História Uma Iminente Viagem pelo Desconhecido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Lovecraft, Stephen King
Visualizações 12
Palavras 537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Científica, Mistério, Misticismo, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Essa é a primeira história e capítulo que escrevo e posto aqui, também é o primeiro conto no qual escrevo dentro do gênero de suspense e horror. Espero que gostem!

Me inspirei na forma de Lovecraft de narrar suas histórias pitorescas.

Capítulo 1 - O limiar do onírico


Fanfic / Fanfiction Uma Iminente Viagem pelo Desconhecido - Capítulo 1 - O limiar do onírico

Por que raios eu sonhei com aquilo? 

Me perguntei. Um hábito incoerente e na maioria das vezes inútil meu: me perguntar sobre coisas que eu não faço a mínima ideia da resposta. Nesse momento, na madrugada de mais um dia em minha vida, essa pergunta assombrava minha cabeça já torturada pelas impossíveis e inconcebíveis imagens que minha consciência onírica produziu em meu sono.

As perguntas feitas em busca do conhecimento do desconhecido são o que movem um acadêmico, e esse meu hábito foi concebido a mim pela minha afeição por destrinchar o que eu não conheço. É deveras comum que esse hábito me incentive a buscar respostas sobre um fenômeno, como um incentivo inconsciente para meu ego acadêmico catar as informações escassas sobre o que analiso e dali deduzir algo lógico e provável. Tenho bastante conhecimento sobre a psique humana e sobre como o onírico é influenciado pela realidade.

Dizem que os rostos das pessoas que encontramos nos nossos sonhos são rostos que nossa mente absorve inconscientemente de nossa visão periférica. Além disso, é possível vivenciar um sonho lúcido, ou um sonho no qual você descobre que é um sonho e se mantém no controle dele, quando sua mente desperta para o estado consciente sem acordar o corpo. O despertar da consciência onírica pode ser concebida através de testes de realidade feitos pelo seu ser onírico dentro do sonho, como observar coisas fora do contexto da realidade. Teoricamente, ao presenciar oniricamente algo que desafia a realidade, seu cérebro desperta à consciência se por algum acaso ele estiver condicionado a isso. Já havia experienciado sonhos lúcidos muitas vezes, pois minha mente cientificamente lógica sempre desperta a consciência com eventos que quebram a realidade em meus sonhos.

No entanto, o que me incomodou com o sonho dessa noite, além da total insanidade desmedida do que minha mente pôde criar, foi a minha total lucidez, durante toda a sua extensão, e junto com ela minha total falta de controle perante ele. Por conta da volatilidade do inconsciente humano, eu só posso pensar que algo em meu inconsciente quis pregar uma peça em mim. Algo que nem eu conheço sobre mim mesmo, talvez movido pelos extremos casos de loucura e lendas urbanas que já havia lido aos montes em relatos de alunos a procura de uma rachadura em meu forte cético, construído pelos meus fundamentos científicos e base lógica. Como se já não bastasse o julgamento de meus colegas acadêmicos perante meus trabalhos …

Talvez eu deva admitir a mim mesmo que de todas as histórias, relatos ou contos que meus alunos me desafiaram a achar uma conclusão lógica, existe um que me intriga até hoje, e pelo que pude observar da natureza de meu grotesco pesadelo, esse tal cenário apresentado por um aluno novato a mim tem alguma ligação com o que sonhei noite passada.

… Não … não foi um sonhar. Eu estava em um estado de lucidez muito maior que o normal … E eu realmente senti que algo naquele “cenário onírico” que presenciei em meu sonho, estava fora do contexto não de realidade, mas de cabimento para um simples pesadelo… Foi algo muito pior e maior que isso, e é isso que eu não consigo aceitar …

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...