História Uma Chamada Para Jimin. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Casal, Idol, Ídolo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Namoro, Rap Monster, Revelaçoes, Romance, Suga, Violencia
Visualizações 37
Palavras 1.397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


~Minkyu~

⚠ATENÇÃO, LEIA ATÉ O FIM⚠

Mudanças nos esqueminhas!

Pois é, talvez você não saiba, mas o meu esquema sempre foi o seguinte: tentar postar semanalmente capítulos bem longos com pelo menos 4.000 palavras.

Porém isso não está dando certo, os capítulos acabam não saindo semanalmente e sim mensalmente e com muito atrasado.

Por isso a partir de hoje eu vou mudar radicalmente minha forma de postar!

Serão capítulos quase TODOS OS DIAS com MENOS PALAVRAS, tipo umas 800 à 1000 por capítulos, claro que terão capítulos com uma excessão que vão sim passar de 2.000 palavras, mas isso vai depender do conteúdo do capítulo.

Bom, aviso dado, isso é para nossa melhoria, espero que vocês tenham gostado. Obg.

⚠⬆LEIA LEIA LEIA⬆⚠


Chega de BLÁ BLÁ BLÁ e BLÁ.

Tenham uma ótima leitura!!!!

Capítulo 4 - Hipnotizado Pelo Vermelho!


Fanfic / Fanfiction Uma Chamada Para Jimin. - Capítulo 4 - Hipnotizado Pelo Vermelho!

Ela levantou a cabeça e me fitou com os olhos ainda cheios de lágrimas e suas bochechas avermelhadas molhadas

- O que? - ela perguntou.

- Isso mesmo, eu quero te ajudar, eu realmente tenho um apartamento no centro de Seul, pode ficar lá o tempo que quiser.

- Mas, esse apartamento... você mora nele?

- Claro que não, eu moro com os outros meninos, mas comprei porque na época eu estava muito animado pra ter um lugar só meu e poder morar sozinho. Só que compensa mais eu morar com os outros membros.

- Entendi... mas eu... não posso aceitar, você já fez muito por mim, não sei se é uma boa ideia.

- Por que não seria? Você precisa de um lugar pra ficar sem um tempo certo pra sair, e eu tenho esse lugar, ta tudo bem. Sem contar que não precisa pagar nada.

- Tem certeza que não é uma má ideia? - ela tinha o olhar muito preocupado, e eu não tinha certeza absoluta, mas de qualquer maneira eu queria fazer aquilo, independente das consequência que viriam.

- S/N - peguei em suas mãos e olhei em seus olhos, não queria mentir, mas também não queria deixá-la nervosa ou algo do tipo - você precisa confiar em mim, admito que não tenho certeza de nada nesse momento, a não ser de uma coisa: eu quero te ajudar e te ver bem! Então não importa as consequências, eu vou estar com você, pode contar com a minha ajuda pro que der e vier.

Ela sorriu de felicidade, não sei se foi porque seus olhos já estavam muito cheios, mas ela chorou e me abraçou, eu entrelacei os braços em volta de seu corpo, nós ficamos alí juntos por alguns pequenos segundos. A soltei e então falei:

- Acho melhor ir arrumar suas coisas, podemos ir pra lá agora mesmo, se não for ruim pra você.

- Sim, agora está ótimo, vou arrumar as malas, por sorte não é muita coisa.

Ela subiu até seu quarto com duas malas e começou colocar suas roupas, eu ajudei, guardamos as roupas, sapatos, colocamos acessórios e maquiagens numa única malinha pequena.

- Bom - eu falei olhando o conjunto de malas triplas no quarto - parece que terminamos.

- Na verdade eu tenho que guardar alguns objetos numas caixas lá em baixo, mas você não precisa ajudar, já fez o suficiente.

- Eu faço questão!

- Não, não, é pouca coisa, na verdade se você descesse essas malas pra mim já seria o suficiente.

- Bom, então tá.

- Okay.

Ela saiu do quarto e eu logo comecei a levar as malas, levei duas de uma só vez e depois voltei pra pegar a terceira. Quando entrei no quarto percebi algo vermelho jogado no tapete um pouco longe da última mala. Fui até aquilo e o peguei, era um lenço.

Mexi nele e o vi de abrindo e revelando sua verdadeira forma, era uma calcinha, S/N deveria ter deixado-a cair.

- Nada mal! - falei sem querer.

Me assustei um pouco com o pensamento impuro que deixei escapar, "você é mesmo um pervertido" pensei. A mala de roupas já estava lá em baixo, então eu só tinha que descer e colocar lá, muito simples. Mas eu continuava olhando aquela peça de roupa, como um touro hipnotizado pelo vermelho.

- Jimin, eu já acabei.

A voz de S/N vinda de fora do quarto me assustou, fiquei tão nervoso que coloquei a calcinha rapidamente no bolso da calça. Ela entrou e me viu parado no meio do quarto, longe da mala e meio mostrando um pouco de nervosismo. E se ela tivesse entrado antes e me visto fitando sua calcinha?

- O que tá fazendo aí parado?

- O quê? Eu também terminei, só vou levar essa última mala aqui - falei mudando totalmente de assunto, passei a mão no bolso sentindo a roupa alí, que situação embaraçosa - vamos?

Saí do quarto segurando a pequena mala e ela veio logo atrás.

Levamos as malas e as caixas para o carro, depois ela fechou a casa e em seguida entramos no automóvel.

- Vai sentir saudades? - perguntei.

-Vou sim, mas eu estou indo pra um lugar melhor, não é?

- Não sei se é tão confortável quanto sua casa, mas pelo menos você vai estar na casa de um idol.*risos*

- Você tem razão - comentou entre risos - isso já torna as coisas melhores.

Liguei o carro e fomos em direção ao apartamento.

- Falou com os meninos? - ela perguntou, foi a primeira coisa que disse depois de uns minutos.

- Falei - respondi.

- E como foi?

- Foi bem, na verdade foi melhor que eu pensei, pelo jeito o Yoongi já tá de boa com o fato de eu e você estarmos próximos, Namjoon está totalmente do meu lado e deixou bem claro que o que eu decidir fazer é problema meu, mas disse pra mim tomar cuidado com a mídia, ninguém, ninguém mesmo pode saber que eu estou muito próximo de uma fã, o BTS não pode se envolver em polêmica, ou melhor dizendo, eu não posso.

- Entendi, que bom que está  tudo bem, eu não quero ser motivo de briga entre vocês, e sobre esse negócio da mídia, não se preocupe, sei bem como funciona, nossa pequena relação pode prejudicar todo o Bangtan.

Ela falou como se realmente entendesse do que a mídia se tratava e como ela podia ser perigosa, mas decidi ignorar.

- Você nunca foi o motivo de briga, o Yoongi que pensou que eu tenho ou teria futuramente algo à mais com você, mas somos apenas amigos.

- Você não contou sobre o beijo, não é? - ela perguntou, de novo esse assunto do beijo, eu ficava muito sem graça sobre isso, mas naquele momento decidi que não deveria me envergonhar tanto.

- Apenas Namjoon sabe.

- Ah tá, sei, eu realmente me arrependo por aquilo... quero dizer, não que eu não tenha gostado, mas não devia ter acontecido, não porque eu não queria, na verdade eu não queria, mas algo me puxou, é que foi impulso, mas eu...

- Calma, calma - falei ao ver que ela estava se enrolando muito - não precisa dar explicação, nós nos beijamos e pronto, não vejo problema em um pequeno beijo.

- É, um beijo não significa nada.

- Significa muito para algumas pessoas - respondi.

- Sim, pra mim significa, não que aquele beijo tenha significado, quero dizer... significou muito, mas não desse jeito, é que eu...

Ela parou de falar ao escutar meus risos, S/N sorriu pra mim e se mostrou meio envergonhada.

- Desculpa, é o nervosismo - disse ela.

- Tudo bem! Isso é normal, tente esquecer o assunto do beijo um pouquinho. E se preocupe com sua nova moradia, porquê nós chegamos - falei parando o carro no estacionamento do prédio.

- Uauuuu, é realmente grande - ela falou olhando para cima e fitando o grande prédio onde o apartamento se encontrava.

- Pois é, bem grande, acho que você vai gostar.

- Só de você está me emprestando já me faz gostar muito!

- Que ótimo! Bom, então é melhor entrarmos.

Pegamos a bagagem e entramos no prédio, eu conversei com a recepcionista e disse que tinha uma convidada que ia ficar alguns dias morando no meu apartamento, após isso fomos para o elevador, subimos até o andar do apartamento, chegamos em frente à porta, eu disse a senha à S/N e depois digitei a mesma no aparelho ao lado, a porta abriu-se sozinha automaticamente assim que terminei de digitar.

Saí da frente e olhei para S/N, demonstrando que ela deveria entrar primeiro, ela entrou e olhou em volta, ficou deslumbrada pelo apartamento, admito que era realmente bonito e não me surpreendi dela ter aquela reação.

- Nossa! É lindo, lógico que eu vou gostar daqui!

- Que bom - falei entrando com o resto da bagagem.

- Pode escolher um quarto pra você, não tem problema, fique a vontade, coma o que quiser, faça o que quiser e... - tentei pensar em mais algo pra dizer, mas não veio nada na minha mente. 

- Jimin, eu vou ficar bem, pode deixar, não precisa se preocupar.

- Bom, qualquer coisa você me liga, eu vou ir pra casa, mas depois nos falamos.

- Okay, eu vou arrumar as minhas coisas.

S/N me acompanhou até a porta, saí do apartamento com muita vontade de ficar mais e ajudá-la a arrumar suas coisas, mas queria deixá-la mais sozinha para se sentir confortável, peguei o carro e enquanto dirigia pensava em como os garotos reagiriam quando eu contasse que S/N estava morando no meu apartamento por tempo indeterminado.






Notas Finais


Fim! Talvez esse capítulo tenha ficado um pouco mais grande, mas já sabe, né? A partir daqui vai mudar.

Muito Obg por ler, não esqueça de favoritar e ler o próximo, todo elogio, obervação e crítica é bem vindo, por isso deixe seu comentário dizendo o que está achando da história.

Até o próximo bye byeee!😘😘

~Minkyu~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...