História Uma garota Suicida - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Suga
Tags Amor, Inferno, Revelaçoes, Romance, Suícidio
Visualizações 45
Palavras 237
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Nao ajudou em nada


Fanfic / Fanfiction Uma garota Suicida - Capítulo 4 - Nao ajudou em nada

Mas tinha uma ex namorada a qual ele parecia gostar dela, e ele completou falando que ele queria reatar com ela, na hora de falar o nome dela, 

      S/N se levantou e aconselhou ele a se sentar, ela estava claramente nervosa, ai ele soltou um ruido parecido com uma risada e disse "ai esta ela, minha ex." 
          Foi ai que todos os olhares foram em direção dela, as meninas a fuzilacam enquanto os meninos pareciam um pouco decepcionado pelo fato de que eles nao tivessem chances com ela com aquele menino por perto. 

Tenho que admitir até eu fiquei um pouco triste, ele era com certeza muito bonito, seus padrões eram altos.

Suga off:

( autora: só pra vcs saberem o Mark nao é o garoto que a s/n cita no diario)

Ela entao se sentou, e a professora percebendo a situação falou:

Profa: entao Mark... sente-se do lado de S/N.

Serio isso? Ta de brincadeira, entao me sentei ao seu lado, ele sorria como se tivesse um plano, e a professora só deu um empurraozinho.

A aula foi horrivel, ja no intervalo Suga se aproximou da menina.

Suga: oi

S/N: ola- fala sem dar muita importancia

Suga: sabe, ontem eu e meus amigos encontramos um diario, e acho lhe lhe pertence.

Ela arregalou os olhos, se antes nao dava atenção agora ela olhava seus olhos, olhava seu proprio reflexo na pupila do menino.

Suga: desculpe, nao tinhamos a intencao de mexer nas suas coisas ou lhe ofender


Notas Finais


Nao tem o que fazer, entao vou escrever.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...