História Um sentimento novo está para nascer . - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Novos Titãs (Teen Titans)
Personagens Ciborgue, Estelar, Mutano, Personagens Originais, Ravena, Robin, Terra
Exibições 78
Palavras 2.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi pessoal desculpa pelo atraso, mas tá ai mais um capitulo. Espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 9 - Amor proibido


Fanfic / Fanfiction Um sentimento novo está para nascer . - Capítulo 9 - Amor proibido

CAPITULO ANTERIOR: 
Eles se aproximaram do carro e vários outros capangas estavam usando armas e utilizando vários apetrechos contra eles e eles entraram no carro rapidamente e o Cyborg dirigiu pra bem longe dali , com a intenção de chegar o mais rápido em casa.

 CAPITULO ATUAL: 
 Já era 22:00 da noite quando Cyborg dirigia de volta para a Torre, estavam todos muito cansados e Rodin estava louco pra fazer várias perguntas para a Terra,porém ele sabia que a noite tinha sido muito cansativa pra ela e resolveu guardá-las pra fazer outro dia.
 
  Cyborg: como será que eles vão aceitar a Terra lá na torre de novo em Robin?  

Robin: eu não sei está tudo confuso agora, não sei mais se devo confiar na Terra.

 Cyborg: melhor não depositar todas as esperanças do caso do Mutano nela pois acho que o Slade nunca contaria tudo.

Nessa hora Robin olha para o banco de trás e vê a Terra dormindo, provavelmente por ter usado todos os seus poderes contra Slade. Ela tava péssima e Robin não via a hora de chegar, pois estava morrendo de saudades de Estelar, quando ele lembra dela fica distante e muito pensativo.

 Cyborg: Robin ?? Robin? Cara se tá    Bem?

 Robin: a oi Oque foi? 

 Cyborg: eu sei lá derepente eu tava falando com você e depois não me respondeu mais, tá tudo bem? Você parece que esta em outro lugar.

 Robin:  a sim não é nada, só estou cansado de ir atrás de respostas e não resolver absolutamente nada.

 Cyborg: você não parece muito preocupado com isso, sério que não tem mais nada te preocupando? Sabe que pode contar comigo né 


 Robin: eu sei, claro que é só isso e saudades da Estelar.


 Cyborg: a então é isso, e como estão vocês , já pediu ela em namoro?


 Robin: estamos indo com calma apesar de que eu queria era pedir logo, mas tenho que ir no tempo dela sabe. E você meu amigo não tem nem uma garota dona desse coração de lata???


 Cyborg: eu não quero falar sobre isso, porque meio que tinha mas é impossível ficarmos juntos eu gostava muito dela sabe.

 Robin: então me desculpe eu não sabia, mas porque não podiam mais ficarem juntos ??

 Cyborg: é muito complicado, meio que somos de mundos diferentes........me desculpe Robin não consigo falar sobre isso.

 Robin: nossa cara, você realmente gostava muito dela, porque não lutou pra ficar ao lado dela? Porque quando agente ama, não desiste nunca da outra pessoa.

 Cyborg: eu te disse não podemos ficar juntos, dês do começo era uma ideia ruim, mas fui me aproximando mais dela e acabei me apaixonando.


 Robin: você nunca pensou em procurar por ela?

 Cyborg: é melhor deixar essa historia pra lá , eu quero focar só no meu trabalho como Titã agora.

 Robin: tá OK, então quanto tempo  vai demorar pra nós chegarmos? 

 Cyborg: não falta muito, mais ou menos uns 10 minutos.

Uns dez minutos depois, eles tinham acabado de chegar na Torre e já era bem tarde. Robin olha pro banco de trás e resolve levar Terra nos braços, pois ela já tinha adormecido por completo. Cyborg coloca o carro na garagem e vê que o carro tava com vários problemas devido aos tiros daquela noite. Depois de guardar o carro ele segue Robin em direção ao elevador.

 Cyborg: amanhã tenho que ir na loja de peças de carro, pois os capangas do Slade fizeram um estrago no meu bebe.

 Robin: tudo bem esta liberado do treinamento de amanhã . 

Chegando na sala Robin se depara com Estelar deitada com a Silk em seus braços, as duas estavam adormecidas e a TV estava ligada. Cyborg desliga a TV e Estelar se acorda e fica muito assustada com a cena do Robin e Terra adormecida nos braços. Ela se levanta do sofá e fica tentando entender tudo aquilo.

Robin: eu posso explicar tudo, agora me ajuda com ela por favor.

Estelar:  puta que pariu,como assim pode explicar? Oque ela faz aqui? 

Robin: Estelar se acalma e me ajuda a colocar ela em um dos quartos, te explico tudo depois.

Cyborg vai para seu quarto e se arruma para dormir mas fica pensando nas palavras de Robin "quando agente ama, nunca desiste da outra pessoa". Estelar leva a bolsa de remédios para o quarto onde ela iria ficar, Robin coloca ela na cama e Estelar põe  uns corativos nela e pega um pano molhado para passar em seu rosto e braços, Robin explica tudo pra ela,depois de cuidar da Terra ela sai do quarto e Robin vai atrás dela.

Robin: você esta brava comigo, porque eu trouxe ela de volta? 

Estelar: eu só queria que você chegasse logo, porque eu tava morrendo de saudades ai você me aparece com ela. 

Estelar: não dá pra confiar Robin, não depois de tudo o que ela fez. Eu preciso ir pro meu quar..........

A mesma foi interrompida com um beijo, ela queria se soltar pois estava brava,mas os sentimentos  falaram mais alto e ela retribui aquele beijo, de modo que só pararam mesmo porque enfim eles tem que respirar né 

Robin: eu tava com muitas saudades, pensei em você em todos os momentos da viajem.

Estelar: você acha que sendo muito fofo comigo vai me fazer mudar de ideia à respeito da Terra ??

Robin: não eu só queria que soubesse o quanto você é importante pra mim, mas pelo visto não liga pro que eu sinto [ Autora: nossa quanto drama ]

Estelar: não é isso, eu pensei que voce.....ahh deixa pra lá me desculpe.

Robin vai para seu quarto e Estelar para o dela, ele toma um banho e veste um short com um monte de morceguinhos estampado. Ela entra em seu quarto e fica pensando no Robin, ela resolve ir ate o quarto dele, chegando lá ela bate e ele logo vai atender a porta.

Robin: oi, algum problema?

Estelar: não quer dizer na verdade sim, eu preciso falar com você 

Robin: pode entrar.

Ela entra e logo se senta na cama e fica fitando o chão tentando dizer o motivo de sua ida ate lá. 

Estelar: Robin eu também gosto muito de voce, fiquei muito preocupada quando voce estava fora, eu não queria que ela estivesse aqui, imagina Oque vai rolar entre ela e a Ravena meu Deus não quero nem pensar nisso.


Robin: não precisa se preocupar comigo e nem com  nada disso, eu queria que soubesse que enquanto eu viver estarei sempre à te proteger. Eu te amo, não sei mais ficar longe de você.

 Nessa hora ele encosta sua testa na dela e ela começa a chorar, ele limpa suas lágrimas e ele à abraça.

Robin: tá meio tarde, não acha? Que tal ficar comigo essa noite.

Estelar: eu pensei que fosse proibido dormirmos uns no quarto dos outros. [ Autora: deixa de conversa mulher, sei que tá doida pra matar a saudade do teu boy]

Robin: mas essa regra talvez não se aplique a mim, pois sou o lider.

Estelar: então tá ne, aceito.

Ela se deitou na cama junto com ele e ela fica enrolada ao seu lado. Eles  passaram o resto da noite juntos. [Autora: não vai rolar hot, pelo menos não hoje]

Logo ao amanhecer no quarto da Ravena, ela se acorda e olha pro lado e vê aquele lindo verdinho e fala em seu ouvido 

Ravena: tá na hora de acordar, preguiçoso.

Ela fala dando um beijo em seu pescoço, que faz o mesmo se virar e puxá-la pra mais perto.

Mutano: não agora não , por favor Rae, se voce sair agora como vai melhorar em ? 

Ravena: gaiatinho, sei bem porque me quer aqui .

Mutano: é, eu não preciso esconder que quero minha namorada aqui comigo.

Ravena: Mutano eu queria mesmo ficar mais tempo só que não dá, minha barriga tá pedindo muita comida só assim ela se cala.


Mutano: a minha também escuta só .


Ela se levanta e da um beijo em sua testa e logo se dirige ao banheiro e quando ela começa a tirar a blusa ela sente um braço envolvendo sua cintura e quando olha pra trás era o verdinho, ele começa a beijar seu pescoço e ela se derrete toda em seus braços. Ele tira a roupa e aproveita pra tomar banho junto com ela. Quanto terminam o banho ela se arruma e põe a capa e ele fica só de toalha.

Ravena: não vai se vestir?

Mutano: minhas roupas estão no meu quarto, poderia ir lá pegar pra mim? 

Ravena: claro, se bem que voce fica bem melhor assim, só assim.

Mutano: então tá se voce diz, vou passar o dia todo assim.

Ravena : mas claro que não , só pode ficar assim pra mim, só pra mim.

Ravena sai do quarto e vai ate o quarto do Mutano, e fica imaginando será que o Robin e o Cyborg já teriam voltado. Chegando novamente em seu quarto ela entrega o uniforme para ele. E eles vão juntos ate a cozinha e chegando lá encontram Cyborg fazendo um lanche rápido 


Mutano: pra que a pressa mano, a comida não vai embora.

Cyborg: oi pra voce também Mutano, eu tô querendo terminar logo, porque tenho que resolver uns assuntos no centro de Jump City.

Mutano: tudo bem cara.

Ravena: oi Cyborg, como foi ontem, resolveram alguma coisa?

Cyborg: já tinha me esquecido de contar as novidades, se verem uma garotinha de cabelos loiros andando pela torre, não se assustem Kkkkkkkk.


Ravena: como assim? Garotinha loira, Cyborg espera.

Cyborg: estou atrasado, tenho que ir depois conversamos melhor.

Mutano: cara ele tá bem estranho, ele tá precisando de umas férias pra relaxar.

Ravena: Oque será que ouve com eles ontem?

Mutano: tem que perguntar pro Robin.

Ravena: falando em Robin cadê ele que ainda não apareceu

Mutano: vai ver ele tá descansando da viajem.

Ravena: é tem razão .

Eles tomaram café da manha juntos e Mutano ia jogar vídeo game e Ravena ia ate seu quarto para pegar uns livros, para concluir os trabalhos de meditação,  no corredor ela vê uma cena muito fofis do Robin e da Estelar se Beijando, ela passa por eles e dá uma risadinha.

Ravena: eita que a noite foi ótima em Kkkkkkkk. Fico feliz por vocês estarem juntos.

Estelar: amiga Ravena, precisamos conversar com voce e o Mutano, depois que eu me arrumar agente se encontra na sala.

Ravena: esta bem.

Eles se despedem com um beijo e Estelar vai ate seu quarto se arrumar, e ele também. Ravena vai buscar os livros e volta para a sala. 

Mutano: Eai rae 

Ravena: a Estelar disse que queria conversar connosco ela e o Robin tem algo à dizer.

Mutano: nossa Oque será ? Agora fiquei curioso.

Depois de terem se arrumado Robin e Estelar foram tomar café da manha e não perderam tempo foram direto para a sala contar tudo para Ravena e Mutano.


Robin: pessoal eu queria dizer logo de uma vez, ontem eu e o Cyb encontramos uma base secreta dos vilões e lá eu encontrei a Terra e o Slade, como eu temia ele esta por trás de tudo isso dos ataques e a fuga da terra.....

Estelar: pula pra parte mais importante logo.

Mutano: e tem mais é? 

Robin: sim lá eu e Slade tivemos uma luta quando a terra acordou foi com tudo pra cima dele , porque ele só tinha usado ela esse tempo todo, foi graças à ela que eu sai de lá com o Cyb, ela tinha ficado muito machucada e eu resolvi trazê-la de volta.

Mutano: uou caramba sério isso? 

Ravena: eu vou fingir que não ouvi a parte que voce disse que trouxe aquela vadia de novo.

Robin: ela tá do nosso lado, não precisam acreditar mas tenho que ver como ela esta pra fazer algumas perguntas.

Mutano: cara eu tô fora, vou passar um tempo longe quando ela se for ai vocês me avisam.

Robin: não precisa exagerar , ela tá sob controle.

Ravena :que nem da última vez que rolou tudo aquilo? 

 

Robin continua falando mas Ravena pega seus livros e abre um portal, deixando apenas Robin,Mutano e Estelar. Mutano sai pra procurá-la no terraço da Torre e encontra ela sentada.

Mutano: posso me sentar aqui?

Ravena: me abraça Mutano

Mutano abraça à mesma e fica preocupado com ela.

Ravena: eu pensei que apartir de agora ia ficar tudo bem, mas ai ela aparece novamente.

Mutano: não precisa se preocupar com nada, vou me manter longe e voce devia fazer o mesmo.

No centro de Jump City, Cyborg tinha ido comprar as peças novas para o carro, depois de comprar tudo que precisava, resolveu ir pelo park da cidade, chegando lá ele encontra com uma pessoa e logo se esconde no arbusto. 


Desconhecido(a) : eu te vi não precisa se esconder.

Cyborg: me desculpe é porque não consigo aceitar que não posso ficar com voce e fiquei meio nervoso logo que te vi


Desconhecido(a): eu também fiquei meio nervosa mas gostei de ter  te encontrado.


Cyborg: eu preciso te falar uma coisa antes de ir.


Desconhecido(a): pode falar.


Cyborg: eu não consegui te esquecer mesmo depois de todo esse tempo, eles não podem nos impedir de nos vermos, gosto muito de voce e queria te ver novamente.

 

 

 

 


Notas Finais


Eai pessoal gostaram? Se sim comentem. Quem será essa pessoa que o Cyborg estava falando.????


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...