História Uma BR na Coréia - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Álcool, Amor, Amor Não Correspondido, Bangtan Boys, Batalha, Bts, Colegial, Got7, Jimin, Revelaçoes, Romance, Sexo, Taehyung
Exibições 67
Palavras 1.402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Helloooo🌝 Vim escreve o cap beijao😘😂😂
Boa leitura unnies❤

Capítulo 11 - Desculpas.


Fanfic / Fanfiction Uma BR na Coréia - Capítulo 11 - Desculpas.

S/N on 

Me espantei com o ato do V e senti um beijo molhado em meu pescoço.

-O-oque esta fa-fa-fazendo?- gaguejei pois estava nervosa e me arrepiei involuntariamente.

-Cansei de esconder meus sentimentos por voce e deixar que os outros se aproximem do que deveria ser meu.

-Na-nao V.

Ele continuou ali me abraçando e dando algumas seladas em meu pescoço.

-Para.

Tentei empurra-lo mais foi em vão. Fiquei de frente pra ele e cada vez me apertava mais contra o balcão. Eu nao tinha mais forças pra empurra-lo e nem gritar. Ja estava machucando ali presa. Eu ja via o que ia acontece. 

Jimin on 

Eu acabei dormindo com S/N me abraçando. Acabei tendo um pesadelo por me sentir tao mal.

Pesadelo on 

Eu estava parado no meio de um tipo de parque. Estava nevando entao vejo S/N de longe e quando vou me aproximar dela ela sorri e estica sua mao. Entao eu parei olhando pra ela e sorri também. Mas sinto alguém me atravessar como se eu fosse apenas uma alma perambulando por ali entao logo meu sorriso de desfaz vendo aquela sena. 

S/N abraçando alguém brasileiro que eu nao conhecia. Eles deram um selar demorado e sairam andando. Cai de joelhos naquela neve fria e comecei a chorar. S/N estava me deixando ali e indo embora. Eu estava sem forças quando os dois somem e eu fico ali caido chorando.

Pesadelo off 

Acordei assustado e procurei S/N. Ela nao estava ali. Eu tava sozinho na cama. Me desesperei.

-Ela me deixou mesmo- meu olhos arderam.

Olhei pro lado e vi o celular da S/N. Bateu um pequeno alívio pois ela nao deixaria seu celular ali. Eram 4:58. Entao ela deveria estar tomando um copo de água pois por de baixo da porta refletia uma claridade vinda do lado da cozinha. Em seu celular tinham varias mensagens de um tal de Mark. 

Sinceramente nao gostei nem um pouco daquilo. Eu nao sabia sua senha e nem ao menos podia tomar conta da sua vida sem estar-mos namorando. Entao tentei ignorar e me levantei devagar indi ate a porta para vez o que ela estava fazendo na cozinha . Quando cheguei la vi uma cena que nao desejava. V agarrando a S/N. 

Sem demora o agarrei pelo braço o que fez ele soltar S/N e cair no chao. A raiva ja havia me tomado e quando percebi estavam todos da casa ali tentando me tirar de cima do V. 

Nos levantaram e enquanto o Namjoon e o J-hope tiravam o V da cozinha S/N estava chorando abraçando o Jungkook enquanto o Jin tentava acalma-la. O Suga nem ao menos levantou ver o que estava acontecendo. 

O que eu fiz? 

Por um momento me arrependi de ter batido no V por ele estar agarrando alguem que nao tem nada serio comigo. Mas quando eu vi que os braços de S/N estavam roxos por conta da força que ele estava fazendo sobre ela me deu vontade de ir atraz dele e acabar com aquela carinha fofa. 

Sem pensar arranquei S/N dis braços do Jungkook e a abracei.

-Novamente eu falhei com voce. Eu prometo nao deixar mais isso acontecer anã. Vai ficar tudo bem agora- eu sussurrei em seu ouvido a abraçando e ela correspondeu e assentiu com a cabeça. 

~~~~~~~~~~~~

Depois que tudo se acalmou estavamos todos sentados na sala e o Jin estava fazendo um interrogatório pra ajeitar toda essa confusao. Ja eram 6:00 da manhã e ate o Suga que nao tinha nada a ver com o que estava acontecendo o Jin obrigou a presenciar o interrogatório. 

~~~~~~~~~~

Tudo ja tinha se resolvido e eram 7:30 da manhã. V se sentia culpado e confessou tudo. Eu expliquei o que estava acontecendo entre mim e S/N,enquanto a menor nao dizia uma palavra pelo trauma que estava sentindo e o medo do V. 

Eu fiquei remoendo aquelas mensagem do tal do Mark que tinha no celular da S/N. Mas ela estava tao nal que nao quis falar sobre isso naquele momento. Nos resolvemos que ela nao trabalharia naquele dia e podia ficar em casa pra pensar se ainda ia querer continuar indo trabalhar la. 

S/N off 

Depois de toda aquela confusão eu estava me sentindo muito mal. Comk ia explicar aquelas marcas roxas nos braços? Entao coloquei meu fones e segui para casa da minha avó. Pensei bem em uma boa desculpa pois se eu falasse o que realmente tinha acontecido ela nunca mais deixaria eu ir la.

Quando peguei meu celular tinha varias mensagem do Mark.

Mensagens on 

Mark:Entao S/N 

Mark: me desculpe por ontem 

Mark:eu queria te 

Mark:meu sentimentos sao intensos e a mágoa me tomou

Mark: espero que esteja bem

Mark: espero que nada tenha acontecido com voce

Mark: me desculpe mesmo

Mark: T.T 

Mark: S/N?

Mark: eu sei que deve esta muito brava comigo.

Mark: mas por favor tente me 

Mark:talvez esse "muito" seja pouco

Mark: me perdoa por favor

Mark: por favor S/N 

Mark:me 

Mark: se nao vou na sua casa amanhã.

Mark: auero saber apenas se esta tudo bem.

Mark: amanha apareço la.

Mark: esta avisada. 

Mensagens off 

Nao quis responde-lo depois de tudo eu so queria tomar um banho e tirar esse moletom do Jimin pra me esquecer de tudo por um minuto. Cheguei em casa e minha avó nao estava . Entrei e fui direto pro meu quarto sem ao menos comer nada. 

Tomei um banho gelado e demorado para assimilar bem tudonoq ue aconteceu em minha vida nessa ultima longa semana. Coloquei um moletom branco e um shorts de pijama. Me deitei e fiquei rolando na cama tentando dormir. Me levanto indo em direção a um armário pegando alguns analgésicos pois eu nao aguentava mais. Ingeri 2 e minha visao escureceu.

S/N off 

Mark on 

Eu estava me sentindo realmente muito mal pelo que eu fiz com S/N. Fui muito egoista e irresponsável. 

Eu deveria ouvi-la e conforta-la. Principalmente entender que tudo que estava acontecendo com ela o que nao era uma das melhores coisas.

Ela sempre teve pouca atenção dos pais pelo fato deles sempre estarem ocupados com o trabalho. Desde pequena nas ferias de verão eles semore mandavam a menina pra casa da avó para viajarem a negócios. Eu sempre fui a única companhia dela quando vinha pra cá . Ela sempre se preocupou muito em estudar pra nao viver na rua como sua omma ponhava em sua cabeça caso ela tirasse notas baixas.

Estava na hora de concertar a burrada e ir falar com ela. Tomei um banho e coloquei uma roupa descente.

~~~~~~~~~~~

Quando cheguei la nao tinha ninguémm. Aporta estava aberta entao entrei. Procurei por S/N ate que a vi caida no chão. Corri ver o que tinha acontecido. Chacoalhei ela varias veres. Estava quente. Seus batimentos estavam normais. Deitei ela em sua cama e fiquei acariaciando seus cabelos ate que ela acordasse para conversarmos. 

~~~~~~~~~~~~

Se passaram horas e eu adormeci ao seu lado. Quando cheguei la eram apenas 14 horas e quando olhei em meu celular ja eram 18:49. Ela ainda dormia.Algo estava errado. Continuei acariciando seus cabelos e pelo silêncio ainda nao havia ninguem na casa. 

Logo S/N acordou. Como ficava linda com aquela carinha de sono. Um sorriso apareceu em meus lábios.

-Dorminhoca- me sentei do seu lado.

Mark off 

S/N on 

Acordei com Mark acariciando meus cabelos levemente. Era o melhor carinho. Me lembrei de todas as vezes que  eu vinha aqui e ele me acordava assim pela manha.

-Pela sua carinha de que dormiu também voce tem direito a ficar queto- diu um leve tapa em seu braço enquanto com a outra eu coço o olho.

-Mas agora é serio e precisamos conversar.

-Eu desculpo voce- abracei ele de lado fazendo com que nois dois deitas semos em cima da cama.

-Haha. Que bom que leu minhas mensagens e esta bem. Maaas.... O que e isso nos seus braços?

-Desentendimentos nada mais.

-??

-Nao quero falar sobre isso- cobri meus olhos com um dos meus braços.

Logo levantamos e ele sentou na sala enquanto eu fazia pipoca a gente ia assistir algumas series pra se distrair um pouco. Estavamos sozinhos ainda. Eu so me lembro de estar caida no chao e acordar na cama. Resolvi esquecer isso e nao contar sobre os analgésicos e os " Desentendimentos" .

~~~~~~~~~~~~~

Eram 23:45. Eu estava deitada em minha cama olhando pro teto. Mina avó ja tinha chegado e Mark ido em bora. As marcad ja estavam menos visíveis e ja fazia um pequeno frio por conta da chuva da noite passada. Eu adormeci ali mesmo. No outro dia iria trabalhar e nao sabia como encarar tudo aquilo.




Notas Finais


Eu nao re-li entao por favor me desculpem os erros mas a preguiça falou mais auto.
Eu realmente tentei. Sorry❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...