História Uma amizade colorida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade Colorida, Romance
Visualizações 59
Palavras 736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá amores, o capítulo de hoje vai ser pequeno, por um só motivo: está com o título de festa, e meio que a festa acabou "cedo".
Boa leitura!

Capítulo 2 - Festa parte 2


Fanfic / Fanfiction Uma amizade colorida - Capítulo 2 - Festa parte 2

"Anteriormente em Uma amizade colorida:

-Vamos dançar?

-Primeiro preciso de uma bebida, vou lá buscar, quer alguma coisa?

-Vou com você. Tem uma menina muito bonita ali no bar.

-Porra Lucas!

-O que foi?

Ele sabia que eu odiava quando ele paquerava alguém perto de mim. E não me venha dizer que isso é ciúmes, porque não é!"

-VOCÊ SABE MUITO BEM QUE EU ODEIO QUANDO VC PAQUERA ALGUÉM NA MINHA FRENTE.

Ele deu um passo, ficando bem próximo de mim e do meu rosto

-Ciúmes?

-Você sabe que não

-Mas não é o que parece

Com raiva dele, fui para o bar sozinha.

-Uma Skol Beats

Peguei a bebida e fui dançar.

Estava tocando uma música bem legalzinha, mas eu não consigo lembrar o nome. Comecei a dançar, mas infelizmente eu não tenho o dom da dança, então só comecei a pular.

Depois de um tempo, eu já estava bêbada. E só senti alguém chegando por trás de mim.

-Porra Alicia, tinha que ficar bêbada? –Era o Lucas

-O que é uma festa, sem bebidas?

Ele revirou os olhos.

-Vem, vamos procurar o casal

-Eu não, vai você

E voltei a dançar.

Depois de um tempo eles voltaram para me buscar, e fomos para a casa do Lucas. Eu ia dormir lá.

Quando chegamos, Léo e Alice, como um passe de mágica já tinham ido para o quarto. E só ficou eu e o Lucas na sala.

-Vou dormir no sofá –Ele disse

-Não precisa, sua cama é de casal.

-Não é correto.

-Que se foda o correto.

-Mas..

Puxei ele pela camisa até o quarto dele e joguei ele na cama, que acabou me puxando com ele, e caí em cima dele, fazendo nossos lábios se juntarem, e ele começar a me beijar, e eu continuar o beijo!

E que beijo bom, era selvagem e quente, até que o nerd não beijava mal.

Ele parou o beijo, mas eu ainda estava em cima dele.

-Você está bêbada.

-Eu já estou ficando sóbria.

E por um instante não importava se ele era o meu melhor amigo, naquele momento eu só queria ser dele.

-Não Alicia... –Ele falou, pegou um travesseiro e foi para o sofá.

E quando percebi estava naquele quarto sozinha, que tinha ficado enorme do nada.

Me levantei e fui ver as fotos que tinha no quarto dele. Tinha umas 5 só minha e dele, umas com a irmã dele, uma com o Leonardo, 3 com a mãe dele e uma com o pai dele. O pai de Lucas tinha morrido quando ele tinha 12 anos, um acidente de carro. Ele ainda sofria com isso, e eu percebia quando ele se afastava de todo mundo e ficava com seu fiel companheiro, seu fone de ouvido.

Depois de um tempo fui dormir. Na verdade mal dormi, eu só pensava naquele beijo. Então levantei as cinco da manhã, e sem ninguém perceber, fui embora.

Comecei a caminhar pelas ruas, até chegar em casa. Estava com minhas chaves, então abri a porta e subi para o meu quarto, faltava um hora para o meu despertador tocar. Então desliguei ele e fui tomar meu banho, não que eu goste do Lucas, mas puta merda, como ele beijava bem, imagina...

Me arrumei, hoje teria educação física, então coloquei já o short saia, ele era bem bonito, preto, e incrivelmente, ele era curto em mim, e eu amava esse fato. Coloquei a blusa da escola, e como estava frio, peguei meu moletom e já coloquei. Desci as escadas e fui tomar café: Torradas e um suco de laranja.

Fui para a escola andando mesmo, nem vi meus pais, nem a minha irmã.

Cheguei na escola, e fui para a minha sala, sentei no meu lugar de costume, peguei meus fones, abaixei minha cabeça, e comecei a ouvir cry baby.

A professora chegou, era a senhorita Cavalcante, para mim só Clara, ela é minha professora preferida. Da minha matéria favorita: P-O-R-T-U-G-U-Ê-S (tirando História).

Já tinha passo 20 minutos da aula, e nada do Lucas chegar... Ele nunca faltava aula, e quando eu fiquei olhando para a porta ele entra.

-Boa tarde professora, posso entrar?

-Claro Lucas, entre.

Ele ficava na minha frente, e enquanto vinha se sentar ficou me olhando.

Ele se sentou e virou para trás:

-Oie

-Oi Lucas

-Vamos para o cinema depois da escola?

-Pode ser

As aulas passaram rápido e já era hora de ir embora...


Notas Finais


Então o capítulo de hoje foi esse...
Bjs, e até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...