História Um Príncipe em Minha Vida - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chris Evans, Demi Lovato
Tags Casamento, Chris Evans, Comedia Romantica, Demi Lovato, Principe
Visualizações 343
Palavras 970
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem *-*

Capítulo 5 - In Case


Eu estava nervosa, a rainha mandaria alguém hoje á tarde para vir me buscar para que nós conversássemos mais. Eu mal conseguia acreditar no que eu tinha feito. Eu havia feito uma coisa que me repugnava, eu iria casar por dinheiro! Parte de mim se odiava por estar fazendo isso, a outra dizia que era a coisa certa a fazer. Eu não podia me dar a
o luxo de escolher. Minha irmã estava machucada fisicamente e emocionalmente. Vê-la deitada naquele sofá toda machucada, frágil... Isso era a pior coisa do mundo pra mim. Ela era a única pessoa que me restava... Eu não tinha mais ninguém, eu havia perdido tudo. Então se trocar a minha vida pela dela era o preço, eu pagaria.
   -Demi
Dallas me chamou assim que acordou.
   -Oi meu amor, vem comer, preparei omelete de presunto e queijo, seu favorito!
Eu tentava esconder o nervosismo que sentia com um sorriso.
   -Demi, o que está acontecendo? você está tão estranha
Ela se sentou preocupada, logo pegando em minha mão.
   -Nada não Dallas, ta tudo bem
Ela apertou a minha mão, um pouco debilitada, seu corpo deveia estar doendo.
   -Eu sempre sei quando você está mentindo.

 Ai que droga!
  
-Eu fiz uma coisa, vai tomar um banho, escovar os dentes, e ai vem aqui para conversar comigo
    -Não, pode ir dizendo o que você fez
Ela apoiou as mãos no quadril. Seu gesto pré-sermão. Esse gesto.. Nossa mãe sempre fazia isso quando eu aprontava uma, isso aliviou um pouco a tensão em meu peito. Me senti um pouco mais leve. Senti como se eu tivesse 10 anos novamente, lembrar da minha mãe sempre fazia isso. Isso era uma coisa que me fazia amar mais ainda minha irmã, e não me arrepender do que eu estava fazendo, ela me lembrava tanto a minha mãe.
   -Vai tomar ba...
   -DEMI!- Levantou a voz- Você sempre faz isso, tenta desviar do assunto! Bora mocinha, pode ir dizendo o que você fez! Você confrontou o Edward não foi? Eu disse qu...
   -Eu aceitei me casar com o príncipe!
   -Você não pod...-Ela parou e arregalou os olhos- Espera, o que ?
   -Ontem quando você dormiu eu liguei para a Rainha e disse que me casaria, e ela disse que hoje viria alguém aqui para me buscar, e assim iriamos para conversarmos.
Ela voltou ao sofá, o silêncio pairou por alguns minutos. Dallas apoiou a cabeça nos braços, era impossível saber o que ela estava pensando, ia me parabenizar? Me bater? Brigar  Eu estava impaciente, então resolvi quebrar o silêncio.
   -Dallas, desc...
Ela logo olhou para mim.
   -Demi vem cá.
Obedeci. Sentei no chão, na frente dela. Sua voz era calma, calma demais. Fudeu. É hoje que eu morro.
   -Demi, por que você fez isso?
O tom dela era claro, ela estava triste, mas não ia me bater, nem brigaria, nem nada do tipo. Ela apenas conversaria. Como a mamãe fazia. Eu não pude evitar começar a chorar.  Por que elas tinham que ser tão parecidas? Eu chorei, lágrimas caiam sem parar. Não pelo fato de eu ter aceitado a proposta da Rainha, pelo contrário, isso só me deu mais certeza, mas o fato dela estar sofrendo, não porque tinha a situação do agiota, mas porque ela sabia que naquele momento eu estava me odiando por estar fazendo isso. Minhas lágrimas eram saudade, tristeza, mas não de arrependimento.
   -Porque a gente precisa de dinheiro. O prazo do Edward é pequeno, e a quantia é alta. A gente precisa muito disso.
   -Eu disse que eu ia dar um jeito. Eu sou a responsável por você, não o contrário. Demi, eu não sou uma criança, se eu tenho problemas, eu tenho que resolvê-los. Para com isso de colocar os outros antes de si. Todo mundo tem a cruz que pode carregar, você não pode resolver tudo, se eu disse "eu vou dar um jeito" eu dou. Agora ligue para a Rainha e diga que não irá mais casar.
Embora as palavras delas fossem cheias de verdades. Ela não conseguiria pagar. O dinheiro era muito alto. Nem se vendêssemos todos os móveis, e juntássemos dinheiro por um ano, não conseguiríamos. Só havia uma solução e eu seguiria ela a risca.
   -Não. Se eu disse para a rainha que me casaria com o príncipe então eu vou me casar.
   -Demi, você não pode fazer isso!    
   -Escuta Dallas, eu sei que você só quer o meu bem. Mas eu já sou grande o suficiente para saber o que é o melhor para nós duas e o melhor é eu me casar com o príncipe. Nós somos pobres nem se vendêssemos tudo que temos conseguiríamos pagar essa divida. Eu queria que houvesse outro jeito, mas não há!
   -Demi, Voc..
   -Dallas, Eu já coloquei na minha cabeça! É o melhor, se eu me casar você nunca mais vai precisar trabalhar, ser humilhada, ser desrespeitada por bêbados idiotas. Você pensa que eu não sei? Eu sei que você foi demitida do seu primeiro emprego por causa do seu chefe que só queria te levar pra cama. Eu sei que no seu atual trabalho você é assediada por um cara que te persegue. Eu contei ao Carl, por isso ele sempre te acompanha do trabalho até aqui. Você sempre chega do trabalho com as pernas doendo, por passar o dia todo em pé carregando bandejas, eu não quero essa vida pra você.
   -Demi, Você é a minha irmã mais nova, não é pra você estar falando isso para mim, e sim eu falando isso para você.
   -Então se você é a minha irmã mais velha, você sabe que é o melhor.
   -Demi, eu queria tanto saber o que te falar, mas eu não sou a mamãe. Ela saberia o que te dizer para você não fazer isso.
   -Exatamente, mas ela não está mais aqui.
                                                                                 ***



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...