História Imagine BTS (uma BR na Coréia) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Álcool, Amor, Amor Não Correspondido, Bangtan Boys, Batalha, Bts, Colegial, Got7, Jimin, Revelaçoes, Romance, Sexo, Taehyung
Exibições 277
Palavras 1.626
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem a demora unnies.
Boa leitura unnies❤

Capítulo 14 - Decidida


Fanfic / Fanfiction Imagine BTS (uma BR na Coréia) - Capítulo 14 - Decidida

Eu nao queria nunca desfazer aquele abraço,mas era realmente necessário. Talvez se eu me abrisse com o Jimin eu me sentiria mais leve e tranquila. Óbvio que eu nao me esqueceria do meu ex no Brasil tao facil. 

Apesar que aceitei namorar com o Jimin. Eu ainda nao esqueci completamente tudo o que vivi no Brasil. Eu estava em um momento em que eu realmente amo meu ex mas nao sabia demonstrar o que acabou aos poucos com nosso relacionamento. Sempre que me tratava de forma carinhosa me soava que ele queria algo,me arrependo de ter deixado o relacionamento acabar assim.

Podia ter ido mais além. Mas nem tudo e como a gente quer. Juro que tentei.

Quando desfizemos o abraço Jimin da um selar em minha testa.

-Precisamos conversar seriamente.

-Vamos?

-Vamos.

Entramos no carro e eu encostei minha cabeça no vidro e fiquei olhando tudo la fora. Di um suspiro. Tem por ai muitas pessoas com vidas piores que a minha,nao deveria me deixar levar por problemas psicológicos. 

Durante o tempo que estavamos indo me distrai pensando em varias coisas aleatórias sem sentido,o que fez com que o tempo passasse rapido e logo chegamos onde iríamos conversar.

Ele parou o carro perto de um parque. Tinham bancos brancos e muitas árvores de sakuras. O chão estava forrado de flores. Tinham algumas crianças correndo ali perto. Era tudo muito lindo. Eu estava em transe olhando pela janela quando sinto a mao do Jimin em meu ombro me tirando dos pensamentos.

-Vamos nos sentar la fora?

-S-sim.

Eu estava meio desconfortável por ter que falar sobre aquilo com o Jimin. Mais seria muito pesado pra mim namorar com alguém sem a pessoa me conhecer por total. 

Quando saimos do carro senti uma brisa leve tocar meu rosto e acabei fechando meus olhos e sentindo um doce aroma. Aquilo me arrepiou e novamente fiquei totalmente fora dor ar quando sinto Jimin entrelassar nossa maos. Aquele lugar parecia muito calmo entao fiquei mais confortável em saber que ali nao teriam fãs malucas.

~~~~~~~~~~~~

Nos sentamos em um banco um pouco distante e enquanto eu contava a história toda pra ele acabei derrubando algumas lagrimas enquanto ele me confortava em um aconchegante e apertado abraço.

Jimin ouvia tudo atentamente e parecia estar me entendendo perfeitamente. Aquele olhar sincero me aliviava com certeza. Terminamos a conversa e ficamos um tempo por alinconversando coisas paralelas. Pareciamos mais amigos ou irmãos do que namorados. Quem passava olhava o Jimin deitado no meu colo enquanto eu acariaciava suas mechas de cabelos loiros. Eu confesso que por menos tempo que eu tenha passado com aquele cabelo cinza eu sentia uma certa falta.

Voltamos pra casa ja estava um pouco tarde. Passamos praticamente o dia todo fora. 

Eu ja tinha marcado a prova pra entrar na faculdade e também ja estava procurando um apartamento. Eu conseguiria me virar apenas com meu salário. Eu pretendia sair o quanto antes da empresa pra me tornar um pouco mais independente. Depender das pessoas me incomodava. 

Chegamos na casa dos meninos onde encontramos na sala o Jin e o Namjoon com cara aparentemente de preocupados.

-Ainda bem vocês chegaram- diz Jin se levantando e logo Namjoon também se levanta.

-O empresário deu um sermão em todos nós.

-Por que?- Jimin pergunta preocupado enquanto eu fico parada como estátua tentando assimilar tudo que estava acontecendo. Sou muito lerda.

-Pelos fato de voce ter saido cedo e perdido o dia de treino- Namjoon começa a explicar- Se ele descobrir que esta tento relações com a S/N pode prejudica-la, sem contar as fãs malucas que podem feri-la. Se a emprensa descibrir vai dar muita polêmica o que segundo ele pode atrapalhar nossa carreira. Nada contra você S/N- ele diz desviando o olhar pra mim.

Nos sentamos no sofá chocados. Ele ainda segurava firme em minha mao. Estava pensando no que fazer pra evitar escandalos. Nao tem jeito. Preciso me afastar e nao o atrapalhar. 

Por um momento minha vida perdeu totalmente o sentido e eu estava pensando varias coisas e ao mesmo tempo em nada. Eu olhava fixamente pro chão pensando no que fazer naquele momento delicado.

S/N off 

Jimin on 

Eu estava ali ao lado dela pensando no que fazer. Vi em seus olhos a total preocupação. Mas a unica coisa que eu pensava era que eu nunca me perdoaria se deixassem machuca-la novamente. Eu ja desisti de contar as vezes que fui irresponsável e nao cuidei direito dela.

Isso me doia. Mas eu também precisava pensar nos meninos que nao tinham culpa de nada e estavam levando sermão por erros meus. Eu sempre fui muito irresponsável com essas coisas de midia e por fim precisava pensar muito antes de qualquer ato.

Pensei,pensei e pensei. Nao podia levar ela pra casa agora. Ela estava assustada. Nao tinhamos reações. Tudo podia piorar e ficar cada vez mais serio. Nao estava preocupado com minha carreira. Mas sim com a dos meninos. Seria im total escandalo.

Eu nao queria deixa-la. Ninguém nunca vai entender o quanto ela e importante pra mim. Apenas eu sinto isso. Eu sinto uma grande vontade de ter ela so pra mim. Que o ultimo rosto que eu veja antes de dormir e a ultima voz que eu escute seja a dela. 

Nao sei expressar sentimentos,tenho problemas com isso. Medo talvez. Aquele medo que todo mundo sente nao querendo se magoar de novo. Voce insiste tanto nas pessoas que nao valiam a pena que quando voce encontra a pessoa certa desiste sem ao menos tentar. 

Jimin off 

S/N on 

Jimin parecia muito pensativo. Enquanto eu estava pensando em como me afastar dele sem o magoar. Preciso me ocupar.

Daqui a dois dias sera minha prova. Talvez voltar a estudar como louca o fara desistir de mim por conta própria. Focar no trabalho e ser mais séria. Nao quero fazer estrago na vida de mais ninguém. Ja nao basta o escanda-lo da briga dele e do V. Agora eu estava quase separando a banda. Me preocupo cada vez mais com isso.

-Preciso ir.

-Nao pode- Jimin segura meu pulso tentando me impedir.

-Ta tudo bem ChimChim,eu pego um taxi- ele me solta percebendo que estava apertando e me olha assustado com seu próprio ato.

Ele fica sem reaçao alguma. Dou um selar em seu rosto e vou em direçao a porta. Naquele momento so estavamos nos dois ali paralisados na sala entao logo saio fechando a porta. 

Desço rápido as escadas e logo entro em um taxi. Vou olhando pela janela e pensando o por que de sempre estragar a vida das pessoas. Algumas lagrimas caem involuntariamente. Eu tento me segurar.

Por mais que eu nao tenha o mais forte sentimento pelo Jimin eu o amo de alguma forma qual nao sei explicar nem demonstrar. O fato de estar do seu lado e sentir que ele me corresponde ja e o suficiente. 

Nao sera facil evita-lo mas sera o melhor pra todos os garotos. 

Esta decidido. Vou focar mais nos estudos e tentar arranjar outro emprego pra me distanciar. Me mudar para um apartamento e morar sozinha pra nao dar dispesas a minha avó. Eu me sentirei melhor em saber que estou pagando minhas próprias dispesas e nao sou peso pra ninguem.

~~~~~~~~~~~

O taxi me deixou na porta de casa. Paguei e entrei correndo pra evitar qualquer ataque novamente. Eu confesso estar um pouco com medo do que algumas fãs podem fazer. Queria entender o que ouve noite passada. E foi ai que percebi ainda estar com o moletom do Mark comigo. Di um suspiro e tranquei a porta. Corri pro meu quarto que eu sentia muita falta

Tomei um banho quente e demorado enquanto tantava organizar todos meus pensamentos. Coloquei um pijama qualquer e fui tomar um copo de água antes de me jogar na cama e dormi.

-Por onde anda?- quando me viro minha avó esta encostada na porta da cozinha.

-Aaaaa vó. Minha vida tem estado muito corrida ultimamente. 

-O que sao essas marcas?

Nos sentamos e eu expliquei o básico a ela. Sobre os garotos o Mark, as fãs. Nao queria preocupa-la muito. Ja estava sendo um peso.

Expliquei meu planos. Que daqui dois dias fazeria a prova e logo procuraria outro emprego para mudar para um apartamento.

-Voce sabe que nao posso interferir na sua vida. Estou torcendo por voce querida. Eu so quero lhe pedir que venha sempre que quiser me visitar. Vou estar sempre aqui.

Nos abraçamos e eu disseboa noite. Fui para o meu quarto e por fim me joguei na cama. Nao demorou muito  para que eu apagasse. Tudo estava me cansando muito e eu precisava de uma longa noite de sono ja que no dia seguinte seria sábado.

~~~~~~~~~~

Acordei 12:44 com o Jimin se aconxegando ao meu lado na cama. Virei pra ele e dei um leve sorriso -ainda com os olhos fechados- me esquecendo de todos os problemas. Olhei pro lado da janela e vi o céu desabar la fora. Abracei o Jimin e fechei meu olhos na esperança de dormir novamente. 

Sinto leves selares em meu rosto . Abro os olhos com um pouco de dificuldade por conta da claridade e vejo Jimin me fazendo carinhos. Retribuo.

-Bom dia anã- ele diz sorrindo.

Olhei no relógio ao lado da cama em cima da comoda  e vi que ja eram 14:00 horas.

-Meu santo G-Dragon!- me levanto e corro pro banheiro ouvindo as gargalhadas do Jimin. Ai que me lembro que chovia entao me acalmo.

Faço minha higienes matinais e arrumo meus cabelos. Continuo com pijama por estar chovendo e eu provavelmente nao iria sair de casa mesmo. Chamo o Jimin pra ir comigo a cozinha e o mesmo me ignora. Fui sozinha mesmo e comi alguns biscoitos com toddynho.

Volto pra me deitar com o Jimin que estava largado na cama olhando o teto.

-Folgado!

-Aish. Deita aqui anã- ele bate do lado dele.

Me deitei no seu peito e ficamos assim por um bom tempo. Conversavamos coisas aleatórias e descutiamos o que iriamos fazer.


Notas Finais


🐾Desculpem o cap bosta
🌸Prometo melhorar
🍭Obrigado pelos favoritos❤
🌼Perdoem os erros porque eu nao revisei ( sono falo mais alto)💙

Gente me desculpem as confusões com os pensamentos,horários e datas porque por mais que eu releia os outro capitulos pra tentar escrever o proximo me embaralho toda sempre.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...