História Um relato clichê - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 1
Palavras 420
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá! Não sei bem o que devo dizer, já que essa é minha primeira fanfic, história - ou seja, lá o que -, todavia pretendo que gostem dela. E sim, estou aberta a críticas construtivas, ou o que vocês acharem melhor.
Como nunca tinha mostrado, ou passado minhas "mirabolantes" estórias imaginárias, tomei coragem e, resolvi passar tudo a limpo.

P.S: Me perdoem caso haja algum erro de concordância verbal, de pontuação ou acentuação.

Sem mais 'delongas', aqui vamos nós.

Capítulo 1 - Volta ás aulas - Capítulo I


É, como passei meu mês de julho inteiro sem fazer absolutamente nada - estou exagerando, assisti, eu assisti muito; dormi demais, e madruguei demais. Fazendo o quê? Isso, assistindo minhas amadas séries, rindo, chorando de cada 'misero' episodio, sim, sou meia 'tan-tan' da cabeça. 

Por mais que eu estivesse amando minha rotina, me vi dando pulos de alegria - me imaginei - ao lembrar que minhas aulas começam daqui exatos cinco dias - se bem, que dou graças a Deus ás aulas, nem para as pessoas que irei ver, pois sei muito bem, o quanto sou "desejada". Leve na ironia, visto que há qualquer momento, sei muito bem, que minhas amadas amizades, me apunhalariam, sem ao menos pensar duas vezes. Lembrei-me das minhas boas e amadas aulas de matemática de história (não há coisa melhor, ou matérias mais interessantes). 

Este ano, eu pretendo me mudar de escola, desejo muito passar numa escola onde ou me vejo - imagino - lá há tempos. Sou uma boa aluna - e sim, me gabo disso, já que passo muito tempo estudando -,  e sei que aquela escola não me levará a lugar algum - os professores são bons, e não posso reclamar, entretanto, sou uma pessoa de pavio curto e muito fácil de ser irritada, e lá o que mais tem, é adolescente babaca, então já dá para ter uma ideia.

As amizades, que eu tive, por minha frieza... afastei-as - deve estar se perguntando, "por quê?", bem nem mesmo eu sei, ás vezes nem presto muita atenção no que faço, talvez deva ser costume, mas não me orgulho disso. 

Antes das férias, me encontrava em um namoro, de cerca de um ano, todavia um verdadeiro 'inferno', já que bem dizer todos os dias, eram brigas, discussões, reclamações. Houve momentos muitos bons, de fato. Sei que cinquenta porcento da culpa é minha, já que eu não ajudava muito, me sentia provocada e revidava, sem falar que eu sei, que não me entreguei por completo - mas sinto que foi o melhor a se fazer, já que ele vivia me esfregando certas coisas na cara -, mas com toda 'ruindade' (maneira de se falar), não me arrependo, foi uma experiência, e me recordo de bos momentos. Hoje, mal nos falamos, por mais que tivesse prometido ser meu amigo, caso terminassemos, mas não foi o caso. 

Dá para perceber que minha vida, é um "mas", atrás do outro. Muito, hiper, super normal.

Por enquanto, é só. Espero que minha volta ás aulas, seja mais calma...

 


Notas Finais


É isto, não sei o que acharam, mas gostaria que falassem, pretendo escrever mais, deixar a estória mais interessante - sei que está clichê, sei bem - qualquer coisa, estou aberta há criticas, ideias, ou seja lá... não sei.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...