História Um sonho para dois - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 1.080
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 9 - A partida


Fanfic / Fanfiction Um sonho para dois - Capítulo 9 - A partida

Começo a fazer exatamente o que ele pede, rebolo lentamente em cima dele e fico vendo suas expressões que estão me enchendo de tesão. Ele põe as mãos no meu quadril e acompanha o movimento.

Começo a quicar e ele segura meu quadril, não consigo me controlar mais e começo a gemer. Isso me deixa constrangida então diminuo o ritmo. Acho que isso incomoda um pouco Anthony, então trocamos de posição.

Ele estra sobre mim agora ele desce com a língua até perto do meu clitóris.

Anthony: Vou fazer algo novo com você hoje, cubra sua boca.

Cubro minha boca como ele pediu, começo a sentir seus dedos penetrarem em mim, nunca senti aquilo. Podemos dizer que ele tem habilidade.

Seguro o edredom pois estou em um estado de prazer absoluto, então Thony para e antes que eu possa reclamar.

Anthony: Você esta gostando disso pequena? Pois agora vai ficar melhor.

Não sei o que esperar…. Estou sentindo sua língua em meu clitóris, seguro forte o edredom e com a outra mão cubro minha boca,pois sei que agora não vou conseguir me controlar.

Anthony: Só serei bonzinho com você por agora, depois você vai conhecer meu lado mau minha pequena Mia.

Ele começa a penetrar seu pênis, ele está colocando com muita força. Ao mesmo tempo que dói eu sinto tanto prazer. Ele me vira de costas, estou que quatro agora."MEU DEUS COMO QUE SE FAZ ISSO?". Ele me da um tapa de leve no quadril, não tão fraco para que eu mau sinta, mas também não tão forte para me machucar. O tapa que ele deu só me deixou mais excitada.

Estou sentindo algo estranho, como se meu corpo fosse descarregar algo. Aviso Anthony o que esta acontecendo.

Anthony: Vamos chegar ao ápice juntos.

Então eu finalmente sinto que cheguei já, meu corpo estremeceu de dentro para fora e eu me recontorci na cama de Thony. Estava tão cansada apesar de que foi ele que fez tudo. Depois de tudo ele deitou do meu lado.

Anthony: Vamos para o banho e depois dormir.

Ele tem banheiro no quarto. Tomamos banho, nada aconteceu no chuveiro. Estávamos tão cansados e eu mal sentia minhas pernas.

Voltamos para cama e Thony se deitou comigo, ele me chamou para perto dele e ficou abraçado comigo.

No dia seguinte acordo vejo que ele esta dormindo tão tranquilamente, começo a alisar sua clavícula, reparo que as veias de seu braço estão destacadas, sinto muita vontade de arranhar mais me controlo, pois ele esta dormindo.

Anthony: Ah… você acordou- ele diz meio sonolento- pequena você foi cruel ontem.

Primeiramente não entendo o que ele quis dizer porque quem ficou completamente bamba fui eu. Mas depois vi as marcas no seu pescoço e nas suas costas.

Mia: Me desculpa Thony, não estava em meu controle ontem.

Anthony: Ao menos fizemos isso juntos, essas marcas vão me lembrar o quão maravilhosa na cama você é.

Fico completamente envergonhada e me levanto, vou ao banheiro fazer minhas higienes. Estou usando uma camisa dele, em mim ela fica como um vestido. Assim que volto para o quarto Anthony realça esse pequeno detalhe.

Anthony: Como é fofo ver você de manhã cedinho, principalmente pelo fato que esta com minha camisa que cobrem suas pernas até seus joelhos.

Mia: Já estou ficando constrangida, vamos ir tomar café.

Anthony: Vamos sim mais calma- ele me puxa para o seu colo- depois do que aconteceu ontem a noite você não precisa mais se preocupar com constrangimento. Pois seus gemidos mostram o quão pervertida você pode ser.

Vamos para a cozinha, mais a mãe dele ainda não acordou. Então ficamos fazendo brincadeiras bobas, como esse menino fazendo careta pra mim pode ser tão lindo?

Mia: Adorei ter acordado do seu lado hoje, se você soubesse quantas vezes eu já sonhei com isso.

Anthony: E quantas vezes você imaginou ou sonhou com o que fizemos na noite anterior?- ele começa a sorrir gentilmente.

Eu ergo a mão para dar um tapa leve nele. Ele segura minha mão e me beija, nesse momento sua mãe chega na cozinha.

M/A: Bom dia, dormiram bem? Escutei algum ruídos noite passada acho que são ratos, em fim, o que querem no café da manhã?

Mia: Bom dia, dormi muito bem obrigada. Para mim um café preto está muito bom.

Anthony: Bom dia mãe, olha eu acho que ratos não gemem não é? Um café preto esta bom para mim também.

Olho para Anthony surpresa, estou morta de vergonha agora. Como ele pode falar aquilo tão tranquilamente, como se não fosse nada de mais.

M/A: A propósito Mia tivemos alguns problemas com as suas passagens de volta, e você não vai depois de amanhã, mais sim amanhã pela manhã, bem cedo na verdade. Desculpa fiz de tudo para que pudesse trocar os dias mais não consegui.

Mia: O que? Alteraram minhas passagens, não consigo acreditar. Não fique se culpando senhora você fez o que pode, já é muito mais que o suficiente.

Olho para Anthony e ele parece muito abalado. Vou falar com ele para pedir para passarmos o dia todo juntos, esta noite eu quero apenas deitar de conchinha com ele e sentir ele me abraçando.

Anthony: Você nem foi ainda e eu já estou com saudades.

A tarde vai passando tão rápido, não consigo ver um sorriso sequer no rosto dele. Decido então que tentaria fazer algo para animá-lo. Coloquei uma de suas camisetas, e fiquei esperando ele para jogar Naruto no Ps4.

Quando ele entra no quarto e me vê começa a rir na hora.

Anthony: Minha pequena você provavelmente é ruim de mais nesse jogo, ou nunca jogou. Mais se esforçou para me ver sorrir. Sério meu único medo é te perder. Venha, vamos deitar, quero ficar abraçado a você até o último momento em que você estiver aqui.

Pegamos no sono, no dia seguinte eu levando fazer minhas higienes, arrumo minhas malas, olho para o lado da cama de Thony e ele não esta lá. Até entendo ele, pois deve doer me ver ir, assim como doeu vê-lo partir.

Chego na cozinha e ele esta lá.

Anthony: achou que eu não iria te acompanhar hoje.

Tomamos café então ele me leva para o aeroporto, ele me beija, já estou atrasada. Olho para trás para assenar para ele e o vejo chorando. Infelizmente estou na plataforma já. Meu coração está em pedaços. Porque não pude ficar mais tempo? E agora tive que ver ele neste estado também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...