História Um presente um tanto estranho!! - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 143
Palavras 1.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vortiiiii
Um dia antes mais td bem
Espero que gostem
Desculpa os erros

Te vejo lá em baixo 👇

Capítulo 3 - Terceiro


Fanfic / Fanfiction Um presente um tanto estranho!! - Capítulo 3 - Terceiro

SeokJin

Já acordei irritado porque não gostei do que ouvi naquela porra de entrevista!

Que história é essa do Jungkook ter um ano pra casar? Aquele moleque precisa de um ômega - Isso msm UM ômega - pra ontem!!

Eu estou com tanta raiva que fiz o Jonnie dormir no sofá.... Eu devo estar perto do meu cio por que tá complicado!!

Bom, já que é assim, não posso fazer mais nada. Então resolvi comer. Chamei as empregadas e pedi uma taça de frutas com chantilly.

Depois que me trouxeram a comida pedi para que chamassem o Namjoon.

Ouvi um bater na porta

- Entra. - Forcei um bico - Me perdoa? - Perguntei e aumentei o bico -

- Deixa eu pensar..... - Fiz uma cara de indignação - HaHa é claro que eu te perdôo princesa. - sorriu -

- Jonnie acho que meu cio está próximo - falo colocando um morango na boca - o que você acha de irmos viajar?

- Aish..... Eu não sei se vai dar - franzi - eu estou muito ocupado esses últimos dias. - revirei os olhos e ele sorriu - Amor não faça assim, se você quer algo romântico para o seu cio você terá!

- Sério? Você vai dar o que o seu baby precisar? - Assentiu e me olhou malicioso - e se o seu baby quiser leitinho? - Fiquei de quatro na cama e engatinhei até a ponta -

- Aish minha sanidade Jin!! - Que sanidade - Você quer - Apontou para seu membro coberto - Então peça!

- Nhyah.... Me dá leitinho Daddy!! - Ele sorriu e veio até mim já retirando seu cinto -

Levei minha mão ao cós da sua calça a levando até seu joelho. Vi sua ereção e sorri - Cara eu nunca vou entender esses alfas, ficam duros muito rápido - passei a mão por cima de sua cueca e ele suspirou.

Logo retirei a mesma e segurei seu falo dando um sorriso safado. Comecei a fazer movimentos lentos para provocar. Lambi sua fenda só para exita-lo mais ainda.

Ele segurou meu fios e me encarou

- Me chupe com vontade baby - Ele usou a voz de Alfa e eu me arrepiei -

Logo abocanhei seu membro e ele ditava os movimentos, sabia que ele era um tanto bruto então relaxei a garganta para não engasgar.

Ele mordia os lábios com força e jogava a cabeça pra trás.

As vezes ele parava para que eu chupasse sua glande.

Ele aumentou os movimentos até que ele se desfez em minha boca. - Mano ainda bem que eu sou um ômega por que alfas parecem ter um estoque infinito de gozo, Jesus - Eu o olhei e ele sorriu, limpei minha boca com as costas da mão e fui ao seu pescoço.

- Quero que me chupe Jonnie! - Falei com a boca ainda em seu pescoço -

- Com todo prazer! - ouvi um bater na porta -

~Majestade, você precisa assinar uns documentos~

- Aish eu já vou. - Me soltei dele e sentei na cama -

- Aish - respondi - Pode ir Majestade - falei bravo - Aish Até broxei!!

- Princesa eu fico se você quiser - o olhei -

- Jonnie, desculpa... - falei e abaixei a cabeça - eu estou um tanto carente.... E por isso estou chato...

- Jin, eu vou ficar mais tempo com você tudo bem? - Assenti e ele sorriu - Espere um pouco.

Ele foi até a porta e dispensou a moça e deitou na cama. Sentei no seu colo e o olhei.

- Jonnie e sobre o presente do Kookie?! - falei e ele fechou os olhos - Eu sei que você é muito ocupado, mas pra você conseguir descansar e se aposentar ele precisa ter responsabilidade - disse e ele abriu os olhos -

- Olha eu tive idéia, como eu sou muito ocupado por que você não cuida disso? - O olhei confuso - você pode escolher o mais fofo, o mais bonito e o que tem a melhor personalidade. - Pensei um pouco e assenti - Que bom que aceitou, mais agora vamos nos divertir - Ele trocou as posições e me beijou -

- Jonnie - Disse manhoso - Eu preciso de você!

~***~***~***~***~***~

Jungkook

Estava andando pelo corredor até ouvir uns sons um pouco........ É ok.

- Jesus, Omma você parece uma puta gemendo - Falei para mim mesmo -

Fui para ao o jardim, gosto de lá, é tranquilo.

Deitei no gramado e fechei os olhos, eu realmente gosto daqui, me lembra a infância.

~*** 8 meses depois ***~

- Omma que questionário é esse? - Ele me olhou - Você que me pariu, deveria saber essas coisas!!

- Você me respeita moleque! Eu te pari mais não sou obrigado a saber da sua vida!! - indagou e eu ri - Só responde logo!

- Okok calma. - suspirei - Bom, eu gosto de azul, gosto de tulipas, gosto de ursinhos, gosto de........ Err........ - Vish -

- Você gosta de que? - Aish - Amor, eu sei do que você gosta!

- O-Oque?! Como assim!

- Jungkook eu sou sua Omma, eu sei de tudo. Más eu só estava esperando sua confirmação. - suspirei - CHUPA SUAS PUTA O JUNGKOOK CURTE PIROCA!!!!

- OMMA!!!! - Olhei para ele - Eu gosto de homens sim, descobri faz alguns dias, eu fiquei com um ômega e gostei, mais não significa que eu não goste de..... Você sabe.

- Entendi. Mas de qualquer jeito - franzi - Seu presente vai ser lindo! - ele beijou minha bochecha e saiu da sala -

Sorri soprado e balancei a cabeça.

- Olha a família que eu fui arranjar! - sorri e fui até a varanda - Espero que eu consiga alguém que me ame pelo que sou e não pelo meu poder....

Abaixei a cabeça e senti o vendo bater nos meu fios, fechei os olhos e lembrei do passado.

"Flashback"

- Você nunca será amado, você só vai ser procurado por pessoas gananciosas, você é só uma criança mais já vou te avisando, as pessoas só vão te querer pelo seu poder! Nunca terá amor de verdade, inútil! - Ela me empurrou e eu caí no chão................ Chorando.

- E-Eu nunca vou ser amado? M-mais eu nunca fiz nada pra ninguém - esfreguei os olhos e apenas permiti as lágrimas descerem -

"Flashback"

Senti meu coração doer, fechei os punhos e apertei.

Senti uma lágrima escorrer pelo meu rosto.

- Será que eu nunca vou ser Amado?


Notas Finais


Olha eu akiiiiiiiiiiik

Bom tá ae

Gostei então blz

Postei e sai correndo

2 beju pra vocês.

Até sexta que vem!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...