tem uma cadeira de rodas minhas costa esta dolorida de carregar Sasuke. Coloco ele na cadeira mesmo ele não querendo consigo. Minha tia aparece e então conversamos Sasuke olha atento nossas conversas, ela me da a ordem de ajuda La sim eu posso eu trabalhei aqui quando comecei minha faculdade e isso me ajudou demais quando sai minha tia não gostou nada mais eu não queria trabalhar e si se dedicar muito ao estudo.

Levo Sasuke prencho o formulário para a endoscopia que ele ira fazer digo que ele tem que fazer um raio x e então vem a surpresa ele esta com uma puta arma na cintura! Me assusto ela e grande tira um cubinho cheio de bala e enrola na jaqueta colocando tudo dentro da blusa eu abro a bolsa e ele me olha ele coloca a blusa e a gigante carteira dentro da bolsa,coloco no ombro e agora não deixarei essa bolsa longe de mim nem para fazer xixi.

Levo Sasuke para Sasori um amigo de quando trabalhava aqui abraçamos e vejo Sasuke emburrado não entendo o por que mais sim ele ta emburrado, levanta da cadeira e vai andado com dificuldade para dentro da sala com Sasori. Pego meu celular olhando a hora mais ainda esta cedo pego o celular e mando uma mensagem para Hina não se preocupar falando que estou em casa, por que se eu falar que tou com Sasuke ela surta.

10 minutos se passa a porta se abre e ele sai ainda com desconforto me levanto e o sento ele na cadeira Sasori vai levar o exame para tia então ta sussa. Sasuke pergunta se Sasori e meu namorado começo a rir deixo a pulguinha atrás de orelha Mao sabe que ele e Gay.

Chego La preparo uns copinhos com uns remédios para dar a ele para apaga lo para fazer tranqüilo o exame. Pego umas toalhinha de boca descartáveis e coloco próximo a sua boca.

Falo com ele mais ele já perdeu a voz por conta dos remédios para dormi que tive que dobrar pois o que e normal tomar não daria conta se segurar esse grandão.

  - Pronto gatinha da tia! Diz minha tia abrindo a porta para fazer os exames.

  - Sim tia tudo tranqüilo, vou esperar La fora. Saio deixando minha tia com os enfermeiros dela. Depois de 30 minutos eles saem.

  - Fia eu vi no exame e ele esta com um bactéria chamada H. PILORY se tomar esses remédios aqui fica bom logo mais se não seguir certinho pode acontecer de com o tempo se agravar e vira um câncer de estomago. Ela me estende uma receita e eu pego olhando os remédios e justo eles estam em oferta em uma farmácia no centro, vou passar La e comprar.

  - Obrigado tia! Abraço ela.

  - Agora vou indo minha gatinha ate mais e não deixa de visitar sua velha tia! Ela me beija e sai.

  - Senhorita seu namorado te espera na sala de espera acabamos de dar uma dosagem grande de remédio para ele mais que tirara a dor. Diz o rapaz e sai

Que merda não sou namorada dele so to ajudando depois de esperar Sasuke acordar ele me olha com um sorriso e pergunta por que sou boa com ele lógico me gabo mais ele diz que ninguém nunca foi bom com ele e que e sozinho sinto um aperto no peito mais não digo nada ele parece que esconde algo ou que guarda so para ele e que sofre com isso não sei o que e mais e algo serio.

Eu e um enfermeiro ajudamos a coloca lo no carro depois vou para dentro da clinica preciso pagar NE pois nem relógio trabalha de graça chego e pago com o dinheiro que meu pai me depositou essa semana para as despesas da escola, mais tudo bem dar uma atrasadinha.

Saio me despeço de todos volto para o carro com Sasuke que ainda fala mole ele resmunga alguma coisa mais não entendendo, paro na farmácia da oferta dos remédios ligo o pisca e deixo Sasuke La dentro dormindo , não demoro muito pego e já pago e saio quando chego ele esta acordado e me questiona como pode nessas condições ainda quer saber as coisas como fosse adiantar alguma coisa.

Ao chegar olho para o lado e Sasuke ta roncando sim roncando kkkk vou ate o portaria e chamo o senhor que chutei as bolas dele aquele dia ele me olha com a cara fechada.

  - Bom dia senhor queria pedir um enorme favor Sasuke acabou de fazer uma endoscopia e ele ta dormindo e eu não agüento tira lo dentro do carro será que o senhor me ajudaria.

  - Sim ajudo sim, coloca o carro para dentro na no estacionamento que vou pedir para alguém ficar aqui e já vou La a vaga dele e 25. Ele abre um sorrisinho e eu saio.

 Entro no prédio e vou no estacionamento desço e espero o senhor vim.

  - Oi vamos La então! Diz ele me ajudando a puxar o sasuke para dentro do elevador. Entramos ele joga Sasuke em cima de mim ele ainda ta variando um pouco mais segura abraçado no meu pescoço eu to fodida de dor de carregar ele.

  - Rosada você e linda sabia não paro de pensar em você! Sasuke cospe essas palavras em mim olho para ele e coro na ora ele esta maio desacordado e não ta bem então não ligo, olho para o porteiro que ri da minha cara.

  - E o efeito do remédio, sabe como e NE remédio forte! Digo tentando conserta a merda que o Sasuke falou.

Depois de entramos dentro da casa dele coloco minha bolsa no chão e também os exames enquanto o porteiro guia ele ate o quarto, depois ele sai voltando e eu acompanho ele ate a porta.

  - Muito obrigado senhor de verdade, e desculpa pelo outro dia. Ele acena que sim e sai rindo. Acredito que seja ainda pelo que Sasuke disse.

Volto olhar o apartamento grande do Sasuke não tem um sofá as coisas são frias e nada legal, vou ate seu quarto entro e ele esta esparramado na cama tiro seu tênis coloco uma mantinha por cima dele pois esta frio, saio do quarto e vou para cozinha tou com fome vou preocurar algo para comer abro a geladeira onde tem 4 garrafas de água meada isso e a única coisa que tem na merda da geladeira fora uma caixa de pizza abro e tem 4 pedaços La tiro para fora abro o congelador e nada tem começo abrir as portas do armário mais não tem nada nada mesmo alem de muita poeira, sinto um cheiro desagradável e eu caminho ate onde sinto o cheiro quando chego tem uma pilha de roupa começo a mexer e tem roupa mofando e quando abro a maquina tem roupa dentro da maquina com uma água preta e fedida quando olho La no fundo vejo uma barata subindo dou um grito e fecho a tampa da maquina de presa morro de medo de barata, coloco a Mao na cabeça e penso como uma pessoa vive nesses estado.

Corro para sala vou ate minha bolsa abro vejo as coisas do Sasuke tiro e coloco em uma simples mesinha perdida na sala abro minha carteira não sobrou muito mais preciso ir no mercado pois tou com fome e quando ele acorda também estará. Pego minha bolsa e saio pegando as chaves da picape dele.

Faço uma comprinha boa de frutas e também arroz feijão compro legumes pego na seção de limpeza compro um desinfetante e luvas passo no caixa e olho todo dinheiro que tinha para pagar uns livros da faculdade e retira meu carro da oficina não deu mais, to sem nada agora mais preciso levar isso pois eu serei grata para sempre aquele policial grosso.

Depois de chegar na casa  e colocar a roupa para bater vou a cozinha e começo o almoço enquanto isso vou limpando o chão e estendendo as roupas no varal depois de tudo terminado olho para o relógio que marca que já estou atrasada para o trabalho.

Olho para minha carteira e não tem nada de dinheiro apenas uns troquinhos e não vai dar para o taxi então vou ter que ir de busao. Escrevo um bilhete para Sasuke e coloco seus comprimidos em cima do bilhete saio e desço.

   - Já vai senhorita? Diz o porteiro me dando passagem para eu passar.

  -Sim vou preciso trabalhar! Tchau ate mais e obrigado. Aceno para ele e olho para um ponto onde o ônibus que eu preciso ta parado corro e então fecha a porta sorte que uma senhora ve e ele abre a porta novamente.

  - Obrigado! Digo a senhorinha de cabelo branquinho.

  - De nada querida.

Hoje o dia aqui na farmácia ta parado já passa das 4 da tarde e nada do Sasuke me ligar mais se ele não ligou e por que esta dormindo ate por que caprichei na dose dos remédios.

  - Sakura poderia ficar ate mais tarde e que hoje uma funcionaria teve que sair as pressas e não tem ninguém para substitui La pode ser? Minha gerente pergunta e lógico não posso negar mesmo tendo muito cansaço.

  - Sim, lógico que posso! Ela me da um sorrissinho e sai.

Pego o celular ligo e não tem nenhuma ligação tou no vestiário trocando de roupa quando meu celular toca na bolsa corro para atender e nem vejo que e.

 *Oi Saky cadê você? Ah que pena e a hina.

*Ah e você Hina tou bem so cansada! Tive que trabalhar ate mais tarde mais já to indo embora!

*Sim sou eu Saky  quem seria? E hoje vou sair e não volto mais hoje! Poderia ser o Sasuke queria saber se ele ta bem.

*Tudo bem Hina divirta se, so me empresta 50 reais eu te dou final de semana!

*Tudo bem gata vou deixar aqui no potinho ta bom!

*Sim amiga, beijos ate mais gata!

*Beijos fique bem minha flor.

Desligo pego minha bolsa jogo meu celular dentro e saio da farmácia tentando achar um taxi, vejo um aceno mais ele não para.

  - Sakura! Me viro e vejo Sasuke se aproximando com um sorriso lindo no rosto, acho que ele ta melhor fico contente.

Depois dele insiste para a gente jantar ele pega minha bolsa e a gente caminha ate o carro, Sasuke mudou desde o dia que eu o vi aquele dia ele parece contente animado diferente daquele ogro.

O caminho todo eu fico pensando naquela noite ela me trás alguma coisa ruim e eu não paro de lembrar sinto meus olhos pesando.

Sinto uma Mao me tocando abro o olho e uma sombra me tocando grito e pesco para ficar longe me estremeço toda será que ele quer me machucar de novo.

  - Sakura sou Eu Sasuke ,e desculpa não queria te machucar! Esfrego os olho e vejo ele com o semblante preocupado, que droga eu assustei ele, pesco mil desculpa e ele balança a cabeça que sim.

Ele sai me deixando em seu quarto vou ate o closet dele acho uma camisa branca social grande e preocupo um shorts molinho de dormi eu acho, sei que isso e errado mais eu mereço e amanha eu devolvo limpinho assim que chegar em casa daqui a pouco já coloco para lavar e pego minha roupas.

Tiro minha roupa e coloco no cantinho dobrada para eu pegar na hora que for embora me olho no imenso espelho olho para todo meu copo todo branquinho a única coisa que tem de diferente são as marcas roxas que ainda não saíram, começo a chorar saio de frente do espelho e vou ate o chuveiro e ligo ficando debaixo dele.

Esfrego mais mesmo assim ainda tenho a sensação dele me mordendo me lambendo que nojo solto a buchinha e cravo as unha tirando aquelas marcas com as unhas rasgando meu coro onde a água cai sobre onde retirei meu coro ardendo e eu choro mais e o único jeito deu rançar esses roxos e parar de chorar.

  - sakura! Ai meu Deus Sasuke ele não pode me cer assim não ele definitivamente não pode, já vou digo gaguejando e ele percebe meu choro ele pergunta se tou bem e eu não respondo coloco a roupa segurando o choro e limpando as lagrimas.

Ele diz que ta preocupado e me chama de rosada que apelido carinhoso eu gostei, respiro fundo e abro a porta recebendo um olhar preocupado e irritado apenas questiono sobre meu apelido e ele afirma eu gosto disse apelido, vou para a imensa cama dele e puxo o prato de comida quentinho!

Ele fica no seu closet preparando acho que a roupa de amanha eu como todo o prato e deito olhando para ele, Sasuke de verdade e uma pessoa maravilhosa.

*Sonho da Sakura*

Gracinha não adianta correr minha gatinha eu vou te achar onde você for e quando te achar você será minha não haverá ninguém para te salvar sua vadiazinha deliciosa, vou te morde e chupa La de novo.

Sasuke me salva! Cadê você Sasuke? Corro em uma escuridão sem fim olho para trás e vejo o nojento rindo e correndo atrás de mim.

SASUKE, SASUKE, SASUKE.

*Saindo do sonho*

Olho meio atordoada para Sasuke que esta na minha frente choro de alegria pois ele me salvou mais uma vez aperto ele em um abraço sinto seu cheirinho maravilhoso onde me embriago nesse cheiro protetor.

  - Calma rosada estou aqui e protegerei para sempre minha rosada! Ele diz e se deita do meu lado me puxando para seu peito sem nenhuma camisa aperto ele com meus braços e respiro fundo me sentindo protegida, fecho os olhos.

Acordo sentindo um incômodo ao puxa o ar, abro os olhos e encaro o teto, epa esse não e o meu teto olho para baixo e vejo Sasuke dormindo em cima do meu peito e com seus braços enlaçando minha cintura! Olho para o teto novamente esfrego meus olhos para ver se aquilo e de verdade mesmo e encaro tudo outra vez.

Merda sim e de verdade não to sonhando e agora o que faço droga não quero acorda lo não depois disso ele vai me xinga de oferecida e dizer as coisas que me machucam novamente e isso não suportaria,quando vou por a Mao nele para tentar sair de cima de mim ele respira fundo e se vira, ficando de barriga para cima encaro o teto novamente e digo obrigado Deus ouviu minhas preces.

Pulo da cama e olho para ele esparramado quando me deparo com um volume gigante na sua calça engulo seco e corro para o banheiro entro lavo bem o rosto que ta vermelho visto minha roupa rapidamente tiro a camisa ficando com o calção por baixo pois não irei colocar a calçinha de de novo.

Saio e pego minhas coisas rapidamente não consigo olhar para ele abro a porta do quarto correndo para fora dele. Termino de me arrumar na sala olho no espelho e ta tudo certinho.

Caminho ate a porta onde esta as chaves e saio deixando ela destrancada.

Entro no elevador e tiro o celular da bolsa olho e são 6 da manha ainda esta cedo, e daqui na escola não e tão longe vou de ape mesmo.

  - Bom dia senhorita, dormiu ai que bom, nunca vi nenhuma mulher dormi ai no seu apartamento! O porteiro me diz encarando.

  - Bom dia! Apenas pronuncio e fecho a cara ele destrava o portao e eu saio, que porteiro abusado será que ele pensou que eu e o Sasuke ? não isso não ele não pensou.

Tiro meu celular da bolsa e pego meus fones e coloco para tocar Bryan Adams – Heaven e caminho olhando para os carros já se amontoando nos semáforos, o dia ta frio hoje e o tempo fechado o que me deixa a pensar que ira chover hoje!

Quando estou chegando na frente da faculdade passa uma viatura da policia federal eu gelo pensando que e ele.

Quando abaixa o vidro e vejo um loiro acenando para mim.

  - Oi Sakura! Diz ele sorridente fico pensando quem e será me deu um branco, ate que vejo minha branquinha descendo do carro sim a Hina.

  - Amor acho que a Sakura não me reconheceu! Diz ele sorrindo e Hina dando um beijo na sua boca.

  - Desculpa e que tive uma pequena amnésia. Digo para ele que ri.

  - Oi minha pequena o que você faz andando por ai sem carro!

  - E que eu ontem um amigo passou mau e eu o ajudei e paguei umas coisinhas então fiquei sem, mais final se semana eu acerto ate por que recebo todo final de semana! Digo a ela que ainda esta do lado da viatura.

  - Quem e esse amigo em dona Sakura? Hina fecha a cara e me interroga.

  - Ninguem que você precise saber minha gatinha agora beijos que tenho que ir entrando. Tchau Naruto e Hina te vejo La dentro.

  - Tchau Sakura. Naruto diz e eu saio andando quando estou entrando no porta sinto alguém me abraçar me viro e e o Kankuro.

  - Oi Saky você vai fazer alguma coisa sexta a noite? Ele pergunta sorrindo para mim.

  - Não Kankuro mais irei trabalhar ate mais tarde, por que? Digo mentindo sabendo que ele iria pedir para a gente sair.

  - Não nada e que nosso grupo ia sair e eu ia te chamar para irmos juntos! Ele retira o braço e fecha o rosto em um olhar triste.

  - Desculpa Kankuro mais e que comecei a trabalhar essa semana ai você sabe como e NE, mais quem sabe em uma próxima! Falo me afastando e acenando um Tchau para ele indo para minha sala.

Sento na mesa e já tem alguns estudantes aqui mais ainda não deu hora de entrar pego meu celular e tiro o fone quando vou para desligar olho tem 5 ligações de um numero desconhecido e uma mensagem e eu a abro.

*MENSAGEM*

Oi bom dia!

Por que não me chamou poderia ter te levado para casa, o porteiro disse que você saio e não chamou taxi, ta melhor??

Poderia atender minhas ligaçoes eu me preocupo com você Sakura e queria conversa um assunto serio com você!!

SASUKE.

 

Mensagem do Sasuke o que será que ele quer conversa não fiz nada de errado, mais agora não irei ligar e também não quero ve lo pois acho que ele quer me ver para me dizer o quanto sou vadia por ter dormido na cama de um desconhecido e agora ele ta coberto de razão.

Depois de minuto Hina entra com as meninas toda feliz.

- Gente preciso falar com vocês um assunto um cara me pediu em namoro e ele e bem mais velho e eu to gostando dele sabe essa noite ele me levou para jantar e eu dormi La, mais tipo não rolou nada so uns beijinhos e assistimos um filme e depois ele me levou no seu quarto e fez uma cama no sofá e deitou foi super fofo. O que vocês acham?

  - Hina ele e mais velho que você então ele pode tar te iludindo vai com calma amiga! Tenten fala hina olha triste.

  - Mais ele não faria isso ele e muito legal e ate da policia! Elas estralam os olhos na Hina chocadas.

  - Hina cai fora amiga não fica com ele você e louca mesmo ta ficando com um cara velho e ainda por cima policial, você sabe que isso significa NE! sim significa que você ira ficar presa a ele pois você ainda e nova tem muito o que viver e ainda por cima o cara e um policial e já ouvi falar que eles são brutos e possessivos, então toma cuidado essa e minha opniao você não concorda Sakura?? Temari aponta para mim, fazendo ela me olharem.

   - Penso diferente Tema cada um sabe aonde seu calo aperta e se Hina ta feliz deixa ela e quanto a idade acho que isso não tem nada haver e também a profissão eu digo o mesmo que não tem nada Haver, agora parem se deixar ela apreensiva com o balde de água fria que vocês deram nela, e me da licença não vou assistir essa aula. Digo pegando minha coisas e deixando elas.

Tomara que a Hina não de ouvidos para elas pois acho que Naruto gosta dela e eles ficam muito fofinhos juntos.

Saio da faculdade e pego um ônibus vou embora apartir de hoje me declaro de férias ate por que sexta e o ultimo dia e eu já passei nas matérias desse semestre estão to sussa.

Chego em casa vou direto para o banheiro tomo um banho tiro minha roupa olho para o espelho e vejo o estrago que eu fiz com as unhas faço um curativo que fica horrível mais que não deixa entrar nada e não corre o risco de infeccionar. Ligo o chuveiro e tomo um banho com cuidado para não molhar o curativo, termino me seco e saio do banheiro pegando um pijama e colocando me deito na cama e coloco meu despertador de cabeceira para me acorda meio dias em ponto para eu ir trabalhar, aos poucos o cansaço toma conta do meu corpo e eu relaxo na cama e fecho os olhos.

 

 


Notas Finais


GOSTARAM MENINAS ESPERO QUE SIM FIZ COM MUITO CARINHO PARA VOCES!
E ACEITO CRITICAS CONSTRUTIVAS TAMBEM.

BEIJINHOS ATE O PROXIMO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...