História Uma Chance para a Felicidade - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ib, Mad Father, The Witch's House, Undertale
Personagens Aya Drevis, Chara, Dio "Blonde Boy", Dr. Alfred Drevis, Ellen, Frisk, Garry, Ib, Mary, Personagens Originais
Tags Castelo Mogeko, Crossover, Mad Father, The Witchs House
Exibições 40
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey Darlings! Este capítulo eu puxei um pouco mais o assunto sobre o RPG undertale.

Capítulo 13 - Capítulo 13


Fanfic / Fanfiction Uma Chance para a Felicidade - Capítulo 13 - Capítulo 13

Aya vestia um vestido amarelo rodado,com um laço roxo na cabeça,usando apenas um gloss fraco nos lábios,arrumava uma cesta com sanduíches e uma térmica de suco.Esperava Ib e Garry ja que eles iriam ir juntos.Algumas batidas na porta da casa anunciaram a chegada dos jovens.

--Aya-chan!! -- A morena abraçou a maior.

--Ib!

   Aya percebeu a presença de Gary e Mary,Gary como sempre a olhava amigavelmente enquanto a loira a fuzilava com o olhar.

--Podemos ir logo? -- Mary bateu o pé no chão.

--Claro que sim,só vou buscar a cesta-- A de olhos azuis sorriu e foi buscar a cesta.

   Garry deu uma cotovelada em Mary,que passou a mão no lugar atingido mostrando a lingua para o maior.Ib ria com a reação.

   Aya chegou com a cesta na mão e um sorriso no rosto e os quatro foram para o local do piquenique onde Chara e Frisk estariam os esperando.

   Mais ao longe, Frisk e Chara estavam sentadas sobre uma árvore com as mãos entrelaçadas e Frisk com a cabeça apoiada no ombro de Chara.Assim que Frisk avistou os quatro se levantou em um salto acenando para o grupo,seguida de um longo suspiro de Chara.

   Depois que todos se encontraram e se cumprimentaram,Gary pegou o seu violão e começou a tocar doces melodias,Mary abraçou Ib e não soltou até a de olhos vermelhos dizer "chega".Aya pegou seu grande caderno de desenhos, e começou a esboçar um novo e elegante vestido.

   Depois de um tempo,Mary,Frisk e Aya começaram a arrumar a toalha de piquenique com os lanches em cima,enquanto Gary e Ib namoravam e Chara observava as nuvens.

   Depois de tudo pronto,todos se sentaram sobre a toalha e começaram a conversar sobre coisas aleatórias.

--Gostaram da minha performance tocando?--Gary mordeu o sanduíche.

--Sim! Voce é talentoso.--Falou Ib corando um pouco.

--Ficou legal

--Concordo com Mary--sorriu a maior tentando ter um bom relacionamento com todos.Mas que Mary deu de ombros.

--Ah!! Olá Papyrus!! --Frisk abraçou Ib. -- Olá Sans! --A morena de cabelo Chanel acenou para Gary.--Alphys!!!--A mesma abraçou a loira. --Toriel! --Falou abraçando Aya.

--Frisk,Frisk não é real. --Chara falou com desânimo.

Frisk abraçou Chara...

--C-claro que é...Você não está vendo? Pap esta ali..--Apontou para Ib, -- Alphys esta ali...--Apontou para Mary -- Gaster ali --Apontou para Garry -- E ali...Ta Toriel -- Apontou pra Aya quase chorando...

-- -.... - Chara sorriu - São sim... agora durma, vai se cansar desse jeito. - acariciou seus cabelos e deitou a cabeça dela em seu colo.

   Chara suspirou e olhou com tristeza para Frisk que estava adormecida em seu colo.

-- O que foi isso? --Disse Gary arregalando os olhos.

--Ela tem esquizofrenia. Ela vê coisas, tanto que acabou criando personagens imaginários. -- disse calmamente, ainda afagando os cabelos da outra.

--Então ela associou esses personagens a nós? -- Aya arriscou o palpite.

--Exatamente,só não sei por que ela a associou com Toriel,talvez seja esse seu jeito de falar que parece ser doce.Se bem que nenhum de vocês tem muito haver com nenhum personagem. Provavelmente ela associou vocês pela aparência. E no caso do Gary, altura.

--Ué eu sou considerado um anão? -- Gary morde um sanduíche.

--VOCÊ É O MAIS ALTO DAQUI!--Exclamou Ib.

--Eu sei, vocês são todas umas formigas de Jardim!

--Eii!

--Você que é uma parede. - disse a menor.

--Fala nada não formiguinha.-- Gary da um selinho na Ib.

   A menor corou violentamente e escondeu o rosto.

--Aqui não!

--OWWWWWWWWWWWWWWWWNNNNNN --disse Mary, eufórica por seu shipp ser cannon, mas ainda um pouco enciumada.

--Opa. -- a menor parou de esconder seu rosto e olhou para Aya, interessada na conversa.

--Vocês são muito fofos juntos! -- Aya sorri

--Nós sabemos Aya,e você nunca disse que tinha interessa amoroso em alguém né?

--Eu não preciso de alguém  para amar--Aya entonou aquilo com rigidez.

--Ué, mas e eu? - a menor disse brincalhona.

--Você é minha! --Gary abraçou Ib.

--G-Gary! -- Ib cobriu o rosto novamente.

--Awwwwwt! Eu shippo! --Aya juntou as mãos sorrindo para o casal.

--Pela primeira vez, eu concordo com ela. -- disse a loira.

   Depois deles comerem os lanches,Aya pegou de sua cesta seu caderno e começou a fazer esboços de novos vestidos enquanto Garry e Ib ficavam namorando.

--Frisk está acordando. -- disse Chara.

   Todos direcionaram os olhares para Frisk. Que esfregava seus olhos.

--Tive um sonho tão louco...

--Que sonho?

--Todos os monstros conseguiram quebrar a barreira e agora estavam vivendo livremente...Eu e meus amigos estavamos fazendo um piquenique que nem esse.

-Isso parece bom! Que bom que eles conseguiram fugir!

   Todos sorriram para as duas e voltaram a fazer suas atividades.Garry pegou seu violao e começou a tocar uma serenata para Ib, a mesma estava com mini corações nos olhos.

--Tão meloso. -- a loira se deitou e olhou para o céu.

--Tenho que concordar Mary-- Falou a morena sem se distrair do desenho.

--Humm... até que você é legal. -- Mary  sorriu para Aya.

--Ué,me achava uma chata?-- Aya olhou para ela arqueando as sobrancelhas.

--Eu sempre acho as pessoas chatas antes de conhece-las. -- deu de ombros

--Menos eu! -- disse a menor enquanto era abraçada por Garry

--É, menos ela.

--Haha..Ib namore direito!-- volto a desenhar.

   A menor ficou totalmente rubra.

-Aya-chan!

   Depois quando começou a escurecer,todos arrumaram suas cestas e foram para suas próprias casas.


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Mil beijos de luz!

E para quem é fã de undertale e gosta de Papyton,por favor de uma checadinha em minha fanfic que estou desenvolvendo com um amigo meu!

https://spiritfanfics.com/historia/one-secret-love-papyton-6524292



Vlw Emi~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...