História Um romance não identificado. - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Drama, Escola, Gays, Lemon, Mais Yaoi, Mistério, Real, Sexo, Suspense, Tragedia, Yaoi
Exibições 15
Palavras 652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Mistério, Orange, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpem pela demora, meus amores... Essa semana foi muito puxada e cansativa pra mim... Mas, finalmente, temos um novo capítulo!!! Ebaaaa *-*

Agora se divirtam (͡° ͜ʖ ͡°)

Capítulo 7 - O queeeee?!


*Leandro's POV ON*

Arrrgh! Gabriel estragando tudo de novo! Ahhh não, não vou mais aceitar isso, o jogo não vai ficar em vantagem a ele, vou fazer alguma coisa... Extrema...

*Leandro's POV OFF*

*Bruno's POV ON*

Novamente estavamos sozinhos na escola... Acho que o Gabriel salvou o dia... Né? Digo... Ele não vai fazer nada, afinal, Gabriel estará presente :T.

... Eu realmente não sei o que estou sentindo, o que quero... Arrrgh! Eu não sei!!!

*Bruno's POV OFF*

*Gabriel's POV ON*

É... Na verdade eu não vou fazer muita coisa, eu não queria estar aqui mesmo... Vou só sentar em algum lugar, mecher no meu celular e deixar eles fazerem o trabalho deles... Não gosto de mandar nos outros.

Nós já estávamos no depósito quando, de repente, olho pro Leandro: Ele estava me encarando muito. Achei muito constrangedor e... Assustador, eu simplesmente corei na hora, mas ele continuou a fitar-me. Eu volto a mecher no meu celular, ou fingir, como se nada tivesse acontecido. De repente ouço Leandro dar passos, o som estava cada vez mais alto, ele parecia se aproximar, não queria olhar, se não, ele iria ver meu rosto vermelho, fiz de conta que não estava percebendo nada.

Logo, escuto:

— Não aguento mais esperar...

Leandro pula encima de mim e começa a me beijar. Era um beijo quente. Bruno estava nos olhando, eu estava com os olhos arregalados, mas... Quando vi a expressão de Bruno, percebi que ele estava entristecido... Eu comecei a chorar, e Leandro continuava a me beijar. Eu não me mechia, já estava muito mal, não conseguia me mecher. Leandro parou de me beijar e começou a tirar minha blusa, ele praticamente arrancou-a, eu continuei não fazendo nada. Ele começou a brincar com meus mamilos. Eu poderia não estar gostando, com ele, mas mesmo assim, eu estava excitado.

Leandro começou a me beijar por todo o corpo, beijava meu peitoral, depois começou a beijar meu abdômen e foi descendo até chegar.... Meu Deus! Não era pra eu estar apaixonado pelo Bruno? Falando nisso, onde está Bruno? Ué, ele não pode ter saido da sala, acho que Leandro trancou-a, então deve ser só minha visão que não está em um ângulo bom.

Leandro tirou minhas calças e começou a me masturbar, então ele disse:

— Termine aqui... Eu já volto — O que??? Ele estava me deixando na mão? Ele certamente estava se referindo a terminar de me masturbar. Bom ele disse que já volta... Não vejo problema....

"Tomei" o lugar de Leandro e comecei a me masturbar. Eu gemia alto, cada vez mais alto, mesmo que fosse mais divertido com Leandro.

Logo ele voltou e... Bruno estava junto...? Ele estava sem cueca, nu, com "aquilo" duro...
Eu estava terminando de me masturbar e então, todo o meu sêmen foi pra cima do Bruno e Leandro.

Leandro veio pra cima de mim e subiu no m-m-meu p-pênis!!! Ele começou a fazer o movimento de subir e descer, cada vez mais rápido. Eu comecei a gemer escandalosamente e Leandro começou a fazer boquete no Bruno, enquanto estava encima de mim. Bruno gemia mais alto que eu, Leandro continuava e eu gemia sem parar. Estava muito bom... Depois de um tempo assim, eu e Bruno falamos, em tempos diferentes, mas com o mesmo conteúdo:

— L-L-Leandro, e-eu... Aaahhh ahhhngh eu v-vou gozar!!!

Então eu e Bruno gozamos ao mesmo tempo... Leandro engoliu o gozo de Bruno e eu gozei dentro de Leandro. Eu fiquei lá, exausto, deitado no chão, ofegante. Enquanto isso, Leandro sai, levando Bruno e me deixando lá, sozinho... Eu fiquei lá até recuperar minhas forças e arrumar aquela bagunça. Tranquei tudo, devolvi a chave para a diretora e fui embora. Eu estava traumatizado e com medo dele... Ele simplesmente me violentou e me fez ver Bruno lá... Eu realmente não sei o que pensar. Ainda bem que amanhã é Sábado e não vou pra aula...


Notas Finais


Sério mesmo... Desculpem por essa demora... Eu estou com raiva de mim mesma! Talvez essa semana eu poste mais! Acontece que os últimos dias (ou semanas) eu realmente fiquei muito ocupada e gostaria de agradecer à Emilia ;D obrigada por me ajudar a fazer esse capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...