História Uma garota anormal - Jeff The Killer - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~Sakiii

Postado
Categorias Jeff The Killer, Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Creepypasta
Visualizações 44
Palavras 618
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


AAAAAHHHHHH QUE CAPÍTULO DEMORADO!!! DESCULPE-ME! Estava com sérios problemas de bloqueio criativo. Também tive um erro no meu bloco de notas, o qual travou e perdi as anotações que já tinha feito, sorte minha que tinha mandado antes para a autora principal!

Bem... Nos vemos lááááááááá nas notas finais!

Capítulo 11 - Eu ordeno-te - Pt1


Fanfic / Fanfiction Uma garota anormal - Jeff The Killer - Capítulo 11 - Eu ordeno-te - Pt1

Co-autora on

É... Aquela noite dia tido várias e várias surpresas. Bling estava a dormir, tendo pesadelos de seu passado doentio.

~ Pesadelo on ~

Ela estava correndo. Correndo desesperadamente. Fugir não foi a melhor escolha naquele momento, seu orfanato tinha conforto e segurança, mas em sua pequena cabeça... Era apenas um inverno em que estaria presa por mais 2 anos.

Bling - Nunca irei voltar para lá, NUNCA!!! -Gritou com certo desespero em sua voz.

Suave e frio, a neve começava a cair lentamente. Bling, estava com uma mera blusa e um short, nem mesmo usando sapatos.

Suave e frio, ela respirava com dificuldade.

Sem nem ao menos saber, algo/alguém lhe observava de longe, lentamente reconhecendo-a.

Bling: Que frio... - falava, fazendo seu bafo chegar em suas pequenas mãos frias e macias. - Atchim! - espirou.

O feio estava se tornando mais denso, mais constante. Bling ainda não desistira te tal ideia que a mesma teve. Neste mesmo momento, policiais procuravam Bling juntamente aos bombeiros; uns pela floresta outros pela cidade.

Observando...

Esfriando...

Caindo...

Machucando...

Arrependimento...

... Ela realmente fez uma boa escolha? A melhor escolha realmente foi ir embora.

Bling havia caído em um buraco cheio de galhos e plantas venenosas

Furando...

Queimando...

Assustando...

Bling- ME AJUDE!!! - Um rosto...? Sem nem ao menos saber quem é, Bling gritou por ajuda a um homem sem quaisquer vestígios de um rosto, sem boca, sem olhos... Sem nariz. Quem eras? De onde viera? Havia se formado em algo? Onde? Quando? Por quê? Paranóica.

O "homem" apenas observou ela cair com lágrimas em seus olhos, o cabelo sujo, a pele fria e os seus machucados recentes.

Bling on (sonho)

Por quê? Porque ele não me ajuda...? Eu só queria sair daqui e ir para algum lugar, algum lugar...

Frio...

Preto...

Macio...

Autora on

XXX: TSC!!! Ela nunca vai acordar? - um homem perguntou, irritado.

Bling estava dispersa, não sabia se abria os olhos, ou se voltava a dormir. Por nervoso de ficar de olhos fechados, a mesma optou por abrir seus olhos e olhar a "todos" ali.

Queimando...

Fechando...

Melhorando...

O sol que entrara deixava seus olhos ardendo. Com certa dor, fechou os olhos, levantou-se e esfregou-os com rapidez.

Bling- "DROGA!!! Onde estou?" - pensou em voz alta

XXX: Você está em noetica. -falou, com um ar tedioso.

Assustada com aquela voz masculina, Bling chutou a perna do rapaz, que era tão pálida que parecia neve. Sua posição anterior a dava muitas e muitas opções para fazer algo com o rapaz, até mesmo fazer algo sujo com o mesmo (Co-autora: Porra hein 🌚).

Olhando...

Observando...

Acalmando...

A beleza de tal era maravilhosa, apenas, APENAS, sua boca tinha uma coloração vermelha.

Vermelha... O que aquilo no canto da boca dele

Bling- O que é... Isso...? - perguntou sem nem mesmo perceber.

XXX: Oh, isso? Apenas meu alimento - Disse, passou o dedo sobre o que escorria e lambeu - Ah... Tão doce. - sorriu travesso.

Bling:... Quem és? - perguntou de forma direta.

XXX: Meu nome? Não é algo que uma simples criança como você deva saber. O que realmente você deves saber, é que você não está em um mundo comum, como o seu lado em cima. Tenha cuidado com as suas palavras, passos e suspiro, qualquer coisa podes levara a morte... Princesinha. - Recitou suas palavras com um tom calmo

Aquele homem era... Lindo. Seus cabelos albinos caiam sobre seus olhos, sendo apenas segurado por um chapéu de cor marrom, mas mesmo assim desbotada. Tal homem usava uma camisa branca social, um colete de cor preta, pulseiras finas e pretas em seu pulso e junto ao "coleira" (como dizia Bling) e lindos olhos amarelos, é... Ele era realmente lindo.

Mesmo assim, Bling ainda estava assustada.

A mesma, pegou uma lata de sopa de tomate e jogou na cabeça do rapaz, em seguida dizendo:

Bling: QUAL O SEU NOME? ONDE ESTOU? COMO VIM PARAR AQUI? ME RESPONDA!!!! - ordenou no final.


Notas Finais


HESLLOU, STALKERS!!! COMO SEIS TÃO?

Vim avisar que a continuação desse capítulo será após as repostas das perguntas que vocês fizeram no capítulo anterior! Ainda não perguntou? Vamos lá! Quero a participação de todos vocês, ainda dá tempo hein!


Tem alguma dúvida? Me chame no privado ou me chame nas minhas redes sociais, irei ficar muito feliz em responder todos vocês!


Amino amor doce: http://aminoapps.com/p/prdjiq

Otanix: http://aminoapps.com/p/4pbtg

Estou sempre online aqui e nos links até às 02:00 ou 03:00 e na parte do dia as 09:30 e às 17:00 (entre esses horários não irei responder, pois estou na escola), podem me chamar nos horários indicados, irei responder a todos!


É só isso por hoje, caros stalkers! Até o próximo capítulo!

Kisses ~❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...