História Uma babá nada convencional - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Boruto Uzumaki, Chiyo, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Jiraiya, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Mei, Moegi, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Sai, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shion, Shizune, Tsunade Senju
Tags Babá, Naruhina, Vida Dupla
Exibições 341
Palavras 1.516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Beleza...
NÃO ME MATEM PLEASE???
Eu fiquei sem pc e ficou mt difícil postar, além do mais minha mente tá bugada...
Espero que vocês entendam.
Outra coisa!!!
Hina começa a se vestir melhor no próximo cap xD

Boa Leitura!

Capítulo 7 - Uzumaki...


Após um mês direto de shows na The Queen, Hinata havia quitada ao menos 5% da dívida. Mas isso estava lhe causando um grande desgaste físico. A azulada cochilava em todo lugar, não comia direito, e estava desligada. Dormia entre as viagens de ônibus e a maioria das vezes perdia o ponto. Ela sentia tudo isso em si, mas continuava tentar firme pois Lee precisava dela. Sakura havia se tornado uma grande amiga, sempre lhe ajudando e motivando. Havia criado laços grandes com Himawari e Boruto, apesar dele continuar rabugento. Lee havia começado a trabalhar em uma loja de roupas no shopping da cidade, ganhava algo para manter a casa. Hinata ouviu o despertador Lee lhe chamar e então ela se levantou; por um momento ela sentiu uma leve tontura e cambaleou para o lado. Lee foi até ela e Hinata sorriu dizendo que estava bem, era normal ela havia acabado de acordar. Hinata tomou um banho frio para lhe dar forçar e foi ao guarda - roupa. Avistou um vestido listrado que não usava desde os seus dezenove anos, é podia ser uma boa. Estava se sentindo presa, aquela roupa leve faria bem e então a vestiu. Colocou seu All star branco pegou sua bolsa bebeu um copo de suco e saiu se despedindo de Lee que lhe disse para tomar cuidado. Hinata estava com sono, mas precisava ficar acordada. 

*

*

*

Naruto levantou a cabeça de uma vez, e então com o olhar sonolento olhou ao redor, estava em seu escritório e havia uma luzinha acesa em cima de inúmeros papéis com anotações e planílias. Havia dormido enquanto trabalhava. 

- Merda... - Naruto resmungou ao se levantar, seu pescoço doía grandemente. Ele subiu e tomou um banho, fez as higienes matinais e então foi ao guarda - roupa, vestiu seu traje habitiual para o trabalho e então passou no quarto de Boruto. O mesmo dormia com o controle do video game nas mãos. Naruto o desligou e arrumou tudo, passou a mão na cabeça do filho e saiu. Em seguida foi para o quarto de sua princesinha. Os cabelos de Himawari estavam longos e exalavam um cheiro de cereja. Naruto franziu o cenho, não havia percebido isso. 

TRABALHO...

Era isso que impedia de ver o que acontecia com seu filhos. Ele suspirou e deu um beijo na bochecha de Himawari. Saiu do quarto e então desceu as escadas e foi em direção a cozinha, no caminho ele olhou as horas no relógio de pulso e então se perguntou o porquê de Hinata estar tão atrasada, eram quase 08. Mas ao entrar na cozinha ele tomou um susto, viu Hinata dormindo com a cabeça na mesa e a bolsa no chão. O loiro a analisou bem, os cabelos presos em duas maria - chiquinhas relaxadas. Ele então pegou uma xícara e colocou café na mesma, tudo isso sem tirar os olhos dela. Para Naruto, Hinata era algo que ele não havia visto em lugar nenhum, um tanto exótica para ele. Não tentara dar em cima de si, nem muito menos se insinuar como as outras fizeram. Se vestia mal e falava engraçado, mas ele havia visto alguns valores bons nela, como carisma e atenciosidade. Não queria negar, conhecer aquela menina lhe era tentador, mas ela era apenas uma de suas vastas empregadas.

- OQUÊ?! - Hinata levantou a cabeça rápido e então olhou para os lados até topar com Naruto lhe encarando. Ela corou e passou a mão no canto da boca para limpar a baba. Estava se sentindo mal, muito mal. Sacudiu a cabeça e então olhou para os lados - Bom dia... Sr.Uzumaki.

- Bom dia, Hinata. Vejo que chegou bem cedo hoje, só estava descansando.

- Peço mil desculpas por isso e...

- Sem problema. Sei que Boruto e Himawari cansam. 

- Imagina... são crianças maravilhosas... apenas carentes de pai demais. - Hinata falou a última frase embolando.

- O quê?

- Nada. - Hinata sorriu sem graça e colocou as mãos na cabeça. 

- Como anda sua vida? E seu namorado?

Pera... O GRANDE MAGNATA NARUTO UZUMAKI perguntando da vida de Hinata Hyuuga a babá? Desde quando ele se preocupava?

- Bom... está cheia de desafios. E eu não tenho namorado, não ainda - Hinata sorriu - Pensei que arrumaria alguém legal mas... prefiro só mesmo. 

- Compreendo. - Naruto disse aliviado e incomodado ao mesmo tempo. Ele deixou o copo na mesa e olhou paraco relógio.

"OH MY GOD! EU TIVE UM... DIÁLOGO COM O UZUMAKI GOSTOSO!!!"

A mente de Hinata dançou comemorando. Ela estava feliz, não havia de negar. Quase nunca interagia com ele. 

- Bem, vou para o trabalho, uma outra hora conversaremos melhor.

Hinata se viu extasiada. O gostoso do seu patrão queria falar com si!!! Ele estava bem????? 

A azulada então se levantou, mas ao se ver de pé ela sentiu uma vertigem passar por si e então se curvou e vomitou o suco que havia bebido. Sua cabeça estava doendo e rodando. Sentiu suas pernas fraquejarem e cair.

- Hinata???!!!! - Naruto correu até ela e então a segurou - O que houve??? 

A Hyuuga apenas o olhou e apagou.

*

- Porquê merda vocês demoram tanto no atendimento??? - Naruto disse nervoso para um médico no hospital público de Konoha.

- Senhor, estamos fazendo o possível para acharmos um médico especializado para o caso dela.

- O que quer dizer???

- Precisamos esperar o Ginecologista, pode ser gravidez.

Naruto então encarou o médico de plantão e fez uma expressão de raiva. Após o súbito desmaio de Hinata, ele e Peter correram para o hospital mais próximo que era o público. Mas Naruto estava perdendo a paciência, porquê não atendiam ela???? Hinata estava pálida nos braços de Peter. E o Uzumaki estava muito puto.

- Você sabe quem eu sou? SABE QUEM EU SOU?? - Naruto disse visívelmente irritado - Chega! Eu não fico nessa merda! Nem fodendo. Peter traga ela, vamos cuidar dela de verdade. Nesse lixo... 

"Minha mulher não fica mais!"

Naruto engoliu as palavras. Mulher? Não é possível! 

Eles saíram em direção ao Santa Brígida, um dos melhores hospitais de Tókyo. Era sofisticado. Naruto então ficou assinando as papeladas enquanto Hinata era examinada. Se fosse alguma coisa grave? Naruto iria perder outra funcionária sem seus filhos fazerem isso? Nem iria ter a chance de conhecê - la melhor? Não que quisesse, apenas precisava saber que tipo de pessoa estava cuidando de seus filhos. 

Dentro do menor bolso da bolsa de Hinata havia um número.

Rock Lee

95367749

Devia ser algum amigo de Hinata, era melhor ligar. 

Mas antes ele ligou para Moegi:

- "Moegi, aconteceu algumas coisas... e eu só irei para o escritório a tarde. Remarque todas as minhas reuniões para esse período."

- Claro, mas é algo grave Sr?

- "Não, apenas faça isso." 

E desligou. Após isso ligou para o tal Rock Lee e o mesmo quando chegou fez um pouco de escândalo. Naruto realmente acreditou que ela não namorava.

- Onde ela está, onde Hinata está? - Lee disse com sua voz afeminada e preocupada.

- Fique calma! Calmo! Enfim! Ela vai ficar bem, aqui tem os melhores médicos. 

- Eu nunca devia ter feito isso com ela... sabia que ela ficaria mal se resolvesse fazer as duas coisas ao mesmo tempo...

- Como? - Naruto perguntou, visívelmente confuso.

Mas Lee nada disse, apenas colocou as mãos no rosto. Naruto o olhou e então ao avistar o médico ele foi em sua direção.

- E então?

- Exaustão, falta de ferro, vitaminas. Ela está exausta, não dorme direiro. Aparentemente ela está dormindo num total de 4 horas. E isso pode gerar coisas assim.

Naruto ouviu aquilo sem acreditar, ela estava exausta? Porquê isso? Ela tinha tempo de sobra para dormir.

- Muito obrigada. Há alguma indicação?

- Ela ficará aqui durante todo o dia para tomar soro, mas poderá ir para casa o final da tarde.

- Certo.

- Ela precisa dormir, dormir no mínimo seis horas por dia. Está com anemia. Se alimentar bem. 

- Entendo. Obrigada doutor. Pode ver ela? 

- Claro, só espere ela acordar agora. 

Naruto assentiu. Merda! Estava se preocupando demais com ela... mas qualquer ser faria o mesmo por ela certo? Era assim que Naruto queria pensar. Bom, era sua funcionária. Mas Narito gostaria mesmo de saber como elas estava assim, se não havia motivos... 

Lee assim que soube que Hinata havia acordado correu para o quarto onde ela estava e chegando lá viu sua melhor amiga de olhos abertos olhando para a bolsa de soro e a agulha ligada a seu braço.

- HINA!!!! - Ele correu e se abaixou perto dela. 

- Lee?? O que faz aqui? - Ela se virou surpresa.

- Vim correndo quando soube... porquê não avisou que estava mal? Eu te coloquei nisso. 

- Tudo bem, eu também tenho culpa. 

Lee abaixou a cabeça mas Hinata o repreendeu e assim eles seguiram conversando. A porta se abriu e Hinata olhou para quem entrara. Ela arregalou os olhos. Era Naruto. Seu coração bateu forte no peito. 


Notas Finais


BOM É ISSOOOOO KKKKK
gostaram?? Espero que sim :3
tá puxado pra Hinata vey ;-;

FLEW GURIZADA
Kissus de sangue e limão *-*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...