História Um Reino Perdido - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Ally Brooke, Annabeth Chase, Calipso, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Frank Zhang, Hazel Levesque, Jason Grace, Lauren Jauregui, Leo Valdez, Nico di Angelo, Normani Hamilton, Percy Jackson, Piper Mclean, Thalia Grace
Tags Cally, Camiller, Frazel, Jasiper, Jormani, Percabeth, Thaleo, Thalico, Thomauren, Willah
Exibições 24
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Fantasia, Festa, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá serumaninhos leitores!
Tudo bem?
Avisando rapidamente que estou em semana de prova,então vou escrever um pouco e depois farei uma part.II
Ok?
Então espero que gostem!
Boa leitura!

Capítulo 50 - Wait...What?


Fanfic / Fanfiction Um Reino Perdido - Capítulo 50 - Wait...What?

   Acordei mais cedo que o normal hoje...que estranho,mas tudo bem,me arrumei para ir tomar meu café da manhã,educadamente cumprimentei os guardas que estavam parados pelos vários corredores,desci as escadas para ir na sala onde ocorria o café da manhã.
   Sentei ao lado de Normani e beijei sua bochecha cumprimentando-a,fui me servir com a tanta comida que tinha na mesa e comecei a comer em silêncio.
   O rei e rainha chegaram e nos cumprimentaram sorridentes,a tia Thalia chegou com Lauren e tio Leo,tia Hazel e tio Frank.Todos estavam animados em uma Quarta-feira de manhã.
   Minha mãe não demorou chegar,e sorria mais que todos ali,e até estranhei um pouco,quando meu pai viajava,ela ficava tão tristinha que dava pena.
-Bom dia,querida-ela disse beijando minha bochecha antes de sentar na cadeira do outro lado da mesa.
-Então Jason,como anda a reconstrução do castelo?-pergunta tia Piper,obviamente ele não havia comentado nada à ela,já que ela teve tanta estresse logo após isso que tio Jason nem gostava de tocar no assunto.
-Está indo bem irmã,não se preocupe-tio Leo tranquilizou-a rindo-Você sabe que tem que descansar a mente e ainda pertuba?
-Remédios não são comigo,meu caro irmão-tia Piper comentou,tia Hazel,Mani e Ally engasgaram com seus sucos,chocadas,Dinah e Lauren riram alto.
-Piper!-minha mãe a repreende segurando o riso,eu realmente boiei.
-Como assim?-perguntei sussurrando para Dinah
-Amor,Mila.-ela disse-Apenas isso.
   Corei fortemente.Ai meus deuses,queria não ter perguntado.
-É isso aí-ela riu baixo
   Depois de um tempo,enquanto todos riam e conversavam,eu ria de poucas coisas só concentrada nos meus cookies azuis de gotas de chocolate e caramelo.
   Voltei em direção ao meu quarto,e me assustei quando vi um vulto sentado em minha cama.
-Miller!Você me assustou!-ri,mas dei um gritinho agudo quando ele me agarrou pela cintura para me beijar
-Senti saudade-ele começou a me beijar pelo pescoço,e o parei-Por favor Mila...
-Não,você sabe que não estou pronta-sentei na cama,mas ele me puxou com força para a cama e tampou minha boca
-Você vai fazer o que eu mandar-ele engrossou a voz e dei um chute em sua coxa e ele saiu de cima de mim,corri para pegar uma espada ao lado da minha cama e apontei para ele,que pegou uma espada da cintura e lutamos,não como antigamente,mas era como se fôssemos inimigos,ele me agarrou e me prensou contra a cama,comecei a chorar desesperadamente-Cale a boca,você vai me obedecer,se falar com alguém eu te mato,entendeu?
  Fiz que sim com a cabeça e ele me soltou.
-Só de aviso-ele disse e saiu,sentei na cama começando a chorar,minutos depois Lauren apareceu e se ajoelhou na minha frente me olhando preocupada.
-Mila,o que aconteceu?-ela perguntou secando minhas lágrimas e segurando meu rosto-Não minta para mim.
   Funguei,abri a boca para falar,mas a voz dele assombrava minha mente.
-Vocês brigaram-ela confirmou,levantei o olhar para a porta e juro que vi seu vulto fazendo xiiiu com o dedo nos lábios.Gritei assustada e enterrei o rosto entre as pernas,começando a chorar alto.
   Ela me abraçou forte.
-Mila...Se acalme!Por favor!-ela falava desesperadamente.
-Não fale com ninguém Lô,por favor...Eu tenho medo...-falei gesticulando nervosa.
-Tudo bem,agora respira direito-eu tentei,mas parecia que eu estava afogando,o que era impossível para mim-Não conto a ninguém,ele não irá saber de nada,mas apenas vou pedir que alguns seguranças fiquem por perto para que nada lhe aconteça,se ele te tocar eu queimo e eletroculto ele.
   Ri um pouco e funguei,e minha visão começou a turvar.
-Lau...-sussurrei agarrando Deus braços como se precisasse me ligar ao mundo com aquele gesto,e meu corpo tombou para o lado devagar.
-Ai deuses,alguém me ajuda!-ela gritava,mas sua voz estava distante do meu alcance.
-O que está acontecendo?Camila?-a voz era de um homem,que de sério era para desesperado.
-Logan,me ajuda!-Lauren falava desesperada.
-Vou levá-la à enfermaria,se acalme srta.Valdez-senti alguém me pegar no colo e assim apaguei.

***
   Acordei com uma luz forte em meu rosto,olhei para meus braços que estavam com vários fios,olhei para o lado e vi minha mãe...E o General Logan?
-O que será que causou isso nela,Logan?Meus deuses...Um infarto!-minha mãe chorava,ele acariciou seu ombro a reconfortando.Onde estava meu pai?
-Calma Annie,não quero que aconteça o mesmo com você-ele falava.Quando foi que eles ficaram tão íntimos?
-Mãe...-resmunguei e a olhei,ela suspirou e sorriu ao se aproximar de mim.
-Oi meu amor-ela sorriu mais ainda acariciando meu cabelo-Como você está se sentindo?
-Um pouco tonta,o que aconteceu?
   E tudo veio em minha mente novamente me atormentando,e uma lágrima desceu pela minha bochecha.
-A Lauren disse que você desmaiou,e General Logan estava por perto e trouxe para cá-minha mãe contava,olhei para ele e dei um sorriso de canto agradecida,e ele fez o mesmo.
-Ah-apenas disse isso
-E também teve um infarto,o que é bem raro da sua parte-General Logan riu,e me fez corar um pouco-Os médicos disseram que foi um dos pequenos infartos,então você estará melhor rapidinho.
-Ah sim-sorri-E onde está meu pai?
   Minha mãe e General Logan se olharam,minha mãe fez uma expressão preocupada,já ele sorriu e fez um 'sim' com a cabeça.
-Ele...Ainda não chegou de viajem,querida-ela explicou  acariciando minha mão-Mas acho que ele irá voltar em breve.
-Tudo bem-sorri e senti minha barriga roncar-Estou com fome...
-Eu já providenciei uma comida para você-minha mãe sorriu e se levantou para pegar um pote e o abriu,o forte cheiro de comida preencheu o quarto,lambi os beiços-Fui eu que fiz.
-Será que posso também?-General Logan brincou e minha mãe o olhou séria-Por favor!Nem comi no serviço hoje!
-Pelo amor dos deuses,você já almoçou!-minha mãe questionou batendo em seu peitoral da armadura.
-Sim,mas ainda estou com fome!-ele questionou e ela o olhou chocada enquanto ele ria.
-É,mas essa comida é para mim, obrigada-ri e eles rapidamente pararam de se olhar,minha mãe sentou na cama e encheu a colher e me serviu na boca,gemi deliciada-Está maravilhosa mãe,posso comer banana depois?
-Claro!Só se comer tudo!-ela riu.

***

   Depois de dois dias na enfermaria,as meninas vieram me visitar,já Dinah não queria desgrudar de mim um segundo sequer,nem mesmo Lauren,que não parava de olhar para a porta como vigia.
-Garota,você me deu um susto e tanto!Se não fosse meus trabalhos eu iria arrombar a porta daqui para te ver-Dinah disse apertando minha cabeça para seus peitos (travesseiros),ri e as meninas gargalharam,ficamos assim um bom tempo,olhei para Lauren e ela me enviou um olhar reconfortante.
    Alguém bateu na porta,e se abriu,mostrando o rosto de Miller,meu coração perdeu uma batida e ficou acelerado,infelizmente tinha a maquininha que registrava isso.
-Oi,como você...-ele disse e olhou em volta,mas friamente para Lauren e Dinah-Ah!Oi meninas.
-Oi Miller!-Ally,Mani e Dinah o cumprimentaram alegremente
-Oi-Lauren disse secamente-Desculpa,mas não pode ficar mais de 5 pessoas no lugar.
-Lauren!-repreendeu Ally baixinho
-Oh!Me desculpe!-ele disse debochado.Idiota-Então eu volto depois-ele sorriu cinicamente para mim,meu coração acelerou mais ainda.
-Mila?-Dinah olhou para a maquininha e para mim,logo depois percebeu minha reação-Por que não vai logo,este momento é só para garotas.
-Tudo bem,então tchau!Até depois Mila-ele fechou a porta e finalmente consegui respirar.
-Lauren,o que está acontecendo?-Normani perguntou.
-Seguidor psicopata-resumiu Lauren-Temos que protegê-la dele,antes que...Deuses a livrem,ocorra o pior.
-Oh,coitada-disse Ally me abraçando-Pode contar com a gente,podíamos nos revezar,aqui e em seu quarto...
-Eu!-Dinah ergueu a mão animada
-Ok!A Dinah fica com você no quarto-disse Ally
-E eu também quero!-disse Normani ergueu a mão sorrindo para mim-My booboo.
-Então eu e Ally ficamos aqui-disse Lauren.

***
   Uma semana se passou e já tinha ocorrido aquele lance da tentativa de estupro e aos poucos estou me recuperando,com dificuldade mas tudo bem por enquanto.


Notas Finais


Olá!
Espero que tenham gostado do cap.!
Desculpem se no final estava sem sentido,mas prometo uma part.II para vocês!
Se ficou um pouco grande...Sorry,é porque me empolguei um pouco hahaha
Desculpem algum erro e até o próximo cap.!
Beijos de pipoca doce!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...