História Um Segredo Obscuro - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Policial, Psicopata, Tortura
Exibições 14
Palavras 1.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Policial, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa a demora... Tava sem tempo

Um abraço e boa leitura ❤

Capítulo 17 - Já estive melhor


Fanfic / Fanfiction Um Segredo Obscuro - Capítulo 17 - Já estive melhor

Chego em casa e me deito, não queria mais viver, a vontade tinha ido embora, pego um cigarro que estava ao lado da minha cama e acendo vou para a varanda e fico por ali fumando


?: - Não sabia que você fumava

Jungkook: - Que susto, como você entro. O que você ta fazendo aqui afinal? 

?: - Você ta nervoso, triste, desesperado.. Precisa relaxar, eu faço voce relaxar 


Ele chega mais perto de mim e pega meu cigarro, da um trago e apaga o jogando pela janela. Ele me puxa para um beijo calma e necessitado, o pego no colo e jogo na cama


Jungkook: - Vai me fazer relaxar como? 

?: - Assim 


Ele sussurra em meu ouvido e sobe em cima de mim, me beija rapido e fica subindo minha barriga


Jungkook: - Calma Hope, ta muito apressadinho 

J-Hope: - Agora que você não ta mais com o Jimin eu posso ter você por inteiro não só beijinhos inocentes que só me deixavam excitado 


Ao falar isso eu beijo ele, ele começa a tirar minha blusa e eu tiro a dela ambos tiramos a calça e ele ficava beijando meu pescoço e rebololando no meu membro por cima da cueca, sussurro pedidos como "senta pra mim hyung" em seu ouvido e o mesmo obedece ....



|Suga|


Estava em casa deitado sem nada pra fazer só lembrando de Jungkook, o que vou falar pra ele? Como vou olhar no olho dele?... Fikei por horas deitado e pensando se deveria ir falar com ele pedir desculpas falar que foi impulso e assumir a culpa toda, ele não poderia deixar Jimin, levanto e vou até uma estante da sala pegar um cigarro acendo e vou para meu quarto sento na cama e começo a tragar o cigarro, fiquei por horas fumando um cigarro atrás do outro até receber uma mensagem do Rap Monster


*Whatsapp On*


Teve mais 5 mortes só nessa tarde

Como assim?

Vem pra delegacia só falta você

To indo


*Whatsapp Off*


Peguei as chaves do carro e coloquei minha farda, chegando lá estavam todos menos Jungkook


Suga: - Cade o Jungkook

J-Hope: - Atrás de você


Eu me viro e ele está sentado na mesa separado dos outro


Jin: - De lá ele escuta normalmente então não tem problemas nenhum, vamos começar

Rap Monster: - As vitimas são todas prostitutas com ficha criminal na polícia por assasinato, as 5 tiveram cortes e queimaduras por cigarro sem contar o distintivo que estava em uma situação deplorável 

Jimin: - Como assim? 

Jin: - Eu analisei o corpo, e o distintivo estava muito queimado e cheio de corte. Uma das vítimas morreu por conta de um corte vertical no pulso 

Jungkook: - Hemorragia? 

Jin: - Tuda indica que sim, as outras 4 morreram com um tiro na cabeça

V: - Mas algo diferente nas vítimas? 

Jin: - Nos outros corpos de mulheres não achamos nenhum tipo de marca correspondente a alguma agressão física a não ser os cortes, mas no corpo das 5 foram encontrado marcas de espancamento

Suga: - Então o "justiceiro" (faço aspas com a mão) perdeu o senso do certo e errado

Rap Monster: - Realmente bater em mulher não é nada certo

Jin: - A analise que fiz mostra detalhadamente a hora da morte de cada vítima 

Rap Monster: - Eu percebi nas 5 fichas que todas foram encontradas no mesmo lugar e na mesma posição todas estavam juntas

J-Hope: - É bom detalhar também que 2 delas já tinham largado a profissão e estavam casada a praticamente 1 ano e meio

Jimin: - E todas as outras que ainda praticavam a profissão já não era por dinheiro e sim pelo prazer, pois as 3 ja tinham namorado e eles bacavam tudo

Jungkook: - As 5 traíram 

Rap Monster: - Isso está relatado na ficha delas

J-Hope: - Desnecessário colocar isso na ficha de uma pessoa

V: - Na verdade não! isso é uma questão de caráter, então a ficha deve contar o seu caráter 

Jin: - Todas elas foram encontradas ajoelhadas e as mãos juntas como se estivessem orando pelo seu pecado, que pode ser a traição

Rap Monster: - As cordas seguravam as mãos delas para que ficasse daquele jeito e o corpo estavam meio prostrados

Suga: - Podemos ir ao lugar do crime? Primeira vez que ele mata mais de uma pessoa no mesma lugar e quase na mesma hora

Jin: - Vamos chegando lá eu explico com detalhes como pode ter ocorrido


Fomos em carro separados e pro meu azar tive que ir no carro de Jungkook e V, fomos ate a cena sem ao menos dar um piu, chegando la Jin começa a explicar 


Jin: - Minha análise detalhada... Ele devia ter trazido ela normalmente chegando aqui que ela percebeu estar muito escuro e longe da estrada começou a desconfiar então ele usou a força para conseguir levá-la até as cadeiras que estão ali no fundo (ele aponta) a primeira e a segunda deveriam ter sido do mesmo modo, a terceira já não se importo e achei ate resíduos de álcool então ela devia estar alterada ao vim aqui por conta própria ele deve ter pedido pra ela sentar e amarrou como todas as outras as duas últimas tem resíduos de morfina então poderiam ter usado ou ele injetou nelas para deixá-las mais calmas

Rap Monster: - E isso se passou a que horas? 

Jin: - Entre 3 da tarde às umas 4, foi a hora que ele levou ate ter todas amarradas aqui nesse salão, elas presenciaram as mortes e a ultima a ser morta foi a casada notamos que achamos as alianças no chão 3 delas tinham, então ele escreveu aqui nessa parede


Somos todos pecadores, mas sem justiça nunca iremos parar de pecar, então mate-os com bondade e assim terá seu lugar no céu ao lado de Deus


Jin: Foi usado um tipo de tinta de spray de cabelo ele deve ter comprado em alguma loja de festas


Ficamos por horas analisando tudo ali e decidimos ir embora chegamos na delegacia encerramos as horas que passamos trabalhando, e assinamos várias fichas por alguns dias sem ter ido "afinal não tinha o que investigar" e quando ja tinham todos saido eu fiquei observando Jungkook sentado ele parecia pensativo e alguns minutos naquele silêncio ele levanta e vai ate a porta antes que ele saísse segurei o braço dele


Suga: - A gente tem que conversar


Notas Finais


Obrigado por le

Beiijos Até Maiis


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...