História Uma História Diferente: A era da escuridão - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruhina, Naruto, Over Power, Shinigami, Uma História Diferente
Exibições 113
Palavras 2.592
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E ae galera, beleza?
Bom né consegui fazer um capítulo aqui né, depois de cinco dias consegui terminar kkkkkkkk.
Bom espero que gostem e já quero avisar que até semana que vem provavelmente eu não postarei capítulo.
Espero que gostem e boa leitura.

Capítulo 21 - Capítulo 21


Hinata: você vai ter que ser carinhoso, pelo menos um pouquinho, você sempre se empolga e fica possessivo.

Naruto: ta, ta, mas vai me dizer que não gosta?

Hinata: sim, eu gosto sim.

Mas ver todo esse seu autocontrole indo para o ralo é divertido... E prazeroso.

Naruto: prometo fazer ser inesquecível.

Hinata: vou esperar ansiosa.

Naruto: bem que podemos aproveitar um pouco no hotel.

Hinata: não, tem o Kakashi e a Sakura esqueceu? Espere até chegarmos em casa.

Naruto: poxa nem um pouquinho?

Hinata: não.

Naruto: malvada, vai ter que me compensar em dobro.

Hinata: quero ver se vai levantar da cama depois de tudo que eu vou fazer com você.

Naruto: não vou duvidar não viu, do jeito que você acaba comigo as vezes.

Hinata: eu sou eu meu amor.

Naruto: convencida, vou te mostrar quem é Uzumaki Naruto e o quanto sou poderoso.

Hinata: hai Naruto-sama vou ficar tão ansiosa.

Naruto: não zombe de mim Hina.

Hinata: gomen. Depois continuámos com nosso assunto viu. Agora temos que ir logo para o hotel, estou um pouco dolorida.

Naruto: hai hime.

Naruto deu um beijo na bochecha de Hinata e a abraçou, continuaram caminhando mais atrás e viram quando um grupo de homens saíram de dentro de um bar cambaleando, eles saíram perambulando pela rua até trombar com Hinata e Naruto, para a felicidade de Kakashi e Hinata os homens pediram desculpas o que deixou um Naruto mais calmo.

Naruto: ainda bem que se desculparam, já tive encrenca demais por hoje.

Hinata: devo imaginar.

Naruto: Hinata, o que pretende fazer quando eu sair para treinar?

Hinata: não sei, talvez eu treine meu Byakugan e meu taijutsu Hyuuga, ainsa tenho muito que melhorar.

Naruto: entendo, bom... Olha Hina... Uma loja de Dangos.

Hinata: compra pra mim, ein por favor Naruto-kun.

Naruto começou a rir e foi até a loja comprar os Dangos, Sakura fez um showzinho e conseguiu fazer com que Kakashi comprasse um para ela, Hinata andava saltitante enquanto comia seus Dangos enquanto Naruto apenas ria da carinha de felicidade de Hinata. Depois de dois minutos chegaram no hotel e reservaram os quartos que iriam ficar. Kakashi começou a falar que iria alugar um quarto para os cinco mas Naruto o interrompeu dizendo que queria ficar sozinho com Hinata, Kakashi deu um sorriso malicioso para Naruto e concordou sem se importar com o olhar enciumado de Kiba e o olhar confuso de Sakura.

Naruto: amanhã nos chame lá no quarto para irmos sensei, sugiro que não entre sem bater. Bom até amanhã.

Kakashi: até amanhã.

Sakura: até.

Kiba: hum.

Hinata: boa noite pessoal.

Naruto saiu puxando Hinata pela mão enquanto subia os lances de escada, assim que chegaram no quarto Naruto trancou a porta e se jogou na cama.

Naruto: haaa! Como é bom descansar.

Hinata: bom eu vou tomar um banho.

Naruto: eu também quero.

Hinata: opa, opa, opa, nem pensar nisso senhor Uzumaki, fica quietinho aí, já te disse que não vai me tocar.

Naruto: mas Hina...

Hinata: mas nada, se comporte.

Naruto: aff então ta.

Naruto se jogou na cama com uma carranca emburrada virado para a parede.

Hinata: Naruto eu já disse que depois eu vou te compensar.

Naruto: sabe que se pudesse te faria minha todo dia.

Hinata: como você é pervertido eu nem duvido.

Naruto: nunca duvide de mim, eu quero que você seja minha, eu quero agora.

Hinata: depois não tem recompensa em dobro.

Naruto: sei que tem sim.

Hinata: então vem seu viciado.

Naruto: só se for em você.

Hinata riu e assim que Naruto se aproximou Hinata o agarrou pelo pescoço e pulou em seu colo, foram aos beijos e rindo para o banheiro, Naruto apertava a bunda de Hinata e beijava seu pescoço, Hinata suspirava e puxava os cabelos de Naruto, mas Naruto prensou Hinata na parede e subiu os beijos para os lábios de Hinata, se beijavam de forma desejosa e desesperada, Naruto peseava as mãos pelo corpo de Hinata e quando passou pelos seios apertou levemente os biquinhos ouvindo Hinata parar o beijo para gemer baixinho. Ao se separarem do beijo ficaram se encarando ofegantes e de forma desejosa.

Naruto: ainda quer que eu seja carinhoso?

Hinata: quero.

Naruto: vou tentar hime.

Hinata: N-Naruto podemos fazer aquilo denovo?

Naruto: você quer daquele jeito?

Hinata: hai.

Naruto: então é por isso que quer que eu seja carinhoso?

Hinata apenas afirmou que sim com a cabeça e sorriu um pouco sem graça o que arrancou boas risadas de Naruto.

Naruto: tudo bem hime, vamos começar a festa.

Naruto que ainda prensava Hinata na parede voltou a beija-la com um pouco mais de calma e carinho, mas não deixou de apertar as coxas e a cintura de Hinata. Naruto a suspendeu pelad coxas e a carregou até a cama sentando com Hinata em seu colo sem cessar o beijo que já estava começando a esquentar, Naruto deitou Hinata na cama e desceu os beijos para seu pescoço dando alguns cupões e beijos que faziam Hinata suspirar e soltar baixos gemidos, parou com as carícias para tirar sua camisa e a de Hinata e voltaram a se beijar, Naruto subiu as mãos até o sutiã de Hinata e o tirou o jogando em algum canto do quarto, novamente foi descendo com os beijos até chegar no seio direito onde começou a chupar e a fazer movimentos circulares com a língua, enquanto Hinata enbrenhava seus dedos nos xabelos de Naruto o puxando para mais perto, Naruto se afastou de Hinata soltando uma baixa risada pela reclamação e desabotoou a calça de Hinata e a tirou vagarosamente para depois repetir a mesma coisa com a calcinha, se afastou um pouco para observa-la e soltou um suspiro seguido de um gemido ao ver Hinata abrir as pernas e o chamar manhosa.

Naruto ficou de joelhos na cama e tirou sua calça e depois sua box, sorriu malicioso para Hinata e começou a beija-la de baixo pra cima, começou pelos pés, subiu até as coxas onde mordeu de leve até chegar na intimidade de Hinata, a olhou com o sorriso mais malicioso que conseguiu e com a maior calma do mundo passou a língua sobre os lábios superiores e foi subindo até o clitóris onde lambeu com certo cuidado, observava Hinata se contorcer de prazer quando enfiava a língua até onde conseguia e se deliciava com os gemidos sôfregos de Hinata que pedia por mais, sentiu o corpo de Hinata em espasmos e quando Hinata teve seu primeiro orgasmo sorriu satisfeito. Viu Hinata respirar pesadamente e o olhar com um sorriso maroto, só sentiu quando suas costas bateram contra o colchão e quando Hinata subiu em seu colo e se posicionou por cima de seu membro se esfregando e rebolando apenas para provocar Naruto, Hinata o beijou de forma provocante brincando com a língua com a de Naruto, quando o ar faltou os dois se separaram ofegantes e com o desejo a flor da pele, Hinata se ajoelhou sobre a cama e levou as mãos até o membro de Naruto o masturbando, depois aproximou seus lábios e passou a língua por toda a extensão dele vendo Naruto soltar gemidos roucos, o colocou na boca e engoliu até onde conseguia e começou com o vai e vem enquanto brincava com a língua na base do membro de Naruto que não conseguia falar nada apenas aproveitar o carinho especial, sentiu os espasmos pelo corpo e a pequena onde de choque pelo corpo.

Naruto: Hina...

Naruto não terminou de falar e gozou na boca de Hinata que o olhou com sorriso satisfeito.

Naruto: agora o principal. Fica de quatro pra mim.

Hinata fez o que Naruto havia dito e ficou o observando se posicionar atrás de seu corpo e soltar um sorriso que a confortou, Naruto se posicionou bem e penetrou lentamente Hinata, os dois gemeram juntos com o contato, enquanto penetrava Hinata colocou dois dedos dentro da intimidade de Hinata e começou com os movimentos rápidos e fortes o que fez Hinata soltar alguns "gritos" de prazer e ao mesmo tempo que a penetrava com os dedos pela frente a penetrava por trás já indo com mais velocidade nas estocadas, os dois gemiam quase que ritmados, mas Hinata se continha um pouco mais que Naruto, até que os dois chegaram a um orgasmo ao mesmo tempo, Hinata caiu deitada com o rosto no travesseiro e Naruto conseguiu se manter em pé, Naruto puxou Hinata para seu colo e se levantou indo até o banheiro.

Naruto: você gostou hime?

Hinata: hai, mas... Tem uma coisa...

Naruto: o que?

Hinata: você gozou dentro.

Naruto: fica tranquila hime, caso você fique gravida você me faria o melhor homem do mundo.

Hinata: mesmo? Pensei que você piraria.

Naruto: por quê?

Hinata: pensei que ainda não fosse querer ser pai.

Naruto: meu sonho é construir uma família Hina, adoraria ter um filho, ainda mais seu. Mas resolvemos essa questão quando chegarmos em Konoha.

Hinata: hai, vamos tomar um banho que eu quero dormir.

Naruto: hai hai hime.

Naruto entrou no banheiro e fechou a porta com os pés, entrou debaixo do chuveiro e desceu Hinata do seu colo, ligou o chuveiro na água quente para relaxarem e teve que ir no quarto pegar um sabonete e uma bucha, quando voltou encontrou Hinata com as bochechas coradas e respirando de forma pesada.

Naruto: você está bem Hina-chan?

Hinata: é como se eu tivesse tomado três pilulas de estimulante, me ajuda Naruto.

Naruto: então vem, vamos que eu apagar seu fogo Hinatinha.

Hinata não esperou um segundo pedido e pulou no colo de Naruto o beijando como se não houvesse amanhã, pegou umas das mãos de Naruto e levou os dedos a boca os lambuzando, depois os levou até sua intimidade e olhou para Naruto que a olhava de uma forma sedenta como um predador olhando sua presa, a penetrou com os dois dedos e começou a bombear já te forma frenética e com velocidade, Hinata se contocia em seu colo, enquanto a penetrava com os dedos, chupava um dos seios de Hinata que apenas gemia e rebolava contra seus dedos.

Hinata começou a gemer mais alto e em poucos segundos gozou jogando a cabeça para trás, encarou Naruto ofegante e com um olhar ainda fogoso.

Naruto: quer virar a noite Hime, quer que eu te dê prazer?

Hinata: h-hai, e-eu quero.

Naruto: depois não reclame da dor no corpo.

Naruto fez três kage bunshins e Hinata na mesma hora entendeu e fez mais três kage bunshins.

Naruto: vamos ver até quando vai aguentar Hime.

Hinata: desde que você queira eu viro a noite, só eu e você virando a noite fazendo amor.

Naruto: vamos começar a festa.

Naruto beijou Hinata e ao mesmo tempo a penetrou já começando com os movimentos. E assim foi a noite a fora e boa parte da manhã.

No outro dia...

Naruto estava deitado todo largado na cama com Hinata deitada em seu peito, aos poucos foi abrindo os olhos e olhou para Hinata, sua princesa dormia pesadamente, se levantou com cuidado para não acorda-lá mesmo com seu corpo ainda todo dolorido foi até o banheiro fazer sua higiene matinal e escovar os dentes, ligou o chuveiro e se enfiou debaixo não ligando para a temperatura, depois de esbuar o corpo rapidamente se enxaguou e desligou o chuveiro, se enrolou na toalha e saiu do banheiro, secou seu corpo e se vestiu com sua roupa ninja, fez dois clones e foi até Hinata, olhou para o relógio e viu que ainda eram sete da manhã, havia dormido apenas por três horas, se sentou em um canto do quarto e se sentou em posição de lótus e concentrou seu chakra e depois o espalhou, quando que do nada ouviu uma baixa voz o chamando, olhou em volta e não viu nada de anormal, balançou a cabeça e voltou a se concentrar. Quase trinta minutos depois um de seus clones voltou com bolo e leite, seu outro clone já estava fazendo café então ele apenas sumiu em uma nuvem de fumaça, olhou para Hinata e resolveu preparar algo especial para ela, fez mais cinco clones e os mandou pegar o que queria. Mais trinta minutos depois os clones voltaram, trazendo morangos, chocolate derretido (Nutella), mel e algumas frutas. Preparou tudo em uma bandeja e resolveu acodar Hinata, colocou a bandeja na cómoda e se aproximou de sua princesa depositando vários beijos em seu rosto, mas não surtiu muito efeito, tentou denovo mas desceu os beijos até o pescoço onde deu leves mordidinhas e beijos e o resultado? Nada, Naruto suspirou e olhou bem para Hinata, o corpo levemente suado e a respiração suave.

Naruto: vamos lá Hina, hora de acordar meu amor.

Naruto a balançava levemente, mas o máximo que aconteceu foi ela se remexer incomodada.

Naruto: vou apelar então.

Naruto observou bem o corpo de Hinata e confirmou sua ideia, levou as mãos até os seios de Hinata enquanto descia sua cabeça até a intimidade de Hinata, ao tocar os biquinhos com os dedos sentiu o corpo de Hinata se remexer, quando começou com os movimentos com a língua sentiu Hinata acompanhar seus movimentos com o quadril, toda a atenção que estava tendo para saber se Hinata estava acordada sumiu quando começou a se concentrar no que fazia, foi quando sentiu duas mãos puxando seus cabelos é que se deu cota de que Hinata já estava acordada, se separou dela e lambeu os lábios, lavantou e a olhou, se aproximou a beijando suavemente enquanto terminava o serviço com os dedos, não demorou muito e Hinata se derramou em seus dedos, se separou do beijo e os levou a boca provando o gosto de sua hime.

Hinata: nossa! Ótimo despertador.

Naruto gostou Hina, quer que eu repita?

Hinata: sempre!

Naruto riu e deu um selinho em Hinata que já ia se levantando quando Naruto a segurou a mantendo sentada.

Naruto: calma ae, olha o que eu fiz pra você.

Naruto estendeu a bandeja para Hinata que ficou com os olhinhos brilhando, o agradeçou com um selinho e começou a comer.

Naruto: nós nem jantámos ontem né.

Hinata: não.

Naruto: você me quebrou sabia?

Hinata: imagino, mas eu te avisei que não iria conseguir nem se levantar da cama.

Naruto: verdade, você é muito boa.

Naruto comia junto com Hinata e as vezes perguntava uma coisa ou outra, quando terminaram de comer Naruto foi lavar o que tinha sujado e Hinata foi tomar banho, pouco antes de Hinata sair do banho Kakashi bateu na porta avisando que já iriam ir embora, Naruto afirmou e foi arrumar suas coisas, olhou para Yume e Yuke comendo um pedaço de carne que havia comprado e terminou de arrumar suas coisas. Hinata saiu do banheiro com uma calcinha de renda vermelha e um sutiã também vermelho, Naruto a olhava observando cada detalhe. Hinata percebendo o olhar de Naruto queimando sobre si começou a rir.

Hinata: feche a boca Naruto-kun está babando.

Naruto: hã? O que? Ah hehehe.

Hinata: pode me carregar? Estou muito cansada.

Naruto: claro hime.

Hinata: arigato.

Hinata terminou de se arrumar e foi até Naruto que estava deitado olhando para o teto, se sentou em seu colo e ficou o observando.

Naruto: Hina?

Hinata: hum?

Naruto: o que acha de comprarmos uma casa fora da vila, viver só eu e você, talvez nosso filho ou nossos.

Hinata: sério? Mesmo?

Naruto: aha, o que acha?

Hinata: eu adoraria, eu te amo.

Naruto: eu também te amo hime.

Naruto a beijou apaixonadamente enquanto a abraçava de forma carinhosa. Mas foram interrompidos pela porta se abrindo de uma vez e um Kiba e uma Sakura entrando de uma vez.

Sakura: Naruto Hinata vamos-

Sakura ficou calada quando viu a posição em que os dois estavam e a distância entre eles.

Sakura: err gomen... O Kakashi-sensei... Ele ta chamando... Pra irmos.

Naruto: ta bom já estamos indo.

Sakura saiu na frente e só Kiba ficou ainda olhando enraivecido para Naruto.

Naruto: pode dar licença Kiba?

Kiba: não, não vou deixar-

Hinata: saia por favor.

Kiba: mas Hin-

Hinata: por favor.

Kiba: que merda.

Kiba saiu do quarto batendo a porta, deixando um Naruto rindo e uma Hinata emburrada.

Naruto: realmente temos que ir Hina, Kakashi deve estar esperando.

Hinata: hai, mas depois vamos terminar nossa conversa viu.

Naruto: tudo bem.


Notas Finais


E ae ficou bom, ruim, pessimo ou fodastico me digam kkkkkkk.
Espero que tenham gostado, como eu já disse provavelmente eu não postarei mais essa semana, porquê? As minhas provas começam hoje. Foi isso né, obrigado por lerem e flw até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...