História Uma garota... - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Elaine, Escanor, Gilthunder, Gowther, Guila, Hawk, King, Meliodas, Merlin, Personagens Originais
Tags Meliodas, Nanatsu No Taizai, Original, Romance
Visualizações 27
Palavras 853
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpa!! Não consegui postar certinho as 23:00, mas eu estou super ocupada não tenho ideia de quando sairá o próximo capítulo!!!
Boa leitura!!

Capítulo 21 - Eu estou tão mal... Mas quem é você?


Fanfic / Fanfiction Uma garota... - Capítulo 21 - Eu estou tão mal... Mas quem é você?

                                                                   Anteriormente...

(Nós ouvimos um barulho eu virei era...)

                                                     Continuação...

(Nós ouvimos um barulho eu virei era...)

Isabella- Arthur? O que faz aqui?(Falo comendo o sonho que Meliodas me deu, realmente é delicioso! O Ban deve ter feito para ele, por que sério Meliodas é um péssimo cozinheiro.)

Arthur- Apenas andando.(Fala olhando para o lado.)

(Ele está mentindo... De qualquer forma não me importo.)

Isabella- Pode continuar sua caminhada então.(Falo com raiva.)

Meliodas- Ei, calma.(Fala colocando sua mão no meu ombro.)

Isabella- De qualquer forma eu vou ir para a carruagem, e eu rezo para que a gente saia e você fique e morra.(Falo baixo, mas não baixo o suficiente para ele não escutar era de propósito para ele escutar a última frase, mas eu como uma boa ameaçadora eu falei a última frase com um tom de ameaça.)

(Eu saio de lá rapidamente esse cara me da arrepios eu acho que eu conheço ele só que da onde?)

(Fui para a carruagem e fiquei acordada até 11:00 que é a hora que os outros acordam.)

(Depois de todos acordarem nós continuamos a jornada.)

(Nós chegamos bem cedo na cidade que parece que é a cidade que Merlin está.)

Isabella- Ok, aonde está a Merlin?(Falo olhando para os lados vendo como essa cidade é bonita é bem cuidada pelos aldeões e pelas pessoas que a governam.)

Meliodas- Merlin não é boba ela já deve saber que estamos aqui.(Fala me olhando.)

Isabella- Hm.(Falo super calma, estou me achando fraca esses dias eu estou cansando mais do que cansava antes...)

Isabella- Que estranho...

Meliodas- O que?

Isabella- Eu estou me sentindo mais fraca.(Falo com dificuldade de falar alto, e abaixo a minha cabeça olhando o chão, falo super baixo até eu não consegui ouvir muito a minha voz, mas como ele é NINJA ele deve ter ouvido.)

(Eu olho para ele, ele esta preocupado? Nunca vi ele assim ele é sempre tão alegre e calmo...)

Meliodas- Nós já vamos ir.(Fala para Diane e os outros me puxando delicadamente para o hotel.)

Isabella- O que f-foi Meliodas? (Falo baixo sem conseguir escutar minha voz muito bem.)

Meliodas- Não pensei que os sintomas já iam aparecer.

Isabella- Q-q-quais sintomas?(Falo tentando lembrar.)

Meliodas- Não estava dizendo que um dos sintomas é perda de memória.(Falo sorrindo, mas logo seu sorriso some.)

(Meliodas alugou um quarto no hotel.)

(Quando chegamos eu sento na cama.)

Isabella- Meliodas pra que isso?(Falo forçando a voz para sair mais alta.)

Meliodas- Você vai descansar e nós vamos procurar os outros ingredientes, ok?

Isabella- M-mas por que?

(Falo levantando da cama caindo no chão ainda bem minhas mãos foram mais rápidas que eu.)

Isabella- O que está acontecendo?(Falo forçando novamente minha voz, minha garganta está machucada, não está me ajudando, penso suspirando.)

Meliodas- A maldição, está tendo os sintomas que a gente leu.(Fala me olhando.)

Isabella- Sintomas? Eram quais mesmo?(Falo sentindo minhas visão ficar embaçada.)

Meliodas- Vários, você tem que descansar, ok?(Fala fazendo carinho no meu rosto me levando para a cama.)

Isabella- Mas os outros ingredientes estão em outros lugares, eu não vou descansar muito de qualquer forma.(Falo parando de forçar a minha voz para sair alta, tomará que ele tenha escutado.)

Meliodas- Hoje você ficara no hotel com Hawk. (Fala apontando para o Hawk, nem tinha percebido que Meliodas tinha pego ele.) E nos outros dias você ficará na carruagem com o Hawk.

Isabella- Mas todos os dias?(Falo levantando de novo me segurando no criado mudo para não cair.) Eu não vou aguentar o que eu vou fazer?

Meliodas- É melhor você apenas descansar, de qualquer forma se você for mais com a gente você vai ficar pior, eu não vou me perdoar se acontecer algo com você por minha causa.

Isabella- Que saco...(Eu pensei que ia ser uma jornada legal, mas pelo que eu estou vendo a minha jornada acaba aqui e agora...)

(Meliodas sai do quarto, ele realmente parecia preocupado comigo...)

Isabella- Então Hawk o que vamos fazer?(Falo tossindo.)

Hawk- Eu como um belo porco coloquei em sua mochila um jogo de tabuleiro toma aqui.(Fala indo para a mochila que aparentemente o Meliodas trouxe tirando o jogo da mochila com sua boca.)

(Desculpa Meliodas, mas eu não vou fazer nada.)

(Eu joguei com o Hawk e que porquinho inteligente ficou 4 a 8.)

Isabella- Você é bom.(Falo forçando um pouco minha voz para ficar mais alta, Hawk não é igual a Meliodas ele não vai escutar se eu falar com o tom de voz que estou agora.)

(Depois de nós jogarmos eu fui dormir e Hawk também.)

(E parei para pensar o meu sequestrador eram duas pessoas uma mulher que eu não sei nada sobre sua aparência e nada sobre sua vida e um homem que eu só sei a cor de seu cabelo laranja... Parando para pensar o Arthur é bem parecido com esse homem, sendo que eu também me arrepio quando fico perto dele a mesma coisa que acontecia quando estava perto desse homem...)

(Com certeza não é ele, se fosse ele, ele já teria tentado me matar... Né...)

 (Quando do nada a porta abre bruscamente... Era...)

Isabella- Ah não..                                          


Notas Finais


Desculpe erros de ortografia, e obrigada por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...