História Um Vampiro Em Minha Vida! (JaeBum/JB) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7, Imagine Got7, Imagine Jb Sobrenatural, Jb Sobrenatural
Visualizações 110
Palavras 1.084
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Primeira Fic com o JB♥
Espero que gostem♥
Boa leitura♡

Capítulo 1 - JaeBum


Fanfic / Fanfiction Um Vampiro Em Minha Vida! (JaeBum/JB) - Capítulo 1 - JaeBum

Narradora On

S/n uma Brasileira, de 17 anos, que se mudou pro Canadá, ela queria uma vida melhor, mais acabou conseguindo algo pior, ela mora no Interior do Canadá, Ou seja, um lugar cheio de Fazendas, a cidade mais próxima ficava a 5 horas do local, a S/n trabalha na cidade, e saia as 6:00 da Manhã de casa, e quando voltava para casa já estava de noite, onde ela morava,era uma pequena casa, perto de um galpão, onde se guarda feno, e alguns tratores, o lugar onde a mesma mora é um lugar isolado, e tem uma rodovia, onde automóveis passam, mais onde ela mora é longe da rodovia, e o ônibus não vai até lá, então o caminho pra sua casa, ela vai só, e a mesma não gosta disso...

(...)

Era 12:00 da noite, a garota tinha acabado de descer do Ônibus, e estava tudo escuro, apenas a luz da lua iluminava a estrada de terra, que dava a sua casa, ela segiu andando, e não tinha movimento nenhum, apenas alguns carros que passavam na Rodovia atrás da mesma, e do seu lado Direito era cercado  por milharais, era um cenário de filme de terror, a garota sentiu um vento frio, e apertou o passo, mais algo lhe dizia para olhar pro milharão, a mesma olhou...

S/n On

Eu olhei pro lado, e vi um vulto passar por mim, calma S/n, isso é sua imaginação te pregando peças...

Eu comecei a andar mais rápido, e o lugar era totalmente escuro, apenas iluminado pela luz da lua, eu passei pela frente da fazenda do Sr. Braw, e perto de sua casa, vi uma sombra, mais não era ninguém da família do Sr. Braw, eu apertei os passos, e bom tempo depois cheguei em casa, tomei banho, e comi algo, mais ouvi um barulho vindo do galpão, perto da minha casa...

Eu: -Ué, será que um dos fazendeiros vinheram pegar algo? Mais eles pediriam minha ajuda. 

Eu sai de casa, e fui até o galpão, a grande porta do galpão estava aberta, eu entrei e não vi ninguém...

Eu: -Olá?

Não tive resposta, eu passei por uma fileira de tratores, e ouvi um barulho auto, de algo, me virei e vi que a porta tinha se fechado...

Eu: -Tem alguém aí?

Xxx: -Como se o assassino, fosse responder "Eu tô aqui, vim te matar, mais antes quer que eu me apresente?". -ouvi alguém sussurar...

Eu: -Eu ouvi sua voz, me diga agora, quem é?

Xxx: -Nossa, acabou com o suspense, mais já que sabe que eu tou aqui. -eu não pudia velo, mais sabia que estava por aqui...

Eu: -Quem é Você?

Xxx: -Irei contar até 10, e você tem que se esconder, se eu te achar, você não ira gostar do resultado.

Eu: -Como?

Xxx: -1....2....3....4...5....o Tempo está passando, acho bom você correr. -cantarolou o final...

Seja quem for, é um Psicopata, e não é daqui, pós falava coreano, e eu sei Coreano...

Xxx: -6....7....8....

Eu corri, e fui pra de baixo de uns tratores...

Xxx: -9....10...e lá vou eu, si se escondeu, escondeu, e se não se escondeu, morreu.

Nessa hora eu paralisei, ouvi possos se aproximando, pude ver seus pés, passando por perto de onde eu estava...

Xxx: -Seu sangue está agitado, Você esta agitada, Seu sangue parece ser delicioso.

Oi?

Xxx: -Deve estar se perguntando o porque disse isso, e a resposta é : eu sou um vampiro. E sim, vampiros existem.

Eu congelei mais ainda, eu estou aqui, com um Psicopata, louco..

Vi seus passos se distanciando e saindo do balcão, eu continuei ali em baixo, e vi que o mesmo não estava mais lá, aquele psicopata havia ido embora, sai d'de baixo do trator, e dei uma olhada pelo local e nada, susspirei aliviada...

Xxx: -Buuu -eu me assustei e dei um pulo pra frente...-acho que vc perdeu, eu te achei.

Mais eu vi ele saindo do galpão...

Eu olhei de onde vinha a voz, e não tinha ninguém...

Senti alguém cutucar meu ombro, me virei e vi um garoto de cabelos cinzas, sentado em cima do trator que eu estava encostada,  eu dei passos pra trás...

Xxx: -É chuchu, você não tem mais saida.

Ele era bonito, porem Psicopata, louco...

Ele pulou do trator, e ficou de frente, pra mim...

Xxx: -Te dou outra chance, tente sair daqui, antes deu te pegar, se você sair, te deixo em paz, mais se não sair ei te mato, você tem uma chance. 

Eu o olhei, e sai correndo, o mesmo ficou parado, eu sai correndo pra porta do galpão, eu abri a mesma, e dei de cara com o mesmo....

Eu: -Como você...-soi interrompida...

Xxx: -Você não acreditou quando eu disse que era um Vampiro. -falou me empurrando pra longe da porta e fechando a mesma...

Xxx: -Últimas palavras? -falou se aproximando de mim, e eu fui dando passos pra trás, até que senti a parede, contra minhas costas...-Acho que nenhuma.

Ele ficou frente a frente cmg, ele ficou me encarando, até que eu vi o mesmo enflando as bochechas, como se tivesse segurando a risada até que...

Xxx: -KsskkskskskksksksksjksnaiBahnsuwbsiwbhsjsiwnusnusnsusm8wns8wbzianuekbosnausjshek.

Eu fiquei encarando o mesmo sem entender nada...

Xxx: -Você precisava ver sua cara de medo, eu não to matando nem uma mosca, quem dira uma fênix.  -falou se recuperando das risadas...-Seguinte, eu não vou te matar, só foi pra zuar com vc mesmo.

Eu: -Garoto, eu não sei quem você é, mais sei que essa brincadeira foi de muito mau gosto. -falei caminhando até a porta...-e como chegou até a porta tão rápido?

Xxx: -Eu sou um Vampiro. -falou aparecendo na minha frente...-Assim como você é um fênix. 

Eu: -Sobrenatural? Essas coisas não existem.

Ele do nada se transformou, um ser com pressas...

Eu: -Uou. -andei pra trás...

Xxx: -Relaxa! 

Eu: -Como posso relaxa, se acabei de saber que vampiros existem?

Xxx: -Tá, Tá, esquece isso, agora você precisa vir comigo. -falou me puxando mais eu me soltei...

Eu: -Não sei nem quem é você, e porque eu deveria ir contigo?

Xxx: -Eu sou Im JaeBum, me chame de JB, e você precisa vir comigo, porque....eu não sei, só me disseram pra eu vir te pegar.

Eu: -E porque você falou que não mata nem uma mosca, se você é um Vampiro. 

JB: -talvez eu tenha mentido aí.

Eu: -E porque disse que eu era uma Fênix? 

JB: -Ai Garota, para de fazer perguntas, agora vamo arrumar suas malas, que semana que vem agente vai pra Coréia do sul.

Eu: -Como? Coréia?

JB: -É, é, é, agora vamo pra sua casa.

Eu: -Eu vou pra minha casa, você volta de onde veio.

JB: -Nada disso. -ele saiu me puxando, até minha casa, e quando chegou lá, ele já foi entrando e se jogando no sofá...

Acho que vai ser difícil mandar ele embora...

Continua....


Notas Finais


Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...