História Um Sentimento Utópico (NaruHina, Sasusaku/Itasaku) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Jiraiya, Naruto Uzumaki, Pain, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Yahiko
Tags Ação, Drogas, Hentai, Hinata, Itachi, Itasaku, Musica Eletrônica, Naruhina, Naruto, Psicodélicos, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Universo Alternativo
Visualizações 244
Palavras 2.590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Hentai, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora, meu fim de semana foi meio cheio, mas esta aí, cap 4 a luta do Naruto.
Espero que gostem.
Beijos
~Luh

Capítulo 4 - Primeira Luta


Fanfic / Fanfiction Um Sentimento Utópico (NaruHina, Sasusaku/Itasaku) - Capítulo 4 - Primeira Luta

Sakura chegou em casa cansada, havia passado a tarde inteira largando currículos nos estabelecimentos da cidade, depois de ter sido demitida da lanchonete Rica, ela precisava urgente de uma fonte de renda. 

Quando abriu a porta de casa se deparou com a televisão ligada, restos mortais de um sanduíche na mesinha da sala e Hinata completamente apagada, dormindo no sofá. 

— Hina, cheguei. 

Não houve resposta. 

— HINA!

Sakura falou mais alto, mas Hinata continuou dormindo sem se mover. Só depois dela lhe dar algumas chacoalhadas a menina  levantou a cabeça assustada. 

— Sakura?

Perguntou sonolenta com os olhos entreabertos. 

— Claro né! O que aconteceu contigo, tu nunca dorme durante a tarde?

Hinata lentamente se levantava sentando no sofá. 

— Nada de mais. 

Deu uma espreguiçada os braços. 

— Eu dei aula de cálculo e... foi isso, normal. 

Falou com a voz embargada.

— Normal!? Como assim normal? 

 Retrucou Sakura jogando sua bolça na mesinha da sala e se sentando de frente a Hinata. 

— Ah... normal! Naruto só não é tão chato como eu esperava. 

Sakura a encarava com os olhos semicerrados. 

— Sério? Você tem isso para me falar. 

Hinata a encarou sem entender. 

— Sim, você queria que eu... 

Ela parou de repente, lembrando do convite que Naruto havia feito mais cedo 

— Que horas são agora? 

Sakura olhou no celular por uns instante. 

— Oito e vinte, por quê? 

Hinata levantou ligeiro do sofá.

— Porque temos um compromisso hoje, Naruto nos convidou para assistir uma luta dele. 

— Hmmmm. 

Sakura falou com uma expressão sem vergonha na face, os olhos levemente entreabertos e um sorrisinho malicioso. 

— Já estão assim é. 

Hinata jogou uma almofada na cara da amiga, que continuou com a mesma expressão. 

— A gente tem que se arrumar, anda logo, vai tomar um banho. 

Falou agitada. 

— Ta bom. 

Sakura disse levantando do sofá e indo em direção ao banheiro ainda com a mesma cara. 

Hinata teve que rir. 

— Sakura você deve ter problemas, só pode. 

A menina gritou do banheiro em resposta. 

— Mas você me ama! E... me trás uma toalha, que eu esqueci de pegar. 

Hinata levantou do sofá e andou até o varal para pegar a toalha de Sakura, depois de entrega-la, foi para o quarto se arrumar. Vestiu uma roupa mais jogada, não estava em seus planos ir muito engomadinha, prendeu o cabelo em um coque alto frouxo e pegou seu par de óculos escuros. 

Hinata procurou no celular o endereço que Naruto havia escrito no papel, não ficava muito longe. Pôs no mapa a rota e quando estava indo chamar um táxi Sakura saiu de seu quarto, desesperada. 

— Hina me ajuda!.

 sakura falava aflita. 

— O que foi garota?

Hinata perguntou largando tudo que estava fazendo, preocupada com o que poderia ter acontecido. 

— Eu não sei qual eu visto.

 Ela mostrou dois conjuntos de roupas, um em cada mão. 

— PORRA! Você quer me matar do coração? Eu pensei que era alguma emergência. 

— Mas é! Uma emergência de moda! 

Hinata a encarou pasma revirando os olhos. 

— Você só pode estar de brincadeira comigo. 

— ESCOLHE LOGO!

Sakura falou arregalando seus incríveis olhos verdes. 

— Aquele. 

Hinata apontou para o conjunto da direita, que era uma camiseta cinza com uma camisa aberta sobreposta. 

— Obrigado.

 ela voltou para o quarto com um semblante angelical. 

— Vai demorar muito?

Hinata perguntou procurando seu celular que havia voado na hora da confusão. 

— Não! Só falta eu arrumar meu cabelo, já pode ir chamando o táxi.

Hinata encontrou o celular e já foi logo discando o número do táxi. 

Não demorou muito para Sakura terminar de se arrumar e as duas irem a caminho do portal da faculdade. Já eram nove horas da noite, a luta seria nove e meia, elas chegariam a tempo. 

As duas estavam muito bonitas, saíram arrancando olhares de todos que passavam pela rua. O clima estava agradável, o céu estrelado e a lua cheia apenas complementando o visual. 

Chegando ao portal da faculdade, elas tiveram a sorte de o táxi já estar se aproximando. Deram um aceno para ele parar e entraram. 

Dentro do táxi elas deram o endereço e foram levadas rapidamente. 

Chegando ao local, pediram para descer no inicio da rua, pagaram o motorista e continuaram a pé. O ambiente estava abarrotado de pessoas. Havia um galpão antigo e um tanto demolido, que repercutia um som estridente e o alto volume das pessoas conversando abafava todo resto. 

Elas foram caminhando até a entrada em busca de encontrarem Naruto ou Sasuke, ouviram vários comentários desagradáveis de homens mais velhos até chegarem, mas isso não as incomodava. 

Entraram no galpão e perceberam que o som da rua não se comparava com o de dentro da instalação. 

Havia muito mais homens do que mulheres e todos ficavam as analisando, caminharam até um bar e se sentaram em duas cadeiras que tinham acabado de ficarem vagas. 

Sakura levantou a mão chamando a atenção do jovem barman, que logo se aproximou. 

— Me vê uma dose de vodka e... 

Ela parou olhando para Hinata. 

— O que você vai querer Hina? —

— Whisky duplo com gelo. 

O rapaz ficou parado observando as duas por um momento, como se não acreditasse no que havia acabado de ouvir. 

— O que foi! Quer ver minha identidade? 

Sakura falou já nervosa a encarando. 

O rapaz pareceu tomar um choque, se virou e foi encher os copos. 

— Odeio isso. 

Sakura falou revirando os olhos. 

— Parece que ser mulher e beber é o cúmulo. 

Hinata teve que rir. 

— Verdade... não é a primeira vez que isso nos acontece.

O barman voltou trazendo as duas doses. 

— Que horas são? 

Hinata perguntou levando o copo de whisky a boca. 

Sakura olhou rapidamente no celular. 

— Nove e trinta, será que vai ter essa luta mesmo. 

Hinata olhou ao redor. 

— Pela quantidade de pessoas que tem aqui, provavelmente. 

Falou dando mais um gole na bebida amarga. 

— Vamos lá para o centro, acho que já está começando. 

Sakura foi se levantando dá cadeira. 

— Mas antes... vamos acabar com esses copos. 

As duas se olharam dando um sorrisinho. Já sabendo o que iria acontecer em seguida. Deram uma leve batidinha com os copos um no outro e viraram, não deixando nada no fundo. 

Sakura fez uma careta e pôs a língua para fora. 

— Nunca vou me acostumar com esse gosto!

Hinata riu e foi se levantando da cadeira, porém, quando estava saindo, um homem alto e barbudo bloqueou sua passagem. 

— Já vai sair docinho? Eu pago mais umas doses para você. 

Ele Falou com um tom de voz provocativo. 

Hinata olhou para a cara do homem que já estava vermelho pela quantidade de álcool que havia ingerido, ele exalava o cheiro repugnante de bebida misturado com cigarro. 

— Nossa, valeu, mas tô legal. 

Falou tentando passar, mas o homem ainda bloqueava seu caminho. 

— Acho que vou vomitar. 

Sakura disse revirando os olhos para a amiga. 

— Da licença, já disse que não quero nada. 

Hinata falou impaciente tentando empurra-lo. 

— Qual é gata, eu sei que você ta... 

Ele parou de falar não conseguindo evitar uma tosse e prosseguiu. 

— ... Você ta querendo alguém pra bancar sua noite. 

Seu tom de voz era hediondo, ele se enrolava com as palavras. 

— Sai da minha frente! Eu não quero porra nenhuma de você. Seu escroto!

Hinata falou com raiva. 

O homem tentou segura-la, mas antes que pudesse, alguém atravessou no meio dos dois. 

— Ela já falou que não quer! Você vai sair? Ou... vai resolver isso comigo?

Um jovem rapaz alto, de cabelos laranja, nunca antes presenciado, falou com um tom de voz ameaçador. 

O homem deu uma última olhada em Hinata que o encarava com um semblante sério. 

— Eu não sabia que ela estava acompanhada!

Disse balançando a cabeça em direção a menina. 

— Agora sabe, então vaza! Antes que eu mesmo te tire daqui. 

O rapaz falou ainda mantendo o mesmo tom de voz. 

O homem deu uma última olhada em Hinata e saiu de cara fechada. 

Quem havia livrado Hinata daquela situação se virou, mostrando pela primeira vez, seu rosto. 

O rapaz era repleto de piercings, tinha o rosto fino, e um semblante sério. Seu olhar era profundo, e ele tinha um tom de olho excepcional. 

Hinata nunca havia visto alguém com os olhos de cor violeta. 

— Obrigado mesmo, você me livrou de uma fria. 

Falou muito agradecida com o gesto. 

O rapaz deu um pequeno sorriso em resposta, olhando no fundo dos olhos de Hinata. 

— Vamos Hina, a luta está começando. 

Sakura falou a puxando pelo braço. 

— É... calma... qual é seu nome mesmo?

Hinata tentou perguntar interessada, já sendo arrastada pela amiga. 

— Me chamo... Yahiko. 

Ele falou a acompanhando com os olhos. 

Hinata teve que desviar o olhar do rapaz, mas seu nome ainda ecoava em sua cabeça, Yahiko. 

— Que loucura foi essa?

Indagou Sakura, a encarando boquiaberta.

— Nem sei o que te dizer. 

Hinata falou balançando a cabeça de forma negativa, ainda não conseguindo esquecer a situação anterior. 

— Olha Hina! É o Naruto, e o Sasuke também está ali, vamos!

Elas se aproximaram de Sasuke. 

— Ei meninas, venham pra perto de mim, aqui não é muito legal, pra vocês ficarem sozinhas

Sasuke falou fazendo um sinal com a mão, as chamando. 

— A gente já percebeu. 

— Definitivamente. 

 Hinata falou rindo. 

— A luta de Naruto já vai começar. 

O rapaz disse apontando para Naruto que estava no meio de um circuito. 

As pessoas ao redor gritavam eufóricas. Em sua frente estava seu adversário, um rapaz de corpo esguio não muito alto com cabelos vermelhos, chamado Sasori. 

Ele era novato no clube, mas se dizia já ter muita experiência, teria que coloca-la em prática, pois sua primeira luta seria com Naruto, o atual preferido. 

Naruto não estava mais com o semblante relaxado que costumava ter, sua expressão era dura. Estava sem camisa, vestindo apenas um short largo e algumas faixas no braço. 

Encarava parado, fixamente seu adversário, que fazia movimentos dando socos no ar. Ele estudava rigorosamente seus gestos. 

Eles se entreolhavam sérios. Shikamaru, um jovem rapaz esguio de cabelo escuro, entrou no meio dos dois, era ele quem organizava as lutas. 

— As apostas estão abertas, deixem o dinheiro comigo. É expressamente proibido o uso de: armas, dedo no olho, mordida e... acertar o saco do oponente. 

Falou dando balançando a cabeça.

 — Desclassificação na hora. 

O circuito não era dos maiores, eles teriam que calcular bem os movimentos. 

Shikamaru soou o início da luta. 

Os dois se analisaram por um instante e se locomoveram em direção um ao outro. Naruto estava sério. Focava os olhos nas posições de mãos de Sasori e não abaixava a guarda em momento algum. Já Sasori, andava de forma desastrada em direção a Naruto e como em uma explosão, desferia diversos socos impensáveis no rapaz, que esquivava atento aos golpes. Sasori se preocupava tanto com o ato de estar batendo, que extrapolaria o limite do próprio corpo. Naruto estava focado, esperava a hora certa para contra-atacar. Com toda aquela euforia, Sasori iria se cansar rapidamente. 

Gingando ao redor do oponente, Naruto achou a brecha que precisava. Sasori já cansado havia abaixado à guarda. Rapidamente Naruto lhe aplicou um jab, direto bem em seu maxilar e lhe encaixou um chute frontal no peito, o fazendo perder o equilíbrio e dar alguns passos para trás. 

Agilmente desferiu uma cabeçada certeira em seu nariz que simultaneamente começou a espirrar sangue. Sasori inevitavelmente já ia em direção ao chão. Aquele era o momento perfeito para Naruto finaliza-lo. 

Ele não gostava de acabar com as lutas rápido demais, porém, aquele dia, queria mesmo era terminar com aquilo e se encontrar com um certo alguém, que o assistia entre os espectadores. 

Deu uma rápida olhada nas pessoas eufóricas em busca de um olhar familiar. Lá estava ela, quase passando despercebida no meio de tanta gente estranha, Hinata o encarava atenta, com os olhos bem abertos captando cada um de seus movimentos. 

Ele queria ir até ela, tira-la daquele lugar horrível e leva-la para um espaço mais limpo. Mas antes, precisava terminar o que havia começado.

Em sua frente, caído, Sasori tentava se levantar, mas aquele sucinto ato de defesa, não seria permitido por Naruto, que rapidamente montou em cima do rapaz desferindo diversos socos em sua face já ensanguentada. O liquido quente e vermelho, escorria livremente manchando toda a superfície do local, ao mesmo tempo em que os gritos eufóricos aumentavam cada vez mais a adrenalina daquele breve momento.

Alguns homens correram tirando Naruto de cima de Sasori que continuou deitado no chão imóvel. Foi necessário que alguns rapazes o carregassem para que ele saísse do circuito.

 Naruto estava extasiado, comemorou por alguns instantes e foi logo ver o acerto de contas com Shikamaru, que contava um pequeno bolo de dinheiro em outra sala menos turbulenta do local.

— E ai? Quanto deu hoje?

Naruto perguntou interessado, vestindo novamente a camiseta que havia sido tirada no inicio da luta —

— É... parece que hoje foi uma noite boa. 

Shikamaru falou entregando metade do bolo de dinheiro picado, para Naruto.

— Ganhamos quatro, dois é meu dois é teu, confere?

— Beleza... quanto tiver uma próxima, pode me ligar. 

Shikamaru balançou a cabeça confirmando enquanto procurava um isqueiro no bolço para  acender um cigarro.

Naruto voltou ligeiro para aonde havia visto Hinata pela ultima vez, mas ela não estava no local. Deu uma olhada ao redor e foi pegar sua mochila com o celular. Quando estava prestes a  discar o Numero de Sasuke, ouviu uma voz familiar.

— Ei Naruto!

Ele se virou avistando Sasuke, Hinata e Sakura na entrada do galpão. Caminhou em direção a eles. Sasuke e Sakura aparentemente haviam se entendido, pois estavam agarrados se acariciando, já Hinata, tentava se mostrar indiferente com toda aquela situação.  

— Parabéns pela luta. 

Ela falou indo em direção a Naruto para cumprimenta-lo.

— Valeu, você gostou?

Ela mordeu o lábio, balançando a cabeça em afirmativo.

— Muito! Foi demais você acabando com a cara dele!

Ela falava imitando o mesmo gesto que ele havia feito com as mãos na hora da luta.

Todos tiveram que rir. Cada minuto que Naruto passava com Hinata o fazia gostar cada vez mais dela.

— Que bom! Então que tal, a gente ir comemorar a vitória lá no Loungue? Eu pago a primeira rodada. 

Naruto perguntou feliz pela vitória.

— Então maninho, não me leve a mal, mas... acho que eu e Sakura vamos ir lá pra casa. Tem problema se forem só tu e a Hinata comemorarem? —

Sasuke falou abraçando Sakura e cochichando algo em seu ouvido.

— Pra mim tudo bem, e pra você? 

Naruto perguntou olhando para a garota.

— Por que não. 

— Então fechou! A gente se vê amanhã na facul. 

Sasuke e Sakura se despediram dos dois e saíram em direção ao final da rua.

— Então... você gosta de dançar?

Naruto perguntou andando a caminho da moto com Hinata.

— Se eu gosto? Adoro!

Ela falou entusiasmada com a pergunta.

— Beleza, já sei aonde vou te levar. 

— Aonde?

Perguntou curiosa.

— Relaxa... é aqui pertinho, você já vai ver, mas avisando que tem que dançar. 

Hinata abriu um sorriso.

— Esse é o menor dos problemas. 

Eles se aproximaram da moto estacionada.

— Essa eu quero ver!


Notas Finais


Já estou revisando o próximo cap, vai ser a primeira noite de Sasuke e Sakura juntos e a comemoração da luta de Naruto, com Hinata. Cap cheio das emoções.
Espero que tenham gostado.
Beijos
~Luh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...