História Uma Escola de Vampiros. - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, ChiNoMimi, Dajan, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Rosalya, Violette
Tags Colegial, Misterios, Romance, Vampiros
Exibições 44
Palavras 2.215
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Problemas Familiares.


Acordei com o sol clareando o quarto, Castiel não estava lá, ótimo. ele não se segura noite passada, de manhã ele sai pra fazer slá oque e eu fico aqui sofrendo sozinha -.-' brigada seu chato ¬¬'. ok ok, no 3 eu levanto e saio correndo pro banheiro! 1...2...3..., levanto da cama em disparada, e vou correndo para o banheiro. chegando lá caio sentada no vaso. 

-Aiiieee!!!-sim, isso dói! não como doia antes...mas ainda dói, enfim vai doer pra sempre! ¬¬ por culpa de vocês sabem quem. mas quando eu tomar um banho vai passar um pouco, ainda bem que isso ajuda. entro no box e tomo um banho, eu saio enrolada na toalha e secando o cabelo, arrumo minha cama e pego a primeira roupa que vejo no guarda-roupa. desço as escadas e vou tomar meu café, recebo uma mensagem de Sáfira dizendo que ela vai ficar de olho na Debrah com a ajuda das outras meninas, e afirmo. fico feliz que todos estejam me ajudando, aliás o mundo pode estar em perigo. sabe lá oque aquela doida pode fazer..., eu saio e vou a padaria comprar pão (já tinha acabado, hahaha comi tudo e.e), após chegar lá vejo um homem que aparentava ter 43 anos sentado no banco e chorando e concerteza falando o quanto sua vida é uma merda.

-Aff, que coisa... ela nunca vai entender, será que estou destinado a sofrer por amor ?-noossa, cara filosófico eim, fez teatro tio ?, me aproximo dele que percebe minha presença.-me desculpe se estou atrapalhando em algo senhorita.-dizia ele limpando as lágrimas.

-Ah, que isso. desculpe a pergunta, mas, porque estava chorando ?-pergunto curiosa, sim eu tenho esse pequeno defeito desde pequena, legal né ? (Irônia).

-é um problema de familia...-dizia ele cabisbaixo, solta um longo suspiro e olha para mim.

-Oh, entendo. senão quiser falar não precisa.-digo.

-bem...você foi gentil perguntando como eu estava, então eu vou te dizer.- certo né...-eu estou apaixonado por uma mulher chamada Lorena, e pretendo me casar com ela, visto que estou viúvo já faz muito tempo. tenho 2 filhas, e se elas tivessem outra mãe elas poderiam se desenvolver melhor. a mais velha tudo bem, ela aceitou. mas o problema é a mais nova... quando eu toquei no assunto com ela foi como se eu estivesse jogando a mãe dela no lixo. ela realmente não entende que estou fazendo isso por elas.-ele explica tudo, bem parece que tem uma intriga de familia aqui. como meus amigos estão cuidado do caso fico me perguntando se posso ajuda-lo ?

-Ah, entendi. minha mãe também ficou assim quando meu avô se casou denovo. mas com o tempo ela percebeu que a madrasta dela até que não era uma pessoa ruim.-eu digo, a essa hora ele já parou de chorar e parecia mais calmo.

-Entendo...-disse ele.

-Aliás, quantos anos suas filhas tem ?-eu pergunto, ok eu deveria trabalhar de repórter. a não, a Peggy já faz isso.

-A mais velha tem 18 e a mais nova 16.-diz ele.

-Oh, 16...é minha idade.-eu digo, é, parece que isso é complicado mesmo, pro Daniel ir embora e convencer o Johnny foi dificil e.e MUITO dificil, demorou 1 bilhão de horas pro menino falar "ok pode ir". *sigh*.

-Mesmo ? Senhorita, eu sei que parece meio presunçoso de minha parte...mas poderia me ajudar a convencer minha filha mais nova de que Lorena sera uma boa mãe ?-pergunta ele, seus olhos brilham, como se eu fosse a única esperança que ele tem. 

-Bem...-eu penso rapidamente, eu não estou fazendo nada no momento. e Sáfira disse que me avisaria se tivesse algo que eu pudesse fazer, ela está procurando mais pistas sobre Debrah, e os outros estão ajudando-na.-Ok, eu te ajudo.-eu digo sorrindo, o mesmo esboça um sorriso grande e alegre.

-Muito obrigado senhorita! Aliás, onde estão meus modos ? meu nome é Edgar Bontempo.-disse ele estendendo a mão para mim. que sobrenome legal.

-Prazer, senhor Edgar. meu nome é Aysa Hart. o senhor tem um sobrenome legal.-digo sorrindo apertando a mão dele.

-O prazer é todo meu, a senhorita também. meu sobrenome é de uma familia rica.-puxa quer dizer que ele é rico ? quem diria eim.

-Ah, entendi. bem, será um prazer ajuda-los. apropósito, qual o nome da suas meninas ?-pergunto novamente.

-a mais velha se chama Mônica, e a mais nova se chama Rizen.-disse ele. Rizen...que nome incomum, mas é bem bonito.

-Rizen...que nome lindo.-digo sorrindo.

-Foi minha finada esposa, Érica, que deu esse nome a ela.-ele disse olhando para baixo.

-Hm, saquei.-com isso, ele me pede para segui-lo então eu vou com ele para sua casa, fica no bairro rico da cidade, meu deus. a casa é IMENSA! LINDA! GRANDE! GRANDE! pera eu já falei grande..., enfim. É UMA CASA GIGANTESCA! sabem Junjou Romantica ? a casa do Akihiko Usami Usagi ? (Usagi-san), então... a casa dos Bontempo é igualzinha a dele.

-É aqui!-disse ele abrindo a porta, nossa que casa linda por dentro. GENTE! XONEI!

-Uau!-deixo escapar um suspiro de surpresa.-que casa bonita vocês tem.-elogio.

-Haha, obrigado.-disse ele, TEM ATÉ MORDOMO AQUI! TEM ATÉ EMPREGADA! GENTE EU ACHO QUE EU ESTOU NO PASSADO! EU ACHO QUE ESTOU NA MANSÃO PHAMTONHIVE DAQUELE ANIME BLACK BUTTLER! ADORARIA ENCONTRAR O SEBASTIAN AQUI!!! <3!-esse é o mordomo Rogério e essas são as empregadas, Viviane e Rachel.- eles me cumprimentam. então eu os cumprimento de volta. que legal.-as meninas devem estar na sala, você pode ir lá se quiser.-disse ele.-tenho trabalho a fazer agora então fique avontade.-ele pega o casaco e veste.

-Obrigada senhor Bontempo!-eu faço uma breve reverencia. 

-De nada e porfavor me chame de Edgar.-ele sorri, pega a maleta e sai. então eu sigo Rogério até a sala de estar. é linda, e tem uma TV enorme lá no meio. a sala também tem várias estantes de livros. rapaz. prum ladrão invadir essa casa deve ser dificil até encontrar a saida depois!

-Senhorita Mônica, Senhorita Rizen, essa é sua convidada, Senhorita Aysa Hart.-anuncia Rogério, eu peço a ele para me chamar só de Aysa. pra que tanta formalidade rsrs não é ruim mas incomoda um pouco. 

-Bem vinda.-Mônica vem em minha direção e se apresenta. já Rizen nem se quer sai do sofá, ela da um "oi" e nem se vira para mim, ok vai ser complicado mas vale a pena tentar.

-Olá, obrigada.-eu digo, ela me pede para sentar então eu confirmo e sento.

-Você deve ter vindo aqui a pedido de nosso pai para falar que Lorena não é uma pessoa ruim, estou certa ?-diz Mônica, ela é meio cortes não acham ? muito educada, deveria ser uma dama! 

-Sim, como você sabe ?-nossa Aysa, q pergunta besta! o pai deve ter falado pra ela né?! affz! 

-Papai nos contou.-disse a mesma.-eu conheço Lorena e acho ela uma boa pessoa, já minha irmã...não aceita isso muito bem.-dizia Mô olhando para a irmã e soltando um logo suspiro.

-Eu só vou aceitar no dia de são nunca! ela nunca vai ocupar o lugar de mamãe!-disse Rizen cruzando os braços e virando a cara, parece aquelas crianças de 5 anos que não aceitam nada hehe. lembrei de mim agora :v. 

-Rizen...*sigh*-disse Mônica novamente suspirando.-eu tenho que ir agora, tenho faculdade. agente se vê depois. tchau Rizen, tchau Aysa, prazer em conhece-lá!-disse Mônica, acenando e sorrindo para mim após dar um abraço na mais nova e então sai. ficando somente eu e a Rizen.

-Então...--- - digo, mas sou interrompida rapidamente pela mesma, que pela primeira vez do século me encara, ela tem cabelos curtos marrons e usa um rabo de cavalo, tem olhos vermelhos, já sua irmã também tem a mesma aparência, a unica diferença é que ao invés de rabo de cavalo, ela usa Chanel.

-Se você veio aqui me convencer de que toda essa bobagem não é um mal entendido, está muito enganada. como eu disse antes, eu nunca vou aceitar isso! não importa quem o papai mande vir aqui me convencer!-diz ela com raiva, ok, convencer ela agora vai ser uma péssima idéia. eu devia esperar mais.

-Ok, se você não quer tocar nesse assunto agora, podemos falar de outra coisa, que tal ?-pergunto, pra eu saber o porque dela não aceitar Lorena como madrasta eu preciso ter mais afinidade com ela, por enquanto sou ainda uma estranha. e aliás, estranhos perguntando da sua vida não é algo agrádavel.

-Tá, tipo oque ?-pergunta ela respirando fundo. é, agora ela me fez petrificar, eu não sei sobre oque conversar com ela!-você não sabe oque dizer, não é ?-pergunta ela olhando para mim.

-...sim...-digo, ESSA MENINA É OBSERVADORA EIM ! QUANTO É 2+2 ? ta parei (zoando).

-Que tal eu te mostrar a casa ?, não estou me gabando nem nada do tipo se você quer saber, só quero mostrar mesmo pra não termos que ficar plantadas aqui no sofá.-disse ela se levantando e me esticando a mão.

-Ok, seria uma ótima idéia!-aceito e então vamos fazer um Tour pela casa, é imensa, tem uma biblioteca, uma piscina, um jardim que tipo parece um labirinto!, vários quartos, se eu tivesse uma casa assim cada menina (minhas amigas) teriam seu quarto e os meninos também!, ela também tem tipo um mini-zológico, tem vários animaizinhos aqui. não de porte grande mais sim pequenos. eles ficam no imenso quintal que está tipo decorando como o antigo habitat deles, eles tem cachorros, gatos, cavalos, macacos e passaros, isso é realmente incrivel!, a casa também tem uma cozinha gigantesca, a geladeira eu nem te conto, DEVE TER 1 MILHÃO DE TIPO DE COMIDA DIFERENTE DENTRO DELA!!!, essas garotas são muito sortudas! que casa M-A-R-A-V-I-L-I-N-D-A-!-!-!, mas eu gosto da minha, é grande, não tão grande quanto essa. mas é o meu lar e eu o amo de qual quer jeito s2. após o Tour completo ela me mostra o quarto dela, é grande, mas lindo, tem um armário, guarda-roupa de gente que tem um milhao e 2139124124 de roupas ou seja aquele tipo um closet , uma cama bem espaçosa, uma varandinha média, mas tem uma visão lindissima do quintal. um tapetão bem fofo! tem um urso de pelucia pequeno, acho isso fofo. tem uma mesinha com um espelho, de fato usado para se maquiar ou se pentear, só que sentada, enfim nem seu pq eu expliquei isso sendo que vcs ja devem saber, e tem uma estante de livros pequena, porem completa. SÃO TODOS OS LIVROS QUE EU AMO!!

-Oh, meu Deus! você tem Magia do Sangue! Casa de Bonecas! Meu pequeno Diamante! mdsss! você tem todos os capitulos!!!-digo, estou impressionada! achei alguém que gosta dos meus gêneros!-ah não, não, não não, voce tem mangas yaoi! AAAAAAH!!! você tem todos os capitulos de Super Lovers! Ah meu oio! voce tem os de Junjou Romantica! Love Stage! Sekaiichi Hatsukoi! você tem até coleção de anime, BLC CDS!!,Mangás! jogos! filmes! MEU DEEEEEEUUUUSSSSS!!! VOCE TEM UM POSTER DE BLACK BUTTLER!! VOCE TEM UM POSTER DOS GATOS DE DIABÓLIK LOVERS! MEU DEUS!! EU ACHO QUE EU ME ENCONTREI NO FUTURO!-digo super feliz, acho que vou ter um infarto! eu estou no céu! AMEI ESSA MENINA! ESSA É DAS MINHAS! cheeenttt!!

-Nossa! você também gosta desses livros! achei que era só eu... já vi que vamos nos dar bem, Aysa.-diz ela sorrindo.

-Muito bem!!-digo sorrindo também, para nos distrair do assunto anterior eu começo a ler todos os capitulos de Magia do Sangue, eu nunca terminei de ler esse livro. enquanto Rizen está lendo o ultimo capitulo de Casa de Bonecas. passamos a tarde inteira conversando e lendo, foi incrivel! o pai dela chega e me pergunta se resolvi o problema, então eu explico que preciso de um tempo até a mesma resolver contar pra mim o porque de não aceitar. ele suspira e assente para mim.-eu voltarei amanhã se o senhor quiser.-digo.

-Claro! seria ótimo! aliás, eu acho que Rizen gostou de você! ela é uma garota muito quieta e não tem amigo nenhum! você é mesmo um anjinho.-disse ele sorrindo.

-Obrigada, Senhor Edgar. fico feliz por sua filha ter gostado de mim, ela é uma garota bem legal. ok, voltarei amanhã a tarde, só preciso pedir a permissão de meus pais.-ele confirma e então eu saio e vou para casa, chegando lá todo mundo tá perguntando onde q eu tava. então eu conto tudo.

-Puxa, a casa deve ser bem linda, queria ta lá pra ver.-disse Johnny, aposto que se ele tivesse ido comigo nunca mais sairia de lá kk.

-Sim, a casa é linda. gigante. muito linda!-digo sorrindo. então todos conversamos e jantamos até cada um ir pra seu quarto, Johnny com os meninos pro seu (Castiel fico com o de visita, não sei se ele dividiria o quarto ou não, melhor nao arriscar né :v aliás quem não arrisca não petisca, Alexy. hehehe). e eu vou com as meninas pro meu, tomamos banho e nos arrumamos para dormir, eu coloco um yaoi rçrç p nois ve :3 elas gostam também, ainda bem kk. assistimos Loveless, e então vamos dormir. coloquei uns colchões no chao, eu to dormindo com a Sáfira visto que minha cama cabe 2, Akira ta com a Mel, e Hazel com a Chelsie. coube todo mundo kk. então adormecemos, amanhã tenho certeza que o dia será bem divertido, como hoje!

See you in the next chapter! 


Notas Finais


Obrigada por lerem! <3 espero que tenham gostado! Oyasuminasai minna-san!! (boa noite).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...