História Um Príncipe em Minha Vida - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chris Evans, Demi Lovato
Tags Casamento, Chris Evans, Comedia Romantica, Demi Lovato, Principe
Visualizações 220
Palavras 1.737
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, a betagem só saiu agora.
Repostei o capitulo betado.
O próximo saíra lá pelo dia 25... Quando minhas provas acabarem... Postarei 2...

Capítulo 12 - You're My Best Friend



A semana passou mais rápido do que deveria. Eram oito da noite de uma fria sexta feira. No dia seguinte seria a coletiva de imprensa em que seria anunciado oficialmente o casamento.
Já começava a ter dor de cabeça. O dia tinha sido bem corrido. Eu havia ido á uma estilista tirar medidas das roupas que eu teria que usar após o casamento. Durante o dia inteiro Nicholas ficava me corrigindo sobre como eu deveria agir. “Demetria não faça isso” “ Demetria, Não fale palavras de baixo calão” “Demetria! Ande direito!” “Jamais diga não”. As frases que ele dizia com frequencia durante a semana ficavam passando na minha cabeça.
-Demetria! Eu já disse para parar de andar assim. Com classe Demetria!
-DEMI PORRA!
Gritei com raiva. Odiava quando me chamavam de Demetria. Ele pareceu surpreso. Calma Demi, respira mulher! Respirei lentamente, e contei mentalmente até cinco.
-Demetria, nada de palavras…
-De baixo calão.
Falei em um suspiro demorado.
-Por hoje chega, não ?
Coçei a testa.
-Sim. Mas antes temos que rever a história de como você e Sua Alteza.
-Ok. Eu o conheci no restaurante em que trabalhava. Eu olhava para ele. Quando fui servi-lo sem querer derrubei vinho em seu terno caro. Ele disse que não tinha problema. E viu que eu tinha cortado o dedo, e ofereceu ajuda. Então ele olhou para mim e nos apaixonamos. Isso faz um ano.
-Tudo ótimo. Então terminamos por hoje. Amanhã não haverá aula, você terá a sua coletiva de imprensa.
-Ok. Que horas é mesmo ?
-Ás dez da manhã.
Mandy falou animada. Eu havia me apegado bastante á ela. Era engraçado, parecia que aquele emprego era a melhor coisa que havia acontecido para ela. Nós tínhamos virado amigas. Uma das únicas coisas boas disso tudo…
- Ah Vossa Alte… Quer dizer Demi, a senho… você têm que acordar umas oito da manhã pois amanhã a senh.. você vai ter que ir ao salão.
Mandy ficava se regrando. Eu praticamente havia obrigado-a a não me tratar como uma princesa. Segurei a risada. Era engraçado vê-la assim. 
-Para quê ?
-Se arrumar. Você deve estar linda, afinal é com você que o príncipe escolheu casar.
-Você quer dizer foi obrigado ?
Falei me entristecendo. Mandy suspirou, colocou as mãos no quadril e se aproximou.
-Demi! Pare de dizer isso. Você esta tendo uma chance única, que qualquer outra garota daria a vida para ter. Para de se martirizar.
Ela e o Luke eram meus melhores amigos, embora eu só a conhecesse há uma semana. Passavamos muito tempo juntas e sabiamos tudo uma da outra. 
-Tá… Mas e se ninguém gostar de mim ?
-O QUÊ?! Isso é impossível. Eu sou uma pessoa díficil de gostar de alguém, e você conseguiu virar minha melhor amiga em apenas uma semana, embora eu nunca tivesse tido uma melhor amiga...
-Mandy ? Você gosta de TODO mundo. Até da senhora Purge, aquela rabugenta que odeia todo mundo e vira a cara quando você esta passando pelo corredor.
-Mas eu gostei dela! Ela tem uma cara simpática. Eu não posso julgá-la, nunca conversei com ela.
-E os drogados do apartamento de baixo, que quase te roubaram ?
-Eles não me roubaram Vossa Alt… Demi! Eles pediram dinheiro emprestado para comprar as lâmpadas da casa e eu ia dar.
-Mandy, a luz da sala estava ligada. Quando eles te pararam em frente ao apartamento deles.
-Sério ? Mentirosos… Mas deve ter um bom motivo..
Ela era tão inocente. Mandy havia me arrancado boas risadas durante os dias da semana.
-Drogas.
-Mas enfim… Você tem que dormir, amanhã será sua primeira aparição oficial na mídia. Você não pode aparecer com olheiras.
-Tá… Se o Luke soubesse disso ele iria enlouque… LUKE!
LUKE!
-O que foi, menina ? Dallas levantou do sofá de repente.
-O Luke, eu esqueci dele completamente!
-Sério?! Você esqueceu dele ? 
-O telefone a gente cortou por causa daqueles reporteres insistentes que ficavam ligando. E eu não podia sair daqui sem os seguranças esqueceu ?
-VALHAMIDEUSDOCEU! Ele vai te matar!
-Eu sei…
-Quem é Luke ?
-O meu melhor amigo homem.
-Ahhh, por falar em telefone, esqueci de te dizer.
-O que foi Nicholas ?
-Seu celular. Eu comprei hoje. Ele é especial, só podem te ligar pessoas da lista de contatos que já foi adicionada, e você pode fazer quantas ligações quiser.
Ele tirou de dentro de sua mala de couro uma sacolinha.
-Toma!
Nicholas estendeu-a para mim.
-Obrigada.
Tirei o celular de dentro. Era um dos celulares mais caros e melhores do mundo. 
-Uau.
Peguei o celular, liguei-o e disquei o número de Luke com pressa. Naquele momento só queria falar com ele. Uma das pessoas mais importantes da minha vida e eu simplesmente esqueci dele. Ele era como um irmão para mim. Me entristeci.
Tocou uma vez. Duas vezes. 
-Alô ?
-Luke ?
-Ah sua vagabunda! Esqueceu de mim, né ? Teu melhor amigo. E tu simplesmente esquece de me contar que vai casar.
-Não Luke, não é assim.
Meus olhos começaram a se encher de água.
-É assim, sim. Dizem que as pessoas mudam quando ficam ricas. É verdade. Logo você…
Eu tinha que contar tudo para ele logo. Eu o conhecia, logo ele desligaria na minha cara.
-LUKE! Me escuta! Vem aqui agora, por favor. Você sabe que eu jamais faria isso com você! Vem aqui, vou te explicar tudo!
-Tô indo. Só porquê quero olhar essa tua cara de falsiane.
Ele desligou.
Todos olhavam para mim.
-Acho melhor irmos, não?
Mandy falou visivelmente desconfortável.
-Sim.
Eles se despediram e logo sairam.
-Você quer que eu fique ?
-Sim! Se ele quiser dar na minha cara você impede.
Dallas começou a rir.
Passaram-se trinta minutos e logo alguém batia na porta. Logo escutei Luke falando em voz alta.
-Vocês pensam que são quem ? Os homens de preto ? Queridinhos só queria informar á vocês que vestidos desse jeito, não passariam de dois stripers fracassados que o povo paga para não tirarem a roupa!
Abri a porta. Se aquilo continuasse ele levaria uma surra.
-Luke! Entra!
-Quem são essas raparigas ?
Ele se referia aos seguranças.
-São meus seguranças. Entra, antes que tu leve uma surra.
Luke entrou com raiva. Assim que fechei a porta ele começou
-Olha Demi, nossa amizade acabou! Você escondeu de mim que estava saindo com o príncipe e ainda se fez de sonsa dizendo que não o conhecia. Eu tenho pena de você. Você pensa que vai longe desse jeito ? Tenho pena! O pior sentimento que um ser huma…
-É TUDO MENTIRA!
Ele se engasgou, e começou a tossir.
-O quê ?
-Senta que eu te conto tudo.
Eu contei tudo á ele, desde a dívida até a coletiva. Eu desabafei. Chorei. Fiz tudo que queria fazer durante semana fiz com ele. 
-Eu não sabia Demi… 
-É… Desculpe não ter te contado antes. Você é o meu melhor amigo…
-Você também é minha melhor amiga hetera!
Começamos a rir e Luke me abraçou.
-Não vai se acostumando não viu ? Isso só porque você agora é uma princesa e vai me apresentar um duque, ou um príncipe da Árabia deus grego.
-Só você para me fazer rir. Dorme aqui ?
-Claro! Imagina : Dormir na casa da futura princesa. Gente que chique!
-Tá… Vamos assistir Titanic ?
-Ah não… No final do filme quem vai se afogar sou eu, no mar de lagrimas que tu vai fazer.
-Não vou chorar dessa vez.
-Olha, tu não vem chorar perto daqio não, pra ei dar na tua cara é rapidinho, tu vai casar com meu homem. 
-Pensa no gato do principe deus grego que vou te arranjar.
-Te amo amiga!
-Uhum, sei.
Falei fazendo uma cara de desconfiada. Mas eu sabia que ele me amava como seu eu fosse uma irmã para ele. A noite passou voando, Luke, eu e Dallas ficamos conversando e assistindo filme até duas da madrugada, até nós três cairmos no sono.
Eu e Luke acordamos. Dallas já havia saído para o trabalho pois tinha trocado de turno. Nos arrumamos e logo escutei batidas na porta.
-Demi! Demi! Demi!
As palavras saiam no ritmo das batidas. Abri a porta. Era Mandy e Nicholas.
-Vamos! Você está atrasada.
-Quem é esse ?
Nicholas falou apontando para Luke.
-Sou solteiro e você é solteiro também ? Pois se for, coincidência não ?
-Luke tu tá na seca mesmo né ?
-Demetria. Vamos, você tem que ir.
-Eu já vou Demi, beijocas.
Ele falou saindo pela porta.
-Não, espera Luke!
Ele se virou.
-Você quer ir?
-É obvio!
-O que? Mas…
Nicholas tinha um tom surpreso
-Por favor Nicholas, eu acertei todas as perguntas ontem. Dá um desconto vai?
Eu dei um sorriso de súplica.
-Ok!
Saimos de casa, entramos no carro e fomos até o salão. A entrada havia uma enorme parede de vidro escuro. Com letras escritas douradas em uma placa transparente “Foquin Hair”. Eu mal podia acreditar. Era o salão de beleza de um dos mais renomados cabeleleiros do mundo. Luke e eu começamos a ficar euforicos. Não acredito que vou no famoso salão do grande Henrique Foquin, um dos melhores cabeleiros do mundo!
-NÃO ACREDITO!!! O SALÃO DO..
Luke gritava euforicamente.
-HENRIQUE FOQUIN!
Gritamos em conjunto.
-Demetria… Nada de escândalos, lembre-se, uma princesa nunca…
Ele fez menção para que eu continuasse.
-Grita, fica eufórica, ela sempre é calma e elegante.
-Nossa para que tanto extress?
Luke falou.
Logo entramos no salão. Ele estava vazio. Haviam 4 mulheres e um homem. Era o Henrique. Ele era careca e vestia uma camisa social preta com uma calça colada branca e sapato social. Foquin não era bonito, mas era bem estiloso.
-Então essa deve ser a futura princesa.
Foquin veio até mim.
-Como me conhece?
-Pela televisão, internet, você esta em todo lugar. Você não é tão feia pessoalmente.
-Hã?
-Vamos fazer uma geral em você. Mudar todo esse visual de geek e deixa-la com cara de princesa. Jéssica e Kelly vocês cuidam das mãos. Shannon e Down vocês dos pés. Eu cuidarei do cabelo e da maquiagem. Vocês estão com a roupa dela aí?
-Sim.
Mandy entregou a ele três sacolas. Uma grande, uma média e uma pequena.
-Vamos subir?
-Subir ?
-Isso. Você será transformada, como a Betty, a feia.
-Pera aí como…
Foquin começou a me puxar para a escada.
-Vocês ficam aqui esperando.
Então subimos a escada.
 


Notas Finais


Não esqueçam de comentar.
Um comentario faz MUITA diferença.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...