História Uma Garota Diferente - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Carla Tsukinami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers
Visualizações 48
Palavras 1.486
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 30 - Gra-grávida!?


Fanfic / Fanfiction Uma Garota Diferente - Capítulo 30 - Gra-grávida!?


Yuzuha on

 Dia seguinte 10:04

 Eu acordo um pouco tonta e vejo que Shin ainda está dormindo, eu me levanto sem o acordar e no mesmo instante eu corro pro banheiro, fecho a porta e a tranco. 

 Eu agacho na frente do vaso e começo a vomitar. 

- ( Será que ontem eu comi algo ruim? )

 Assim que eu acabo de fazer o que eu estava fazendo, eu dou descarga, e começo a escovar meus dentes. 

 Eu escuto alguém bater na porta do banheiro. 

- Quem é? 

Shin: Sou eu, você está bem? 

- Sim... foi apenas um mal-estar... 

 Eu termino de escovar os dentes, encho a banheira com água quente e entro na mesma. 

 Quarenta minutos depois eu saio da banheira, me enrolo na toalha, abro a porta do banheiro e saio do mesmo. 

 Eu olho pra cama e vejo Shin dormindo de novo, caminho até o guarda-roupa, pego uma lingerie roxa de renda, um short cintura alta preto, uma camiseta branca, uma jaqueta jeans preta e uma botinha preta e me visto. 

 Eu saio do quarto e desço diretamente pra cozinha e vejo TODOS tomando café ainda. 

- Acordaram tarde? - eles negam.- Então porque estão tomando café agora? 

Juliet: É que o Ayato foi tentar cozinhar e queimou a comida. 

- Entendi...

 Eu me sento e começo a tomar meu café em silêncio, e minutos depois Shin vem para a cozinha, e quando termino eu me retiro da mesa e vou para a sala. 


Um mês depois...


 Eu continuo com esse mal-estar, náuseas, dores no abdômen, e minha menstruação está atrasada. 

- ( Será que eu estou morrendo? ) Vou no médico... - eu sussurro. 

 Eu saio de casa, vou na garagem pego minha moto e vou em direção ao hospital. 

Yuzuha off

Subaru on

Carly: A Yu está estranha... 

Laito: Porque? 

Juliet: É que ela gosta de conversar, e hoje ela ficou muito quieta. 

Wakako: Ela saiu... 

Shin: Quando? 

 Wakako: Faz uns minutos apenas, não se preocupe, ela deve ter ido resolver algo sobre a banda. 

- Ela estava preocupada... Eu vim aqui na sala e ela sussurrou algo tipo... " Vou no médico"

Todos: Médico!? 

- Eu acho que era isso... não escutei direito. 

Subaru off

Yuzuha on 

Algum tempo depois... 

 Eu chego em casa ainda surpresa, pelo resultado dos exames que eu fiz, eu guardo a moto e entro em casa. 

 Vou para a sala e me sento no sofá com o exame em minhas mãos. 

- ( Será que agente esqueceu de usar o preservativo? )

 Eu escuto passo vindo em minha direção, porém resolvo ignorar. 

Wakako: Aonde estava Yu? 

- No médico... 

Shin: Porque demorou tanto? 

- Fui fazer exame, para ver se eu estava doente... 

Yui: E o que deu? 

- Err... nada de mais... - Eu subo as escadas correndo. 

 Quando chego no quarto eu tranco a porta e me deito na cama. 

- Eu vou ter um filho ou uma filha... - digo chorando de felicidade. - mas... e se o Shin não querer? Como ele irá reagir quando souber? 

Shin: Reagir quando souber o que? - Eu engulo em seco. 

- S-Shin o que faz aqui? 

Shin: Eu sei que você estava  mentindo. 

- Eu não minto! 

Shin: Se não mente,  porque não conta o que está acontecendo com você? 

- Eu já disse foi apenas um mal-estar! 

Shin: Ok, se você não acredita em mim... Eu vou parar de te perguntar!  - Ele sai bravo. 

- Não é que eu não confie em você... eu só não sei qual seria a sua reação... - digo pra mim mesma. - Você... não entende Shin... - Eu digo e adormeço. 

Yuzuha off

Yamada on

- Então Shin... o que ela disse? 

Shin: Que foi "Apenas um mal-estar"

Wakako: Temos que fazer algo, pra ela falar a verdade. 

Haruka: Tipo? 

Yumi: Que tal agente jogar verdade ou desafio? 

Kim: Não sei... mas por enquanto ninguém tem outra ideia mesmo. 

Lindsey: Peguem uma garrafa e vamos pro quarto da Yu! - ela diz e Kanato pega a garrafa- Ótimo agora vamos. 

 Nós subimos as escadas e Shin destranca a porta do quarto e todos entram. 

- YU ACORDAA!!!!!! - eu grito e ela se assusta. 

Yuzuha: Não grita! - Ela boceja. - O que vocês querem? 

- Jogar verdade ou desafio! 

Yuzuhsa: Depois disso eu poderei dormir? - Eu assinto- Ok! 

 Todos se sentam no chão em forma de círculo e Wakako gira a garrafa, que logo para em mim e na Haruka. 

Haruka: Verdade ou desafio? 

- Verdade! 

Haruka: É verdade que... sei lá... você nunca namorou? 

- É verdade. 

 Depois de várias rodadas, Carly gira a garrafa e para nele e na Yuzuha. 

Yamada off

Yuzuha on 

Carly: Verdade ou desafio? 

- Verdade. Carly: O que estava escrito no exame que você fez?

- Desafio, desafio! - digo arrependida da minha escolha. Carly: Te desafio a falar o que estava escrito no exame que você fez. 

-O Shin... 

Karla: Meu irmão o que? 

- Vai... - Eu dou uma longa pausa- ser... p-pai! Pronto falei! 

Shin: Nos deixem sozinhos... 

Yui: Mas... 

Shin: Agora! - todos saem do quarto. 

-... 

Shin: Porque não me contou!? 

- Eu fiquei com medo de que você não iria gostar! 

Shin: Se o filho ou a filha é minha porque eu não iria gostar!? 

- Talvez porque não quisesse! 

Shin: Você tinha que confiar em mim Yuzuha! Se o filho é nosso você tinha que me contar!

- TA EU SEI QUE EU ERREI, MAS EU PENSEI QUE VOCÊ NÃO QUERIA O BEBÊ!- digo irritada- Por favor me deixe sozinha um pouco Shin... - ela sai do quarto e bate a porta com força. 

Yuzuha off

Shin on

- ( Porque ela pensou isso? )

 Eu vou para o meu quarto e me jogo na cama pensativo, olhando para o nada. 

- ( Mas... será que ela pensou que eu ficaria irritado e não aceitaria essa gravidez? )

 Esse pergunta ficou rondando na minha mente, até que eu decido tomar um banho pra esfriar a cabeça. 

 Vou para o banheiro, encho a banheira com água gelada, tiro toda a minha roupa e entro na banheira. 

 Eu me afundo dentro da banheira e fico lá por alguns minutos. 

 Trinta e cinco minutos depois, eu saio da banheira, coloco a toalha na minha cintura e saio do banheiro. 

 Vou até o guarda-roupa e pego apenas uma box cinza, guardo a toalha no banheiro novamente e volto para o banheiro. 

 Eu me deito na cama e uns minutos depois eu acabo adormecendo. 

Shin off

Wakako on

 Eu bato na porta do quarto de Yuzuha, é minutos depois ela abre a porta, é seus olhos estavam vermelhos, eu entro em seu quarto e me sento na sua cama. 

 Ela caminha até a cama e se deita, colocando a cabeça em meu colo e EU começo a passar a mão em seus cabelos macios. 

- O que houve? 

Yuzuha: Eu e o Shin tivemos uma discussão. 

- Porque? 

Yuzuha: Eu... eu achei que ele iria ficar irritado e não iria aceitar a minha gravidez... 

- E ele aceitou? 

Yuzuha: Sim mas... ele ficou chateado comigo porque eu não quis contar! - diz em tom bravo. 

- Mas quem você acha que estava errado? 

Yuzuha: Eu sei que eu errei... mas ele tinha que me entender tia! Eu fiquei com medo de sua reação! E-eu achei que ele não iria assumir e iria terminar comigo! 

- Mas não fez isso... espere tudo se acalmar, ai vocês conversam direito e mais pacificamente ok? 

Yuzuha: Sim tia... e pra uma pessoa que nunca passou por isso... você entende bem de relacionamentos! - ela sorri de um jeito fofo. 

 - Ok agora vai tomar um banho e descansar! - Eu beijo o topo de sua cabeça e saio do quarto. 

Wakako off

Yuzuha on

 Após minha tia sair do quarto, eu vou para o banheiro, encho a banheira com água quente, tiro minha roupa e entro na mesma. 

 Eu coloco uma música calma e relaxante para ouvir e me tranquilizo um pouco. 

- ( Minha tia tem razão... amanhã se tudo estiver mais tranquilo, nós iremos conversar melhor...)

 Quarenta minutos depois eu saio da banheira, me enrolo na toalha e saio do banheiro. 

 Vou até o guarda-roupa e pego uma calcinha preta e pego minha camisola e me visto. 

 Guardo a toalha no banheiro, volto pro quarto, permeio meus cabelos, me deito na cama e minutos depois eu adormeço. 

03:49 da madrugada

 Eu acordo escutando gemidos MUITO ALTOS, vindo do quarto do Laito, eu me levanto e vou até lá. 

 Quando chego bato fortemente na porta e falo. 

- EI DA PRA GEMER MAIS BAIXO PORRA! EU QUERO DORMIR CARALHO! - os gemidos param. - BOM MESMO E SE VOLTAR A GEMER ASSIM, EU ENTRO NESSE QUARTO E JOGO VOCÊS DOIS PELA JANELA! 

 Após isso eu volto para o meu quarto tranquilamente, me deito na cama e adormeco novamente uns minutos depois.  



Notas Finais


Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...