História Uma história para contar - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Vkook
Exibições 54
Palavras 854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá galerinha ^^
Hoje temos uma participação especial que vai permanecer até o fim da história.
Quem gosta de Astro vai amar essa novidade.
Estamos chegando ao fim. S/2
Nos vemos nas notas finais.
Boa leitura.

Capítulo 26 - Tudo nos eixos


Fanfic / Fanfiction Uma história para contar - Capítulo 26 - Tudo nos eixos

Os dias foram se passando tudo voltou a seus eixos,eu e Jimin tivemos uma conversa muito produtiva  onde eu disse que não tinha problema nenhum ele gostar de mim desde que isso não o prejudicasse,ele disse que sentia algo muito forte por mim mas jamais prejudicaria meu relacionamento com o Jeongguk e que ia continuar dividindo o armário 32 comigo e estaria ali como um amigo quando eu precisasse. Eu fiquei feliz,não esperava isso do Park Jimin,apesar de não conhecê-lo totalmente bem para pensar nas atitudes que ele tomaria. Eu acho que meu medo mesmo era o Jeongguk,ele tinha medo de me perder e poderia criar confusão com o Jimin,mas não foi assim eu pedi para que Jeongguk deixasse que eu resolvesse as coisas,e foi o que ele fez. Pensei que esse sentimento do Jimin afetaria meu namoro mas eu estava enganado o armário 32 tinha me dado um belo presente, a amizade de Park Jimin.
Eu estava feliz,o inverno finalmente tinha chegado a neve já caia lá fora,os pica piscas enfeitavam as belas ruas de Seul,o papai noel vinha todas as quintas distribuir doces para as crianças,as aulas estavam prestes a acabar,minha família me telefonou procurando saber como eu estava e avisou que se mudaram para Austrália e o mais importante, eu tinha Jeongguk ao meu lado. Tudo estava indo bem,eu estava realmente feliz depois de muitas decepções e desgostos finalmente estou em paz,esse foi realmente um outono diferente,o melhor outono da minha vida mesmo com todas as revira voltas.
Hoje eu e Lisa montaremos a árvore de Natal, Jeongguk e um "amigo" da minha prima vem nos ajudar.pois é a Lisa seguiu em frente e resolveu tentar conhecer outras pessoas,eu e Jeongguk conversamos com ela  e ela disse que já sabia desde o início, bastava ver os olhos de Jeongguk quando me via. Eu fiquei surpreso mais isso foi um alívio muito grande para mim,eu ainda não contei que todas ás vezes que Jeongguk faltava um compromisso com ela ele estava comigo em alguma situação precária, como aquele dia no banheiro. e eu não vou contar eu acho que não é mais necessário voltar a estaca zero,minha prima está feliz todos estamos felizes, quem sabe um dia eu conte.
É essa a graça que  tem,deixar a vida seguir sem roteiro sem idealizações,assim você vive mais intensamente.
Estávamos eu e a Lisa na cozinha preparando chocolate quente para servir quando os meninos chegassem,ela terminava de confeitar alguns bolinhos e eu colocava cobertura  no chocolate.

-estão ficando muito bonitos.- falo quando me deparo com os belos bolinhos que ela está confeitando.

-Obrigada TaeTae.-ela me lança um sorriso doce enquanto  continua confeitando os bolos.
De repente a companhia toda saio correndo até a sala tentando retirar o avental que estou usando.
Abro a porta e me deparo com o Jeongguk e um garoto de cabelos escuros e pele branquinha muito bonito.

-Olá,podem entrar.-eu falo abrindo mais a porta para que eles possam adentrar o local.

-Oi TaeTae.-fala Jeongguk vindo em minha direção me abraçando e me dando um selinho.

-Oi biscoito.-sussurro em seu ouvido. Logo me afasto do Jeongguk encarando o garoto que o acompanhava.

-Você deve ser o amigo da Lisa,prazer eu sou o Taehyung-falo me curvando.

-Sim,sou o Eunwoo.-ele fala me presenteando com um sorriso.
Não demore muito para que logo a Lisa se una a nós.

-Oi Jeongguk-ah, Oi Eunwoo.- fala ela vindo até Jeongguk o abraçando e logo em seguida fazendo o mesmo com o tal Eunwoo.

-Então gente vamos começar essa decoração?-pergunto e todos concordam. Eu e Jeongguk penduravamos alguns enfeites na árvore enquanto a Lisa e o Eunwoo enfeitavam as paredes com alguns pisca piscas.

-Tae não coloque aí.- fala Jeongguk ao ver eu pendurando um papel noel bem no meio da árvore.

-Então onde devo colocar senhor Jeongguk? -falo ironicamente.

-Mais para cima.-fala apontando o lugar.

-Não tem diferença .-acho que só subiu 2 centímetros.

-Tem Hyung.-ele faz bico.

-Tudo bem.- falo rindo e fazendo finalmente sua vontade.


Depois de um tempo finalmente terminamos a decoração. Lisa e Eunwoo foram comer bolinhos na cozinha,eu e Jeongguk recusamos para não estragar o clima.

-Ficou bem bonito.- falo enquanto encaro a árvore.

-Claro foi eu que fiz tudo.-fala Jeongguk.

-Como é Jeon Jeongguk?-falo indignado.

-estou brincando Hyung.-Fala Jeon dando algumas risadas e me puxando para mais perto de si.estamos sentados no sofá.

-Bom mesmo.-olho para o Jeongguk e o mesmo deposita um selinho em meus lábios.

-Hoje foi uma noite especial.-fala Jeongguk encarando a árvore.

-por que ? -falo o encarando com um sorriso nos lábios.

-Não percebe? Estamos todos juntos,sem brigas, sem intrigas,sem discussões.-fala me encarando.

-É verdade,finalmente.-falo abraçando a cintura de Jeongguk.

-Você mudou minha vida,minha rotina,minha forma de pensar você me mudou em apenas um outono Taehyung.-fala Jeongguk depositando um leve selar em minha testa.

-Eu posso dizer o mesmo de você.-falo o retribuindo.

-Eu te amo garoto.-fala Jeongguk me encarando fixamente.

-Eu te amo.- falo finalmente quando Jeongguk quebra a distância que havia entre nossos lábios num beijo calmo e sereno.

E em meio a tantos redemoinhos que a vida nos manda,o amor enfrenta qualquer barreira.


Notas Finais


Obrigada por terem chegado até aqui agradeço de todo coração, cada um de vocês (até os leitores fantasmas rsrsrs)tem uma importância para essa fanfic ter chegado até aqui,sou extremamente grata.
Como falei lá em cima nossa fanfic está nas retas finais,espero que cheguem até lá junto a mim.
Até breve queridos leitores.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...