História Uma historia macabra - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 969
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Mistério, Terror e Horror
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiiii. Gente desculpem a grande demora, estava sem criatividade nenhuma. E também estou preparando novas fics, vem ideia mas pra colocar no papel é difícil. Só não desistam de mim please!!!

BOA LEITURA!

Capítulo 15 - Ele?!


Fui andando até a porta de entrada da escola, enquanto eu andava, sentia o olhar de algumas pessoas na minha direção, mas não me importei e segui para a porta de entrada do colégio. Entrei e vi um corredor enorme com vários armários de tons azuis nas paredes, bebedouros, lixos, várias portas e várias pessoas conversando cada uma na sua rodinha de amigos.

Comecei a andar pelo grande corredor procurando a sala da orientação. Passei o olho por todas as portas, mas, não achei. Decidi que era melhor perguntar para alguém, então eu avistei uma garota encostada em um dos armários mexendo no celular.

-Com licença!? - eu chamei a atenção dela, que parou de mexer no celular me encarando com um sorriso sem mostrar os dentes - você poderia me dizer aonde é a sala da orientação?

-Você nova por aqui? - ela me perguntou ainda com um sorriso no rosto.

-Sim. Me chamo Jennifer! - eu disse.

-Meu nome é Caitlin Beadles. Você é Jennifer do que? - me perguntou.

-Jennifer Lins. - eu disse sorrindo.

-Jennifer Lins, por favor me acompanhe. - ela disse estendendo o braço pra mim. - por que eu pessoalmente te levarei para a sala da orientação. - quando ela terminou sua fala eu enganchei meu braço no dela rindo.

-Okay. Mas pode me chamar de Jenni!

-Hmmm gostei. Você pode me chamar de Cait! - ela disse.

Então começamos a andar pelo enorme corredor. Enquanto conversavamos descobri que ela tem a minha idade e provavelmente vai estudar na mesma classe que eu, já que tem quatro sétimos anos e eu não sabia qual seria a minha sala, também soube que ela tem um irmão repetente que estudava na mesma sala que ela. Ficamos conversando até chegamos na sala da orientação.

Ela bateu na porta e logo depois nós escutamos uma voz masculina dizendo "entre!", e assim nós fizemos. A sala era de tamanho médio, tinha uma cor beje bem clara quase branco, prateleiras com livros, um armário de um tom verde escuro, e um homem atrás de uma mesa cheia de papéis, na ponta da mesa tinha um "crachá" escrito em dourado Sr. Fisher. Ele era um homem magro de estatura alta, de pele clara e cabelos pretos, que em alguns pontos estavam grisalhos, e usava um terno não muito formal de cor preta.

-Bom dia senhor Fisher! - Caitlin disse animada - trouxe a aluna nova para o senhor.

-Obrigado Caitlin. Pode se retirar - ele disse. Caitlin assentiu e saiu da sala. Quando a porta se fechou eu voltei meu olhar para o diretor.

-Sente-se por favor! - ele disse com um sorriso. Me sentei e ele começo a falar.

-Bom, eu sou o diretor Fisher. E você deve ser... Jennifer Lins! Estou certo? - eu assenti, então ele começou a ler meu histórico escolar, já que pegou o mesmo para ver meu nome. - hmm vamos ver! Doze anos completos, irá o sétimo ano, notas acima de setenta, bom comportamento, nenhuma advertência, medalhas de ouro em olimpíadas de matemática e português, medalha de prata em vôlei...

Ele continuou falando meu histórico inteiro, quando o mesmo termina sorri e diz.

-Vai ser ótimo ter uma aluna como você estudando nessa escola. Aqui está o seu horário e a chave do armário.

Ele entregou tudo, e quando eu ia me levantar para agradecer, ele me parou e abriu a gaveta que estava do lado dele, tirando dali um papel.

-Antes de ir. Você terá que fazer aulas extra curriculares, pode escolhe-las - ele disse me entregando o papel.

Tinha várias aulas que eram interessantes, como dança, mas eu não sei dançar; artes, não sei desenhar; futebol e basquete, não sei jogar. Então eu optei pelo vôlei, que é o único da lista que eu sei fazer, e modéstia a parte eu sou muito boa. Me levantei da cadeira e entreguei o papel a ele.

-Bem vinda a Public School! - ele disse sorrindo.

-Obrigada! - eu digo, e saio da sala,

Olhei para o meu horário e vi que teria a primeira aula geografia. Fui até o meu armário para pegar o livro de geografia, já que tinha livros de todas as disciplinas dentro dos armários. Quando fecho o mesmo dei de cara com Caitlin e acabei levando um susto, fazendo a mesma rir.

- Nossa Caitlin, não precisa aparecer do nada! - eu disse fazendo ela rir mais.

-Desculpa, é que eu estou curiosa pra saber em qual sala você está! - ela disse animada parando de rir. Olhei para meu horário, e no lado superior direito estava a minha série.

-Sétimo C - eu disse e ela começou a dar pulinhos.

-É a mesma série que eu! - ela fala sorrindo e ainda pulando fazendo com que alguns alunos olhassem para nós.

O sinal tocou e Caitlin pegou minha mão e saiu correndo me levando junto, e eu só sabia rir daquela situação.

Então entramos na sala de aula, e Caitlin ainda me puxava, ela me levou para as últimas carteiras da fila da parede. Eu sentei na última ao lado da parede e ela ao meu lado também na última carteira. Aos poucos a sala foi ficando cheia, todos os amigos se reencontrando, colocando o papo em dia, e fazendo brincadeiras uns com os outros. Quando a professora chegou, todos sentaram em seus lugares.

Ela se apresentou como Márcia, e falou um pouco sobre ela. Então começou o constrangimento das apresentações, ela mandava as filas irem lá pra frente para que cada pessoa da fila falasse seu nome. Tudo estava ocorrendo bem até que a professora chamou a fila do meio para a apresentação.

Quando todos daquela fila estavam lá e se viraram para a frente, um deles me chamou a atenção. Não podia ser! Era ele?! 


Notas Finais


Obrigada por terem lido.
Desculpem qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...