História Uma fundashi maluquinha - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Tags Comedia, Diabólick Lovers Drama, Romance
Visualizações 49
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como prometido estou aqui mais uma vez trazendo mais um cap pra vcs .
Espero que gostem por que logo as coisas vão esquentar mesmo pra nossa garota , e muitas surpresa estão por vim .
Então boa leitura meus anjos .😘💖💖💖💖💖

Capítulo 10 - A tortura só me traz lembrança ruins da infância


Fanfic / Fanfiction Uma fundashi maluquinha - Capítulo 10 - A tortura só me traz lembrança ruins da infância

Que droga eu só meto em confusão , por kami será que alguém lá no céu acha que eu não sofro o bastante preciso de mais , fora ontem que implorei pro Subaru me fuder que vergonha meu Kami eu acho que nunca mais eu olho na cara dele com dignidade , agora ele pode falar que só dou a bunda por ai que sou verdadeira vadia  mesmo . Quando voltou a memória do que eu fiz nossa queria me matar . Mas agora tenho problemas maiores , vou contar como vim parar aqui nem na escola eu tô mais, estou em uma casa afastada da cidade , vamos ver como vim parar aqui .




Algumas horas antes. 




- Meu kami , como essa aula extra deles demora fala sério - digo me expreguissando e apoiando a cabeça no ombro de Yui .


- Verdade demora mesmo - levantei a cabeça e deitei no colo dela enquanto ela acariciava meus longos cabelos finalmente adimito são longos e negros .


Quando criança até pouco tempo era curtos mais de 1 ano e meio deixei crescer pra ver se apagava algumas lembranças  não sei se são lembrança ou sonhos, Derick não gostava dos meus cabelos longos falava que parecia minha mãe então sempre cortava até os ombros . Derick ele me fez muito mal desde que o conheci em uma visita em minha casa , ele era o melhor amigo do meu pai é o braço direito do meu tio no meu atingo país , ele me fez muito mal eu confiava nele , mais depois do que ele fez comigo eu não confio mais em mim mesma . 


- Aii , você nunca me contou se gosta de algum deles - digo empolgada me levantando e segurando seu rosto e a  encarando.


- Deles quem ? - me respondeu confusa .

~ Meu ela é burra deles quem? A gente vive com 6 garotos e ela me pergunta quem , faça mil favores , mais ela me preocupa ela tão inocente em alguns pontos . ~


- Os meninos , de qual voc..- alguém me corta com um grito .


- Eiiii , o que estão fofocando ? - pergunto Jonathan vindo mais sua turminha .


- Nada do interesse de vocês , Yui vai lá no banheiro , antes que os meninos venha e não de tempo pra você ir - digo com raiva encarando os garotos a minha frente.


- T-tá , você vai me encontrar depois - perguntou aprensiva.


- Sim  embreve - digo e Yui vai em direção ao banheiro .


Quando me viro um deles cobre meu rosto com um pano , me sufocando e depois disso não lembro de mais nada apaguei . 


Estou acorrentada em um tronco , com os braços esticados preso cada um em uma corrente deixando bem esticados , minhas pernas estão bem aberta dando uma grande visão para quem estiver em minha frente . Estou nua e com um vibrador enfiado no meu anus e uma venda , meus seios tem prendedores nas pontas e tem algo na minha boca , e alguém está interessado no controle do vibrador porque não para de mexer .



- Esse vai ser seu castigo , dar sua virgindade pra gente - diz David sussurrando no meu ouvido .


- Hmm... hmmm...hmm - eles tiram minha venda e a coisa da minha boca.


-  SEUS DESGRAÇADOS , TARDE DE MAIS  CHEGARAM ATRASADOS  - grito com raiva .






------------Quebra de tempo----------







Me estupraram do me fazendo relembrar o meu passado que havia esquecido , uma criança cheia de esperança e sonhos mais no momento que vai passar as férias na casa do amigo de seu pai e a pessoa que mais amava e via como herói , a machucou e a estuprou . O que fizeram comigo hoje só me fez lembrar , porque perdi a memória de algumas coisas e eles me fizeram lembrar, vou contar como aconteceu tudo .


Uma criança inocente e pequenina , com mais ou menos 5 anos conhece um homem que pra ela , vira seu herói além de seu tio e pai era o homem mais especial do mundo . Mais quando tinha 7 anos uns meses antes de praticamente matar seus pais para salva-los de morrerem queimados , e sim com uma morte rápida sem dor . Ela vai passar as férias lá porque seus pais vão viajar a trabalho , então passa as férias toda sofrendo e quando seus pais voltam e vão para outra viagem , descobre que Derick quer mata - los então faz isso , os envenena pra que não sofram.


- Desculpem , perdão não queria machuca-los mais não me deram escolha - Acabei perdendo a consciência por alguns minutos e quando voltei eles estavam gravemente machucados .


Corri pra fora com a voz de DERICK ecoando suas palavras em minha mente sem parar , até chegar na casa dos Sakamaki não sei como mais sabia o caminho . Cheguei e desmaiei ao entrar com uma única coisa em mente o jogo agora iria começar , porque recuperei a parte da memória que havia perdido .







Notas Finais


Perdão estava meia enrolada , mais próximo cap vai ser só as lembranças da parte da memória que ela perdeu e nem sabia que perdeu
Um beijo pra todos até a próxima 😘😘😘💖💖💖💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...