História Uma "benção" dos deuses... - Capítulo 106


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Alex Russo, Alvo Potter, Asuma Sarutobi, Castiel, Chouji Akimichi, Crowley, Dean Winchester, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kisame Hoshigaki, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kushina Uzumaki, Maito Gai, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Minerva Mcgonagall, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Rin Nohara, Rin Okumura, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sam Winchester, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Caçada, Narukiba, Naruto, Sakusasu
Exibições 33
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 106 - Aquela conversa...


Após longas duas horas de aula particular com a Tsunade… finalmente acabou!

Amber ficou com a Tsunade perguntando coisas de magia enquanto Rin e eu saímos daquele porão.

-Beleza… cinco horas… -Lembrei da Sakura que iria para minha casa nesse horário.

-Naru… -Rin me chamou de um jeito tão fofo que quase me desmanchei. -Onde vamos agora?

-Vamos lá em casa, vou ter que dar uma conversinha com a Sakura.

-Tudo bem então! ^^ Talvez eu possa ajudar em algo!

-Pois é… -Laço meu braço por trás do seu pescoço e o abraço. -Talvez você me ajude!

O solto e juntos, seguimos para minha casa.

 

Para minha surpresa, meu pai e meu namorado não estavam na minha casa.

Rin e eu entramos em casa e deixamos nossas bolsas num canto da sala. Pego meu celular e mando uma mensagem para o Kiba.

“Onde vocês estão?”

-Quer algo para comer? -Pergunto para o baixinho enquanto vou em direção à cozinha. -Um sanduiche, sei lá…

-Ah… um sanduiche está bom! Obrigado.

Assim que abro a geladeira, Kiba me responde.

“Estou com seu pai

Já estamos chegando”

“Ok…”

Guardo o celular no bolso de trás e volto a pegar os ingredientes para fazer uns sanduiches.

-Rin, vem cá me ajudar a fazer os sanduiches…

-Claro! -Ele vem rapidamente.

 

Assim que estávamos distribuindo as fatias de presunto sob os 20 sanduiches, sinto Sasuke e Sakura chegando de carro. 129 metros para ser mais preciso.

Me assusto quietamente quando a campainha é tocada.

Já de guarda alta e preparado para atacar, abro a porta de uma vez.

-Naru! -Kiba e meu pai!? -Que cara é essa…? -Kiba me dá um selinho e entra, logo em seguida, meu pai.

Ambos estavam um pouco sujos e suados. Em mãos, ambos com um skate.

-Ah… é assim? Saem para se divertir e me abandonam numa sala de aula!? Ok…

Me viro saio para a cozinha.

-Naru…! -Kiba dava risada abertamente. -Vem cá… -Ele me segura e me puxa.

Após um beijo meio fraquinho, ele me solta.

-Vou tomar banho, já volto. -Kiba diz sorrindo e já indo em direção a escada.

-Pai, você não vai tomar banh… Tem sanduiches na cozinha! -Mudo minha fala ao ver que ele, “magicamente” (Talvez literalmente) estava limpo.

-Obrigado filhão! -Ele vai em direção a cozinha.

Eu nem sai do lugar. Esperei aquela lesma emo atravessar o quarteirão e parar em frende de casa.

Antes da Sakura apertar a campainha, abro a porta.

-Oii! -Falo sorrindo.

-Naruu! -Sakura me abraça e entra. Em seguida Sasuke. -Eu quero saber de TUDO!!

-Primeiro. -Falo seriamente olhando para ela. -Vamos comer! -Sorrio. -Tem Sanduiches na cozinha! Vamos lá.

Fecho a porta e sigo para a cozinha.

Com todos sentados e já se servindo, me sento, mas espero Kiba descer para comer.

-Então…! -Sakura segura a mão do meu pai e o encara profundamente; que de imediato, cora. -Pessoa linda pai de outra pessoa linda! Me conta tudo! -Na parte “pessoa linda”, ele cora inda mais.

-O-Oque quer saber, Sakura…?

-Tudo! -Ela ri e o solta. -Minato! -Ela exclama olhando para os olhos dele.

-O-Oi!

-Seus olhos… -Sakura cerra os olhos e observa os do meu pai. -São mais escuros que do Naru… Nossa Naru! -Ela vira a cabeça e olha para mim. -Se tem um pai mó bonito!

-Meu Sogro é o terror das novinhas! -Kiba diz quase gritando lá da escada. -Se não fosse a Sra. Uzumaki puxando a coleira desse gatão… rapaz… -Ele entra na cozinha; Kiba estava descalço, de bermuda; sem cueca para variar…; e de cabelos molhados, e só. Ahh! E com o celular na mão.

-O-Obrigado… eu acho… -Meu pai estava tão vermelho quanto um pimentão.

-Eae. O que eu perdi? -Kiba pega dois sanduiches; um em cada mão; um dos sanduiches, ele morde e o outro, coloca na minha boca.

-Nada… -Mordo o sanduiche e posiciono meu joelho para o Kiba sentar nele; já que não tinha mais lugar para se sentar nos banquinhos.

-Então…!? -Sakura questiona depois de uns segundos em silencio.

-Então o que…? -Pergunto.

-Comessem a falar! O que são vocês!? -Eu me senti um esquisito, um alien quando ela falou daquele jeito.

-To comendo… -Kiba diz.

-Estou quaaase comendo… -Falo sorrindo passando minha mão direta sob a coxa do Kiba; que, por conta da gravidade e uma ajudinha minha, ele escorregou para bem próximo a mim, ele ainda estava sentado em uma perna minha apenas, mas estava colado a mim.

Kiba me olha com olhos de desaprovação. Mas logo dá risada.

-Até onde Sasuke te contou? -­Kiba pergunta.

-Rin, passa o papel… -Peço ao pequeno, que estava perto e logo recebo.

-Ele só me falou sobre ele, e disse que vocês não eram iguais a ele, mas também, não são iguais a mim.

 -Espera… não sou tãaao diferente assim! -Exclamo indiferente.

“Ah é sim! HAHAHA!!”

Quase mando Kyuubi calar a boca, mas me calo antes de dizer em voz alta.

-Eu sou um Lobisomem…

-Ah!! Então isso explica! Hihihi! -Sakura interrompe Kiba.

-Ein…? -Sasuke questiona.

-Ora… O que mais explicaria o fato do Kiba ser tão gostoso?

-Academia? -Kiba se pronuncia rapidamente.

-Tanto faz… mas tipo, você se transfora toda lua ch…

-Quando eu quiser. -Ele diz sorrindo e mordendo o Sanduiche.

-Eu sou um mago. -Meu pai diz sorrindo.

-S-Sério!? OOOH!! Tipo o Gandalf?

-Acho que o Jiraya-sensei seria o Gandalf… meu pai, no máximo, o mestre dos magos… -Rimos juntos. -Brincadeira paai! -Falo sorrindo ao ver ele um pouco cabisbaixo.

-E você Rin!? -Quando Sakura diz o nome dele, Rin quase cai de costas.

-E-Eu…?

-Rin, Amber e eu, somos Jinchuurikis! Pessoas que abrigam criaturas gigantescas e poderosíssimas dentro de nossos corpos. -Falo um pouco sério demais. -E também podemos usar magia! ^^ -Sorrio um pouco para quebrar o climão.

Após uns 3 segundos de paralisia, Sakura volta ao mundo.

-OOWW!! Então tem um monstro capaz de destruir o mundo dentro de você!? -Ela pergunta me encarando com os olhos brilhantes.

-S-Sim…! -Digo um pouco corado.

Ficamos conversando sobre com a Sakura por mais alguns minutos, até que…

-Quase boa noite gentee!!

-AHH!! -Todos, menos meu pai, gritaram e se assustaram; até mesmo o Sasuke se assustou.

-Mãae! Já disse que isso assusta! -Falo irritado.

-Ai filho… desculpa… -Ela fala rindo.

Após ela abraçar e dizer “Oi” a todos, ela se junta a nossa conversa.

 

Amber me ligou 10 minutos antes da minha mãe tirar a lasanha do forno. Ela disse que iria dormir na casa da Tsunade hoje, e que estava fascinada com a genialidade da Tsu e tals…

Sakura e Sasuke só foram embora depois das nove, quando Sasuke alertou a Sakura que ela precisava dormir.

Só fui deitar para dormir com o Kiba lá pelas onze da noite, já tomado banho e com Rin dormindo feito anjo em sua cama…


Notas Finais


Gentee, estou cheiooo de coisa pra fazer da escola, cheio das prova e dos trabalho tudo :'(
Acho q semana q vem, vou me aliviar totalmente e voltar a postar caps com mais frequência :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...