História Um Tempo de Lobos e Dragões - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Arya Stark, Brandon "Bran" Stark, Brienne de Tarth, Cersei Lannister, Daenerys Targaryen, Davos Seaworth, Euron Greyjoy, Gendry, Howland Reed, Jaime Lannister, Jon Snow, Lyanna Stark, Meera Reed, Melisandre, Petyr Baelish, Rhaegar Targaryen, Sandor Clegane, Sansa Stark, Theon Greyjoy, Tyrion Lannister, Yara Greyjoy
Tags Breera, Jonerys, Romance, Spoilers, Stargaryen
Exibições 235
Palavras 951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


E de repente, um capítulo da Melisandre kkkkkkkkkkkkkkk

Capítulo 24 - Melisandre I


Fanfic / Fanfiction Um Tempo de Lobos e Dragões - Capítulo 24 - Melisandre I

Melisandre

 

Gostava de ver o simbolo dos Stark. O lobo gigante parecia forte e poderoso e já podia ver as chamas ao seu redor como queria. Queria que os nortenhos se adaptassem e aceitassem o deus do fogo, mas sabia o quanto eram apegados aos deuses antigos. Mas não era algo impossível, uma vez já conseguiu fazer um homem mudar, Stannis tinha acreditado no seu deus, tinha mudado o simbolo de sua casa e colocado o coração flamejante. Por que Jon Snow não faria isso também?

R'hllor o trouxe de volta, ele é o Príncipe Prometido, devo estar ao lado dele.

— Eles voltaram! — Um homem gritou no pátio. Melisandre se aproximou de uma das mulheres que costuravam em um canto.

— Quem voltou? — Esperava que se tratasse de Jon Snow.

— Alguns dos homens do Rei e da Rainha tinham saído para caçar, Milady.

— Sor Davos...

— Sim, e o garoto também.

Melisandre não perguntou pelo garoto, não a importava quem poderia ser, era Sor Davos que fazia seu queixo tremer violento. Não se importava em morrer, já estava pronta a muito tempo, mas precisava estar ao lado de Jon e sentia que ele não estava ali.

Assim que os homens passaram pelo portão sobre seus cavalos e desciam deles, Melisandre viu Davos Seaworth ao lado de um jovem de cabelos negros e olhos azuis profundos. Sabia quem era o garoto, lembrava-se daquele rosto tão bem quanto podia. Ela caminhou na direção deles, o homem mais velho estava de costas passando a mão enluvada com todos os dedos sobre o focinho do cavalo.

— Nunca fui muito de caça, meu negócio é o mar. — Ele falou e o garoto, rindo, levantou a cabeça e encontrou Melisandre próxima a eles. Sor Davos virou-se em seguida.

A forma rígida e assustada que seus ombros se moveram deu a ela a resposta que procurava. Não, nunca perdoará. Mas não preciso do seu perdão, fiz o que o Senhor da Luz me mandou. E ele protegeu o Príncipe Prometido, não Stannis, ele protegeu Jon.

— Sor Davos...

— O que faz aqui? Jurei que a próxima vez que a encontrasse a mataria. Duvida de minha palavra?

— Não.

— Então entende que devo cumpri-la. Matou uma criança inocente e pensa que vou esquecer? Estará morta logo. Gendry, vá buscar uma espada. — Ordenou para o garoto ao lado, o bastardo de Robert.

— O bastardo? Sabia que o sangue Baratheon ainda estava vivo.

— Este é o senhor de Ponta Tempestade, Milady. — Um anão se aproximou com um pequeno sorriso nos lábios. — Uma sacerdotiza vermelha, se soubesse que teria uma por aqui teria mandado vir todos os que seguem a Rainha.

Ao longe, Melisandre viu uma mulher. Reconheceu imediatamente que era Targaryen, soube que ela tinha o fogo em suas veias.

Noiva do fogo.

E quase imediatamente ela soube o que estava fazendo ali, porque O Senhor da Luz queria que ela voltasse. Precisava de fogo, precisava.

— Gendry! — Sor Davos repetiu com os dentes certados e a mandíbula presa.

— Qual a pressa? — O anão perguntou. — Milady, Tyrion Lannister.

Ele se apresentou alegremente.

— Melisandre de Asshai.

— Asshai. O que faz tão longe?

— Estou a serviço do Rei do Norte. — Comunicou, sabia pelos olhos daquele homem que podia falar.

— Ah, não seria mais certo que estivesse a serviço da Mãe dos dragões como os outros que seguem o seu deus?

— Lorde Tyrion, essa mulher está condenada a morte. Jurei que a mataria na próxima vez que a encontrasse, o próprio Jon jurou.

— O que essa mulher pode ter feito de tão cruel? — Tyrion de repente pareceu mortificado. — Diga-me Melisandre de Asshai, por que serve um homem que deseja vê-la morta?

— Porque todos os homens devem morrer, e Jon Snow é o príncipe prometido.

Tyrion riu alto chamando atenção de todos no patio para eles.

— Apenas mais uma lenda, esses nortenhos deveriam parar de ser tão sonhadores. Caminhantes Brancos, Príncipe Prometido, falta dizer que também têm alguns gigantes montados em mamutes.

— Haviam alguns sim, se quiser lhe mostro o túmulo de um. — Um selvagem resmungou. — Cinco vezes maior que um homem e dez vezes maior que um meio homem como você.

— Faz suas contas muito erradas, meu caro. — Ele o olhou de baixo, mas Melisandre podia ver pelo seu tom de voz que Tyrion não era apenas mais um anão comum.

— O que é o Príncipe Prometido? — A Rainha Targaryen perguntou enquanto se aproximava, Sor Davos pareceu cada vez mais inquieto.

— O homem que salvará o mundo dos outros e trará o verão. Libertando o mundo da Longa Noite com sua espada flamejante. Azor Ahai renascido.

— E você é a sacerdotiza que o trouxe de volta? — Ela perguntou, tinha a pose de uma rainha e Melisandre conseguia sentir nela algo que nunca sentiu em ninguém antes. Pela primeira vez não precisou olhar para o fogo, aquela mulher era o fogo.

Ela fez uma pequena reverência sem tirar os olhos da Rainha.

— Eu o vi nas chamas. — Falou alto para que todos escutassem bem olhando ao redor cada rosto assustado. — Vi Jon Snow nas chamas lutando na Muralha. — Em seguida seus olhos encontraram os da Rainha. — Ele falhará. Sou a única que pode ajudá-lo, preciso estar com ele.

— Não sairá daqui viva.

— Sor Davos, a partir desse momento esta mulher está sob minha proteção. Não a tocará, nenhum de seus homens jamais a tocará. Melisandre, partirá esta tarde, irá para a muralha, encontrará Jon e vai protegê-lo. Se ele falhar... — Ela engoliu em seco, mas não se permitiu ser fraca na frente de todos. — Se ele falhar você o trará de volta.

— Se esta for a vontade de R'hllor, sim.

— Ele vai mata-la no momento que a ver, — Sor Davos começou — Jon Snow pode ser jovem, mas cumprirá sua palavra.
 


Notas Finais


Eita eita Melisandre, o que você foi aprontar??
Será que ela vai encontrar o Jon? 🤔
Amo fazer a Dany preocupada 😍 amo que os outros percebam 😍 amo tudo isso 😍
Kkkkkkkkk momento "Amo tudo"! Bem, bye! 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...