História Um sonho realizado - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 1.214
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente desculpem o capítulo triste mas eu estou depre hoje e eu não consigo escrever coisas alegres quando estou triste então desculpem se ficou chato, gente só um aviso quimioterapia é uma coisa muito pesada mesmo acaba com a pessoa, e leucemia raramente tem cura e é um câncer que acaba com a pessoa então se tem alguma coisa aqui que tá errado sobre isso me desculpem. Boa leitura

Capítulo 30 - Perdas


Quando Max, Natasha e Ricky chegaram em casa viram  Luci e Pedro sentados no sofá e James andando de um lado pro outro 

Natasha - Oque aconteceu 

James - a amanda 

Max - Oque tem a amanda? Ela tá bem 

Luci - não 

Natasha - gente Oque aconteceu?!  

James - ela perdeu uma paciente 

Pedro - com leucemia 

Ricky - Oque é leucemia? 

Pedro - é uma câncer,  na corrente sanguínea e não tem muita chance de cura 

Luci - e a quimioterapia é muito violenta 

Max - como ela tá? 

James - não sei ela não sai do quarto

Natasha - e como souberam disso? 

Luci - a interna dela contou 

Natasha - eu vou lá nela! 

James - ela não abre porta Oque vai fazer arrombar? 

Natasha - se for preciso sim 

(Natasha vai em direção ao quarto de amanda e bate na porta mil vezes até que depois de muito ela abre) 

Natasha - me deixa entrar

Amanda - sai daqui natasha 

Natasha - se não me deixar entrar agora a pra gente sentar e conversar eu passo por cima 

(amanda abre caminho e Natasha entra e senta na cama junto com amanda que estava com os olhos vermelhos e inchados de chorar natasha vê a situação da amiga e a abraça) 

Natasha - por favor não fica assim, vai ficar tudo bem 

Amanda - nao, não vai, eu vou ter que falar pra uma mãe que a filha  dela morreu na quimioterapia 

Natasha - Ei calma, você vai falar pra ela que a quimio foi muito forte e que ela não resistiu 

Amanda - Nat eu não consigo fazer isso 

Natasha - amanda esse é o seu trabalho, você sabe que isso as vezes acontece, foi por isso que você encheu essa profissão lembra, você disse que queria ajudar as crianças e que iria fazer todo o possível por elas 

Amanda -  eu acho que eu não consigo mas fazer isso Nat 

Natasha - você consegue, amanda você é a pessoa mais forte que eu conheço 

(Luci bate na porta) 

Luci - posso entrar? 

Amanda - nao 

Natasha - pode 

(Luci entra e tranca a porta e se senta na cama com amanda e Natasha) 

Luci - como você tá? 

 Natasha - ela tá ótima 

Amanda - nao to nao 

Natasha - tá sim 

Luci - Amanda eu sei que você deve tá magoada mas pensa no trabalho incrível que você faz 

Amanda - incrível? Luci meu salário depende de crianças com câncer, de crianças que muitas vezes não tem como ter uma vida normal por causa que tem uma doença que tá matando ela por dentro e por fora 

Luci - eu sei mas você escolheu ser essa médica ótima, esforçada, você é ótima campanha crianças 

Natasha - menos com o Ricky e a irmã da Luci mas com o resto você é ótima 

Luci - agora porque você não vai lá pra fora e aí a gente compra um monte de salgadinho,  refrigerante, sorvete, energético o James fica bêbado e aí você grava e posta má Internet e no dia seguinte  ele se arrepende e depôs sei lá a gente faz Oque você quiser 

Amanda - eu quero ficar aqui na minha cama e chorar muito...... E  eu quero sorvete 

Natasha - JAMES TRÁS O SORVETE AGORA! 

James- TÁ BEM! 

Natasha - mas alguma coisa?  

Amanda - sai da qui 

Natasha - não, lembra da nossa promessa? 

Amanda - juntas até quando pular  de um penhasco, porque a gente prometeu isso mesmo? 

Luci - porque não  tinha mas nada pra prometer então só tinha isso 

Amanda -  valeu gente, vocês são as melhores 

(James bate na porta e luci abre) 

James - o sorvete 

Amanda - sério so tem sorvete nessa casa? 

James - parece que sim, eu posso falar com você? 

Natasha - pode sim 

Amanda - para  de falar Oque eu  quero por favor 

Luci - Nat o Ricky tá chamando a gente la na sala vamo ver Oque e tchau e não se matem 

(as duas saem  e deixam James e  amanda  sozinhos   , James senta na cama e os dois se encaram por um tempo) 

James - então sorvete? 

Amanda - sério isso não vai me ajudar   em nada só vai me fazer chorar mais 

James - eu fiquei preocupado quando com você 

Amanda - sério? 

James - é, deve ser difícil perder um paciente 

Amanda - o pior é que ela sabia que não tinha cura, ela sabia que isso iria acontecer uma hora ou outra, ela me disse que se isso acontecece  e eu tivesse que contar pra mãe dela eu não iria contar essas mentiras de médicos, "sentimos muito, isso foi um acidente que não planejamos" ela só disse pra falar que ela amava a mãe dela 

James - eu meio que conheci ela  e  ela era muito legal  

Amanda - e o pior é que eu vou ter que contar pra mãe dela que a filha dela morreu na quimioterapia e que antes disso ela já  sabia que não ia guentar mas mesmo assim fez pra deixar a mãe dela com esperança como eu vou fazer isso? 

James - como uma medica incrível que você é e como a garota forte que você é 

Amanda - e como sabe se isso é verdade ou não? 

James -  você sobreviveu a faculdade de medicina, sobreviveu a uma maratona que eu nem lembro da metade, sobreviveu a viagem que foi.. 

Amanda - Nao  foi nada calma James 

James - tá bem, mas você consegue, eu sei que consegue 

Amanda - valeu 

James - agora que tal a gente ir lá pra sala? Se afogar em sorvete e salgadinho que o Max acabou de comprar? 

Amanda - eu topo 

(no dia seguinte chegou a hora de amanda falar com a mãe da garota) 

Amanda - senhora Sanches eu sinto muito mas a lara não resistiu a quimioterapia 

Sra. Sanches - mas.... Mas como assim?  Os médicos falaram que  ela estava vem que ela estava estável 

Amanda - ela estava mas, o nível da quimioterapia que ela estava indicada a fazer teve muita radiação e isso fez ela ceder muito rápido 

Amanda - eu sinto muito pela sua perda

Sra. Sanches - ela sempre odiou essas coisas de médicos

Amanda - antes da quimio ela me entregou isso é falou que era pra te entregar, e ela falou que ama muito a senhora  

Sra. Sanches - você viu Oque é? 

Amanda - Nao, ela foi bem clara, era só para a senhora ver eu vou deixar a senhora sozinha e mais uma vez eu sinto muito sua filha era uma garota incrível. 

Sra. Sanches - ela gostava muito de você, ela disse que você era a médica favorita dela 

(amanda assente com a cabeça e sai ela olha para trás e vê mãe  da garota chorando, uma lágrima dece pelo rosto de amanda, ela vai andando pelos corredores e topa com James) 

James - oi, então como foi lá 

Amanda - for mais difícil que eu pensei

James - já passou vem cá 

(ele da uma abraço nela e depois de um tempo desfazem o  abraço ) 

James - sorvete? 

Amanda - cinema, o filme  mas assustador que tiver lá 

James - essa é a amanda que eu conheço


Notas Finais


Oi então Oque acharam? Gente eu sei que eu já falei que eu postaria é preciso nos finais de semana e feriados as duas da tarde mas eu prefiro mil vezes postar dias da manhã pra vocês do que postar qualquer coisa só pra fazer que minha história tem muito capítulo. Gente muito obrigada mesmo chegamos a 304 exibições e 11 favoritos isso é muito bom mesmo muito obrigada isso é graças a vocês muito obrigada amo muito vocês, e desculpem o capítulo triste, como falei tô meio depre hoje mas prometo que o próximo vai ser mais alegre então é isso é até sábado 😘😄


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...