História Um verão diferente - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dragon Ball
Tags Bulma, Chichi, Dragon Ball, Dragon Ball Super, Goku, Kuririn, Maron, Romance, Vegeta, Yamcha
Exibições 107
Palavras 2.309
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - 7.


- O pessoal hoje está animado. – Bulma já foi retirando da bolsa seu protetor solar, abriu e, já foi espalhando por todo palmar, foi passando por todo o braço e pernas.

- Sim, sim. Esse calor está me matando. Amiga pode passar protetor nas minhas costas, por favor? – ChiChi então se virou de costa para Bulma.

- Clar...– Bulma fora interrompida por Goku, que na mesma hora foi puxando o protetor de suas mãos, espalhou em seu palmar e começou a massagear as costas da moça que relaxava todo seu corpo, aquilo era realmente bom.

- Nossa Bulma, não sabia que você era tão boa em fazer massagem, continue.

Goku deu uma risadinha.

- Não é a Bulma. – ChiChi então quase faltou desmaiar em seus braços, rodopiou seu corpo e começou admirar Goku que ficou rubro na mesma hora e com aquela cara de bobo e a mão toda melecada de protetor – Deixa eu continuar, permite?

- Claro, você é muito bom com protetor em. – ChiChi virou seu corpo novamente e soltou um sorrisinho de orelha a orelha -

- Quanta melação, me deu até vontade de vomitar – Vegeta como sempre, odiando aquilo.

- Que fofinho. Vegeta quer passar em mim o protetor também? – Disse Bulma que ria descontroladamente da cara do Vegeta.

- Sua insolente, como me pede isso?

                Bulma não parava mais de rir.

- Amiga vou dar na cara daquela escrota. – Encima da cadeira, Dezoito só faltava pular no pescoço de Bulma. O ciúmes a dominava por completo.

- Faz o que você bem entende, afinal, Vegeta é seu e não meu.  – Maron desceu da cadeira e, foi se dirigindo ao Yamcha que ainda segurava o gelo no nariz intumescido.

- Oh amorzinho, o que houve? – Maron então deu um abraço em Yamcha e lhe deu um beijinho na ponta do nariz. Tentando ser carinhosa, não passava de uma interesseira.

- Vegeta bateu nele. – Kuririn já foi ágil nas palavras.

- Cala a boca, Kuririn! – Yamcha ficou vermelho de vergonha, Maron pouco se importou e já foi lascando um beijo em seus lábios.

- Vem amorzinho, vem se juntar a mim e Dezoito.

- Amiga, já venho.

Dezoito então começou a caminhar em direção a Vegeta que terminava de tirar sua bermuda. Aquelas pernas grossas e peludas deixaram Dezoito com muito tesão, então já foi ágil.

- Oi Vegeta. – Só disse isso, enquanto admirava aqueles músculos que eram bem visíveis.

- Não me amole. – Vegeta então jogou a bermuda encima da cadeira e, com toda a grosseria do mundo, empurro Dezoito que quase tombava para o lado com a tal brutalidade do mesmo. Seguiu acompanhado de Goku, que corria feito uma criança até o lago, entrou já mergulhando.

                Dezoito então saiu dali, esperando que ninguém visse o mico que passou diante de Vegeta. Bufou, rodopiou seu corpo e foi próxima a Maron que começava com o esfrega, esfrega com Yamcha na cadeira. Sentou, colocou seu óculos de sol e cruzou os braços. Maron percebeu e nem se importou, continuou a beijar Yamcha ali, diante de Bulma que não conseguia desviar o olhar.

- ChiChi vou ir me refrescar um pouco, não estou me sentindo a vontade.

                ChiChi logo percebeu e disse:

- Claro amiga, vou guardar seu lugar e dos meninos.

- Certo!

                Bulma então caminhou, olhando para baixo enquanto passava ao lado do belíssimo casal esfrega, esfrega. Depositou a pontinha do pé na água, fazendo com que seu corpo estremecesse diante daquela água fria. Foi caminhando até que finalmente mergulhou, ficou dentro do lago durante alguns minutos para tentar se esquecer dos problemas, mas conforme ela ia mergulhando, mas longe ela ficava e não percebia, talvez aqueles pensamentos estavam indo longe demais.

  Deu um outro mergulho, subiu na superfície e quando tentava por seu pé no chão não sentia absolutamente nada, então seu coração começou a doer e entrar em desespero. Se debatia na água, tentando ficar ao máximo na superfície mais era quase impossível, suas pernas e braços estavam começando a ficar dormentes e conforme tentava ao máximo continuar ‘’em pé’’, não conseguia. Gritava por socorro, mas ninguém conseguia ouvir ela e aqueles alunos que andavam de jet ski haviam desaparecido, mas um motivo para se preocupar.

Então começou a mergulhar em outros pensamentos, desistir da vida assim tão facilmente? Tinha uma vida pela frente, será que fazer isso era o correto? Tentar dar uma de Meredith Grey* agora? Ela ficou ali, se debatendo e cansada. Sua garganta já estava doendo de tantos gritos e choros, mas ela não sabia se aguentaria sofrer com essa indiferença de Dezoito e Maron, a morte de sua mãe e seu pai sempre ausente de sua vida por conta das viagens de negócios, Yamcha e sua traição. Eram problemas tão bobos, mas que ela se preocupava bastante.

Bulma nunca tivera problemas com depressões, apesar de ter ido ao psicólogo uma vez por causa da morte de sua mãe, aquilo não era nenhum motivo pra desistir da vida tão facilmente, bom, até chegar nesse ponto.

 Enquanto isso, ChiChi começou a pressentir algo ruim, ruim digo, algo que vinha dentro dela a fazia pressentir isso, Goku estava do lado dela, tomando um copo de água bem gelada e conversando com Vegeta e disse:

- Meninos, estou com pressentimento ruim. – ChiChi que se encontrava deitada na cadeira, se sentou, olhou para os meninos e tirou seu óculos de sol.

- Do que você está falando? – Perguntou Goku, que apoiava o copo sobre a mesa de madeira.

- Não sei, mas eu estou estranhando a demora de Bulma, ela nunca ficou tanto tempo assim na água.

- Não se preocupe, talvez ela precisasse de um tempo sozinha...

- Não sei Goku, mas acho melhor vocês irem procurar ela.

- O que acha Vegeta? – Goku se virou pra Vegeta e, claro, sempre estava bufando ou virando os olhos.

- Kakaroto olha no que você me mete! Agora tenho que procurar essa garota, que porra!

- Eu vou procurar ela pelo acampamento!

                Enquanto isso, a situação de Bulma era crítica, talvez já devesse ter engolido litros e litros de água. Vegeta, Goku e ChiChi ficaram a procurar ela. Conforme Vegeta caminhava e olhava pelos arredores tentando identificar Bulma ele começaria a escutar um som bem baixinho, já estava começando a imaginar coisas, mas parecia que aquele som vinha de uma pessoa e que parecia desesperada.

                Vegeta então se virou para o lago, então avistou uma coisa minúscula vinda no meio, passando a placa no qual estava escrito: PERIGO. Ali, já percebemos que estavam todos avisados que depois da placa, aquela parte do lago era funda e perigosa. Tentava ao máximo, conseguir enxergar e ver apenas uma cabeça flutuando e aquilo gelou dentro dele. Bulma então simplesmente desistiu, ninguém a ouvia, ninguém percebia sua ausência, estava sozinha e desamparada, afundou-se completamente sumindo da visão de Vegeta.

                Bulma então fechou seus olhos e sua mente, seu corpo afundava cada vez mais. Vegeta então entrou em desespero, não demonstrava, mas sentia. Correu o máximo que podia já dando um mergulho. Começou a nadar em direção a placa que indicava perigo a passando. Claro, que todos perceberam sua atitude e não estavam entendendo nada, alguns alunos já estavam bêbados e não deram importância. Os olhares passaram a olhar apenas para ele. ChiChi e Goku voltaram para o lago e já presenciaram a cena de Vegeta.

                Vegeta tentava nadar o mais rápido possível, era quase impossível. Após passar a placa mergulhou e sumiu da vista de todos. Ele ficou debaixo da água durante alguns minutos, até que finalmente ele sobe na superfície carregando Bulma em seu colo desarcodada. Todos ficaram chocados, alguns até foram próximo a Vegeta e o ajudaram a carregar Bulma que estava mole em seus braços.

                Depositaram o pequeno corpo na menina sobre no solo. Estava pálida, mole, parecia morta. Todos os alunos, inclusive os monitores começaram a rodear seu corpo, ChiChi já estava passando mal ao ver Bulma naquele estado, Goku tentava ao máximo a acalmar. Vegeta então ficou por cima dela, vendo que a mesma não se mexia, apenas tinha a respiração lenta e calma.

- Bulma! Amiga! – Disse ChiChi, Goku a abraçava para ver se ela se acalmava um pouco. Ele nunca tivera abraçado uma pessoa assim, estava começando a gostar.

- Bulma por favor, preciso de você... acorda, anda! Não posso te perder, agora... – Vegeta sussurrava sem que ninguém ouvisse enquanto fazia massagem cardíaca tentando ver se resultava em alguma coisa.

- SAIAM DA MINHA FRENTE! BULMA! – Yamcha vinha igual a um louco, empurrando todos que estavam em seu caminho.

- O que esse verme está fazendo aqui? Só veio para atrapalhar, suma daqui Yamcha! – Vegeta que ainda estava por cima de Bulma, virou seu rosto o encarando profundo. 

-  Yamcha vamos embora, anda! – Kuririn puxou Yamcha para trás, que saiu correndo de imediato dali, Kuririn foi logo atrás. 

- Vamos Bulma acorda! Já sei...

                Vegeta então pensou numa ideia idiota e vergonhosa. Puxou a cabeça de Bulma com delicadeza para trás fazendo com que ela abrisse um pouco a boca, Vegeta então começou a se aproximar lentamente, estava com muito ódio em ter que fazer aquilo na frente de todo mundo, mas deixou seu orgulho naquele momento, apenas naquele momento. Depositou sua boca junto ao de Bulma, seu corpo todo estremeceu e começou a soprar o ar para dentro dela, tampando seu nariz.

                Nada resultava, fazia isso diversas vezes. ChiChi já estava pálida e muito mal, sua amiga precisava de socorros urgentes. Maron e Dezoito estavam com os olhos arregalados, Dezoito não gostou nada da atitude de Vegeta, gostaria muito de ir terminar de matar Bulma, mas se controlou para não partir para cima dela. Maron pensou em ir atrás de Yamcha, mas o mesmo recusou, precisava de um tempo sozinho.

                Vegeta continuava e continuava. Estavam todos desesperados, será que Bulma desistiu da vida? Eram ouvidos de muitos alunos, pois eles já sabiam de sua situação, enfim, alguns monitores insistia em deixar Bulma em suas mãos e a levar urgentemente para enfermaria, mas o mesmo recusou e permaneceu encima dela. Vegeta então começou a sentir algo diferente, o corpo de Bulma começou a se mexer lentamente até que finalmente ela acordou. Todos começaram a se aproximar cada vez mais, Bulma então começava a tossir e soltar toda a água que engoliu. Tossia, tossia, até que virou a cabeça para o lado e soltou um pouco mais de água. Olhou para frente e viu Vegeta com o sorriso estampado no rosto. Seu rosto começou a corar e seus olhos extremamente vermelhos.

                Ele ficou rubro na hora e logo percebeu que fora seu primeiro beijo. Em toda sua vida, aquilo mexeu muito com ele, nunca se relacionou com uma mulher na vida, nunca beijou, era um menino muito solitário. Só tinha Goku como melhor amigo, mas ele insistia que Goku não era amigo coisa nenhuma, mas ele sabia que era sim.  

                Ele então saiu de cima dela que permaneceu deitada ainda, estava debilitada e precisava ser levada urgentemente a enfermaria. Todo mundo aplaudiu Vegeta pelo seu cavalheirismo, mesmo sendo essa pessoa tão orgulhosa, tinha um lado bom. Dezoito então aproveitou sua situação e como já estava ao lado de Vegeta, simplesmente depositou um selinho deixando todos que estavam em volta surpresos, eram ouvidos vários ‘’OOOH!’’, claro que o humor de Bulma mudou, aquele sorriso alegre foi mudando para uma cara séria, apenas virou o rosto e tinha muita vontade de chorar ali mesmo, mas se segurou. Vegeta então, nunca sentiu tanta raiva, segurou apertando o braço de Dezoito e a empurrou para trás, decidiu sair dali antes que as coisas começassem a ficar sérias. Goku que ainda estava abraçado a ChiChi, a soltou e seguiu seu amigo.

- Tá, chega todo mundo. Acabou a graça, quero todo mundo indo tomar banho agora! – Monitor então começou a bater palma e todos começaram a se afastar do corpo de Bulma que continuava com a cabeça virada e com vontade de chorar – Cara, pedem para vir ajudar a levar essa menina, chama no rádio ai.

                Poucos minutos depois, socorreram Bulma. Ainda estava deitada no solo, com a cabeça virada para o lado. ChiChi então se aproximou dela e conforme alguns monitores levantavam o seu corpo, ChiChi segurou na sua mão e disse:

- Amiga! Você está se sentindo bem?

                Pronto, Bulma então começou a chorar que soluçava.

- Bulma, se acalme por favor! – ChiChi acompanhou Bulma que chorava desesperadamente, até chegarem na enfermaria.

                Bulma então ficou na enfermaria em observação. ChiChi sempre estava ao seu lado e não gostaria de deixa-la naquele momento. Depois de tanto sofrimento, Bulma então dormiu com ajuda de calmantes, precisava mesmo. O dia foi muito agitado para ela. Goku então chegou, bateu na porta que logo foi permitida por ‘’Pode entrar’’ de ChiChi.

- Oi, como ela está? – Goku entrou, puxou um banquinho de madeira e sentou ao seu lado.

- Ela tá sofrendo muito, ela nunca superou a morte de sua mãe, o pai a rejeitando as vezes, a traição de Yamcha... essas meninas ai. Acho que ela fez isso de proposito, tá na cara Goku.

- Olha, eu não as conheço muito e já percebi o jeito de Bulma. Ela era sozinha?

- Sim, muito. Sofria bullyng, claro, achei errado da parte das pessoas fazerem isso com ela, então eu me tornei sua amiga e estamos até hoje juntas.

- Que boa amiga você é, gosto do seu jeito engraçado...

                ChiChi ficou vermelha.

- Obrigada. É a primeira vez que falam isso de mim.

                Então aconteceu. Goku depositou um beijo surpresa em ChiChi que não esperava, vindo ainda de Goku muito menos. Ficaram assim até que ChiChi se afastou e abaixou sua cabeça, Goku fez a mesma coisa.

- Desculpa, desculpa, não queria...

- Tudo bem Goku, obrigada. – ChiChi então abraçou Goku e permaneceram assim por alguns minutos.

                Continua....


Notas Finais


Meredith Grey: (SPOILER) * Eu assisto uma série chamada Grey's anatomy, ai eu pensei muito na cena em que Meredith se afoga. Enfim, se você assiste, já deve saber do que estou falando...

Eu pensei em uma música para a cena do afogamento:
https://www.youtube.com/watch?v=t1TcDHrkQYg

Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...