História Um Recomeço - Jungkook - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagines, Jungkook, Menção Yoonmin, Um Recomeço
Visualizações 156
Palavras 2.115
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey Pandinhas! 🐼
Eu tenho novidades, então por favor leiam as Notas Finais!
Desculpem-me por qualquer erro! Sem mais delongas, bem-vindos ao capítulo "Constelações". Boa leitura!

Capítulo 39 - Constelações


Fanfic / Fanfiction Um Recomeço - Jungkook - Capítulo 39 - Constelações

     Paloma On:

    Nick adentrou a casa para pegar as toalhas enquanto eu, Jimin, Hoseok e Tae mergulhávamos ao mesmo tempo, cortando com delicadeza as águas claras da piscina. Eu observava o que parecia ser imensidão ao meu redor, enquanto ficava no mais profundo silêncio. Foi fácil entender o porquê Nick entrou em um transe quando estava, assim como eu, submersa.

    O silêncio era reconfortante.
    Pensei em como meu coração havia acelerado ao perceber o tempo que Nick estava sem respirar. O assunto “parque de diversões” havia sido tocado na presença dela, e eu nem precisava perguntar para saber que minha amiga não iria ao mesmo. Motivo? Péssimas lembranças.

    Fiquei assustada ao imaginar que minha amiga poderia estar tendo algum ataque de pânico. Não a vi ter um desde que vim para a Coréia, mas estou sempre apreensiva. É assustador tanto para ela como para quem o presencia.

    Lembro de quando eu estava no hospital e Nick teve seu primeiro ataque de pânico...foi um dos piores dias da minha vida. Todos os piores dias de minha vida tem relação à ela e seu sofrimento, assim como os melhores são sempre lembranças ao seu lado. Minha vida se resume a ela, desde o dia em que a conheci naquele campo de esportes.

    Assim que me dei conta de que ainda nadava embaixo d‘água, emergi e olhei ao redor, percebendo que Jimin e Hoseok tentavam convencer Suga a entrar na água enquanto ainda estavam dentro da mesma, porém na borda para encurtarem a distância deste que negava o pedido pacientemente. Jin e Namjoon estavam deitados nas espreguiçadeiras com lindos óculos de sol, enquanto conversavam sobre assuntos que para mim eram desconhecidos. E, por último,Tae estava de costa para a borda, com os cotovelos na mesma em apoio, olhando para um ponto qualquer da água enquanto pensava em algo com um sorriso de lábios cerrados. Me aproximei deste e parei ao seu lado, olhando na mesma direção.

    - Em que tanto pensa? - indaguei curiosa.

    - Eu estava lembrando do Peper...nada demais. - se corrigiu sem jeito e apenas assenti, temendo ser intrometida demais. - E lá vai ele! - riu olhando para Jungkook, que caminhava para dentro da casa, consequentemente na mesma direção de Nick.

    - Esses dois têm algo, não têm? - perguntei sorridente, imaginando como seria bom ver mais sorrisos sinceros em minha amiga. Tudo o que eu queria era a ver feliz, somente isso.

    - Até teria, se Jungkook fosse menos devagar. Ele é um pouco…

    - Tímido? É, eu já percebi. - interrompi seu raciocínio, rindo baixo.

- E acredite, se depender deles, vai demorar uma eternidade até terem o primeiro beijo.

- Não é para tanto, vai! - revirei os olhos contendo o riso - Não é como se qualquer um de vocês fosse rápido nesse tipo de situação. Digo...o Jimin e o Suga são uma exceção, claro. - sorri vendo os mesmos agora trocando selinhos dentro da piscina. Provavelmente os meninos conseguiram convencer Yoongi a entrar, e este parecia se divertir.

    - Ei! Eu também sou exceção. - TaeTae falou em um tom ofendido, me fazendo rir debochadamente.

    - Eu nunca vi você com ninguém. - sorri com meu lógico argumento.

    - Talvez eu não queira ficar com qualquer pessoa. - “Por que isso me pareceu tão sugestivo?”

    - Para mim isso é apenas desculpa. - dei de ombros, me afastando em direção à Yoongi, Jimin e Hoseok, que jogavam água uns nos outros.

    Sinto meu braço sendo puxado antes dos lábios de Taehyung entrarem em contato com os meus, mantendo meus olhos abertos e arregalados em surpresa, enquanto ele aproximava-me lentamente de si, procurando que eu retribuísse...o que prontamente fiz.

    Ouvi algumas exclamações mas, assim com TaeTae, apenas ignorei e deixei que nossas línguas dançassem em harmonia.

    A tarde estava extremamente ensolarada e a água gelada da piscina parecia confortável, porém nem tanto quanto os nossos corpos quentes em contato. Sua mão direita estava em meu rosto, enquanto a esquerda repousava sobre minha cintura e eu entrelaçava meus braços em seu pescoço, sorrindo entre o beijo ao perceber como aquela era uma das melhor sensações que já me foi proporcionada e percebendo ele fazer o mesmo.

    Nos afastamos apenas quando o ar se fez ausente e ri soprado, ainda de olhos fechados.

    - Talvez você seja uma exceção! - conclui por fim, ouvindo sua risadinha gostosa ainda muito perto de mim. Abri meus olhos e contemplei seu rosto com traços perfeitamente desenhados antes de me afastar um pouco, vendo nossos amigos sorrindo largamente ao nosso redor - O que foi? Querem foto? - ri sem jeito.

    - EU QUERO! - Nick gritou se aproximando animadamente da beira da piscina.

    - Ah não! Você viu, não é? - fiz biquinho.

    - Não queria que ela visse? - Taehyung perguntou com uma das sobrancelhas levantadas, parecendo receoso.

    - Você não faz ideia de como Nicole é chata quando se trata dos amigos nessas situações. - falei séria, encarando minha amiga - Calma miga, please! - pedi juntando as mãos e a vi rir.

    - Ta...mas...quando será o casamento? - saltitou alegre e eu resmunguei alto.

    - Começou!...Jungkook, dá um jeito nela?! - o olhei e ele sorriu maquiavelicamente, pegando Nick nos braços, estilo noiva, e a jogando na piscina, arrancando gargalhadas altas de todos nós enquanto a mesma emergia.

    - ARGH KOOKIE! - reclamou indignada. - Mas é sério...como vocês ficam? Será o novo shipp “Tapa”?

    - É O QUE? - exclamei rindo alto - “Tapa”? O único “tapa” que você vai ver é o que vou dar na sua cara! - comecei a nadar atrás dela, que se movia com dificuldade na água e ainda era impedida de nadar pelos meninos, que estavam rindo ao meu favor.

    Percebi o olhar de TaeTae sobre mim e retribui o sorriso que a mim foi direcionado, aquele mesmo que eu, desde o primeiro dia que o vi, achei único e incrivelmente belo.

“Tapa”? É...talvez um dia Nick.

 

    ~ Quebra de Tempo ~

 

    Nicole On:

    - Nick! Volta aqui! - ouvia aquela voz doce misturada ao seu riso enquanto eu corria ao redor da toalha de nosso piquenique. - Parece que ainda tem 5 anos!

    - Mas eu tenho 14 e você, mesmo tendo 17, ainda é muito mais lento que eu! Vai Rafa, não consegue correr mais que isso? - desafiei o encarando com uma das sobrancelhas levantadas, mas logo esqueci do comentário ao ouvir aquela voz animada e inconfundível.

    - CHEGUEI! - anunciou se sentando na toalha, colocando sobre a mesma uma cesta coberta por um fino tecido branco.

    - Aleluia né! - ri - Mas também, se não tivesse se atrasado, não seria a Paloma. - debochei. Ela se atrasava pelo menos 10 minutos em todos os eventos que marcávamos, sendo estes de certa forma frequentes.

    - Desta vez eu juro que a culpa foi do Gabe! - se defendeu e estreitei meus olhos desconfiadamente em sua direção. - What? I swear!

    - Aham...sei! - ri alto, junto com Rafael que já tirava as coisas das duas cestas de piquenique e as distribuía sob a toalha tradicionalmente xadrez.

    - Olá Gatinha, oi Rafa! - Gabe se aproximou sorridente - Desculpem a demora, Paloma ficou se enrolando na hora de se arrumar e eu precisei ir comprar o restante dos lanches em seu lugar. - falou soltando ali os potes de sorvete e demais doces que sabia que eu adorava.

    - SHHH! - Pam o repreendeu, colocando o indicador sobre os lábios em sinal de silêncio. Ri olhando para cima em, mais uma vez, deboche.

    - Gabriel, quantas vezes já pedi para que não chamasse minha irmã de “gatinha”? - Rafa falou emburrado.

    - Você diz nessa semana ou só hoje? De qualquer jeito, eu já perdi as contas. - o ruivo respondeu rindo, enquanto Rafa me abraçava e, consequentemente, me afastava de meu amigo. - Larga desse ciúmes cunhadinho!

    - OI? “CUNHADINHO”? QUE HISTÓRIA É ESSA NICOLE? - meu irmão exclamou alto, chamando a atenção de outras pessoas que passeavam pelo parque. Eu já ria tanto que cheguei ao ponto de lágrimas me escaparem pelos olhos, enquanto estava deitada na toalha. - EU ESTOU FALANDO SÉRIO!

    - Até parece que não conhece o Gabe, Rafa! - Pam interveio em meu socorro ao perceber que eu não pararia de rir tão cedo - Ele está apenas brincando.

    - Acho bom. - bufou mais calmo - E eu não sinto ciúmes!

    AH NÃO SENTE RAFAEL? E QUE ESCÂNDALO FOI ESSE ENTÃO?

    Ri interiormente, tentando conter o riso no exterior pela minha barriga que já doía.

    Começamos a comer e eu olhava de um lado para o outro tentando achar o que até o momento não tinha visto.

    - CADÊ? CADÊ?

- Calma Nick o que foi que…

- CALMA NADA! É CASO DE VIDA OU MORTE! - falei alterada.

    - O que foi? Perdeu algo? A chave de casa? NICK NÃO ME DIGA QUE PERDEU A CHAVE DE CASA! - Rafa falou preocupado ao lembrar que seu eu tivesse o feito, teríamos de nos encontrar com nosso pai bêbado no bar.

    - ACHEI! - comemorei aliviada, pegando a bandejinha de isopor - Eu sabia que tinha comprado morangos com cobertura de chocolate.

    - FALA SÉRIO! - ele roubou o morango que eu tinha tirado da bandeijinha e mordendo - Se bem que isso vale à pena o escândalo! - concordou como se não tivesse tirado de mim o meu moranguinho.

    - Devolve! - reclamei.

    - Só se for vomitando né, ele já comeu! - Paloma riu de meu biquinho infantil - Não chora bebê, ainda têm na bandeja.

    - Crianças…- Gabe revirou os olhos, como se fosse o mais adulto do local.

    - Falou o garoto que está com bigode de toddynho! - gargalhei alto pelo comentário do Rafa, enquanto enchia a boca daqueles maravilhosos morangos cobertos de chocolate. Porca? Eu? Que audácia!

    Passamos a comer enquanto falávamos sobre coisas bobas e aleatórias como as citadas, rindo alto a cada cinco minuto.

Nossas vidas podiam não ser perfeita mas, quando estávamos os quatro juntos, esquecíamos totalmente disso. Afinal, uns para os outros éramos sim, especialmente perfeitos.

Nos deitamos lado a lado sobre a toalha, agora vazia por termos guardado tudo nas suas respectivas cestas. Na ponta esquerda estava Rafael, meu irmão, para sempre o garoto mais doce, lindo e carinhoso que já conheci...a pessoa mais importante em minha vida. Depois vinha eu, apenas uma garota sortuda demais aos olhos de qualquer um, e aos meus também. À minha direita, vinha minha melhor amiga para todas as horas, que jamais hesitou em me dar um abraço pois, mesmo quando eu achava que não precisava de um, ela me fazia perceber que estava errada. Afinal, a qualquer momento, em qualquer circunstância ou lugar, eu sempre necessitarei de seu amor. Por último, na ponta direita, estava aquele lindo garoto de cabelos ruivos como o da irmã, que sempre sabia como me fazer sentir única e insubstituível, demonstrando o quanto eu sou especial para si e me fazendo peceber o quanto também era para mim.

Observamos o céu azul, tentando achar formas entre todas aquelas nuvens branquinhas.

- Eu acho o céu tão lindo! - Gabe comentou com um tom calmo e sereno, me fazendo perceber que, com todo aquele sossego e aulas cansativas durante a semana, estava sonolento.

- Eu adoro observar ele durante o dia. - Paloma começou - Me dá a impressão de que o sol está sempre brilhando para mim.

- Eu o prefiro durante à noite! - Rafa falou em um tom convicto - Mas durante o dia ele também é lindo.

- Por que o prefere durante a noite? - olhei para meu lado esquerdo, encarando o seu rosto que parecia ter sido esculpido por anjos, tamanha sua beleza.

- Porque, embora não tenhamos esse azul vibrante durante a noite, ela é formada por estrelas lindas e brilhantes, que têm luz própria e que se completam, formando várias e várias constelações. São como nós! - sorriu direcionando seu olhar para o meu - Como nós quatro! - especificou - Somos lindas estrelas que brilham individualmente sem cessar, mas que, quando estão em conjunto, se completam e iluminam todo o céu. Muitas pessoas admiram a lua, mas eu prefiro as estrelas, pois a lua é reflexo da luz do sol e, embora seja grandiosa, jamais terá um significado tão imenso quanto as estrelas que nos refletem!

- Acho que o céu estrelado é minha nova paisagem preferida. - exclamei maravilhada, antes de suspirar e me sentar, olhando o rosto dos três que sorriram docemente em minha direção. - São vocês que constituem minha constelação!


Notas Finais


Vc ia falar o que Tae? "Pepero Game", é isso mesmo?
"E acredite, se depender deles, vai demorar uma eternidade até terem o primeiro beijo." Se atualiza kirido! Já rolou beijo e selinho roubado! Dá um F5 nessa vida!
Não quer "QUALQUER" pessoa é Tae? Indireta? Eu topo!

Mas agora deixando minha falta de remédios de lado, queria lhes dar a notícia de que eu, juntamente com uma escritora maravilhosa, vulgo AninhaYoongi, começamos uma nova fanfic chamada "Always For Us". Se trata de um imagine com Hoseok Lindão e Tae Leãozinho. Sim, dois membros! Isso pois conta a história de duas melhores amigas que...Ops, acho melhor para por aqui, não quero ter que fugir da Aninha depois por ter dado spoilers!
Obrigada se leu até aqui. Se tiver qualquer comentário, opinião ou pensamento, sinta-se à vontade para compartilhá-los pois lerei e responderei com todo amor.
Espero que acompanhem essa nova história a que eu e minha Dongsaeng depositaremos muito carinho! Torcemos para que todos os capítulos alcancem suas expectativas.
Até o próximo capítulo, Pandinhas! 🐼 Bjss ^_^

Always For Us ~ By Isa-HB and AninhaYoongi:
https://spiritfanfics.com/historia/always-for-us--hoseok-e-taehyung-9917707


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...