História Uma Garota Invisível - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys (bts), Colegial, Romance
Exibições 153
Palavras 566
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem da história!
Posto 2/3 capítulos aos finais de semana e feriados!
Aos dias de semana eu posto apenas um capítulo! ^^
~Missy

Capítulo 1 - Every Choices Has Consequences


Fanfic / Fanfiction Uma Garota Invisível - Capítulo 1 - Every Choices Has Consequences

#1 Every choice has consequences

 

 

Acordo em um dia ensolarado,ainda com o avental da cafeteria,no qual eu não tirei antes de dormir.Ouço minha porta abrir e um banho de água gelada em cima de mim,nisso,caio da cama e grito.

 

-AHH!! Mas que merda... - nisso,olho para a pessoa que cometeu o crime,tinha que ser o Natan.

 

- Acorde logo sua dorminhoca! você tem trabalho! ou você esqueceu?! - Ele fala em um tom um pouco alto.

 

- Hoje é sábado,sábado a cafeteria não funciona gênio!

 

- Ah..não?...hm...m-mas.. LEVANTA AÍ QUE TU NÃO VAI FICAR ATOA NÃO! - ele fala,e eu jogo uma almofada na cara dele. Eu não me dou tão bem com ele.

 

- hm..ok.. - Levanto,empurro ele para fora do meu quarto,nisso,eu visto uma roupa de frio,já que estava nevando muito. [1 link]

 

Nisso,eu desço as escadas e vou para a cozinha,vejo todos sentados,e minha mãe,sentada na cadeira de rodas,o que me aperta o coração.

 

- Bom dia! G.L! - Todos falam em coro,o que me alegra ver que todos além das dificuldades,mantêm um sorriso impecável no rosto.

 

- Bom dia pessoal! - digo - Então,dormiram bem? - Digo,sentando em minha cadeira,enfrente a mesa.

 

- Eu dormi maravilhosamente bem! - Natan diz,em um tom afeminado,o que faz Carrie,Anna e eu rirmos.

 

- Eu dormi bem! mas passei a noite desenhando,ele não ficou tão bom,mas olha! - Anna mostra para mim,um desenho super bem feito,não parecendo que foi feito por uma criança de 8 anos. Admiro o desenho,e nisso,passo para a família toda,e minha mãe,não se aguenta,e se emociona.

 

-Ah filha..que desenho lindo...mas..cadê eu?. - ela pergunta. Nisso,Anna levanta de sua cadeira e vai até mamãe,mostrando uma bonequinha em pé.

 

- Essa é você mamãe.. gostaste? - Ela pergunta

 

- Sim filha! amei! vou moldura-lo! - Ela diz,com um sorriso no rosto.

 

- Ah! eu tenho que falar uma coisa família...eu andei pensando muito..e eu vou me mudar para Seul. - Digo.

 

Eu já tinha programado essa viajem faz tempo,e ninguém vai impedi-la.

 

- COMO?! Não! - Meu pai diz.

 

A não ser que meu pai seja super protetor.

 

- Ah pai! vai deixa!! por favor!! Eu programei essa viajem faz tempo! - Digo,em prantos.

 

- Você já sabe uma resposta! e é NÃO! - ele diz em um tom mais alto,me fazendo ficar quieta.

 

- Eu acho uma boa ideia querido,talvez ela tenha amigos e pelo o menos uma escola boa,e um emprego bom. - Minha mãe diz.

 

- Então eu posso?

 

- Pode! - Diz minha mãe

 

- YEY! Obrigada mãe! - eu a abraço - A viagem é amanhã e já está tudo pronto!.

 

- Siga seu sonho filha!. -diz ela.

 

*6 horas depois*

 

São 18:00 PM,estou deitada em minha cama,mexendo em meu celular,e estou aqui desde a hora do café,nesse tanto de tempo,adormeço,e do nada,tenho um sonho,que me assusta.

 

~Sonho On~

 

*Em Seul - Coréia do Sul.*

 

- É,essa festa foi muito boa amiga. - Digo.

 

- Foi né? - Gracie diz.

 

Meu telefone toca,quem será?

 

- Hm? - atendo - Alô? - digo.

 

- Alô,falo com Giiovana Lahaund? - algum homem fala.

 

- Sim,com quem falo? - Respondo

 

- Com a polícia..desculpe mas..sua mãe foi assassinada por assaltantes...e... - não deixo o homem terminar e desligo,já com lágrimas nos olhos...nisso..eu...acordo?

 

~Sonho Off~

 

O que foi isso? que sonho foi esse? o que ele quer dizer?....
isso foi um sonho ou...um...aviso?


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...