História Uma chama em meio ao caos. - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~FerLeal

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Apocalipse, Chamas, Fogo, Gelo
Exibições 14
Palavras 385
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Capitu pequeninho porquê sim.

Oi genti
Deixa eu contar uma piada
Porque esse cap ta melancólico demais.

Sabe qual é o pokémon q tem duas picas?
O pikatwo

HUAHAUAHAUAHAUAHUAAHUAHAUAHAUUAHUAHAUUAHAHAUAHAUAHAUAHAUAHAHHAUA

ta pode ir no capítulo
Boa sorte
ah espera
O capítulo fala sobre a história do caos
Quem ele foi antes de se tornar O Caos.
'-'

Capítulo 16 - A história do caos.


Era noite, Leandro voltava para casa entristecido, pois suas notas estavam da cor das calcinhas de sua mãe, mas ele não sabia o porquê, ele não se preocupava com os estudos na verdade não se preocupava com nada....

Quando Leandro tinha 13 anos de idade seu pai morreu por ser bandido e a mãe sem ter como se sustentar e ao filho também casou-se novamente, com um homem rígido e cruel. As vezes na calada da noite, Leandro ouvia gritos e gemidos, mas não eram de prazer… ao contrário eram de dor e vinham do quarto em que a mãe dormia.

***

Leandro saiu de casa.

Foi morar com seu tio Curtis.

Curtis era traficante e transformou seu sobrinho no mesmo.

Porém  Leandro não era um capanga normal, ele tinha algo… digamos, especial.

 

***

Em um tiroteio contra ‘alemães’ ( Forma como chamam qualquer tipo de inimigo.) Curtis morre com dois tiros no peito e suas últimas palavras são dirigidas ao sobrinho.

-Vingue minha irmã e mate aquele desgraçado…  - Nenhuma lágrima escorreu, nem mesmo uma pequena quantia. Curtis fechou os olhos e foi aí que brotou uma lágrima na bochecha.

-Não se preocupe, meu tio.

***

Batidas enfurecidas na porta.

Uma senhora de idade abre.

Ela enxuga as mãos na toalha.

-Onde é que está aquele infeliz? Onde? - A senhora era a mãe dele. Ela não falou nada só apontou para o quarto.

Em um chute, Leandro alcançou seu objetivo que era achar seu padrasto. Ele estava sentado em um sofá com uma cerveja em uma das mãos e a outra descansando em cima da barriga.

Não deu tempo de ninguém falar nada. O estalo do gatilho da arma fez com que o silêncio reinasse. Ele havia matado o gordo.

***

Leandro teve que fugir, pois sua própria mãe jurou ligar para a polícia.

***

Agora ele trabalhava de “caçador de recompensa” que era mais ou menos alguém contratava ele e ele matava com um único tiro.

***

A transformação ocorreu quando uma garota o contratou para matar seus pais. Eles estava seguindo o casal quando de repente sentiu uma leve dor de garganta e essa dor foi aumentando até que se transformou em um desmaio.

Ele acorda

E já não é mais o mesmo.

Está mais poderoso.

 

E assim nasceu o caos.


Notas Finais


Tchau genti
Obrigadenha pelo tempo
Que você passou lendo essa fanfic até aqui.
'-'

Ta
Te amo ser humaninho lindo ♥

Tchau
Beijinhos de uvinhas ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...