História Uma carta para um amor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 348
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Quatro horas da madrugs meixmo, se reclamar posto outro às cinco

Aproveitem a leitura

Beijos neon (vi isso em uma fanfic e amei) ❤❤

Capítulo 1 - Eu te esperei


Fanfic / Fanfiction Uma carta para um amor - Capítulo 1 - Eu te esperei

"Querido John,

Eu te esperei. Sempre estive ali, pronta para correr até você, te abraçar e encher o seu rosto de beijos. Mas... Você nunca voltou.

Você ainda lembra o motivo de ter ido embora? Eu lembro. Você foi embora quando soube da minha gravidez, me deixando sozinha. E eu te esperei. Aguentei tudo, cada dor, cada sofrimento, cada noite em claro, cada lágrima. Mas você não veio.

Hoje, depois de mais de quinze anos que você se foi, ela tem 19 anos. É linda, cabelos castanhos claros com as pontas azuis, pele morena, olhos castanhos... Trabalha de dia em uma loja qualquer e vai para a faculdade a noite, caso queira saber, ela faz moda. Entende que o próprio pai a abandonou, mas prefere acreditar que foi só uma viagem e que um dia irá voltar.

Sabe qual pedido ela faz sempre que assopra as velas no aniversário? A sua volta.

Enfim, chega de falar da Elena, vamos falar um pouco de mim. Hoje eu tenho 39 anos, trabalho como arquiteta e urbanista, tenho uma vida quase perfeita e moro em New York. Mas a pergunta é: será que você se importa? Acho que não... Se você se importasse estaria aqui, não é mesmo?

Mas agora, nada mais importa... Elena mora sozinha em um apartamento, mas sempre que pode vem me visitar, então passo a maior parte do tempo sozinha, pensando em como tudo poderia ser diferente...

Vou finalizar essa carta, antes que me arrependa de ter começado.

Eu te amo, sempre te amei e sempre irei te amar, mas não sei se vou te esperar para sempre.

               Da sua amada, 

Madison"

Assim que terminou a carta, Madison deixou​ no balcão da cozinha, com um bilhete dizendo "envie isso ao John, mesmo que não funcione" para sua filha e correu em direção ao banheiro com uma caixinha nas mãos

-Se não posso viver feliz, por que viver? - Disse ao seu reflexo no espelho.

Pegou uma das lâminas na caixinha e fez cortes profundos em sua pele, vendo o sangue pingar e escorrer pela pia do banheiro.

Assim que fez seu sexto e último corte, caiu no chão. Morta.


Notas Finais


E é isso, meus amores...

Beijos cheios de glitter, purpurina e luz ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...