História Uma Chamada Para Jimin. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Casal, Idol, Ídolo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Namoro, Rap Monster, Revelaçoes, Romance, Suga, Violencia
Visualizações 401
Palavras 3.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aqui estou eu mais uma vez com outra tentativa de uma boa fic, essa será sobre nosso querido ChimChim, e ela vai ter muitas surpresas então se prepare!!! Espero que goste!!!!

Bos Leitura!!!

Capítulo 1 - Aquele Número!


Fanfic / Fanfiction Uma Chamada Para Jimin. - Capítulo 1 - Aquele Número!

           Park Jimin/on.

- Droga, não acredito que perdi de novo! - falou J-Hope.

Ele se jogou para trás caindo em cima dos travesseiros.

- Ele já ganhou pela quinta vez seguida - disse Taehyung.

Eu ri, olhei para a cama de solteiro ao lado da nossa e avistei Yoongi deitado agarrado aos travesseiros, nos olhava jogar cartas com cara de sono, flaguei ele cochilando algumas vezes, mas agora se encontrava bem acordado, mas não demonstrava, estava com os olhos entreabertos.

- O Jimin é realmente muito bom - comentou Suga - duvido muito vocês conseguirem ganhar dele mais uma vez.

- Eu consegui ganhar dele duas vezes - disse Taehyung.

- Você só teve sorte! - falei sorrindo - mas ainda assim Hobi não conseguiu ganhar nenhuma vez sequer.

- Eu vou conseguir na próxima, Jimin!

- Ei Jimin, Hoseok... - começou Suga - Vamos deixar as coisas mais interessantes, o que acham?

- Suga hyung, por que não vem jogar? - perguntou Hoseok.

- Prefiro olhar, e então, vocês querem deixar as coisas mais sérias ou não?

- Eu acho que seria muito interessante, que tal Jiminie contra o Hobi? - acrescentou Tae.

- Pode ser - respondeu Suga.

- Eu aceito - falei.

Hoseok olhou para mim e então riu.

- Ta bom! Também aceito. - cedeu ele - E então, como vai ser?

- Vai ser um tipo de desafio - começou Suga - aquele que perder terá que pegar o número de alguém desconhecido e totalmente aleatório e então trocar mensagens com essa pessoa.

- Nossa! É realmente um grande desafio! - falou Hoseok.

- Isso é meio perigoso, hyung - disse Taehyung.

Achei perigoso também, mas não queria dispensar esse desafio, eu havia ganhado cinco rodadas seguidas, era só mais uma. 

Não tem como eu perder agora, pensei, então disse:

- Ainda assim eu aceito.

- Eu também aceito.

- Hobi hyung, se não quiser...

- Mas eu quero, eu não vou perder! Não dessa vez!

Nós rimos juntos. 

Então V embaralhou e entregou as cartas para mim e Hoseok, jogamos na cama de casal enquanto Suga e Taehyung olhavam e comentavam da outra cama. Não sei o que aconteceu, fiz as mesmas jogadas e usei as mesmas estratégias, mas nada disso estava funcionando. Droga! Se continuasse assim eu iria perder.

Foi então que o jogo finalmente terminou, não deu tempo de eu pensar numa próxima jogada ou estratégia, Hoseok foi mais rápido.

- ISSOOOOOOOOO - gritou ele pulando na cama.

- Jung Hoseok é o vencedor - informou V de pé na cama com o sorriso no rosto, até Yoongi riu.

- Sinto muito, Jimin - falou Suga - mas vai ter que cumprir o desafio!

Ele levantou meu celular e então o jogou para mim, logo estavam todos ao meu redor olhando a tela do aparelho em minhas mãos, achei o número de uma pessoa qualquer num aplicativo para socialização.

- Eu escolho esse! - falei - ta bom, o que eu mando?

- Acho melhor começar com um "oi", tente conhecer a pessoa antes de perguntar ou dizer qualquer coisa - disse Hoseok.

Adicionei aos meus contatos e logo a foto de perfil apareceu, era uma garota, muito bonita por sinal, ouvi murmúrios dos garotos como "wooow ela é realmente bonita" "Jimin conseguiu o contato de uma garota tão bonita, que sorte!"....

Mandei um "oi" e larguei o celular. Pensei que ela demoraria muito pra responder, mas então depois de uns cinco minutos o celular apitou indicando que uma mensagem havia chegado.

- Nossa - falou V - Foi realmente rápido, nada mal.

Olhei no celular e vi a mensagem: Oi, quem é! 

Eu não podia dizer que era Park Jimin do BTS, então eu teria que inventar um nome, inventar uma pessoa e me passar por ela, os garotos não diziam muito o que eu deveria escrever, apenas olhavam, riam e faziam comentários.

   

       Mensagem de Texto

Jimin: Meu nome é Park Taeboo, eu gosto muito de fazer novas amizades, por isso peguei seu número, sei que é estranho eu chegar falando assim do nada, mas é uma ótima oportunidade para nos conhecermos.

S/N: Também gosto de fazer novas amizades, meu nome é S/N! É um prazer conhece-lo Park Taeboo! Mas por que a sua foto de perfil é o Jimin hyung do Bangtan Boys?

Jimin: Porque eu sou muito fã deles, o Jimin  é meu bias, eu sou ARMY!

S/N: Sério? Nossa!!! Eu também, o Jimin é o meu bias também!! Ele é uma das pessoas mais importantes pra mim.


Foi meio estranho, nunca pensei que conversaria tão abertamente e diretamente com uma ARMY assim, e nunca pensei que conversaria sobre mim mesmo com uma fã. Me senti meio mal por mentir o meu nome e quem eu era assim pra ela, mas eu não podi revelar minha identidade real, ela não acreditaria, e também, eu não posso arriscar.

Apesar de tudo eu gostei, era legal conversar com uma fã, saber o que ela pensa do grupo e tudo mais. Uma vontade imensa de conversar com ela e perguntar coisas sobre o Bangtan começou a surgir de repente dentro de mim.

- Nossa! Você é mesmo sortudo - disse V - conseguiu o contato de uma garota bonita e que é ARMY.

- Eu não esperava que isso fosse acontecer - comentou Suga - pensei que ele pegaria o número de alguém chato e estranho.

Ele estava com aquela cara emburrada e meio decepcionado.

- Pelo menos eu ganhei! - disse Hoseok orgulhoso de sua "conquista".

- Até pra isso eu tenho sorte - falei sorrindo.

A porta do quarto se abriu e Jin apareceu do outro lado, olhou pra gente então disse:

- O frango já chegou! Vamos comer.

Jin saiu com V e J-Hope. Eu olhei para a conversa com S/N e quando ia digitar algo para ela, Suga chamou minha atenção:

- Jimin!

- Ãh?

- Você sabe que  isso não passou de uma brincadeira, né?

- O que? Esse negócio do desafio e tudo mais?

- É! Isso mesmo - ele ficou de pé na minha frente, sua cara não estava nada boa.

- Seria muito falta de educação parar de responder a S/N assim do nada.

- Era disso que eu estava com medo que acontece, você não pode se apegar.

- Mas eu não estou me apegando, só acho que não seria uma coisa boa de se fazer, ela é uma ARMY, é nossa fã, eu não posso só jogar tudo isso pro ar como se nada tivesse acontecido.

- Jimin, você sabe o que deve ser feito, bloqueia o número dela e depois exclui ele.

- Por que você propôs esse desafio então?

- Eu já disse! Eu não esperava que isso fosse acontecer, olha, vamos esquecer esse assunto um pouco - ele parouu de falar e foi até a porta do quarto, antes de sair virou-se e falou - Jimin, vamos comer, deixe a S/N.

Então ele saiu. Olhei no celular pra ver se S/N tinha mandado mais alguma coisa, mas ela não mandou nada, eu larguei o aparelho e desci para comer.

Enquanto comiamos chegamos a comentar sobre o jogo de cartas e o desafio, Namjoon e Jin disseram que era perigo, mas que eu tinha muita sorte. Jungkook disse que conseguiria ganhar de mim várias vezes ao contrário de J-Hope, não duvido disso, Jungkook é muito bom nessas coisas.

Suga por outro lado não comentou sobre o assunto, eu sabia que ele estava arrependido de fazer aquele desafio.

Depois um tempo chegou a hora de dormir, eu dormia na cama de casal com algum outro membro, mas naquela noite preferi dormir sozinho na cama de solteiro.

- Jiminie - comentou V - por que você vai dormir sozinho? Essa função é do Suga.

- Espero que não seja para poder mexer no celular escondido, Jimin - comentou Suga entrando no quarto.

Encarei ele e não disse nada, ele havia acertado, eu queria mexer no celular e falar com a S/N. Suga já estava me tirando do sério, mas preferi não comentar nada.

Dormimos eu na cama de solteiro, Suga e V na de casal e os outros membros nos outros quartos do hotel, S/N não havia mandado nenhuma mensagem, e eu ainda queria falar mais com ela.

No outro dia nós voltamos para a Coréia encerrando então a turnê, eu estava muito cansado de tantos shows, mas fiquei feliz em saber que teríamos um tempo de folga.

Por dois dias eu não mandei nada para S/N e ela também não me mandou nada, nós não falamos mais do assunto, e Suga parou de me incomodar com isso.

Foi então que decidi mandar um "oi" para ela, que foi respondido depois de meia pensar


      Mensagem de Texto

Jimin: Oi

S/N: Oi, desculpa a demora, estava muito ocupada com o hospital, tivemos muitas emergências nesses últimos dias.

Jimin: Você é médica? Incrível! É um trabalho muito difícil.

S/N: É! Muito obrigado, e você é o que?

Jimin: Estou desempregado.

Não consegui pensar em nada melhor, eu já pensei no que seria caso não estivesse no BTS, mas sempre que ela perguntava algo sobre mim um nervosismo percorria meu corpo por inteiro, mentir para S/N era horrível.

S/N: Sei, tomara que você consiga logo um emprego. Fightin!


Comecei a conversar com ela todos os dias, era ótimo conversar com uma fã, saber o que ela pensa do grupo, descobri que ela ama muito a gente e se preocupa conosco, depois de nossas conversas eu comecei a pensar mais nas ARMYs, comecei a me preocupar mais com elas também.

Conversei escondido, o Suga não perguntou mais sobre o assunto, ele devia estar pensando que eu cortei contatos com ela, mas estava errado, nós tínhamos longas conversas sempre que deva tempo, eu sempre estava ocupado com a BigHit, e /S/N não era diferente com o hospital.

Mas nossas conversas eram longas e legais, eu não gostava muito de falar de mim, pois tinha que ficar inventando mentiras e eu não me sentia bem fazendo isso. Para S/N eu era Park Taeboo, eu gostaria muito de dizer meu verdadeiro nome, minha verdadeira identidade, mas eu não podia.... Ainda não.

Eu estava num programa de entretenimento, o programa durou por pelo menos uma hora, foi bem divertido, depois das gravações nós comemos e saímos do estúdio, o caminho para o carro estava cheio de fãs, elas ficavam atrás das correntes tirando foto e filmando.O manager disse pra ir um de cada vez para o carro, assim as fãs poderiam aproveitar melhor cada membro.

Jungkook, Taehyung e então eu, saí andando olhando para as fãs ao redor, dei alguns acenos, passei a mão no cabelo e então uma surpresa imensa me tomou quando olhei para o lado e vi ela, S/N.

S/N estava no meio das fãs, segurava seu celular com a câmera apontada para mim, parei de andar e fiquei alí paralisado, olhando ela, S/N era mais linda pessoalmente, ela ficou olhando para mim também por cima do celular.

Fiquei com vontade de ir lá e falar pessoalmente com ela, mas para ela eu era Park Taehoo, um simples ARMY desempregado e não Park Jimin, um K-idol.

- Ei Jimin! - escutei Namjoon falado atrás de mim - vamos, por que parou?

Ele passou e continuou andando, dei uma ultima olhada para S/N e então sem um "tchau" desviei os olhos e fui para o carro.

Fiquei inquieto dentro do carro, olhei inúmeras vezes o celular, mas nada apareceu, nada que fosse da S/N, e era isso que eu estava esperando.

Chegamos em casa depois de um tempo, peguei o celular, mas antes mesmo de ligar a tela do mesmo Suga surgiu atrás de mim e disse:

- O que está fazendo?

Me virei e olhei para ele, Taehyung e Hoseok chegaram logo atrás.

- Por que quer saber? - perguntei.

- Acho qu você sabe o porquê - respondeu ele - eu vi você hoje, depois do programa, você encontrou ela, não foi? A S/N.

- Sim Yoongi, sim... Eu encontrei ela. Mas isso não tem nada haver com o celular, tem?

- Você sabe muito bem que tem haver com o celular.

- Eu não tenho culpa se ela estava lá.

- Mas você não precisava ter parado pra ficar observando ela.

- Por que você implica tanto com isso? E daí se ela descobrir que está conversando com um idol? E daí se eu e ela resolvermos nos encontrar pessoalmente? Você não tem nada haver com isso, Yoongi.

- Você ainda mantém contato com ela? Fala a verdade!

Eu exitei, ele sabia muito bem que eu continuava falando com ela, então simplesmente resolvi afirmar de uma vez.

- Sim.

- Eu sabia.

Aquilo estava me deixando muito nervoso.

- E vocês? - falei olhando para Hoseok e Taehyung.

- Bom, - começou Taehyung - Suga hyung disse que precisava resolver algo muito importante e queria que nós estivéssemos presente.

- É - confirmou J-Hope - ele nos chamou pra vim falar com você também.

- Então vocês concordam com ele? Vocês concordam com o Yoongi?

- Se ele nos dissesse porque está fazendo tudo isso por causa de uma garota poderíamos dize se concordamos ou não - respondeu J-Hope.

- Eu não concordo - disse V num sobressalto. 

Ele passou na frente de Suga e ficou ao meu lado, logo estava J-Hope e Suga lado a lado de frente para mim e Taehyung, bem no meio da sala, os outros membros deveriam estar em qualquer outro lugar, mas eu esperava que nenhum deles se metesse nesse assunto, lidar com Suga já estava bem difícil.

- Eu acho que Jimin deve fazer o que ele achar certo - continuou V - Você não pode ficar falando o que ele deve ou não deve fazer, hyung.

- Mas eu ainda quero muito saber. Por que você não quer que eu fale com a S/N? Eu não entendo!

- Jimin, por favor me escuta, larga a S/N de lado, esquece ela, você só vai sofrer se continuar com essas mensagens.

Suga saiu da sala, J-Hope olhou para mim sem saber o que dizer então só disse "desculpa" e saiu de cena, olhei para Taehyung.

- Droga! - falei passando as mãos no cabelo e sentando no sofá, fiquei jogado nele, Taehyung sentou-se ao meu lado com uma cara de tristeza - o que eu devo fazer, Tae?

- Tente conversar com o Yoongi hyung, não sei porque ele está fazendo isso, mas tem que ter um porquê! E de qualquer forma não perca contato com a S/N, tenho certeza que ela gosta muito de você.

Aquele conselho não foi nada mal, Taehyung levantou-se e saiu de cena, percebi que o celular ainda se encontrava em minha mão, peguei uma das almofadas que estavam ali e a abracei, liguei o celular por cima da mesma e vi que tinha uma mensagem, era de S/N.


     Mensagem de Texto

S/N: Taeboo, Taeboo, você não vai acredita, hoje eu estava na frente do estúdio Kon, o BTS estava lá!!! E quando saíram o Jimin ficou parado um tempo olhando para mim! Quero dizer, eu acho que foi pra mim, tinha muitas fãs ao meu redor, mas tenho quase certeza que era diretamente pra mim. Eu filmei! Vou mandar o vídeo!!!


Logo abaixo tinha um vídeo que ela mandou, abri o mesmo e vi a filmagem entre as fãs, vi Jungkook passando logo à frente, depois Taehyung e então eu, do mesmo jeitinho, acenei algumas vezes, mas então eu parei alí de frente pra câmera, foi estranho me ver daquele jeito, só agora percebi que estava com cara de bobo, nem piscava, hipnotizado pela S/N, mais um pouco e eu ficaria de boca aberta. Então Namjoon me falou algo e em seguida eu continuei andando.


Jimin: Nossa! Incrível! Tenho certeza que ele estava olhando para você, quero dizer, os olhos dele estavam diretamente direcionados a você, você é linda, S/N, até um idol como o Jimin admitiria isso!

S/N: Sério? Nossa! Obrigado, isso porque você só viu uma foto minha. Enfim vou continuar acreditando que ele olhou pra mim então, já que é isso que você acha.

Jimin: Sim, nunca tive tanta certeza em toda minha vida! ^-^-^

S/N: Que ótimo! Taeboo, você acabou se tornando um dos meus melhores amigos, gostei muito de você. Quando poderemos nos encontrar pessoalmente??


Um nervosismo surgiu ao ler aquilo, pensei que nunca chegaríamos nesse assunto, mas chegamos, e provavelmente teria que contar outra mentira.


Jimi: Pois é, temos que marcar um dia.

S/N: Que tal semana que vem? Vai ter um fanmeeting do BTS no centro de Seul, podemos ir juntos e nos encontrar lá, o ingresso é barato, eu pago pra você.

Jimin: Desculpa, mas eu não moro em Seul, eu moro em Busan, nunca te perguntei onde você mora, mas pensei que fosse em Busan também.

S/N: Sério? Nossa, que decepção! Mas quando você vim pra Seul ou eu ir até aí nós nos encontramos.

Jimin: É uma ótima ideia! 

S/N: Então tá combinado, quando você vier pra cá me avisa, e eu farei o mesmo.

Jimin: Okay.


Felicidade, uma grande felicidade surgiu dentro de mim, eu a encontraria semana que vem, eu nem imaginei que ela fosse ir ao fanmeeting, mas a felicidade não deixou que a tristeza passasse longe, fiquei triste pois ela não saberia que era eu, eu estaria bem ali, com S/N bem na minha frente, eu seris Park Jimin, e não Park Taeboon, o melhor amigo dela. Droga! Senti vontade de contar tudo à ela, mas respirei fundo.

Estava morrendo de sono, mas não levantei dali por um bom tempo, não queria encontrar Suga por aí, por isso fiquei ali mesmo. Acabei adormecendo naquele mesmo lugar, com o celular na mão, e naquele pequeno cochilo eu sonhei com S/N, sonhei que contava toda a verdade a ela e nós dois ficávamos felizes juntos....


Depois daquele dia tudo ficou bem, pelo menos era o que parecia, Yoongi não comentou mais nada comigo, cheguei a falar com Taehyung sobre S/N, mas ele me apoiava a conversar mais com S/N, fiquei sabendo mais sobre a vida, muito mais.

Ela era médica num certo hospital de Seul, trabalhava muito, morava sozinha numa casa própria, muito independente, sua mãe tinha câncer, leucemia, ela estava internada no mesmo hospital que sua filha trabalhava, seu pai foi embora e nunca mais deu notícias, já fazia uns dois anos, ele era traficante de drogas e bebidas alcoólicas, S/N não tinha irmã ou irmão.

A semana do fanmeeting chegou, e eu fiquei muito nervoso, no fanmeeting procurei S/N por todo lado, mas não a encontrou.

Eu tava concentrado falando com uma fã, nem olhei pros lados, foi então que o tempo da fã se esgotou e a próxima veio, era S/N.

- Olá Park Jimin, eu sou S/N.

E finalmente eu e ela estávamos frente a frente! E eu podia dizer o que eu quisesse, e não estas afim de me segurar, eu queria e ia dizer tudo a ela.




Notas Finais


Acho que esse capítulo ficou meio grande rsrsrsrs, mas é isso! Muito obrigado por ler!!! Comente o que achou!!! Até o próximo!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...