História Um Príncipe em Minha Vida - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Justin Bieber
Tags Casamento, Comedia Romantica, Demi Lovato, Justin Bieber, Principe
Exibições 153
Palavras 1.567
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente, desculpem. Mesmo.
O capitulo esta pronto a mais de 3 semanas, o problema é que a designer demorou MUITO para começar a fazer, então tive que trocar de designer e a outra também demorou, então acabei mudando o site. Desculpem. O próximo capitulo já esta sendo betado, e será postado o quanto antes

Capítulo 11 - I Love My Way - Parte 02


***

O restaurante era um pouco afastado do centro, na área nobre de Londres. Demorou cerca de uma hora para chegarmos. Jarbas, o motorista, havia pego um caminho alternativo para que os parazzi não viessem atrás. Eu olhava através do vidro escuro do carro. Era estranho. Eu não tinha mais privacidade e as pessoas haviam mudado comigo. Minha cabeça estava um caos, a recente mudança estava me deixando cada vez mais confusa, mas eu não voltaria atrás.

-Chegamos.

Meus pensamentos foram interrompidos. Eu não havia percebido que o carro havia parado. Antes que eu abrisse a porta do carro, ele me impediu.

-Lição número 2 : Nunca abra a porta de um carro, o motorista deve ser cavalheiro e abrir a porta do carro para você.

-Número 2 ? Quando foi a primeira ?

-Hoje em sua casa. Uma princesa nunca se atrasa.

-Você não estava brincando ?

-Eu não brinco em serviço.

Nossa, que cara sério! Onde é que você está se metendo hein, Demi ?

Logo Jarbas abriu a porta para que eu saísse. Nicholas reparava em cada movimento que eu fazia. Era irritante, uma pessoa reparar em cada movimento seu. Sai do carro. Escutei outro suspiro. Nicholas saiu em seguida e estava com um bloquinho de notas e uma caneta. Ele anotava algo. “Aposto que é sobre mim.” Coisa chata, direto reparando. Fiquei emburrada.

O restaurante gourmet. As paredes da entrada eram de vidro. Havia uma placa verde com o nome do restaurante dourado “Legan Vutton” Esse nome era familiar. Era o nome de um chef que frequentava o restaurante do hotel em que eu trabalhava.

           - Quando for entrar em qualquer ambiente, você deve seguir a mesma regra da porta do carro, deixar que o cavalheiro abra a porta para você.

           - Ok.

Eu realmente odiava quando as pessoas me diziam o que fazer. Caminhamos até a entrada do restaurante e Nicholas abriu a porta para mim. Eu não via necessidade daquilo eu tinha dois braços, podia abrir uma porta.

O lugar era enorme. As paredes por dentro eram cor marfim com algumas flores decorando, haviam lustres de cristais no teto, tinham cerca de vinte ou trinta mesas com toalhas de seda branca e cadeiras de madeira branca. O restaurante esbanjava elegância e delicadeza. Logo ao entrarmos um atendente veio até nós;

           - Senhor Jonas. Senhorita Lovato. Por aqui, por gentileza.

Hm ?!

           - Como ele sabe nossos nomes ?- Cochichei para Nicholas.

           - Uma princesa nunca cochicha;

Affz, que cara chato; A mesa era perto de uma janela bem ao sul da entrada. Sentei na cadeira, e Nicholas suspirou novamente, mas sentou-se em seguida. O atendente logo nos deixou.

           - Nunca deve cochichar, você deve esperar uma hora oportuna para perguntar algo. Cochichar, sussurrar, em lugares públicos é um hábito de falta de educação. E quando for sentar, espere para que o garçom, metre ou cavalheiro puxe a cadeira para que se sente.

           - Tá, tá... Agora vamos começar ? Tô morrendo de fome.

Apoiei minha cabeça sobre minhas mãos, com os cotovelos em cima da mesa.

           - Vamos começar. Lição número um de etiqueta à mesa: Nunca coloque os cotovelos sobre a mesa.  

Era instantâneo para mim. Tirei meus cotovelos da mesa.

Regras básicas. Nunca coloque os cotovelos à mesa. E sempre apoie sua coluna na cadeira, mas ela deve ficar ereta.

Ele se levantou e pegou uma fita do bolso. Veio até mim. E amarrou meus ombros em volta da cadeira.

    -Que é isso ?

    - Isso só durante as primeiras aulas, logo você se acostumará a ficar com a coluna ereta. Esse método garantirá isso.

    - Vamos a parte dos talheres. Você tem que saber o que serve para que. Não será difícil.

    - A gente não vai comer não ?

    - Sim, mas depois que você aprender isso.

Ele sentou. Fez um sinal e um garçom veio até nossa mesa trazendo em uma bandeja 6 pratos, sendo dois grandes de apoio aos pratos médios, e em cima um pires. Eu sabia disso pois era meu trabalho. Um ano trabalhando naquele restaurante cheio de frufru serve para algo, pelo menos.

O garçom colocou os pratos, dois para mim, dois para Nicholas. Logo depois os talheres. Esses eu não sabia para que eram, apenas a ordem em que eram colocados. Do lado esquerdo havia o guardanapo de pano. Acima do lugar onde os pratos foram colocados, haviam três pequenos talheres, uma faca, um garfo e uma colher, colocados um acima do outro, respectivamente. Do lado direito haviam três taças, uma com água e as outras vazias. Abaixo delas, haviam três talheres, ao lado direito dos pratos. Havia uma faca, de tamanho normal, uma faca diferente, com silhueta decrescente, e uma colher de tamanho igual ao das facas. Estavam organizados da direita para esquerda respectivamente. Do lado esquerdo haviam três garfos de tamanhos diferentes. Um grande, um médio e um pequeno.

-Agora vamos começar.

-Eu vou dividir etiqueta á mesa em seis partes : A ordem dos talheres, como e quando usar, ordem dos pratos, copos e taças, guardanapos e algumas dicas para uma refeição sem gafe. Vou explicar todos em parte teórica e depois a parte prática. Vamos primeiro á ordem dos talheres. Facas e colheres de sopa sempre a direita e garfos sempre a esquerda, arrumados pela ordem de uso: os que estiverem mais longe do prato são os primeiros a serem usados- Ele apontava para cada talher de acordo com o que falava - . Os talheres de sobremesa vão acima do prato, na horizontal. Entendeu ?

-Não era muito complicado. Na verdade era até fácil.

-Entendi.

-Já que entendeu, vamos à próxima parte. Ordem dos pratos : Primeiro, claro, vem as entradas, que devem ser consumidas no prato de couvert, que fica acima e a esquerda, acompanhado da faca de manteiga. As vezes ele pode ser substituído pela terrina para consomê ou pratinho de sobremesa em cima do prato principal, dependendo da entrada.Se houver sopa, é o segundo prato a ser servido. Em seguida o prato principal e por último, a sobremesa. Entendeu ?

-Não era tão difícil, eu via aquilo todos os dias, então eu só tinha que lembrar o que eu via e incorporar no que ele falava.

-Sim senhor!

-Terceira parte : Copos e taças : Os copos e taças sempre são organizados do maior para o menor, na seguinte ordem (se for servir todas as opções): água (o maior de todos), vinho tinto e vinho branco. Se houver brinde com espumante, use a taça flute, que fica entre a de água e a de vinho tinto.

-Entendi.

-Quarta parte : Pode ficar arrumado no centro do prato ou a esquerda, depois dos garfos. Se o jantar for seu, aproveite para usar argolas ou criar dobraduras para deixar a arrumação do guardanapo mais bonita. Quinta parte : Peixes, frutos do mar, sobremesas. Sobremesas: Existem talheres específicos para cada tipo de sobremesa. Para as frutas, a faca, para bolos, tortas e sobremesas secas usa-se o garfo e para as mousses, sorvetes, cremes, gelatinas e doces com caldas usa-se a colher. Frutos do mar: Nos almoços e jantares mais sofisticados, usam-se talheres específicos para estes pratos, como por exemplo: garfo para lagosta, pinça e garfo para escargot e garfo para ostras. Peixes : O diferencial aqui é a faca de peixe, que tem um formato especial e vem sem serra, ideal para separar a delicada carne de peixe sem desmanchar o peixe. O garfo também é específico, com menos pontas. Detalhe: se for servir carne e peixe, o certo é ter os dois tipos de talher à mesa, tanto o garfo e faca de carne (mais perto do prato) quanto os talheres de peixe (mais para fora, pois devem ser usados primeiro).

Essa já era um pouco mais difícil lembrar. Era muita coisa, mas eu tinha entendido. E eu tinha tempo, o casamento seria em duas semanas, então eu tinha tempo para aprender.

-Agora que você já sabe como funciona uma mesa sofisticada, agora vamos ás dicas 1 : Ao cortar os alimentos, sempre o garfo na mão esquerda, segurando a comida, e a faca na mão direita, cortando. Depois de cortado, o garfo volta para a direita. 2: Se houver sopa, tome usando a colher de lado (e não de frente para não precisar abrir o braço) 3: Não use faca para cortar tortas e legumes, que devem ser partidos com o garfo. 4 : Também não se usa faca para cortar salada ou massas. 5: Nunca apoie os talheres na mesa durante a refeição, sempre no prato. 6: Ao terminar, coloque os talheres no meio do prato, com os cabos para a direito.

Eu definitivamente não aprenderia tudo aquilo em um dia. Mas eu estava com fome, e preguiça de perguntar. Meu estômago roncava.

-Ok, agora podemos comer ?

-Você tem certeza que aprendeu tudo ?

-Sim.

Cocei meu queixo.

-Ok, veremos isso hoje a noite.

-Hã ?

-Você ainda não sabe da sua agenda de compromissos ?

-Agenda ?

Comecei a ficar preocupada.

-Oh, você ainda não conheceu a Mandy… Então vou adiantar, você tem um jantar hoje.

Uff, pensei que era algum jantar importante, deve ser só um jantar com essa tal de Mandy. Senti um alívio. Peguei a taça com água e comecei a beber água.

-Ah, é só um jantar. Com a família real.

Cuspi a água na cara dele.


Notas Finais


Espero que gostem! Não esqueçam de comentar, é muito importante saber a opinião de vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...