História Uma Aventura de BatSatty - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mariana "Satty" Ferreira (Pense Geek)
Tags Batsatty, Pensegeek, Youtuber
Exibições 12
Palavras 3.740
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Super Power, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fiz essa fanfic sobre a Satty, espero que gostem, já avisando aqui, essa fic é mais geek e não tem romance, boa leitura.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Uma Aventura de BatSatty - Capítulo 1 - Capítulo Único

Andando pelas ruas da cidade está a diva de cabelos ruivos Mariana, ou Satty como seus amigos a chamam, ela está prestes a atravessar a rua quando seu celular toca, ela o tira do bolso e, antes de atender, ela vê que é Gigi, sua irmã, então atende.

Satty: -Alo, Gigi?

Gigi: -Olá Mari soube que você entrou em um período de férias na faculdade.

Satty: -Sim, mas eu te disse isso ontem! - Ela fala com uma voz seria.

Gigi: -Eu sei ... isso significa que teremos mais tempo para cuidar da cidade!

Satty: -Exatamente!

Satty: -Ai! -Grita Satty, por seguir um pequeno choque na cabeça.

Gigi: -Mari você esta bem? - Ela pergunta preocupada.

Satty: -Tô bem sim foi só um pequeno choque. 

Gigi: -Ata e que horas você volta aqui pra casa?

Satty: - Espera um pouco VOCÊ TA NA MINHA CASA? COMO VOCÊ ENTROU AÍ? - Ela fala como se estivesse zangada.

Gigi: -O que​ shhh, tá cor, shhh. - ela desliga - Caiu.

Satty: -Geovana você está morta! Ela desligou na minha cara, COMO ELA OUSA?

Satty então guarda o celular e segue para sua residência, no caminho ela encontra Gab, André,  e, ambos, seguem o caminho juntos até a moradia de Satty, nisso eles conversam sobre o que acaba de acontecer.

André: -Mas você não deu permissão para a sua família entrar na sua casa quando precisasse?

Satty: -Sim, mas ela poderia pelo menos ter me ligado antes de entrar lá!

André: -Não sei por que esta tão nervosa, ela é sua irmã não vai roubar nada!

Satty: -Será que ela era mesmo a Gigi?

André: -você está desconfiada das pessoas desde que enfrentamos o "Clonador"!

Satty: -É, você tem razão, mas isso é invasão de domicílio e e alguém tivesse ligado para a policia?

André: -Os seus vizinhos não conhecem a sua irmã?

Satty: -Não sei, eles devem conhecer, vivem olhando a vida dos outros! - ela fala com to de graça.

André: -HAHAHA.

Algum tempo, depois eles chegam e Satty vai falar com a Gigi.

Satty: -Por que você não me disse que vinha pra cá? E mais importante ainda, POR QUE VOCÊ DESLIGOU NA MINHA CARA? - Ela fala aparentemente com raiva.

Gigi: -Eu não desliguei a ligação caiu -ela fala meio desesperada-. E - Dessa vez mais calma - Eu tive am um bom motivo para vir aqui, am vim, alimentar seu gato.

Sattty revira os olhos, fingi que acredita e fala: -Tudo bem, esse é um bom motivo! -Com um tom de desconfiança.

Agora são exatamente 22:00 horas, Satty, Gab e Gigi estão no "esconderijo" observando as câmeras da cidade, eis que derre pente, Gab vê uma garota parecida com Satty, porém com enormes e belos cabelos brancos, ela usava seu cabelo como uma arma e causava o maior caus na cidade.

André: -Satty olha isso, que cabelo lindo, digo, essa garota usa o cabelo como se fosse uma arma e ela me lembra um pouco você.

Satty: -O que nada haver eu e ela, vou tentar cuidar disso sozinha, se as coisas ficarem muito quentes eu chamo vocês, ok?

André e Gigi: -Ok!

Satty veste sua roupa, claramente (ou escuramente hehe) baseado no Batman, com uma capa preta por fora e azul escura por dentro, vestes cinzas com um morcego com galhadas como simbolo do peito e uma mascara semelhante a do Batman ou da Batgirl, ela usa um tipo de gancho para chegar mais rápido no local onde se encontra a garota e, ambas, observam uma a outra.

Garota: -Fiquei me perguntando o quanto deveria destruir a sua cidade até que aparecesse, mas em fim nos encontramos BatSatty! 

Satty: -Miga eu não te conheço apresente-se. - Em quanto fala ela pensa: "Essa garota fala como se me conhecesse, e o Gab estava certo ela realmente se parece um pouco comigo esse cabelo que lindo"

Garota: -Então não se lembra, talvez porque você nunca me viu dessa forma, sou "Rosatty"!

Satty pensa: "Rosatty?" Nesse momento ela tem um lampejo, uma visão, de Rosalya de Amor Doce,"Rosalya essa garota é uma mistura de Rosalya e eu? Logo aquela burra do cacete!" 

Satty: Rosalya? Isso é impossível, como? Foi o clonador? 

Rosatty: -Eu fui criada de suas memórias, mas você me rejeitou, se negou ser parecida comigo, só porque sou um pouquinho desligada.

Satty: -Um pouquinho?

Rosatty: -Chega, eu vou destruir você, gosta do meu cabelo? ENTÃO TOMA!

Os cabelos de Rosatty se levantam como se tivesse vida própria, ele vai com toda força em direção a BatSatty, então ela usa sua "Técnica das Sombras", que aprendeu durante seu longo treinamento com o "Guerreiro da Escuridão", essa técnica permite que ela fique rápida quase que como uma sombra, após desviar dos ataques de Rosatty ela nota que o solo ficou perfurado nos lugares onde foi atingido e pensa "Caralho viado, é melhor eu não deixar isso me atingir". Rosatty faz com que seus cabelos segurem e joguem contra BatSatty um carro, então ela pula sobre o ele e dá um soco em sua inimiga, naquele momento ela olha para o lado e percebe que tem outras pessoas por ali. 

Satty pensa: "Preciso tira-la daqui antes que ela machuque alguma dessas pessoas". Então ela fala: Se que me destruir terá que me pegar primeiro! 

Satty puxa seu gancho e o utiliza para encontrar um lugar mais seguro para a luta, Rosatty faz o mesmo, mas com seu cabelo. Enquanto isso Gigi e Gab assistem pelas câmeras.

Gigi: -Para onde ela vai? Acho que precisa de ajuda, hora de vestir minha roupa, você vem?

André: -Vou esperar um pouco!

Gigi: -Ok!

Em quanto isso, Satty encontra um lugar ótimo, parece um terreno baldio cheio de lixo, provavelmente ninguém vai ali, é o lugar perfeito para lutar sem ferir inocentes, Após cair no chão e se virar Satty é surpreendida pela sua inimiga e é amarrada pelo pescoço e erguida pelos cabelos de Rosatty.

Rosatty: -Como você se sente sabendo que sua morte está próxima? Hahaha deve estar doendo!

André: -Geovana pula naquela construção próxima ao terreno e faz uma entrada dramática agora!

Gigi: -Tudo bem, eu acho! - Fala Gigi pelo comunicador sem entender nada.

Nesse momento ela está em cima de uma construção e iluminada pela luz da lua fala: Hey largue a BatSatty!

Rosatty: -Quem é essa garota?

 A luz da lua iluminas suas vestes, e é possível ver ela usando uma "roupa de marinheiro" semelhante a da "Sailor Moon" porem ao invés de azul e rosa os detalhes estavam em preto e cinza toda trevosa e pirigótica das trevas.

Gigi: -Sou uma guerreira que luta pela paz, protejo as pessoas dessa cidade das ameaças malignas e criminosas que surgem a todo momento, Sou "Sailor Gigi" e farei com que você desapareça.

Gigi joga com toda sua força um disco na forma da lua que corta as pontas do cabelo de Rosatty soltando a BatSatty.

Satty segura a garganta e tosse: "Coff! coff! Obrigada Sailor, Você chegou na hora certa".

Gigi acena com a cabeça e joga um tipo de bastão para a BatSatty.

Rosatty: -O que você é? um tipo de Sailor Moon gótica?

Gigi: -É, quase isso, a chega de papo vamos para a ação!

Gigi vai em direção a Rosatty a toda velocidade, mas é parada pelos cabelos dela que a derruba e quando iria atingir-los em seu peito como uma broca BatSatty lhe atinge com um chute e ela cai, porém se levanta rapidamente com um "sorriso", os cabelos da inimiga se enrolam no pulso de Batsatty a puxando para perto, deixando seu bastão cair, o que lhe permite dar um soco  nela, Gigi se levanta e pega o bastão e o usa como apoio para dar um chute duplo em Rosatty, a afastando. 

André: -Cheguei pessoal. - Ele pula no terreno.

Gab está com uma Jaqueta preta, luvas e óculos escuros todo estiloso, utilizando como arma dois Taser, um corporal e outro para ataques a distância.

Rosatty: -Ótimo chegou o "Exterminador do Futuro", como você consegue usar óculos escuros de noite?

André: -Ele tem visão noturna. - fala enquanto balança o óculos no rosto.

Rosatty: -Então agora são os três contra mim, meio injusto não acham, por sorte tenho um plano extra. Ela pega um celular e disca um número, 3522-1979. -É hora do "plano B" sei que está aqui, apareça!

Gigi: -Não deveriamos fazer alguma coisa?

André: -Ela está no celular, seria falta de educação interrompe-la!

Gigi: -Mesmo se ela estiver chamando reforço PARA NOS DESTRUIR?

André: -Mesmo assim!

Logo um homem aparece no terreno ao lado de Rosatty, ele está envolto por uma capa preta enorme e uma mascara de teatro triste.

Homem: -Olá Batsatty!

Satty: -Quem é você e por que quer me matar?

O Homem tira a mascara e fala: -Pelo visto você não sabe quem eu sou, mas não esperaria menos de uma pessoa que acabou com minha vida.

Satty: -O-O que?

Homem: -Você lembra do Teatro Central? O teatro que foi incendiado por um piromaníaco.

Satty: -Como poderia esquecer, foi um dia horrível.

Homem: -Houveram dez mortes na quela noite, minha mulher foi uma delas, ela morreu porque você preferiu pegar o cara à salvar as pessoas que haviam restado!

Gigi: -Isso não é verdade, a Batsatty deixou isso nas minhas mãos, quem falhou com eles fui eu não ela!

Homem: -Você preferiu deixar a vida dela nas mãos de uma garota fraca e inexperiente, e irá pagar POR ISSO. Ele puxa uma arma estranha que dispara um raio na testa de Batsatty, mas não parece machucar.

"Esse choque foi o mesmo que senti mais cedo!" pensou Satty.

Gigi: -Você esta bem?

Satty: Sim, foi apenas um choque!

Homem: -Por enquanto. Eu sou um cientista sabia? E essa arma me permite invadir a sua mente, e pegar informações sobre momentos do seu passado, batalhas principalmente, soube que você gosta de Vídeo Game, que tal enfrentar um "Boos" de verdade?

 Ele dispara o raio novamente, porem dessa vez em outras três pessoas que Rosatty pegou na rua enquanto eles conversavam, em cerca de segundos as pessoas começaram a mudar, o primeiro se tornou o Drácula do "Castlevania do nintendo 64", o segundo se torna a "Majora's Wrath de Majoras Mask" e a última se torna "Yandere" porem com muita sede de sangue, para finalizar ele aplica isso em si próprio e se torna o "Diablo de Diablo III"

Homem/Diablo: -Agora somos cinco, a luz de vocês se apará, e você saberá como é queimar até a morte!

Rosatty os segura com os cabelos, quando percebem já estão presos e imobilizados.

Satty: -Não consigo me mexer! - fala enquanto tenta se mexer.

Homem/Diablo: -Vamos nos divertir um pouco, Drácula use suas chamas azuis, Majora's use seu raio solar, AGORA!

Drácula dispara duas bolas de fogo azul, e Majora's manda seu raio solar, todos fecham os olhos esperando acontecer, porém duas pessoas aparecem, Um homem com uma roupa preta muito parecida com a do Gab, porém sem os óculos e ao invés de uma jaqueta ele usa um casaco com com gorro preto, ele destrói as bolas de fogo com seu punho das trevas, que emana uma energia fora do comum, e uma mulher com uma roupa de samurai feminina, semelhante a um vestido preto com pedaços de armadura nos braços, pernas, um "capacete" e o resto da armadura do peito ate a barriga, usando uma Katana feita com um minério místico estranho, em seu pescoço tem um colar azul feito do mesmo material da espada, ela corta a parte do cabelo que segurava o pessoal e reflete o raio solar com a energia mística do colar e da espada, que emanam um brilho azul.

Mulher: -Chegamos bem na hora né amiga!

Eles viram  rosto e é possível ver que eles são: Inú e Lu.

Satty: -Pra falar a verdade, demorou em viado, Himurai e Darkinú, agora a "Esquadrão Pirigótico" está reunido de novo, bem só faltou uma pessoa!

André: -Não eramos o "Esquadrão CARALHO VIADO"?

Inú: -puff, serio que ainda estão discutindo isso?

Homem/Diablo: -Agora parece você equilibrou seu lado, vejamos de que são capazes!

Inú: -Estamos a suas ordens BatSatty, você já os derrotou várias vezes, é só dizer o que fazer!

Satty: -Certo, Darkinú o Drácula pode soltar bolas de fogo azul e levantar fogo verde do chão, acho que você pode quebrar o ataque dele, Himurai o Majora's tem uma pele sólida, porém você pode feri-lo com sua Katana, seu poder místico pode refletir o raio solar dele tente atingir o olho dele com isso, Sailor Gigi cuide da Yandere e use o meu bastão tente mante-la afastada de você, Paradoxo você cuida  da Rosatty, sua capacidade de prever e retroceder movimentos temporais pode te ajudar com os ataques dela, eu cuido do Diablo, lembrem eles ainda são civis inocentes  Ok?

Todos: -OK!

Gigi pega o batão e, deixando ele horizontal, afasta Yandere dos outros, Himurai da investidas com a espada afastando Majora's, Inú usa seu punho sombrio no chão levantando uma energia contra o Drácula, Gab desvia dos cabelos de Rosatty e a puxa para perto, e Satty vei encarar Diablo de frente.

Homem/Diablo: -Então vai me enfrentar sozinha, você acha mesmo que pode fazer isso? Pois bem eu topo!

As batalhas começam, todos devem se esforçar para mante-los separados, por mais que o trabalho em grupo seja útil, eles não poderão contar com isso.

Yandere: -Um você é bonita, Sailor Gigi, acho que você será a primeira a morrer hahahaha!

Gigi: -Que doentio!

Gigi vai pra cima dela com o bastão da BatSatty, e Yandere puxa uma Katana de seu "arsenal", ela começa a desferir vários ataques com sua espada e Gigi usa o bastão para se defender, ela percebe que Yandere não está pensando, ela está interessada apenas em atacar e tenta usar isso ao seu favor, ela repara que há uma pilha de lixo ali que está de uma maneira bem frágil, então ela decide jogar um disco da lua em pontos específicos, mas ao mesmo tempo ela deve se defender dos ataques de sua oponente, então ela dá uma rasteira em Yandere e joga o disco nas partes que o mantinham fixo, apos se levantar Yandere é surpreendida por uma avalanche de lixo que cai em cima dela e depois de sair daquela coisa toda, Gigi a prende em alguns Pneus.

Yandere: -ME TIRE DAQUI!

Gigi: -Desculpe mas não! -Ela atinge Yandere com o bastão na nuca, fazendo ela perder a consciência.

Enquanto isso.

Majora's usa seus tentáculos para segurar e tentar esmagar Lu, mas ela desvia e tenta corta-lo, mas não causou nem um arranhão.

Lu: -Eu teria que ser paciente lutando contra você Majora's, mas preciso ajudar os outros!

Lu segura a katana com a mão direita e coloca a esquerda no colar invocando seus poderes místicos, a lamina da espada brilha um azul místico juntamente com o colar.

Lu: -Não tenho tempo para você, diga adeus! 

Majora's ataca Himurai novamente com os tentáculos, mas ela desvia e o atinge com a espada, dessa vez o tentáculo e cortado fora, ela o olha como quem diz "se ferrou viado", então ele carrega e dispara seu raio solar na direção dela, mas ela usa a espada para desviar a direção dele.

Lu: -Batsatty disse para eu tentar atingir o olho dele com essa luz, vou fazer isso!

Ela então foca o poder da espada para controlar o raio solar, e faz ele voltar contra seu conjurador, o olho dele é atingido e ele cai desnortiado.

Lu: -É minha chance vou usar o poder da espada para, desacordar ele!

Ela corre e pula, a lamina da espada muda, e perde seu fio, para que não machuque a pessoa, após atingir na cabeça da criatura ele apenas fica inconsciente. 

Lu: -Hum, parece que acabei, vou ver como os outros estão!

Gab está cara a cara com Rosatty, sua batalha seria bem simples graças a seu poder, ele se denomina paradoxo, pois tem o poder de retroceder alguns segundos no tempo, podendo impedir que alguns acontecimentos. Rosatty atacou várias vezes, mas não fazia diferença se ele era atingido, pois ele sempre voltava e desviava, usando seus tasers para eletrucuta-la antes de se mover.

André: -Acho que estou sendo injusto com você - ele fala friamente - Mas você quer destruir a Satty, então eu não terei piedade!

   Gab continua atacando até que ele se cansa, seu poder exige muito de sua energia, por esse motivo ele se cansa um pouco rápido, ele tenta avançar contra ela mas a mesma desvia.

Rosatty: -Parece que está cansado paradoxo, agora, é a sua hora de MORRER!

André pensa: -preciso terminar isso logo, mesmo estando com pouca energia preciso avançar um pouco no tempo e atingi-la na nuca.

Ela o atinge e ele cai, mas com muito esforço ele se levanta e junta as mãos na horizontal, Rosatty corre em direção a ele, ele grita esforçando seus músculos ao máximo então o tempo começa a passar mais rápido e seu corpo se  desmaterializa ele espera ate que ela passe por ele para que possa rematerializar-se, isso acontece então o tempo volta ao normal e ele atira o taser na nuca dela, fazendo com que ela desmaie, não demorou muito para ele cair também. 

Durante os movimentos temporais de Gab, Inú lutava contra Drácula.

Drácula: -Vou me alimentar de seu sangue!

Inú olha para sua mão e fala: -Você fala muito, mas nem almenos passará por minha aura negra!

Ele fecha o punho e vai em direção a Drácula, mas ele desvia e dispara o fogo azul, que se desfaz no punho de nosso herói, o vilão aparentemente se irrita e levanta sua mão esquerda, levantando um fogo verde do chão, Inú então dá um soco para baixo, anulando as chamas. 

Drácula: -Quem diria, você é forte, isso significa que, você é digno de ver a minha "próxima forma."

Inú: -O - outra forma?

O Drácula então se torna uma criatura enorme que cospe fogo e causa explosões de energia.

Inú: -Eu não acho que tenha sido sábio de sua parte, se pretendia me assustar você falhou miseravelmente, seu tamanho lhe deixa vulnerável!

A criatura então começa a cuspir suas chamas, mas Inú desvia e pula em sua calda, o monstro então se debate para tentar derruba-lo, mas ele continua escalando sem exitar, até chegar em sua cabeça.

Inú: -É o seu fim!

Inú então carrega a energia de seu punho e atinge a cabeça da criatura em cheio, isso causa uma explosão de energia que o atira para uma pilhagem ali perto, o monstro volta a ser Drácula, mas está desmaiado e sem ação.

Inú: -É hora de ajudar os outros! 

Agora a batalha mais esperada BatSatty contra Diablo, ambos se encaram por alguns segundos então ela vai em direção a ele com um chute e uma sequencia de socos, ele parece não se importar.

Diablo/Homem: -Só isso não te fará me vencer - Ele a derruba com um soco - HAHAHAHAHAHA

Satty: -Eu ainda tenho uns truques na manga!

Satty então puxa algumas bombinhas de seu sinto e as joga na cara de Diablo, ele fica meio desorientado, então ela enrola os braços em sua capa e, estranhamente, as bordas de sua capa ficam afiadas como laminas, novamente ela vai em direção ao seu inimigo, dessa vez seus ataques são mais eficazes, ela desvia dos socos e das chamas ao mesmo tempo que ataca.

Diablo/Homem: -Isso não é possível - ele esta cansado - Humano você está atrapalhando meu poder eu vou assumir o controle e destruir os dois, agora vejamos se ela é capaz de sobreviver ao próprio medo HAHAHA.

O ambiente ao redor fica mais sombrio do que antes.

Diablo: -Ninguém consegue vencer o próprio medo, sofra nesse mundo até a morte. HAHAHA.

 Ele dispara uma grande potencia de chamas, mas os amigos de Satty ficam na frente, levando o golpe em cheio, eles começão a queimar.

Satty: -O que vocês estão fazendo? Irão morrer se fizerem isso, parem! - Ela começa a chorar e se desesperar.

Uma voz: -Que humana idiota, é uma ilusão, humanos são muito fracos que bom que apareci do contrario você morreria logo.

Ela olha para os lados e vê uma silhueta pequena e não humana, então ele aparece completamente.

Satty: -THOR?

Thor: -Que humana idiota, trouxe meus escravos para te salvar, sua fraca.

Diablo: Por que tem três gatos aqui?

Gwen, Thor e Loki ficam na frente de Satty, eles começam a brilhar e Gwen corre em direção ao mostro e com um pulo muito alto ela rasga a cara dele, Loki fica rodeado por uma luz verde, começa a flutuar e corta Diablo varias vezes numa velocidade incrível, Thor da um passo a frente um trovão enorme cai naquela dimensão fazendo com que ela se desfaça, o corpo de Thor fica rodeado por eletricidade e, ao bater com as patas no chão vários raios caem no Diablo drenando toda sua energia.

Diablo: -O que aconteceu, COMO É POSSÍVEL QUE GATINHOS POSSAM ME DERROTAR?

Thor: -Deixamos o ultimo golpe para você, Arrasa viada!

Com sua capa Satty pula e atinge a criatura em cheio, uma explosão acontece e do nada todos os que foram transformados voltaram ao normal.

Homem: Não, NÃO!

Satty: Eu sei que você está com raiva de mim, mas pense nela, como ela reagiria se soubesse que você quase matou alguém, o que você está fazendo com a memória dela?

Homem: -Você está certa, ela era a melhor pessoa que já conheci, ela me acharia um monstro, ficaria horrorizada com meus atos, por favor me perdoa. -Ele desmorona e começa a chorar. 

Satty: -Tá tudo bem am seu nome é?

Homem: -É Rodrigo, Rodrigo Fernandes, v, você vai me prender não é? 

Satty olha para os outros e fala: -Acho que você já aprendeu a sua lição.

Rodrigo: -Obrigado, ela te admirava muito, e eu vejo porque!

Eles vão embora, todos felizes por terem conseguido resolver esse problema, porem eles reparam que Rosatty foi a unica a não voltar ao normal ela desapareceu após a luta.

Gigi: Mas e a Rosatty?

Lu: Deixa ela pra lá, temos que comemorar, alem disso temos muita coisa para por em dia, vamos a uma pizzaria viado!

Thor: Eu amo esses humanos inúteis, e ainda roubei toda a cena, vou comemorar também, falow. Venham escravos pois esse site agora é meu.


Notas Finais


Obrigado a você que leu, espero que tenha gostado, vou deixar aqui o link para o canal da BatSatty: https://www.youtube.com/user/PenseGeek/featured


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...