História Uma garota normal, ou quase... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Novel, Original, Shoujo-ai, Yuri
Exibições 7
Palavras 2.652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Como o segundo capítulo já estava pronto resolvi postar também.

Capítulo 2 - A festa


  A festa vai começar em duas horas, e ainda tenho que me maquiar. Estou na minha cama pensando em como será a festa. Varias coisas estão passando pela minha cabeça ao mesmo tempo "será que ela realmente vai?", "e se ela for, como que ela estará?", "MEU DEUS PORQUE ESSA FESTA N COMEÇA LOGO".

 BRRRRRRRRRR

  O celular começa a tocar, sinto um calafrio percorrer meu corpo e  pulo da cama.

 - Caramba, um dia ainda morro do coração!- grito. é a idiota da minha amiga ligando, arrasto o dedo pela tela e atendo – Po justine, quase enfartei aqui!

 - ahhahahahahahhah- ela ri do outro lado da linha - desculpa, agora me responde uma coisa, você está vindo?- perguntou

 - Ainda vou fazer make, daqui a pouco eu to aí.

 - Antes que me esqueça, e  derick?- pergunta , posso ver seu rosto fazendo aquela cara maliciosa que eu tanto amo[n/a. Mas é uque?]

 - hmm... ele não me escapa, vou fazer ele ser meu.- disse com um sorriso cheio de malicia. eu ja tenho uma meta pra essa festa: segurar a sua mão. 

  40 minutos se passaram e estou na porta de justine, ela sempre demora um pouco pra descer, geralmente tenho duas opções: ficar no carro aguardando ou conversar com sua mãe, tia suzi. Ela é bem legal pra um adulto. A família da justine é bem legal, o pai dela sempre é simpático comigo e a irmã dela é muito fofa (talvez só um pouco mais que eu). Mas eles não estão em casa, eles foram passar o fim de semana na casa da avó de justine.  

  Meu Deus esse tempo não passa!- penso com raiva, eu quero e não quero chegar nessa festa. Estou muito nervosa, afinal a lauren vai estar lá. Vou morrer de ansiedade antes de chegar nessa droga de festa. Isso não acontecia antes, pelo menos não desse jeito. É tudo culpa dela, porque ela tinha que ser tão bonita?? aff!

  BBAAAMM

Jus abre a porta da casa e vem correndo em direção ao meu carro, abre a porta do mesmo e se senta no carona sorrindo

  - Caramba jus, por que você demorou tanto??- pergunto transpassando a minha ansiedade.

  - Quem diria que pam ficaria tão nervosa pra uma festa!- diz enquanto se diverte com as minhas reações exageradas.- Se você já tá desse jeito aqui imagina quando ver o derick?!

  - Cala a boca!- o sangue sobe para o meu rosto, devo estar muito vermelha, porque a idiota que ta do meu lado começou a maneirar na brincadeira. Ando com o carro e viro na primeira esquina.

  - Relaxa Pam.

  - Não dá !

  -Você consegue ! Andy, você vai conseguir falar com ela. E deixa eu te contar, o plano está dela estar la funcionou... e posso garantir que ela estará linda- disse enquanto fazia aquele olhar de cumplice- confia na sua bff? 

  - Confio.

   

..........

 

 Depois de virar a várias vezes e seguir reto, finalmente chegamos na casa de Selena, a dona da festa. Logo estaciono o meu carro, já que fomos umas das primeiras a chegar, ainda tinha vagas perto da casa. Sempre somos as primeiras a aparecer e as últimas a sair das festas. Elas são todas iguais, até tem festas que são legais, mas fui em tantas que não é mais grande coisa. Porém essa era diferente, lauren estaria aqui( nerd S2)

  - Selena,  pode começar, a alegria da festa chegou!!- grito, ela e as meninas começam a rir

  - Que bom que chegou Pam, não tínhamos como começar sem você !- disse enquanto gargalhava, ela se inclinou em minha direção e falou com a boca praticamente colada na minha orelha- Você está maravilhosa andy. - o  que está acontecendo?? mantenha a calma e não core

   

  - Obrigada- respondo sem graça

Ok, é só um elogio, vai ficar tudo bem, tudo ótimo.  É apenas algo da sua cabeça,  menos pam.

 

Ela enlaça o seu braço ao meu e me guia para dentro,  eu olho para justine de relance, visto minha poker face que os outros conhecem, mas ela sempre sabe o que eu quero dizer apenas com o olhar.  Jus sabe quando estou em apuros. Ela também me lança um olhar de “ que merda é essa!?”. E realmente 

EU NÃO SEI O QUE ESTÁ ACONTECENDO!!

Bom.... é só não dar esperança e ser educada 

O ambiente tá organizado em 4 partes, a mesa com comida,  bebida e o bar, os sofás,  a pista de dança e mesas. Os sofás e mesas estão um pouco espalhados, mas tem um local onde eles se concentram.

Selena me puxa de um jeito pra ficarmos cada vez mais perto,  acho que estamos indo em direção aos sofás. Preciso me livrar dela antes da nerd chegar!  Ela para em frente a uma mesa e: 

- Sente-se, por favor! –  diz, e eu o faço, ela puxa outra cadeira. Enquanto as outras estão desatentas, ela chega mais perto de mim e sussurra: hoje eu quero te contar uma coisa,  mas  vou deixar pro fim da festa me espera, ok?-

Ela diz mordendo o lábio, pondo a mão em minha perna.

Tá,  talvez não seja só coisa da minha cabeça.  Ent... CARAMBA,  PORQUE ESSAS COISAS ACONTECEM COMIGO? 

Sai de perto Satanás!

- Ok, tudo bem- minto, agora que ela falou isso,  essa vai ser a primeira festa que eu irei sair antes. 

Pera... Pera, eu não posso ela vai perceber,  e eu tenho que manter minha imagem. 

DROGA! 

Aff! Decido isso depois,  por enquanto eu só tenho que afastá-la pra falar com a nerd. 

Mantenho uma cara de desentendida e falo 

 - Vou falar com justine, essa garota não vive sem mim.-  digo enquanto levanto e viro em direção a minha amiga. Ouço as amigas de selena chegarem e dizerem: 

 - Nossa cara, ela tá tão na sua!- suspira.

Só que não ( referência ao meu “gabarito” em mat T-T), tadinhas, que ilusão. 

 

Se elas sabem disso, então terei mais trabalho pra conseguir ficar sozinha com a nerd

Chego perto da ju e ela logo me encara avaliativa

- Então, o que está acontecendo andy?- ela me pergunta,  mas com certeza já sabe a resposta. 

-  A selena tá gostando de alguém, que não é ninguém mais, ninguém menos do que euzinha.

 - Sabia!! Sempre achei que ela gostasse de você. – Diz ju, com uma cara de sherlock holmes-  E o que vamos fazer sobre o nosso plano? Porque eu to sentindo que a selena vai atrapalhar

 - E ela vai, acho que ela quer se confessar pra mim no fim da festa, ela me pediu pra ficar e eu respondi que ficaria. – falo. Tenho certeza que fiz besteira,  vejo a expressão dela mudar pra “ boa sorte “- o que você acha?

 - cara, sinceramente,  vamos ter o dobro do trabalho agora. 

- Eu sei.

 

............................

 

     To perto do bar junto com kendra, ela sabe de nosso plano. Ela é a terceira pessoa da dupla de tres no trabalho, que por acaso chamamos de festa. O plano ainda era o mesmo atrair a nerd pra festa usando o melhor amigo dela. Ele namora o primo da ju, e ela teve a ideia de convencer ele a nos ajudar. Quando justine disse pro Glenn  que eu gosto da lauren, ele pirou e ficou muito animado com isso de ser nosso cupido.

   Ele tem que fazer a parte mais difícil,  reconheço. Afinal ela nunca foi a nenhuma festa, então.... Convencê-la deve ter sido duro. G disse que o visual dela seria uma surpresa, digamos que estou ansiosa para vê-la. 

   O celular da jus toca e ela rapidamente lê a mensagem, ela abre um sorriso torto e fala

 - Parece que derick chegou.

   Viro em direção a porta,  minhas mãos estão suando frias e sinto frio na barriga.  Olha o que essa garota faz comigo! 

     Ela cruza a porta e, meu Deus! Acho que meu coração acabou de errar algumas batidas. É a nerd... E ela está...  Linda!

 Lauren usa um vestido rosa-chá( um rosa mto claro),  que lhe caía bem, que tem um bom corte.  Ele marca a sua cintura, e esconde sua pochete. O decote é pequeno mostrando o lugar onde deveria aparecer a saboneteira. Ela usa uma bolsa preta com franjas e Seus cabelos castanhos estão soltos, fazendo ela se parecer com uma deusa.

O Glenn está do seu lado, e tbm está bonito.

Jus se surge do meu lado direito e :

 

- Pam , fica fria.

Justine anda até o glenn, eles se abraçam e ela também cumprimenta a lauren. Fico lá com kendra e começamos a falar sobre algo aleatório só pra disfarçar a minha expectativa. Eles finalmente chegam perto da gente e justine faz as apresentações 

 -Pam, essa aqui é a lauren e esse é o g, namorado do meu primo. 

 - Oii.- respondo feliz

 - e essa aqui é a kendra

 - Oi, prazer em conhece-los .

Prazer é o que a lauren vai sentir comigo. Que....

 - oii- respondem G e L em uníssono. 

 - O que querem fazer meninas?  Eu pretendo dançar até me acabar- disse o glenn

- Eu topo- ke e ju responderam em sincronia

 -  Não sei, eu não danço muito bem.- falou lauren

 - Que isso miga,  vamos lá todo mundo aqui ta dançando, e a maioria manda bem mal. – Ele disse apontando pra algumas pessoas.  

 - ai g, eu não sei.....

 O clima ficou meio chato, então finalmente reuni coragem pra dizer:

 - Tudo bem, deixa ela, eu também n quero dançar hoje- falei naturalmente,  ainda bem

 O rosto de minha nerd pareceu se iluminar um pouco 

 - Ta vendo,  pode ir, eu tenho companhia. 

Glenn não pareceu  mto satisfeito no início,  mas elas o puxam e falam com ele algo que não conseguimos ouvir,  mas ele vira um pouco a cabeça e pisca pra mim. Indicando o óbvio.

Vemos eles se afastando pra pista de dança, e ficamos em silêncio por mais um tempo ate ela dizer

- Então,  o que quer fazer? 

 - O que eu realmente quero é te beijar – falo isso e agarro ela no meio da festa. Com minha mão em sua nuca, a puxo e começo com um selinho e quando ela deixa os lábios entreabertos, aprofundo o beijo. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mentira, mas bem que eu queria.

- hm, vamos sentar em algum lugar? A gente pode escolher uma bebida e conversar. – Ponho um leve sorriso no rosto, conversar com ela é o que mais quero. 

- Por mim tudo bem, aqui tem refrigerante? 

- Hm, acho que deve ter, vamos lá no bar conferir. Siga-me. – Digo indo na frente, dou um passos e olho pra trás pra ver se ela me acompanha,  e ela está. Ela ta meio curiosa olhando pra todos os lados. Pego em seu pulso esquerdo ela se assusta um pouco e eu digo:

- Se ficar assim, vai se misturar na multidão.

Ela fica um pouco vermelha,  que fofa! 

Paramos em frente a bancada do bar e sentamos em duas cadeiras a espera do barman.  Tento iniciar um assunto

- é a sua primeira festa?

- É sim. – Responde baixando a cabeça 

- Ahm, não precisa ficar com vergonha.  

-Não estou – ela respondeu me analisando. Cara,  que mancada. 

- Ahh, desculpa é que pela sua reação.... 

- Tudo bem, não precisa ficar bolada- falou me imitando e rindo em seguida.

Fiz uma cara de indignação, e ela apenas riu mais ainda. 

- Não estou acreditando, mal falei com contigo, e já está rindo da minha cara. Parece que Pamela Anderson,  não passa mais uma imagem imponente – falei com tristeza na voz

E ela apenas sorriu, e cara, quando ela sorri, todo mundo para pra ver.

- Que isso,  você ainda passa uma imagem imponente,  mas é que eu me senti a vontade contigo.

 Agora eu que sorrio

- Humf, acho bom ein.

Enquanto a gente ria, alguém parou bem atrás de mim e botou a mão no meu ombro. Tinha me esquecido de selena. Senhor Jesus, por que ela veio aqui justo agora!??que inferno 

- Hm, eae andy, quem é sua amiga? – perguntou,  é lógico que ela tem segundas intenções. Espero que ela não tenha reparado que gosto da nerd

- Essa é a lauren- falei apontando – e lauren,  essa aqui é a selena, a dona da festa.

Nota mental: matar essa garota. 

- Oi lauren, espero que esteja curtindo.

- Ah, eu estou,  ta bem legal 

- Vamos dançar garotas? -S 

- Desculpa selena, hoje estou muito cansada pra dançar. Até obriguei ela a se sentar comigo. 

- Ahh, poxa... Tem certeza andy? – pergunta manhosa. Acho que ela realmente acreditou, amém senhor valeu!

- sim , me desculpa. – Falei demonstrando desapontamento- Na próxima festa a gente dança a noite toda!- disse

Sel pareceu se alegrar, acho que ela realmente gosta de mim afinal,  que pena, ela até é bonita. Mas já tenho a nerd.

- Eu vou cobrar ein!- agora ela se aproxima do meu ouvido e me diz- Não se esqueça que no fim da festa eu vou falar contigo. – ela fala de forma sedutora, molon de ser. Meus pelos do pelos do pescoço se arrepiaram. Ela percebeu e adorou,  porque saiu com uma expressão vitoriosa.

Ok, acalme-se vai dar tudo certo digo pra mim mesma me virando na cadeira

- É... Pam, tá tudo bem?- ahmm??

- Tudo bem, tudo ótimo. 

DROGA DROGA DROGA 

- Ela te incomoda né? – Ela perguntou me observando

- S, um pouco 

- Ela é sua namorada? 

- NÃOOOOO!- respondi de forma rápida. Como ela pode achar isso?!

Ela ficou espantada,  ai  eu preciso explicar 

- Me desculpa,  sério – falei – você pode me acompanhar??

- Ok

Ela está surpresa, espantada,  intrigada. N entende o que está acontecendo,  mas eu sei e o meu coração está batendo tão rápido que estou começando a duvidar se isso é normal ou um enfarte. Vou andando na frente, em direção ao jardim, lá tem uma estufa, eu sei disso,  já que, fui lá várias vezes durante as festas de selena.  

Atravesso o jardim rapidamente,  passando pela piscina e pelos moveis, ainda nem conferi se ela me acompanha. Entro na estufa, e logo ela entra.

- O que ta acontecendo pam, assim você me assusta

Ela mal terminou a frase e eu a beijei. Segurei seu rosto delicado,  e coloquei a minha outra mão em sua cintura, puxando-a pra mais perto.

Eu parei por um segundo,  apoiei minha testa na sua,e abri os meus olhos dando de cara com os seus olhos e ela estava atônita. Eu reuni minhas forças e disse:

- Eu gosto de você, lauren. E já faz um tempo,  sempre reparei em você la na escola.- a nerd continuava no mesmo estado, e o meu desespero só aumentava.- Quero ficar com você , e te ver sorrindo, feliz. Eu.... Euu.... 

Uma lágrima solitária escorreu do seu rosto. 

MEU DEUS, O QUE EU FIZ??!

- É me desculpa....  Eu não devia ter te beijado assi....- levo um tapa em cheio na bochecha e ela se vira pra correr e eu tento segurar seu pulso, mas não consigo,  ela se solta e sai voando pela porta da estufa

Droga! Droga, droga, droga

- Droga!- grito 

Eu começo a correr  pelo quintal vazio, e chego na festa apenas pra vê-la puxando glenn e saindo. 

Kendra e justine parecem meio confusas elas me vêem na porta e vem na minha direção. Eu saio de novo pelo jardim e sento em um dos móveis,  elas logo param em minha frente 

-Pamela anderson!  O que diabos aconteceu, a garota veio chorando e puxou o G para irem embora, olha eu n quero saber de d.....- pq ela estava puta comigo?  É sério isso? 

- EU BEIJEI ELA..... DROGA! – Gritei com uma expressão entre a raiva, o choro e o arrependimento 

Coloquei as minhas mãos no rosto. Ainda assim consegui ver as duas boquiabertas.

 

 

 


Notas Finais


E é isso, vou postar o terceiro capítulo na próxima sexta-feira. Eu pretendo demorar entre 1 ou 2 semanas pra postar. Nas férias eu irie postar mais rapidamente. Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...